terça-feira, 11 de abril de 2017

Rapper 50 Cent agride mulher com soco durante show nos EUA

Catraca Livre - O rapper norte-americano 50 Cent perdeu a razão e agrediu com um soco uma mulher que assistia a seu show em Baltimore, nos Estados Unidos, no último sábado, dia 8. Um vídeo divulgado pelo site "TMZ" mostra o momento em que ocorre a agressão.
Nas imagens, o cantor interage com os fãs próximos ao palco. Ao segurar a mão de uma mulher, ela começa a puxá-lo e ele se desequilibra. O rapper cai e dá um soco contra o peito da vítima. No mesmo momento, tem início uma confusão no local.


Em seguida, 50 Cent pega o microfone e repete: "Diga a ela para subir aqui. Diga a ela para subir aqui". A fã é levada ao palco por um segurança e recebe um abraço do artista. A mulher ainda chegou a assistir à apresentação e dançar próxima a ele.
De acordo com a imprensa americana, o rapper ainda não se posicionou sobre o caso de violência e a vítima não disse se vai processá-lo.
O artista já esteve envolvido em outras situações de agressão. Em 2005, ele foi condenado a passar dois anos em liberdade condicional após agredir três mulheres em um show.

Explosão perto de ônibus do Borussia Dortmund é registrada, deixa um ferido e adia partida


Zero Hora - Três explosões foram registradas perto do ônibus do Borussia Dortmund nas proximidades do hotel que servia como concentração da equipe, a cerca de 10 quilômetros do Signal Iduna Park. O zagueiro Marc Bartra, atingido por estilhaços, foi encaminhado ao hospital. O jogo da equipe alemã contra o Monaco, pelas quartas de final da Liga dos Campeões, foi adiado para às 13h45min desta quarta.


"Na saída do nosso ônibus, ocorreu um incidente. Uma pessoa ficou ferida. Mais informações a seguir", informou o Twitter oficial do Borussia Dortmund.

Após o ocorrido, policiais fazem segurança ao redor do Signal Iduna Park
De acordo com um comunicado da polícia local, a explosão com um ferido foi confirmada oficialmente, mas ainda não há detalhes do motivo, nem de eventuais responsáveis.
Segundo o site da rádio Cadena Ser, da Espanha, os ferimentos de Bartra são leves. O jogador já teria entrado em contato com seus familiares. 
Outro jogador espanhol que estava no ônibus é o meio-campista Mikel Merino. Ele teria dito ao pai, Miguel, que percebeu três explosões — duas na parte traseira e uma na parte dianteira do ônibus.
Já o lateral brasileiro Fabinho, do Monaco, relatou por meio de sua assessoria de imprensa que aguardava no vestiário após o adiamento da partida.
— Estamos no vestiário e fomos avisados de que o jogo foi adiado. Vamos esperar o torcedor sair e vamos treinar aqui no estádio — explicou.

Bartra foi encaminhado a um hospital local
Bartra, de 26 anos, foi revelado pelo Barcelona e está no clube alemão desde 2016. O clube espanhol emitiu uma mensagem de apoio pelo Twitter.


O jornal Ruhr Nachrichten, de Dortmund, diz que as rodas do ônibus estouraram com a explosão, segundo a polícia, mas não se sabe se porque passaram por cima de algo ou por conta dos explosivos.

SBT inicia produção de sua próxima novela infantil, “Poliana”


A atual novela inédita do SBT, “Carinha de Anjo”, acaba de passar do capítulo 100, e a emissora de Silvio Santos já começa a preparar sua substituta, “Poliana”, que está sendo escrita por Iris Abravanel, autora de “Carrossel”, “Chiquititas” e “Cúmplices de um Resgate”.
A produção da novela já foi iniciada, de acordo com o colunista Flávio Ricco, e sua equipe acaba de receber os primeiros capítulos. Agora, nos estúdios do SBT na Anhanguera, estão seguindo os testes para a formação do elenco que irá compôr a adaptação do livro homônimo.
Conforme já noticiamos, o início das suas gravações está previsto para agosto. A produção de “Poliana” está sob o comando do experiente diretor Reinaldo Boury, responsável pela “ressurreição” das novelas do SBT desde “Carrossel”, em 2012.
Sabe-se que a protagonista será uma atriz desconhecida do público, na faixa dos 11 anos. Se especula a escolha de Larissa Manoela para a vilã da trama.

