sexta-feira, 23 de junho de 2017

Aguinaldo Silva é acusado de plágio e novela pode ser cancelada

Uma polêmica ronda a próxima trama das 21hs da Rede Globo. "O sétimo guardião", prevista para ir ao ar em maio de 2018, depois de “O Outro Lado do Paraíso” – de Walcyr Carrasco, pode ser cancelada. Isso porque a história de Aguinaldo Silva, em plena fase de produção, está envolvida em uma grande polêmica: acusações de plágio.
De acordo com o colunista Leo Dias, os alunos da MasterClass - oficina de roteiro promovido pelo novelista para formar novos autores - acusam Aguinaldo de usar suas ideias para escrever a história. Em novembro de 2015, eles se reuniram na Casa Aguinaldo Silva de Cultura para aulas durante dez dias. Segundo o autor, a ideia da oficina era construir uma sinopse e primeiro capítulo de uma novela que poderia ser comprada pela TV Globo e, no contrato que assinaram, os participantes do workshop "transferiram os direitos patrimoniais dos trabalhos criados na oficina do curso de roteiro".Os alunos mostraram insatisfação com o contrato e teriam questionado o valor de mercado de uma sinopse de novela exibida na Globo e produzida para o horário mais caro da televisão nacional.


Diante da polêmica, Francisco Patrício, assessor do autor, afirmou que "denúncias de cópia sempre existiram e sempre vão existir" e ressaltou que a história vem por parte de pessoas que querem se aproveitar da fama do seu cliente. Em meio às acusações, Aguinaldo, por sua vez, fez duas publicações em suas redes sociais mostrando alguns momentos do processo de produção dos capítulos. "Sete horas da manhã. O que será que eu estou escrevendo agora? Que novidade é essa que está saindo do meu forno? Um escritor não pode parar. Vamos em frente então. Em breve vocês serão informados", escreveu.
Já em outra rede social, o veterano declarou: "Ao contrário de Blanche du Bois, nunca dependi da bondade de estranhos”.
Após o impasse, a Globo vem se reunindo com o autor para resolver essa questão. De acordo com informações, alguns atores e profissionais escalados para a trama das nove já foram avisados sobre o cancelamento, mas estão proibidos de falar com a imprensa sobre o assunto. Aguinaldo já teria concordado em escrever uma nova trama diante da repercussão do caso.

Fonte: Jornal do Brasil