quarta-feira, 8 de março de 2017

Mulher é retirada à força após brigar com Christina Rocha no SBT


Metrópoles - Uma mulher teve que ser retirada à força do programa “Casos de Família” após uma discussão acalorada com Christina Rocha nesta quarta-feira (8/3). Durante a atração, a jovem identificada como Taís não aceitava que a mãe trabalhasse como faxineira. A apresentadora, então, começou a fazer algumas perguntas a ela, mas começou uma discussão.


“Você já foi filha de faxineira? Você já foi zoada na escola?”, perguntou Taís a Christina. “Não, o meu pai só teve o primário, mas chegou a ser deputado federal, graças a Deus”, disse a apresentadora. “Que bom para ele. Mas para quem é rico é fácil falar”, rebateu a jovem. “Que bom se você tivesse vergonha na cara, sabe por quê? Porque quem tem vergonha na cara, trabalha”, retrucou Christina.

Bruna Marquezine confirma que já beijou meninas e mandou nudes

A atriz Bruna Marquezine foi convidada do programa do colunista Matheus Mazzafera, no YouTube, ao lado de Mariana Ximenes e da youtuber Bianca Andrade, a Boca Rosa. No vídeo, os quatro brincaram de 'Eu Nunca' e, a cada rodada, Matheus lia uma pergunta. Quem já tinha passado pela situação, precisava beber a cerveja, sem dar detalhes sobre as revelações.


"Eu nunca beijei uma menina", disse Matheus. Bruna não disse nem sim, nem não, mas virou a cerveja e brincou: "que minha mãe não assista esse vídeo". Mariana Ximenes também bebeu. Em seguida, Matheus disse que nunca tinha mandado nudes e foi surpreendido pela gole simultâneo das três. "Putz...", disse Bruna, baixinho.


Na última questão, o colunista mandou: "eu nunca descobri pelas redes sociais que fui traída". Bruna, então, bebeu a cerveja e largou: "putz, já". "Tadinha, Bru", respondeu Mariana em apoio à atriz.

Fonte: iBAHIA

Victor e Leo devem ser substituídos no próximo 'The Voice Kids' após polêmica

Poliana Bagatini, mulher de Victor, negou ter sido machucada pelo marido

Victor Chaves, da dupla com Leo, está mesmo fora do "The Voice Kids", embora sua mulher, Poliana Bagatini tenha dito que o sertanejo não a machucou durante briga com a mãe dele. E já é dada como certo na Globo que a dupla será substituída a partir da próxima temporada, em virtude da repercussão negativa da denúncia de agressão contra Victor.

AGENDA DE SHOWS DE VICTOR E LEO NÃO SOFREU ALTERAÇÃO
Nesse final de semana, foi ao ar o último programa, pré-gravado, com a participação do músico. A edição cortou várias cenas do cantor e a web ironizou o fato. Mesmo com a denúncia, negada também por Victor, a agenda dos cantores não foi abalada. Segundo o colunista Flavio Ricco, do jornal "Diário de S.Paulo", desta quarta-feira (8), os sertanejos têm compromissos assumidos para o ano todo. No começo de dezembro, vão fazer um show corporativo.

MULHER DE VICTOR ESTÁ GRÁVIDA DO SEGUNDO FILHO DO CASAL
Pai de Maria Vitória, de 1 ano e 2 meses, o cantor anunciou a nova gravidez de Poliana no começo do ano. No dia 24 do mês passado, a empresária teria registrado boletim de ocorrência contra o marido na Polícia Civil. Na ocasião, Poliana supostamente acusou Victor de te-la agredido com um chute e ela só teria conseguido fugir com a ajuda de vizinha. No começo do mês, o cantor, a mãe e a irmã foram intimados a depor na capital mineira.

ASSESSORIA NEGOU CRISE NO CASAMENTO DE VICTOR
Ao Purepeople, a representante do sertanejo esclareceu que o músico e a empresária não enfrentam uma crise no casamento. A suposta crise veio à tona após o músico deletar fotos nas quais aparece com a mulher. "Isso não é de agora. Ele sempre apaga as fotos para preservar a família", explicou.