Fonte: TV Foco

Milene Pavorô comemora aniversário em Orlando

SBT - Milene Pavorô não perdeu tempo e foi festejar seus 37 anos em um lugar superespecial. A assistente de palco do Ratinho está em Orlando, no parque da Universal Studios, junto com a amiga Valentina Francavilla. A viagem tem rendido vários momentos lindos e a Milene está registrando tudo. Confira abaixo:

Uma publicação compartilhada por Milene Uehara (@milenepavoro) em

Uma publicação compartilhada por Milene Uehara (@milenepavoro) em

Uma publicação compartilhada por Milene Uehara (@milenepavoro) em

Uma publicação compartilhada por Milene Uehara (@milenepavoro) em

Uma publicação compartilhada por Milene Uehara (@milenepavoro) em

Uma publicação compartilhada por Milene Uehara (@milenepavoro) em


Uma publicação compartilhada por Milene Uehara (@milenepavoro) em

Bruna Marquezine fala sobre gravidez em programa com Tatá Werneck

Correio da Bahia - Bebê à vista? Tatá Werneck colocou a amizade a prova com Bruna Marquezine na estreia do Lady Night, na noite da última segunda-feira (10). A humorista provou que entre amigas não tem segredos e enquadrou a atriz com perguntas sobre a sua intimidade, como com qual idade a morena havia dado o seu primeiro beijo, notícia que repercutiu na mídia no começo do mês, mas o que chamou mesmo a atenção do público foi o anúncio da gravidez.


Calma, calma, não passa de uma brincadeira das atrizes. No quadro "Não Vamos Falar de Neymar", a Bruna revelou a Tatá Werneck que jamais daria o nome do namorado ao filho do casal. "Eu não faria isso com um filho. Não faria isso com uma criança que eu amo", brincou a atriz.
Muito bem humorada, Bruna ainda fez uma crítica a mídia que sempre associa a atriz ao jogador em uma paródia que terminava com um anúncio de gravidez.
Durante o programa, Bruna Marquezine não segurou o riso ao contar sobre a primeira vez que viu Tatá Werneck bêbada. A atriz revelou que a amiga só havia bebido uma taça de vinho e começou a gritar palavras em inglês dentro do táxi.
"Ela cismou que estava com crise renal. Fomos para o hospital e ela se trancou no banheiro gritando coisas que ninguém entendia. Virou um espetáculo, todos os doentes queriam ver o que estava acontecendo. Aí, ela achou que o médico queria chupar o peito dela, mas ele só queria tirar a pressão. O médico perguntou se ela usou drogas. Tatá respondeu que foi só uma vez e foi há muito tempo. Depois, ela ia lembrando de outra e outra vez e ia soltando", diz Bruna que ainda revelou que o laudo médico atestou crise renal e alcoolismo agudo.

Tamagotchi está de volta: bichinho virtual ganha versão após 20 anos

Lembra do Tamagotchi? O animalzinho eletrônico, sucesso absoluto entre as crianças 20 anos atrás, ganhou uma nova versão. A edição é da Bandai, a fabricante de brinquedos japonesa que lançou o gadget em 1996. O design é idêntico ao do modelo original, só que com a metade do tamanho. A versão mini vem em seis cores: branco, rosa, laranja e três tons de azul, variando de um mais claro a um mais escuro.
Por enquanto, o produto está sendo vendido exclusivamente no Japão, onde custa US$ 13,55 (cerca de R$ 43 em conversão direta, sem impostos). Não há previsão de lançamento em outros países.


