quinta-feira, 13 de abril de 2017

#Moda - Geisy Arruda opta por look "sexy sem ser vulgar" em foto na web


Geisy Arruda, que sempre aposta no decotão e abusa dos vestidos curtos, optou por um figurino mais comportado nesta terça-feira (11). 
A modelo posou com um cropped laranja e exibiu suas pernas torneadas ao usar uma saia com uma super fenda. "Bom dia", escreveu a beldade na legenda do clique. 
Os fãs de Geisy lotaram os comentários com muitos elogios. "Ual, que gata", disse um seguidor. "Você está muito chique", disparou outro. "Linda, você 'LACRA'", brincou um terceiro.

Fonte: Redetv

Astro de reality da MTV se suicida na frente de amigos


O ator Clay Adler, do reality "Newport Harbor: The Real Orange Country", da MTV americana, se matou na frente de amigos. A informação é do TMZ, site especializado em celebridades. Clay, de 27 anos, estava em uma viagem com amigos em um deserto e causou um ferimento a bala em si mesmo, no final de março. Ele acabou morrendo no hospital no último dia 26.
De acordo com a reportagem, não havia drogas ou álcool no corpo dele. Clay teria um histórico de doença mental.
A atriz Jennifer Lawrence, que o conheceu no começo da carreira, afirmou ter ficado "totalmente arrasada" com a morte de Clay. Os pais do ator decidiram doar os órgãos. “Pelo menos conseguimos salvar quatro ou cinco vidas”, afirmou o pai do ator, Frank, à revista People. 
“Estamos tristes com a notícia da morte de Clay Adler”, disse a rede MTV em um comunicado. “Nossos pensamentos e orações estão com sua família e amigos neste momento.”

Fonte: Correio da Bahia

Globo Repórter refaz os passos de Jesus de Nazaré no Oriente Médio


Os caminhos sagrados do cristianismo. Nesta Sexta-Feira Santa, o Globo Repórter convida você para uma aventura movida pela fé. Vamos refazer os passos de Jesus de Nazaré no Oriente Médio. Conhecer a terra que, na Bíblia, é chamada de paraíso.
E quantas revelações: uma passagem secreta nos levará ao lugar onde aconteceu o último encontro entre os apóstolos Pedro e Paulo.
A magia da floresta dos Cedros de Deus. Um território que guarda os mais surpreendentes registros da história cristã.
Um dos últimos eremitas do Vale Santo. O que aprendeu o homem que vive isolado entre as montanhas?
A Galiléia libanesa e o exato local onde teria acontecido o primeiro milagre de Cristo.
Pão, vinho e azeite. Alimentos sagrados para o corpo e para a alma.
As fortalezas dos tempos dos Cruzados.
Sexta (14), no Globo Repórter.

Fonte: Globo Repórter (Globo.com)

'Sou um homem evoluído', diz Thammy Miranda


Eleito desde o berço para assumir o posto de “Rainha do Bumbum” da mãe Gretchen, Thammy Miranda surpreendeu o país quando se assumiu um homem transexual. As mudanças em seu corpo foram acompanhadas pelo público, que viu a dançarina sensual, que já tinha posado nua, se transformar em um homem com pelos e barba.

Hoje, aos 34 anos, dois anos depois de uma mastectomia, o ator se sente completo e um namorado melhor para a atriz Andressa Ferreira, com quem divide uma cobertura na zona sul de São Paulo: “Sou um homem evoluído!"

QUEM: Você se assumiu homossexual publicamente aos 24 anos e anos mais tarde, um homem transexual. Você passou por esse processo ou foi uma escolha não expor tudo de uma vez para o público?
THAMMY: Passei mesmo por esse processo. Na verdade, o público passou por esse processo junto comigo. Eu nem sabia que existia transexual, nem mesmo o termo. Foi passando o tempo e ainda tinha alguma coisa que não estava certa. Não estava satisfeito comigo mesmo. Foi quando eu fui saber o que era transexual. Na hora falei: 'Cara, você é isso aí'. Fui me reconhecendo como homem e buscando adaptar o meu corpo da forma com a qual eu me sentia. Comecei a tomar os hormônios há dois anos e meio e, depois da cirurgia, é como se eu tivesse colocado tudo de dentro para fora. Não me sentia completo. Parecia que tinha algo fora do lugar.

