terça-feira, 27 de junho de 2017

Giovanna Antonelli revela síndrome do pânico

Giovanna Antonelli relevou, em um evento organizado pela revista Marie Claire, que, durante a sua infância, sofreu síndrome do pânico. "Tive muito medo, fui assaltada 12 vezes. Teve uma época em que via o ônibus e me tremia toda", desabafou ela, que foi além: “Sofri com síndrome do pânico 20 anos atrás e, provavelmente, desenvolvi déficit de atenção, mas meus pais não perceberam isso na época. Lembro de ter me sentido muito acuada, indefesa”, lembrou. 
Apesar dessas dificuldades, seu desenvolvimento aconteceu naturalmente. "Como ser um fracasso e virar um sucesso? Só pensando no trabalho e lidando com seus erros e frustrações. Tenho um desejo interno de ser alguém melhor. Posso errar pra caramba, mas sempre tento acertar", garantiu ela, que gosta de ajudar outras pessoas que passem pelos mesmos problemas ou outros desafios. "Quando a pessoa fala que está sem grana eu surjo com alguma ideia. Boto todo mundo para fazer bico, vender, organizar um bazar, movimento as pessoas que estão ao meu lado. Assim, todo mundo vai se reencontrando, e isto acaba por fomentar a vontade dentro das pessoas”.


Durante o evento, Giovanna contou, ainda, que usa um mantra que aprendeu com a apresentadora americana Oprah Winfrey: "A abundância entra na minha vida de maneiras surpreendentes e milagrosas", ensinou.

Fonte: Jornal do Brasil