ANDRÉ MARQUES PODE ASSUMIR 'THE VOICE BRASIL'
Após substituir Tiago Leifert no "The Voice Kids", André Marques tem a possibilidade de estar à frente também do "The Voice Brasil". Caso se confirme a informação, o ator e apresentador iria assumir o posto que cabe, desde a estreia, do atual comandante do "Big Brother Brasil", que substituiu Pedro Bial após 16 temporadas.

(Por Guilherme Guidorizzi)

Fonte: Purepeople

Paula Lavigne fuma maconha nas redes sociais e causa alvoroço na web

Paula Lavigne causou alvoroço nas redes sociais ao postar um vídeo em que fuma maconha em Montevidéu, no Uruguai, e milita pela descriminalização da droga aqui no Brasil. A produtora aparece com um amigo andando pela rua enquanto fumam e falam sobre a liberação da erva no país vizinho.

"Estamos aqui na rua, em Montevidéu, com um baseado na mão, superlegalizado, sem problema nenhum, coisa que a gente tem que fazer no Brasil. Aqui você pode plantar seis plantas em casa e fumar em qualquer lugar", comenta. A crítica continua: "a gente tem que descriminalizar a maconha no Brasil para abrir vaga nos presídios para os políticos. Lugar de maconheiro não é na prisão", disse. "É na rua!", completou o amigo, o também produtor Tino Monetti.
O vídeo repercutiu e a produtora voltou à rede para se defender e continuar a defender seu posicionamento. "Esclarecendo pra alguns que não alcançam o raciocínio: não estou mandando ninguém fumar maconha e, sim, militando pela descriminação dessa. Alguém vai ter coragem de dizer que o álcool devia ser proibido? Qual o valor medicinal do álcool? Muitos países já viram o potencial medicinal da maconha, e no Brasil a pessoa ainda é detida pela polícia se estiver usando maconha. É crime! Álcool vicia muito mais, e no Brasil até menores bebem, não há controle! O nome disso é hipocrisia", escreveu no Instagram.

Fonte: Correio da Bahia

Relembre o caso de Maria Verônica, conhecida como "a grávida de Taubaté"


Nesse Dia Internacional da Mulher (08/03), vamos relembrar um dos casos mais chocantes. Já fazem cinco anos que esta moça apareceu na mídia e enganou todo o Brasil. Maria Verônica Aparecida César Santos (n. 12 de março de 1986) ficou conhecida como "a falsa grávida de Taubaté" após forjar uma gravidez de quadrigêmeas, que já tinham até os nomes escolhidos. Para continuar a farsa, a professora, moradora da cidade de Taubaté, interior de São Paulo, evitava contato físico com todo mundo, e sempre usava vestidos longos e folgados.


