quarta-feira, 21 de junho de 2017

Brasil atrapalha crescimento da TV paga na América Latina, diz estudo


De acordo com estudo da empresa Dataxis, especializada em telecom, a TV paga na América Latina crescerá em 2017 cerca de 3,4% em comparação com 2016 e chegará a 73,7 milhões de assinantes no final deste ano.
Segundo projeções do mercado, até 2022 esse número subirá para 88,7 milhões de clientes de TV por assinatura em países da América Latina.
A mesma análise demonstra que o mercado latino-americano de TV por assinatura tem espaço para crescer, mas as expectativas são conservadoras em um médio espaço de tempo.
Dois elementos atrapalham o crescimento dos números atualmente. Primeiramente, o Brasil. O país que costumava ser o maior mercado e a principal fonte de crescimento da TV paga na região, está estagnado desde 2014.
Em segundo lugar, nos maiores mercados, o desafio é lutar contra a concorrência de outras mídias e alcançar um maior nível de penetração do serviço. Atualmente, a TV por assinatura está disponível em 41% dos domicílios da América Latina.

Fonte: Keila Jimenez