sexta-feira, 5 de maio de 2017

#Sexo - Deixe pra lá a insegurança na cama

* Oi, gurias. Tenho algumas dúvidas sobre sexo. Aí, me encorajei para escrever para vocês. Não tenho o corpo muito bonito, e isto me deixa inibida, menos à vontade, digamos. Além disso, ouvi dizer que, para a pessoa ter prazer, deve topar fazer tudo (anal, oral...). Também queria saber se, para o sexo ser bom, é preciso ter orgasmo sempre. 


Querida amiga, muito bom que está nos perguntando, pois é um equívoco acreditar nestas questões. Pensar assim só atrapalha o prazer de homens e mulheres de qualquer idade. 
O sexo pode ser muito mais saudável e prazeroso se cada pessoa olhar com respeito para o seu jeito de ser e para o da pessoa que está ao lado. Evite ultrapassar os limites de cada um ou tentar ser o que não é, agindo de forma diferente dos seus desejos, dos valores e das suas crenças. 
Pensamos que, nas questões sexuais, é importante termos uma espécie de "regra": tudo bem ir até onde não a ferir fisicamente e emocionalmente — nem quem está ao seu lado, na cama. 

Autoestima
Levando isto em consideração, é possível se entregar sem medo nem culpa a uma imensidão de práticas saudáveis e prazerosas. Mas é muito complicado e nada bom você ficar se torturando por não ter um corpo perfeito, por não chegar ao orgasmo toda vez que transa, por não sentir desejo sempre ou por não gostar de certas práticas sexuais.
O mais importante é trabalhar a sua autoestima. É necessário saber seus valores e suas virtudes para poder acreditar em si e se gostar do jeito que é. A partir deste autoconhecimento, o caminho do prazer começa a ficar garantido!

Fonte: Hora de Santa Catarina