A falsa gravidez é lembrada até hoje e rende muitos memes na internet, além de ter se tornado um marco na televisão brasileira. Maria Verônica, até 2011, quando tinha 25 anos, era só mais uma moradora da cidade de Taubaté, quando no final daquele mesmo ano, saiu a notícia de que estava grávida pela segunda vez. O que mais impressionou à todos foi o tamanho de sua barriga, e ela justificou que esperava por quatro meninas. Ela já tinha um filho do mesmo casamento, com Kléber Eduardo Melo, que também fora enganado por ela. O menino hoje tem 9 anos.
Todos os parentes ficaram felizes com a chegada das "quatro Marias" (Maria Eduarda, Maria Vitória, Maria Fernanda e Maria Klara), e os moradores da cidade fizeram várias doações de roupas, sapatinhos, fraudas e muito mais, para o enxoval das gêmeas, e segundo Verônica, o parto aconteceria na segunda quinzena de janeiro de 2012.
Durante uma entrevista ao Danilo Gentili, do programa 'The Noite', transmitida ontem (07), a também apresentadora Chris Flores relembrou como conseguiu ser a primeira a saber que aquela barriga de Maria Verônica era falsa. Maria Verônica e o marido estavam no programa Hoje Em Dia, apresentado na época por Chris Flores, para receber as doações. "Eu falei: ‘gente, não posso fazer o programa porque eu não acho que ela está grávida’. Daí levaram ela no meu camarim, falaram para eu conversar com ela. Eu conversei e joguei a real com ela: ‘eu acho que você não está grávida, eu preciso ver a sua barriga para saber que você está grávida’. Ela começou a chorar. Estava com filho do lado, começou a gritar, a me humilhar".
Mas a apresentadora continuou insistindo para saber a veracidade da história: “‘Meu amor, eu já fiquei grávida, eu sei como é uma mulher grávida. Você não está com o nariz inchado, pé inchado’. Ela ficou ofendidíssima. Aí eu falei: ‘então faz o seguinte, desce só um pouco do vestido aqui para mim’. Aí ela falou ‘não, porque minha barriga está horrorosa, toda queimada, toda cheia de estria’. Eu já estava procurando um alfinete… mas eu não poderia falar que ela não estava grávida, porque ela poderia estar grávida de um e com espuma por cima. Aí eu comecei a inventar história na minha cabeça… ‘será que ela engravidou de outro, escondeu do marido?’ Vai saber…”.
Chris conta também que no mesmo dia, a história da grávida de Taubaté havia acabado, pois um repórter que ia para Taubaté com a Maria Verônica descobriu que a ultrassonografia da "gravidez" não era dela e que foi roubada da internet.
As suspeitas começaram quando a moça foi atendida pelo ginecologista Wilson Vieira de Souza, meses antes de ficar famosa. Ele disse que a mesma não apresentava nenhum sinal de gravidez. Sem saída, quando passou mal durante uma madrugada e recusou atendimento médico, Verônica confessou toda a mentira, deixando seu marido em estado de choque.


Após a "gravidez", o que aconteceu com Maria Verônica?


Mais de seis meses depois de sua aparição como grávida, Maria Verônica fica mais magra, e loira, começando a sua tentativa de se livrar da imagem de "falsa grávida", mas não funcionou. A reportagem do Domingo Espetacular sobre sua reaparição, exibida no dia 29 de julho de 2012, mostra como a mulher que enganou o país ficou bem diferente da época em que dizia estar grávida.

Em 2014, saiu a notícia de que ela estava desempregada. Na época, havia vendido uma escola infantil em que trabalhava pela dificuldade de conseguir alunos após o caso. O advogado, Enilson de Castro, havia dito que Maria Verônica estava se dedicando ao seu filho e à vida religiosa. Neste mesmo ano, foi condenada à pagar R$4 mil reais para a dona da ultrassom, Ana Paula, moradora de Blumenau e mãe de Pietro Rhuan, hoje com 7 anos.

Maria Verônica em 2012
O G1 foi atrás dela e de Kléber no mês de janeiro deste ano. Os dois ainda estão juntos e continuam morando em Taubaté, onde abriram uma loja de artigos religiosos. A ex-pedagoga se dedica também a trabalhos em paróquias católicas onde atua. O site tentou entrevistá-la, mas ela preferiu não tocar novamente no assunto, mantendo total discrição sobre sua vida pessoal.


Fonte: IstoÉ; Fatos Interessantes; IG; G1

Atores de 'Senhora do Destino' que já morreram


José Wilker: foi o Giovanni Improtta na segunda fase da novela. O ator, natural de Juazeiro do Norte, nascido em 20 de agosto de 1944, fez a maior parte de seus trabalhos na Rede Globo, tendo feito mais sucesso em Senhora do Destino com este personagem, dono dos bordões "O tempo ruge e a Sapucaí é grande", "A vaca vai voar", "Minha ninfa-bebê" (quando se referia à sua namorada Danielle - Ludmila Dayer) e o principal, que mais emplacou: "Felomenal" (fenomenal). Também interpretou Marcelo Rossi em 'A Próxima Vítima' (1995), Roque Santeiro em 'Roque Santeiro' (1985), Francisco Macieira em 'Duas Caras' (2007) e Coronel Jesuíno, o mais recente, em 'Gabriela' (2012).
Sua morte ocorreu em 05 de abril de 2014 vítima de um enfarto fulminante, enquanto dormia, pegando todo o Brasil de surpresa. O socorro foi chamado por Cláudia, jornalista com quem estava namorando, porém os médicos não conseguiram reanimá-lo.


