terça-feira, 9 de maio de 2017

Enem 2017 chega a um milhão de inscritos em cerca de 27 horas


Cerca de 27 horas após a abertura das inscrições, a edição de 2017 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) chegou a um milhão de inscritos. Segundo segundo balanço parcial divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) na tarde desta terça-feira (9), às 11h40, o sistema registrava 1.000.072 inscrições. O prazo para participar começou às 8h desta segunda (8). Isso quer dizer que, até agora, a média foi de aproximadamente 37 mil inscrições por hora, ou cerca de 615 inscrições por minuto.
Os candidatos devem se inscrever até as 23h59 do dia 19 de maio. As provas serão realizadas em dois domingos, dias 5 e 12 de novembro. Neste ano, a taxa subiu para R$ 82 e o boleto precisa ser pago até 24 de maio.

Novo sistema de segurança
Na edição 2017, o sistema do Enem ganhou reforços de segurança para evitar furtos de senha. A partir deste ano, não será mais possível criar uma nova senha direto no próprio site, e o usuário receberá um alerta por e-mail quando sua senha for alterada. O Inep já havia anunciado que mudaria o sistema em fevereiro. As medidas foram tomadas depois que uma brecha foi supostamente por internautas em um fórum anônimo, que disseminaram dicas para "furtar" a senha de candidatos do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) que se destacaram no Enem 2016.
Procurado pelo G1, o Inep afirmou que não vai divulgar detalhes sobre as alterações porque "o objetivo é evitar eventuais tentativas de burlar os procedimento de segurança que foram implementados" para a edição atual. "O Sistema de troca de senha do Enem passou por mudanças para a edição 2017. Mas, como o objetivo é evitar eventuais tentativas de burlar os procedimento de segurança que foram implementados, o Inep não divulgará detalhes. O sistema é auto explicativo e os participantes conhecerão o processo no momento que buscarem o serviço de troca de senha", disse, em nota, o instituto.
A senha escolhida pelos candidatos no ato da inscrição é importante não só para o acesso ao local de provas e ao resultado do exame. Ela também é necessária na hora da inscrição no Sisu, já que os dois sistemas, apesar de estarem em páginas diferentes, são integrados. Em janeiro deste ano, na primeira edição do Sisu, o MEC afirmou que, em dois dias, pelo menos 100 mil candidatos pediram para trocar a senha do Enem.

Fonte: G1