Para quem não ainda não era nascido nessa época, o Tamagotchi é um bichinho virtual que exige cuidados constantes do dono. É preciso observá-lo periodicamente para dar alimentos, dar banho, botá-lo para dormir e dar remédios quando ele estiver doente.
O pet eletrônico tinha um ciclo médio de 20 dias de “vida” se bem cuidado – nesse período ele nascia, crescia e morria. Depois disso, começava tudo de novo, o que fazia com que as crianças se sentissem responsáveis pelo ovinho.
Tanto no Brasil quanto lá fora, o sucesso foi grande. A primeira edição vendeu cerca de 40 milhões de unidades mundialmente em apenas três anos, motivando a Bandai a apostar ainda mais no produto. Até hoje já foram lançadas mais de 35 versões do Tamagotchi, que também virou personagem de filme e série de televisão.
Muitos desenvolvedores surfaram na onda desse sucesso. Há uma série de aplicativos para celulares Android e iPhone (iOS) que revivem o joguinho. O mais famoso deles é o Pou, mas existem vários outros, como o Wildagotchi e o Cthulhu Virtual Pet.

Fonte: Tech Tudo

Arlindo Cruz segue internado e está sem sedativo, diz filho do cantor

EGO - Arlindo Cruz está se recuperando lentamente, diz o filho do cantor, Arlindinho. Ainda internado no CTI da Casa de Saúde São José, na Zona Sul do Rio, onde se recupera de um Acidente Vascular Cerebral (AVC), o sambista está se recuperando. "A recuperação é lenta, ele está sem sedativo há nove dias, sem dreno, a medicação é cada vez menor e está respondendo bem aos estímulos. Ele está evoluindo bem", disse Arlindinho.
Apesar de apresentar melhora, Arlindo Cruz ainda não tem previsão de alta. "Ele pode acordar amanhã ou daqui há três meses... não sabemos quanto tempo vai demorar. Ele esta abrindo os olhos, tem dias que não reage tanto mas temos que esperar ele acordar, foi muito grave", explicou o filho do artista.
Enquanto isso, é Arlindinho quem cumpre a agenda de shows de "2 Arlindos", até a recuperação total de Arlindo. "Eu visito ele todo dia mas essa semana estou em são Paulo, para seguir a agenda de compromissos marcados. Quinta-feira eu volto para o Rio e vou vê-lo", afirmou Arlindinho.

Acidente em rodovia federal mata cantora gospel e família


Um acidente de trânsito ceifou a vida da cantora Tais Mendes e outras quatro pessoas na rodovia BR-349, no último domingo, 09 de abril, por volta das nove da manhã.
Tais Mendes era uma cantora goiana, membro da Assembleia de Deus Ministério Madureira, na congregação liderada pelo pastor José Gouvêa, em Vila Nova (GO). No carro estavam o marido da cantora, Marcos Paulo, sua filha de quatro meses, sua mãe e sua sogra.
De acordo com informações do portal JM Notícia, o carro onde a cantora e a família viajavam foi atingido por outro veículo que trafegava na direção oposta. Até onde se sabe, o motorista perdeu o controle da direção e atingiu o carro. Na colisão, a bebê de quatro meses foi jogada para fora do carro e um incêndio levou todos os ocupantes a óbito.


Um amigo da família chamado Alisson Aragão afirmou que Tais Mendes viajava para cumprir agenda nas cidades de Santa Maria e Javi, no estado da Bahia. “Eles estavam a serviço da obra missionária. Ela tinha agenda na igreja do pastor Gilvan, lá na cidade de Javi”, disse.
O velório da família foi realizado no templo da Assembléia de Deus MVN Grande Retiro. O pastor e deputado federal João Campos (PRB-GO) teria auxiliado os familiares nos trâmites para liberação dos corpos, mas ainda não existem maiores informações sobre o sepultamento.