Mara Manzan: intérprete de Janice, esposa de Sebastião (irmão de Maria do Carmo) na segunda fase da novela, Mara Manzan morreu vítima de um câncer de pulmão em 13 de novembro de 2009, no Rio de Janeiro. Ela descobriu a doença durante as gravações da novela 'Duas Caras' (2007), na qual interpretava a personagem Amara, uma das que compõe o núcleo da favela Portelinha.
Nascida em São Paulo no dia 20 de novembro de 1957, começou sua vida de atriz aos 17 anos quando, após assistir uma peça no Teatro Oficina, se entrosou com os atores.
O primeiro papel de Mara na TV foi Ednéa, na novela 'A Viagem' (1994), vindo se destacar em 'Salsa e Merengue' como a empregada "Sexta-Feira". Em 1998, esteve na minissérie Hilda Furacão e na novela 'Pecado Capital', como mãe da protagonista Lucinha (Carolina Ferraz), Alzira. Ganhou notoriedade em 2001, no papel da engolidora de fogo Odete em 'O Clone', com seu bordão "Cada mergulho é um flash", dito toda vez que ia ao Piscinão de Ramos. A empregada Marilene, de 'Cobras & Lagartos' (2006), também fez sucesso.
Seu último papel foi a indiana Ashima, dona de uma pastelaria no Rio de Janeiro, onde leva uma boa vida. O que mais queria era casar seu filho mais velho, Indra (André Arteche), com uma moça da Índia.
A atriz precisou se afastar da novela para tratar o câncer e fazer sessões de quimioterapia. Thaís Garayp, intérprete de Ana, prima da personagem, entrou em seu lugar.


Yoná Magalhães: foi a sogra de Giovanni, Dona Flaviana. A atriz nasceu em 07 de agosto de 1935 no Rio de Janeiro, e fez parte do primeiro time de atores da Rede Globo quando ela foi inaugurada, tendo participado das novelas 'O Sheik de Agadir' (1966) e 'A Gata de Vison' (1968). Ao longo de sua carreira, fez muito sucesso em 'Roque Santeiro' (1985) como a dona da boate Sexus, Matilde, sendo convidada para posar nua na Playboy, em fevereiro de 1986, aos cinquenta anos. Em 1990, encarnou a misteriosa irmã de Dom Lázaro (Lima Duarte), Valentina, na novela 'Meu Bem, Meu Mal' (1990), e em 1995, ganhou o papel de Carmela, uma das irmãs Ferreto em 'A Próxima Vítima' (1995). Costumava, até 2009, fazer uma novela por ano. Tinha 42 novelas no currículo, 5 filmes, 3 minisséries e 11 peças de teatro. Yoná morreu em 20 de outubro de 2015 após ficar vários dias internada em decorrência de um problema no coração.


Raul Cortez: o ator, nascido em 28 de agosto de 1932 na cidade de São Paulo (SP), é dono de vários papéis de sucesso, como o cirurgião plástico Miguel Fragonard em 'Água Viva' (1981), o inescrupuloso empresário Virgílio Assumpção no remake de 'Mulheres de Areia' (1993), o italiano Geremias Berdinazzi em 'O Rei do Gado' (1996), e, em Senhora do Destino, o bom vivant Pedro Corrêa de Andrade e Couto.
Morreu em 18 de julho de 2006 aos 73 anos ao perder a luta contra um câncer no pâncreas e no intestino delgado.


Míriam Pires: morreu enquanto estava sendo exibido o capítulo 62 da novela, na qual fazia a cozinheira Clementina, que trabalhava na casa de Maria do Carmo, a protagonista. Sua morte ocorreu no dia 07 de setembro de 2004 em decorrência de uma toxoplasmose, que atingiu o cérebro da atriz.
Nascida em 20 de abril de 1927 no Rio de Janeiro, sua carreira começou nos anos 40 no teatro. Teve vários papéis marcantes na televisão, nas novelas Irmãos Coragem (1970), Locomotivas (1977), Baila Comigo (1981), Tieta (1989) e Pedra Sobre Pedra (1992). A única novela que protagonizou se chamava Meus Filhos, Minha Vida (1984), exibida pelo SBT.