QUEM: Sua mãe realmente teve dificuldade em aceitar isso?
THAMMY: No começo ela não aceitou. Achava que era fase, que eu estava com encosto… Não bati de frente com ela. Apenas falei que era a minha realidade e que jamais iria fazer isso para chamar atenção. Quem quer sofrer preconceito de graça? Ninguém quer passar por isso. Acho que ela não aceitou no começo porque não sabia o que realmente estava acontecendo e porque tinha planejado muitas coisas para mim, que eu não poderia fazer, como assumir o posto dela. Mas quando ela entendeu que aquilo era a minha realidade, o amor prevaleceu. Ela me aceitou e me apoia. 

QUEM: Qual foi a importância da Andressa nessa sua adaptação?
THAMMY: É muito importante ter o apoio das pessoas que você ama, mas quando se é transexual não importa muito o que os outros acham. É uma coisa que é mais forte do que você. Mesmo se a Andressa e meus pais falassem que não aceitavam eu ia ser do mesmo jeito. Não tinha uma opção. Lógico que quando liguei para a minha mãe e falei que ia operar e tirar os seios e ela me apoiou, assim como meu pai, tudo ficou muito mais confortável. A Andressa não levou tão na boa no começo porque não queria que eu fizesse a cirurgia.
ANDRESSA: Não é que eu não queria! É que é complicado… Eu tinha medo que ele se arrependesse. Também tinha uma insegurança em relação ao nosso relacionamento. Antes eu só namorava uma mulher, era mais simples. De repente comecei a namorar um homem. É uma relação diferente da que eu estava acostumada e disposta. Daí me permiti a amar a pessoa, além do gênero. Ainda bem que eu sempre me coloquei como bissexual, caso contrário, nem poderia estar mais com o Thammy, que é homem. Se eu fosse só lésbica não ia ficar com ele de jeito nenhum. Tenho conhecidos que não conseguiram superar isso e terminaram o relacionamento.

QUEM: Por ter estado do outro lado você se acha um namorado melhor?
THAMMY: Fiquei mais confiante, mas, ao mesmo tempo, mais egoísta. Tenho que tomar cuidado sempre com isso. A gente começa a se reconhecer, a se gostar, e acaba pensando só na gente mesmo, esquecendo um pouco da parceira. Então, até minha cabeça adaptar, foi complicado. Os hormônios mexem muito com a sensibilidade, me deixou nervoso. Mas não consigo programar o que quero ser ou fazer como namorado. É no instinto. Acho que tenho uma facilidade para entender melhor a mulher porque sou um homem evoluído (risos).
ANDRESSA: Menos, né! Mas acho que ele tem mais facilidade mesmo para me entender porque sentiu, de certa forma, o que é ser uma mulher. Já teve TPM, coisa que um homem nunca vai entender. Ele entende essa fragilidade que a mulher sente em certos momentos. O que eu senti é que no começo Thammy era mais sensível. Não só comigo, mas questões do dia a dia. Depois, a testosterona trouxe mais praticidade para a vida dele e é ótimo porque dá um equilíbrio. É ruim muita sensibilidade junta. Acho que foi a melhor parte dessa postura masculina dele!


QUEM: Você mudou o gênero nos documentos. Como foi fazer com quem as pessoas passassem a se referir a você por meio do gênero masculino?
THAMMY: Decidi trocar os documentos muito tarde e por isso não quero trocar o nome. Acho que nem ia atender por outro nome. Ainda tem gente que não se acostumou a me tratar pelo gênero masculino. Visualmente acho que não tem motivo, mas tem gente que tem a imagem de antigamente. Respeito o tempo de cada um, mas me incomoda quando vejo que fazem de propósito. Meus parentes ainda oscilam. Até a Andressa ainda se policia. A gente teve uma conversa e eu disse: 'Se você que dorme e acorda comigo não se esforça, imagina quem não me conhece?'. Depois disso ela começou a prestar mais atenção.
ANDRESSA: Essas foi a parte mais difícil. Eu conheci com o Thammy como ela. Mas estou me policiando desde que ele começou a demonstrar que estava incomodado com isso. Até pensei em chamá-lo só de Miranda, por ser mais fácil e masculino.