Fonte: Gospel Mais

Justin Bieber teria recebido mais de meio milhão para vestir camisa do Palmeiras


O que foi chamado de "mídia espontânea", parece não ter sido tão despretensioso assim. Em sua terceira aparição no solo brasileiro, o cantor Justin Bieber quebrou a internet ao vestir uma camisa oficial do Palmeiras durante o seu primeiro dia de show em São Paulo pela turnê mundial "Purpose". O astro pop teen subiu no palco com o uniforme customizado com seu nome escrito nas costas.
A aparição de Bieber aconteceu em 1º de abril, no Allianz Parque, e de acordo com informações apuradas pelo iG Esporte, o canadense de 23 anos teria cobrado 190 mil dólares. Ou seja, cerca de R$ 594 mil para vestir a camisa 6, número usado pelo lateral-esquerdo Egídio.
A escolha do número teria sido feita com base em pesquisas sobre as preferências do canadense, que durante sua estadia no Brasil, fez algumas exigências. Justin solicitou um chef especializado em culinária japonesa disponível 24 horas por dia, além de sucos naturais e isotônicos, e deslocamentos somente com carros blindados.

No País, Justin Bieber fez três dias de apresentação, uma no Rio de Janeiro e duas em São Paulo. Os ingressos para assistir o cantor por cerca de 1h30 poderiam variar entre R$ 125 e R$ 750 e um camarote exclusivo com buffet, pista de dança com DJ, massagem, maquiagem e cabeleireiro estava disponível pelo valor de R$ 1.400.

Palmeiras nega
Tão logo a reportagem foi para o ar, o departamento de marketing do Palmeiras entrou em contato com o iG para desmentir que Justin Bieber tivesse recebido qualquer quantia em dinheiro para vestir a camisa alviverde. De acordo com o clube, entregar uniformes aos artistas nos shows dentro do Allianz Parque é uma prática comum, sendo que fica a critério do músico utilizar ou não a camisa. 
"Isso é uma coisa de praxe, sempre fazemos. O Justin Bieber estava jogando basquete na academia, quando pegamos uma camisa ali na loja oficial do clube mesmo, estampamos os patrocinadores e entregamos para uma pessoa do staff do show", disse o Palmeiras ao iG.

Verdão
Além do cantor, alguns empresários que contribuíram para a logística da camisa do Palmeiras também teriam faturado uma boa quantia de dinheiro. "Is it too late now to say #MaiorCampeãoDoBrasil?", publicou o clube após ter a imagem replicada globalmente.


"Foi uma loucura. As marcas Crefisa e Fam irão correr o mundo", disse Leila Pinheiro, dona dos patrocinadores, à revista "Veja" logo após a aparição de Bieber. No fim da noite de sábado, a palavra "Crefisa" chegou ainda aos trending topics do Twitter.

