quinta-feira, 8 de junho de 2017

Karol Conka trabalha com equipe totalmente feminina em clipe que fala sobre sexo oral


Só uma mulher para dizer o que gosta que façam no corpo dela e como. Por isso, Karol Conka recorreu a uma equipe 100% feminina para produzir o clipe da música “Lalá”, que traz uma letra intensa, que aborda a intimidade do sexo oral do ponto de vista feminino.

— Escrevi essa música na intenção de informar as pessoas da necessidade da prática e da técnica do sexo oral na mulher. Tive a ideia de fazer um clipe com uma equipe toda formada por mulheres de forte posicionamento. Tivemos ideias coletivas que mostram o universo feminino de uma maneira doce e ao mesmo tempo divertida. A intenção é passar a mensagem quebrando o tabu de maneira informativa e criativa — explica Karol Conka.


Assinado pela produtora Paranoid, com a parceria da cineasta Vera Egito e da diretora de fotografia Camila Cornelsen na direção do projeto, o videoclipe mostra homens realizando movimentos em frutas e flores, numa referência lúdica a como as mulheres gostam de receber o sexo oral. Para o elenco, as diretoras escolheram os rapazes do projeto My Toy Boys, da fotógrafa Lud Lower, que tem o objetivo de desconstruir o imaginário do desejo, que é sempre retratado na perspectiva masculina.


— Quando ouvi Lalá imediatamente topei participar. Apresentei à Paranoid e foi um sucesso total. A sexualidade feminina ainda é muito pouco debatida. As mulheres foram criadas para ter vergonha de falar do próprio desejo. Com seu novo trabalho, Karol Conka chegou chutando a porta — comenta Vera Egito: — A Karol é a musa absoluta do hip-hop nacional. Ela escreve muito bem, canta muito bem, tem um carisma raro de se ver e, além de tudo, é lindíssima. Foi impressionante filmar com ela. Seu rosto tem uma simetria perfeita e ela sempre fica linda em todos os enquadramentos”, completa a cineasta.

Fonte: Extra