QUEM: A questão do uso de banheiros públicos por transexuais foi um tema forte nos Estados Unidos no último ano. Você usa banheiro masculino ou já foi impedido de usar?
THAMMY: Não tem como não usar. Imagina um cara barbado entrar em um banheiro feminino? Já que me posicionei como homem, tenho que frequentar o banheiro masculino. Ainda não passei por nenhum impedimento ao usar o banheiro masculino. 

QUEM: Como é ser uma referência para tantas pessoas que passaram ou passam pela mesma experiência?
THAMMY: É puxado ter essa responsabilidade. Quero que as pessoas me vejam como alguém que faz qualquer coisa pela sua liberdade e felicidade. Mas não quero que pensem que fiz o que fiz por ser legal, porque ser trans é o maior barato. Tem um pessoal novinho com 12 ou 13 anos que fala que quer ficar igual a mim. Eles acham que isso é moda, mas não é. Demorei 32 anos para saber realmente o que estava acontecendo comigo. Claro que tem crianças que já sabem quem são e se reconhecem em determinado gênero. Acho que cada um é cada um e tem o seu próprio tempo, mas é uma decisão séria. É uma mudança radical que não tem volta. Mesmo se eu parar de tomar hormônio hoje, a barba não vai cair. Mesmo que eu quisesse colocar um silicone, o peito ia ficar deformado. Não é brincadeira.

QUEM: Que conselho você daria para o Thammy de 18 anos?
THAMMY: De Thammy para Thammy, falaria para ele ter sido ele mesmo antes. Mas acho que tudo tem o seu tempo. Talvez antes eu não tivesse a maturidade de hoje.





Fonte: QUEM

Imprensa internacional repercute o caso de assédio sexual praticado por Zé Mayer

O caso de assédio envolvendo o ator José Mayer e a figurinista Susllem Tonani, 28 anos, ainda da o que falar, agora na imprensa internacional. Nesta quinta-feira (13), o jornal americano The New York Times falou sobre a punição que a Rede Globo imprimiu a Mayer. "Uma vitória contra o machismo no Brasil: Uma estrela de novelas é punida por assédio”, dizia a publicação.


A nota também deu destaque para a ação das atrizes usando camisas "Mexeu com uma. Mexeu com todas". Na semana passada, o Washington Post já havia repercutido o assunto, dando destaque para a declaração de desculpas do ator. O Daily Mail, do Reino Unido também abordou o tema da declaração e o canadense The Global and Mail escreveu sobre a "grande agitação" que a denúncia da figurinista causou.

Fonte: Correio da Bahia

Pai de Emilly diz que vai conversar com Marcos na final do 'BBB17': 'Meu genro'


Purepeople - Na final do "Big Brother Brasil 17", um encontro promete agitar os bastidores do programa: Volnei Araújo, pai de Emilly, afirmou que quer encontrar Marcos, cuja presença está confirmada no programa desta quinta-feira (15). O gaúcho foi expulso na última segunda-feira (11) por indícios de que ele teria agredido à gaúcha. À época, Volnei afirmou estar bastante chateado com a postura do médico.

'MEU GENRO', AVALIA VOLNEI
Mas, em conversa com fãs na porta do hotel, pareceu mais tranquilo quanto ao possível relacionamento com o cirurgião. "Você vai conversar com o Marcos?", questionou uma admiradora da gaúcha, que fez as pazes com Vivian no último dia de confinamento. "Claro, ele é meu genro", garantiu o mecânico de Eldorado do Sul, arrancando risos e comemorações dos fãs. Nos comentários, fãs se dividiram quanto a atitude dele: enquanto uns apoiaram a decisão, outros torceram para que Emilly seguisse sozinha após o fim do programa.