Fonte: IG

‘Era melhor ter ficado calada’ diz ré do caso Feliciano


SÃO PAULO — A Justiça de São Paulo aceitou a denúncia feita pelo Ministério Público (MP), que acusa a jornalista Patricia Lélis, de 23 anos, de mentir e extorquir dinheiro do chefe de gabinete do deputado federal Pastor Marco Feliciano (PSC-SP). A ex-integrante da juventude do Partido Social Cristão (PSC), que também acusa Feliciano de tentativa de estupro, afirma que o policial aposentado Talma Bauer a manteve sob cárcere privado no ano passado. Uma testemunha do caso será ouvida em maio. Como mora em Brasília, Patrícia falará por carta precatória. Ela diz que provará todas as denúncias que fez.
O processo em que Lélis faz acusações contra Feliciano segue em Brasília, sem conclusão. Em junho de 2016, ela disse que o deputado a chamou para uma reunião com integrantes da juventude do PSC em seu apartamento funcional. Nessa ocasião, o parlamentar teria tentado estuprá-la. Feliciano também teria dado um soco em sua boca e um chute em sua perna, segundo relatou a jovem à Polícia. O caso está em segredo de justiça.
Após o episódio, Patrícia procurou a polícia de São Paulo acusando Bauer de procurá-la diversas vezes para que ela fizesse uma gravação que inocentasse o deputado. Ela contou que se sentiu coagida e ameaçada, e que ele a perseguiu.
Vídeos divulgados na internet, no entanto, mostram uma conversa amistosa entre o assessor do PRB, Emerson Biazon, Bauer e Patrícia no hall de um hotel na capital paulista. Ali eles teriam acertado o pagamento no valor de R$ 50 mil do assessor de Feliciano. Numa das imagens, Patrícia abraça Bauer. À polícia, ele confirmou ter dado dinheiro para a estudante de jornalismo, para que ela não levasse adiante a acusação contra Feliciano. O delegado do caso, Luís Roberto Hellmeister, concluiu que Patrícia não foi submetida à cárcere privado. Ele chegou a pedir sua prisão.
Ao GLOBO, Lélis afirma que era amiga de Bauer, e que ele passou a ameaçá-la após as acusações contra Feliciano se tornarem públicas. Ela negou ainda ter recebido qualquer valor de Bauer.
O TJSP confirmou que apenas uma testemunha será ouvida no próximo dia 25 de maio, na 1ª Vara Criminal do Fórum da Barra Funda, Zona Oeste da capital.
Procurada, a defesa de Lélis informou que, por correr em segredo de Justiça, não poderia comentar o caso, mas disse que o evento é uma audiência de instrução, quando os envolvidos no processo são ouvidos.
— O processo já está em curso — limitou-se a dizer a advogada Ana Ruas.
Hoje estudando Direito, Lélis fala que “não tem mais vida” por causa da repercussão do caso, mas que não mudaria em nada os depoimentos.
— Reafirmo todas as acusações. Mantenho tudo o que digo. Mas é muita canseira. Era melhor ter ficado calada, porque recebo várias ameaças. Ando com dois seguranças para cima e para baixo. Não saio sozinha. Minha vida parou! — conta ela ao GLOBO, para dizer, em seguida, que não teria levado o caso adiante.
— Minha mãe que denunciou. Eu mesma não ia denunciar. Mexer com Feliciano é perigoso, mas acordei para a vida agora.

Fonte: Globo

Suspeito de furto de celular em trem é amarrado e agredido, na Zona Norte

Um homem suspeito de furtar um celular foi agredido e amarrado por populares que estavam em um trem na tarde desta terça-feira, na estação de Anchieta, na Zona Norte do Rio de Janeiro. De acordo com testemunhas, Fabiano Maria Ferreira, de 24 anos, teria furtado o celular de uma das passageiras que usava o aparelho durante o trajeto Central-Japeri. A vítima, Talita da Silva Cabral, de 33 anos, que é estudante de Direito, estava indo para casa, em Nilópolis, na Baixada Fluminense.
— Fiquei muito nervosa na hora — disse Talita, sem se estender.

Ao chegar à estação de Anchieta, Fabiano tentou deixar a plataforma correndo, mas foi perseguido por um grupo de pessoas. Ele se escondeu debaixo do trem, interrompendo o funcionamento na ferrovia, e foi resgatado pelo agente de controle da estação.
— Acredito que só não aconteceu o pior porque eu intervim. A fúria do grupo era tão grande que não consegui impedir que amarrassem ele e o agredissem — disse o agente de controle.


O suspeito, que estava desarmado, foi agredido com tapas, socos e chutes e ficou amarrado por cerca de 20 minutos em uma pilastra na estação de Anchieta. Policiais do 41º BPM (Irajá) foram acionados para o local e levaram o suspeito e a vítima, identificada como Talita da Silva Cabral, de 33 anos, para a Cidade da Polícia, na Zona Norte. Até as 19h desta terça-feira, a Polícia Civil não sabia informar que delegacia irá investigar o caso.

