sábado, 17 de junho de 2017

Super Mario Odyssey promete ser um dos melhores jogos da franquia

Tech Tudo - Super Mario Odyssey é o novo jogo do maior mascote dos videogames. Exclusivo do Nintendo Switch, o game apareceu em forma jogável para o público pela primeira vez durante a E3 2017. Com gráficos exuberantes, controles perfeitos e a promessa de centenas de horas de aventura, o título será lançado em 27 de outubro de 2017. Confira nossas impressões:

"It’s a me!"
Super Mario Odyssey marca o retorno do herói ao gênero sandbox, consagrado por ele mesmo no clássico Super Mario 64, e expandido nos aclamados Sunshine e Galaxy. Apesar da qualidade desses títulos, Odyssey facilmente já nasce como a maior aventura do herói até agora.
Em sua eterna jornada para resgatar a Princesa Peach das garras do maléfico Bowser, Mario precisará visitar diversos ambientes muito criativos e totalmente distintos entre si, cada um deles com uma temática e desafios próprios.


Um conto de dois mundos
A demonstração disponibilizada na feira contava com apenas duas áreas para exploração, mas ambas eram gigantescas e repletas de possibilidades e segredos. Um mundo era mais árido e com temática do deserto, enquanto outro era uma verdadeira cidade contemporânea.
Tivemos a oportunidade de explorar os dois ambientes com calma, o que foi ótimo, dado que isso nos permitiu notar como cada um dos mapas explorava diferentes modelos de design inteligente. Enquanto o deserto de Sand Kingdom era mais focado em plataformas e saltos precisos, a cidade de New Donk ostentava áreas mais amplas, cheias de personagens e missões paralelas.


É de tirar o chapéu
Com a chegada de novos mundos, também fez-se necessário que o bigodudo ganhasse novos poderes para auxiliá-lo na exploração. Desta vez o fardo caiu sobre o próprio boné do Mario, que agora pode ser usado como arma, ferramenta e agente de transformação.
Afinal, ao atirar seu boné em inimigos, Mario pode assumir sua forma e ganhar seus poderes no melhor estilo Kirby. O boné também pode ser usado como um bumerangue a fim de apanhar itens distantes, ou mesmo como uma plataforma temporária para alcançar destinos mais altos.


Volta ao mundo
Como os mapas de Odyssey são os maiores já vistos na série, é ótimo que Mario finalmente tenha acesso à ferramentas de viagem rápida. Basta encontrar as pequenas bandeiras com o logotipo do Bowser para ativar pontos de viagem instantânea.
Esses postes também servem como checkpoints, e viram pontos de respawn em caso de morte. Desta vez Mario possui uma barra de vida que aceita 3 danos por vida, e o jogo oferece um excelente, porém justo, nível de dificuldade.


Chegando na lua
Além de estarem repletas de inimigos, as fases também possuem seus próprios colecionáveis. O principal objetivo é coletar as pequenas luas, a nova versão das clássicas estrelas e sprites presentes nos jogos anteriores.
Além delas, também há uma centena de moedas roxas muito bem escondidas pelo cenário. Jogadores com aspirações complecionistas certamente terão dezenas de horas de diversão pela frente.


Com que roupa eu vou?
As moedas coletadas podem ser utilizadas para adquirir novos uniformes para o Mario. Além de seu hilário e fofo valor cosmético, as roupas também ajudam o personagem a ganhar acesso a territórios até então inexploráveis.
Comprando um capacete de construtor, por exemplo, Mario pode entrar em áreas que estão em obras na cidade. Até o próprio ambiente cria novas oportunidades de gameplay: em determinado ponto do deserto, ao entrar por um cano Mario sai do outro lado em sua forma 2D retrô, capaz de andar pelas paredes nos moldes de Link em The Legend of Zelda A Link Between Worlds.


A odisseia de Mario
Mais do que todas as novidades legais citadas acima, Super Mario Odyssey brilha pela absurda atenção dedicada aos menores detalhes. Jogar o game é como brincar na maior e melhor caixa de brinquedos já feita.
Cada detalhe é meticulosamente planejado para criar a experiência mais agradável, colorida, nostlágica e ao mesmo tempo inovadora. Sem dúvidas um dos melhores, senão o melhor, jogo da E3 2017.