Uma publicação compartilhada por Odeio Rúcula (@odeiorucula) em

FAMÍLIA DE MARCOS DECLARA TORCIDA PARA VIVIAN: 'CAMPEÃ'
Também em vídeo postado nas redes sociais, a mãe de Marcos, Enilda, se manifestou favorável à vitória de Vivian no reality show. "Pessoal, não posso me calar! Vivian campeã", afirmou a gaúcha, que já havia se posicionado contra o romance do filho com Emilly quando os dois estavam confinados. Já em seu perfil no Facebook, Enilda compartilhou uma foto usada pelos fãs da manauara para conseguir votos. Nela, destaca-se a frase "Eu sou Vivian Amorim Campeã", incluindo as hashtags "Time Vivian e "Vivian Campeã". "Não posso ficar calada", voltou a afirmar a idosa no Facebook. Já a irmã do médico, Carol Härter compartilhou a postagem da mãe e explicou o porquê de sua torcida. "Coração de mãe pede", limitou-se a dizer a advogada. Mais cedo, as duas apareceram com Marcos: após prestar depoimento na última quarta-feira (12), da Delegacia de Atendimento Mulher (DEAM), de Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio, o cirurgião ficou com a família em um hotel, no qual também estrelou um ensaio fotográfico.
(Por Marilise Gomes)

Em noite de primeira eliminação, Dancing Brasil garante a vice-liderança de audiência no Mercado Nacional

R7 - Na primeira noite em que o Dancing Brasil foi exibido ao vivo e que aconteceu a primeira eliminação, a atração garantiu a vice-liderança de audiência no Mercado Nacional, segundo dados do Kantar IBOPE. O reality, que foi ao ar nesta terça-feira (11), das 22h35 às 0h21, marcou 6 pontos de média e share de 11%.
O programa, que exibiu seu segundo episódio, foi marcado pela eliminação do primeiro competidor: Dalton Rangel foi quem recebeu menos votos do público e saiu da disputa.
O Dancing Brasil vai ao ar às segundas-feiras, ao vivo, logo após o Jornal da Record, com apresentação de Xuxa Meneghel, produção da Endemol Shine Brasil, direção de Marcelo Amiky e direção geral de Rodrigo Carelli.

Figurinista volta atrás e José Mayer pode ser inocentado

A figurinista Su Tonani disse que não pretende formalizar a denúncia contra José Mayer depois de ser chamada a depor pelo delegado titular da 32ª DP, Rodolfo Waldeck. Segundo a revista "Veja", a stylist demonstrou não ter interesse de levar a acusação de assédio sexual à justiça. Se Tonani não depor, não é possível abrir uma investigação contra o veterano.

POLÍCIA ESPERA QUE SU MUDE DE IDEIA
A polícia do Rio espera que Su mude de ideia e decida prestar depoimento. Caso a investigação seja aberta, Mayer pode responder pelo crime de assédio sexual. A pena prevista é de até dois anos de cadeia. Inclusive, o ator pode ser responsabilizado por estupro, já que uma mudança na legislação, em 2009, ampliou o conceito para qualquer contato físico sem consentimento.

JULIA FAJARDO, FILHA DE JOSÉ MAYER, DELETA REDE SOCIAL
Julia Fajardo, filha de José Mayer, apagou suas contas das redes sociais depois do assédio do pai vir à tona. A mãe de Julia e esposa de Mayer há 45 anos, Vera Fajardo, por sua vez, negou os rumores de que iria se separar do marido após a polêmica. "45 anos não são 45 dias. A Vera não deixará as notícias abalarem o casamento", garantiu.

JOSÉ MAYER PEDE DESCULPAS
Em uma carta aberta, Mayer assumiu o assédio à figurinista e pediu desculpas por seu comportamento abusivo. "Eu errei. Errei no que fiz, no que falei, e no que pensava. A atitude correta é pedir desculpas. Mas isso só não basta. É preciso um reconhecimento público que faço agora. Mesmo não tendo tido a intenção de ofender, agredir ou desrespeitar, admito que minhas brincadeiras de cunho machista ultrapassaram os limites do respeito com que devo tratar minhas colegas. Sou responsável pelo que faço."