Ítalo Rossi: seu último papel na televisão foi Ladir Miranda no seriado 'Toma Lá, Da Cá' (2007-2009).
Nasceu em Botucatu, no dia 19 de janeiro de 1931, e teve seu primeiro contato com o mundo artístico no final da década de 50, quando formou a Companhia Teatro dos Sete ao lado de vários outros atores que fizeram história, principalmente Fernanda Montenegro.
Fez participações em Brilhante (1981), Parabéns Pra Você (minissérie da Globo de 1983), Transas e Caretas (1984), Que Rei Sou Eu? (1989) e Kubanacan (2003). Atuou em 20 filmes.
Na novela Senhora do Destino, foi o mordomo Alfred da casa dos Barões de Bonsucesso, Pedro e Laura. O personagem começou a aparecer mais depois que Raul Cortez precisou sair da novela para tratar problemas de saúde.
Ítalo Rossi veio a falecer em 02 de agosto de 2011 de parada cardíaca.


Nuno Melo: morreu aos 55 anos, em 09 de junho de 2015, em Lisboa (Portugal). 'Senhora do Destino' foi sua única novela no Brasil.
Nasceu em Castelo Branco, no dia 08 de fevereiro de 1960. Nuno começou sua carreira artística no Teatro de Animação de Setúbal, em 1981, e estreou na televisão na novela "Vila Faia", de 1982. Três anos depois, se destacou em "Chuva na Areia" na pele do personagem Caniço, que ainda está presente na memória dos portugueses.
Durante todos os anos em que trabalhou, estava em um projeto por ano.

Twitter ferve após Sam Alves, ex-Gospel, dizer que é gay


Uma revelação de homossexualidade chamou atenção do Twitter e chegou a ser um dos assuntos mais comentados da rede social. Nesta terça-feira (7), vencedor da segunda edição do The Voice Brasil, Sam Alves assumiu a sua orientação sexual após um pergunta de um fã.
No Twitter, o seguidor @PrettySadlonely questinou, “oi sam, vc é hetero?! beijos, aqui em paris amamos seu trabalho!!!”. Em resposta o cantor fez a seguinte revelação: “Não e hoje posso responder isso. Beijos Rafs e beijos Paris” escreveu em postagem.
Depois da resposta, milhares de internautas falaram sobre o assunto, questionando, inclusive, que o artista cantava música Gospel - ligadas à religião - e só agora falou que era gay.

Fonte: Correio do Estado

Padre critica machismo, homofobia e Bolsonaro e se dá mal; deputado rebate

O padre Júlio Lancellotti ganhou as redes sociais no último domingo (5). Durante a pregação que marcou o primeiro dia da Quaresma para os católicos, ele fez uma crítica à cultura do estupro, à homofobia e ao machismo, rendendo 150 mil visualizações no Facebook. Júlio lembrou também do Dia Internacional da Mulher, celebrado nesta quarta-feira (8), se disse contra à divulgação de conteúdos íntimos nas redes sociais das mulheres sem o consentimento delas, e declarou estar assustado pela devoção por uma figura "homofóbica e violenta" como o deputado Jair Bolsonaro, pois ele aparece em 2º lugar nas pesquisas eleitorais.


Mas nesta terça-feira (7), o jogo virou! O deputado Jair Bolsonaro gravou um vídeo falando sobre o padre Júlio Lancelotti e relembrou a notícia bombástica que envolveu o religioso em 2007: "Esse padre já foi acusado de pedofilia, inclusive, para o pai do garoto, ele deu mais de 50 mil reais, incluindo uma Pajero Mitsubishi. E no mais, ele é um ferrenho defensor do PT".


Jair Bolsonaro é candidato à presidência em 2018, e sua página no Facebook conta com mais de 1,5 milhão de seguidores.

Fonte: Pragmatismo Político; Revista Encontro