Fonte: Extra

Kadu Moliterno processa Luana Piovani após atriz relembrar caso de agressão


Kadu Moliterno decidiu tomar providências sobre as acusações feitas por Luana Piovani a ele na semana passada em seu canal no Youtube. O ator entrou com um processo contra a atriz por calúnia, difamação e danos morais na 7ª Vara Cível da Barra da Tijuca, depois que Piovani relembrou os casos de agressão envolvendo ele e a mãe dos seus filhos, Ingrid Saldanha, e também sua ex-namorada, a modelo Brisa Ramos.
Num papo sobre machismo com os seus seguidores, Luana afirmou que Kadu "bateu na esposa" e "continua trabalhando, fazendo novelas e posando com as novas namoradas nas revistas de celebridades".
"Kadu Moliterno, que já foi meu par, bateu na esposa, ela foi capa da revista 'Veja' com a manchete: 'Não foi a primeira vez1 e não soube de condenação. Continua trabalhando, fazendo novelas, posando com as novas namoradas para as revistas de celebridades", criticou.
Segundo o advogado Jonas Tadeu Nunes, que representa Kadu, o ator sentiu-se ofendido em sua "honra e dignidade".
"Kadu nunca bateu em ninguém, em nenhum momento a Justiça o condenou por lesão corporal. O processo foi julgado e encerrado. Ao comparar Kadu com José Mayer, a atriz o coloca como um costumeiro agressor", afirma o advogado, frisando que o cliente não quer dinheiro. "Ele não busca reparação financeira. Queremos apenas uma repreensão judicial".


Através de um comunicado enviado por sua assessoria de imprensa, Kadu classificou a atitude de Luana como "desnecessária e desprovida de legitimidade".
"Lamento profundamente a atitude de minha colega, totalmente desnecessária e desprovida de legitimidade. Trazer um assunto acontecido há 12 e resolvido nos termos legais é passível de processo. Tenho com minha família uma relação de amor e amizade", disse o ator, atualmente casado com a musa fitness Cristianne Rodriguez.
"Atualmente estou casado com uma mulher maravilhosa, cercado de paz, amor cumplicidade e respeito! Estou muito triste, pois essa inconsequência atingiu toda minha família, esposa e amigos!", finalizou ele.

Fonte: Extra

Figurinista que denunciou José Mayer é chamada a depor


A figurinista Susllem Tonani, que denunciou o ator José Mayer por assédio sexual nos bastidores da novela A Lei do Amor, foi chamada a depor pela 32ª Delegacia da Polícia Civil do Rio, no bairro da Taquara, DP que é próxima aos estúdios da Globo. Susllem tem até seis meses para se apresentar e fazer uma representação – documento que daria partida a uma ação penal contra o galã. Mas, como explica o delegado Rodolfo Waldeck, não é obrigada a fazê-lo, caso não queira levar o caso à Justiça. A figurinista ainda não procurou a polícia para marcar uma visita à delegacia.
“A vítima já foi contatada. É preciso que ela compareça e faça uma representação para que a gente possa prosseguir na investigação”, diz Waldeck. “Se ela optar por não fazer a representação, não há investigação.” O delegado lembra que casos de assédio e abuso só correm à revelia da vítima quando ela é menor de 14 anos.
Caso Susllem Tonani entre com uma ação penal contra José Mayer, o ator também será chamado a depor. O crime de assédio sexual se configura quando quem assedia ocupa posição hierárquica superior à da pessoa assediada e tira partido da situação – o que aconteceu na Globo. Se for condenado, José Mayer pode receber pena de até dois anos de prisão.
Desde que fez a denúncia contra José Mayer no blog Agora É que São Elas, do site do jornal Folha de S.Paulo, Su Tonani, como é conhecida, tem evitado a imprensa. No seu post, ela acusou Mayer de fazer comentários sobre seus seios e nádegas, de chamá-la de “vaca” no set de gravação e de apalpar sua genitália.
A primeira reação do ator foi negar tudo e dizer que tal comportamento desprezível era típico do vilão que ele vivia na novela A Lei do Amor, não dele próprio. Na semana passada, pressionado pela Globo, Mayer usou sua assessoria de imprensa para distribuir uma carta aberta em que admitia ter agido mal e colocava a culpa na sua geração.

Fonte: VEJA