LETÍCIA DIZ QUE FOI ASSEDIADA POR MAYER
Depois de demonstrar apoio a Su Tonani, Letícia Sabatella revelou que passou por uma situação parecida com o veterano. "Quando li o relato da Su, que não conheço, eu me compadeci imediatamente. Senti o que ela sentiu, e sabia que ela não estava mentindo. Também já tinha passado por uma experiência parecida com o Zé Mayer, que foi alertado de maneira amigável."
(Por Tatiana Mariano)

Fonte: Purepeople

Chico Buarque vence processo contra jornalista; indenização é de R$ 25 mil

Lembram do jornalista João Pedrosa, que foi ao Instagram de Sílvia Buarque e comentou numa foto em que ela aparece pequena ao lado do pai e da irmã, Helena, que tratava-se de uma “Família de canalhas!!!" e perguntando se eles tinham orgulho de "ser ladrão!!!"?
Pois ele perdeu o processo que Chico Buarque, pai de Silvia, moveu contra ele. A juíza Simone Gastesi Chevrand, da 25ª Vara Cível do Rio, o condenou a pagar R$ 25 mil - divididos em cinco partes: R$ 5 mil para Sílvia, e outros R$ 5 mil para Marieta Severo, Helen, Luísa e Chico. 
O caso aconteceu ano passado.
O jornalista, antes do processo, chegou a ir à público e dizer que se excedeu e que sua “indignação” seria justificada pelo atual momento do país e por estar em “campos opostos” em relação ao artista, que sempre demostrou apoio ao PT e ao MST. (com informações de O Globo)

Fonte: Jornal do Brasil (Heloísa Tolipan)

Agressão no "BBB 17": depois de Marcos prestar depoimento, será a vez de Emily

Eliminado do "Big Brother Brasil 17" e acusado de agressão e assédio, o participante Marcos Harter prestou depoimento no começo da tarde de hoje na Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de Jacarepaguá.
O depoimento foi ouvido pela delegada-titular Viviane Costa Ferreira, que falou com jornalistas que estavam no local: “Ainda estamos investigando a questão da violência doméstica. Se for provado, de um modo geral, a pena é de 1 a 3 anos. Quero deixar claro o quanto é importante falarmos sobre o tema. Muitas mulheres se sentem culpadas, acham que a culpa é delas. Digo sempre para as mulheres denunciarem".


Marcos, por sua vez, não falou com a imprensa na chegada, nem na saída. 
Agora, Emilly também será chamada para prestar depoimento, que deve ocorrer na próxima segunda-feira (17).
Marcia Noeli, diretora da Divisão de Atendimento à Mulher da Polícia Civil do Rio de Janeiro disse que foi instaurado inquérito para investigar a agressão.

Fonte: Jornal do Brasil (Heloísa Tolipan)

Emilly diz animada: 'Estamos num momento luxo do Big Brother'

Emilly ainda está muito feliz de ter visto o recado de Ana Maria Braga. A gêmea brinca sobre as visitas que elas receberam: "Estamos num momento luxo do Big Brother. Só flores. Essa final está só flores. Recebemos o Tiago aqui dentro, a Ana Maria". Vivian concorda e comenta: "Por isso que a Ana falou que não tem como sair daqui achando que estamos perdendo. Meu Deus do céu. Olha isso!".

Dado Dolabella manda indireta após Luana Piovani relembrar agressão


Dado Dolabella, condenado em 2014 por agredir Luana Piovani, voltou a ser notícia depois que a atriz gravou um vídeo relembrando o caso. Dado, que cumpre pena assistindo palestras socioeducativas sobre violência doméstica em um fórum do Rio, segundo o jornal Extra, não gostou de ver Luana citando a agressão. 
"Uma das lições mais importantes da vida é aprender a não revidar. Não é porque alguém te feriu que você precisa ferir de volta. A lei do retorno existe... Mas ela não diz que você tem que fazer justiça com as próprias mãos. Ninguém é integralmente feliz causando a infelicidade alheia. O universo dá, mas ele também sabe cobrar. E cobra com juros e correção monetária. Então, pra que vingança? Seja feliz. Deixe que cada um acerte suas contas com o destino. Cuide só da sua história." (A.D.) Segue o baile", postou ele no Instagram, sem citar o nome da atriz.
Uma internauta rebateu o ator, e comentou que "é fácil falar quando o agressor foi você!". Dado, então, respondeu: "Agora ficar revivendo isso a cada instante... Sem enxergar a evolução é não acreditar na própria luta".
Na segunda-feira, Piovani postou um vídeo para falar da acusação de assédio do ator José Mayer e relembrou a agressão sofrida por Dado. “Dado Dolabella enfiou a mão na minha cara, eu fui para o mundo contar e seis meses depois ele ganhou R$ 2 milhões na Fazenda, votados pelo telefone. Pelas pessoas. Vocês imaginam como eu me senti quando Dado Dolabella ganhou R$ 2 milhões depois de ter enfiado a mão na minha cara?”.


Em 2008, Luana falou da agressão em entrevista ao Extra na época: "Ele me agrediu, sim, fisicamente. Tanto que ele foi processado. Só que na Ismê (de Souza, a camareira, de 70 anos), a agressão dela foi considerada grave. Ela ficou com os dois antebraços engessados. No meu caso, foi uma bifa gigante na fuça mesmo, na cara. E me machucou os braços porque me apertou. Mas eu não deixei de trabalhar. Só fiquei usando um casaquinho para conter a vergonha dos braços. O tapa não machucou. A minha foi uma agressão considerada leve, a da Ismê foi grave".

Fonte: Correio da Bahia

Marcos quer manter distância de Emilly após polêmica no BBB 17

O ex-participante do BBB17, Marcos Harter, foi à Delegacia de Atendimento à Mulher de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, prestar depoimento sobre as acusações de agressão que sofreu durante sua participação no programa. O cirurgião teve um relacionamento conturbado com Emilly no reality, já que os dois brigavam constantemente e Marcos chegou a beliscá-la em uma festa, por ciúmes.
Com todas as polêmicas, o brother foi expulso da atração e ficou em um hotel confinado apenas com a presença de amigos e familiares - e a grande final do BBB nesta quinta-feira (13), também não contará com a presença do médico.
Mas a situação fica ainda mais séria. Segundo informações do jornal Extra, Marcos quer manter distância máxima de Emilly. O cirurgião teria confessado a pessoas próximas que o namoro com a estudante definitivamente não tem mais volta. Essa decisão, inclusive, não parte só de Marcos, já que ele está seguindo conselhos de sua própria família, que nunca aprovou o seu relacionamento com a gêmea. Ele também foi orientado a não citar o nome de Emilly até que ela preste depoimento na delegacia, o que pode acontecer na próxima segunda-feira, dia 17.

Delegada fala sobre depoimento de Marcos na delegacia
A delegada responsável pelo caso, Viviane Costa Ferreira, comentou sobre o depoimento de Marcos e ainda esclareceu o caso, segundo informações do colunista Leo Dias. Ela afirmou que assim que o inquérito for concluído, ela dará mais informações para a imprensa.
- A decisão pela eliminação do Marcos foi uma decisão unilateral da emissora. A Polícia Civil não tem nada a ver com a eliminação do Marcos. A partir daí foi instaurado inquérito e nós estamos apurando. A investigação já está bem adiantada e estamos aguardando a chegada das imagens que já foram solicitadas. Quando a Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro tomou ciência, através dos bombardeios que vieram pela internet de um possível delito de violência doméstica ocorrendo no interior do reality show, a diretora do departamento me ligou e nós analisamos brevemente alguns momentos que estavam sendo passados no reality show e vimos sim que ali havia indícios de que poderia estar ocorrendo o crime de lesão corporal contra a participante Emilly, comentou Ferreira.

Expulsão
As atitudes de Marcos deixaram os fãs do programa indignados. Após discutir e elevar a voz para Emilly, Marcos não passou despercebido para quem o assistia. A própria confinada fez uma reclamação ao namorado pela forma que ele estava a segurando. Durante a discussão Emilly lamentou: "Marcos, está doendo, está me machucando”.

Com informações do Estadão Conteúdo!