segunda-feira, 24 de abril de 2017

'Eu fiz tudo certinho', diz piloto de avião que fez pouso forçado com Angélica e Huck

O piloto Osmar Frattini, que fez o pouso forçado com a família dos apresentadores Luciano Huck e Angélica há quase dois anos em Mato Grosso do Sul, afirma que fez tudo certinho no check list, ao contrário do que diz o relatório do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), do Comando da Aeronáutica.
Frattini disse que vai contestar a conclusão da Aeronáutica sobre o acidente. O relatório dos peritos indica que teve uma pane seca, ou seja, faltou combustível no tanque da asa esquerda, e o motor da asa direita foi suficiente continuar o voo.
“Para nós não tinha como desconfiar. Está tudo marcado igual, está funcionando. Você confia que o equipamento está marcando e, de repente, não está marcando”, afirmou o piloto.
Na época do acidente, os peritos do Centro de Investigação levaram as turbinas, os sensores, tanque, bombas de combustível. Segundo o relatório, o piloto e copiloto não cumpriram o checklist obrigatório em casos de pane.
“Eu fiz tudo certinho no checklist. O Flávio [de Souza Zanatto] que executou e ele perguntava. Não é à toa que quando eu decidi pousar eu disse que ele seria ‘o meu comando’ para reduzir e cortar o motor”, disse Frattini.
O relatório apontou ainda que o avião poderia ter chegado a Campo Grande, mas o piloto explica que não tinha condições para continuar o voo. “A intenção era prosseguir até Campo Grande, mas eu estava perdendo muita velocidade, caindo muito rápido. Então tomei a decisão do pouso forçado mesmo”, disse Frattini.


Responsabilidade
Sobre o intuito do advogado José Trad, que defende a MS Táxi Aéreo, em culpar o piloto sobre o acidente, Frattini disse que não pode mudar o regime da empresa. “A empresa determinou ser de uma forma e era assim. Muito mais fácil você ser substituído do que arrumar o problema”, afirmou o piloto que presta serviço há 15 anos.
A investigação também indicou que a aeronave tinha dois equipamentos essenciais sem funcionar: o gravador de dados de voz, que é uma das caixas-pretas, e um sistema que diminui automaticamente resistência do ar em uma das hélices quando ela para.
O relatório revelou que a empresa de táxi-aéreo orientava os pilotos a não escriturar “não conformidades” no diário de bordo da aeronave. Eles sequer tinham acesso às cadernetas de motor, célula e hélice.
Além disso, conforme o documento, equipamentos que não eram considerados essenciais para o despacho da aeronave não costumavam sofrer nenhum tipo de manutenção pela empresa.
“Você leva um avião para manutenção com itens para serem feitos, você pega o avião e sai para um voo e começa a aparecer um, outro e outro problema. Cansei de não fazer voo e eles mandarem um menino novo. Minha intenção era forçar eles a fazerem a manutenção”, disse Frattini.
Outro problema que resultou na necessidade do pouso forçado do bimotor foi a troca da posição dos sensores de combustível da asa esquerda. O do tanque interno estava instalado no externo, e vice-versa, o que fez com que o piloto achasse que havia combustível naquela asa, o que não era verdade.
Uma válvula de alimentação cruzada interligava os sistemas direito e esquerdo, possibilitando, quando necessário, o fornecimento de combustível de uma mesma asa para ambos os motores ou, no caso de um motor inoperante, a alimentação do motor em funcionamento com combustível da asa oposta.
“Quando o motor apresentou a falha, a primeira coisa que eu vi foi o liquidômetro do avião e havia combustível. Se havia combustível eu não pensei em nada sobre falta de combustível, mas sobre motor. Quando o motor apresentou a pane, fizemos todos os procedimentos, checklist, emergências”, explicou o piloto.

Fonte: G1

Susana Vieira publica foto sem maquiagem e ganha elogios


A atriz Susana Vieira publicou nesta segunda-feira (24) uma foto sem maquiagem. Aos 74 anos, a artista aparece de cara limpa, ao lado da professora de alongamento, sem direito a sequer um batom ou base. 
"Querida Bianca, minha professora de alongamento há 20 anos... Obrigada por tudo!", escreveu a intérprete de Cora, na supersérie "Os Dias Eram Assim", na legenda.
Os seguidores encheram Susana de elogios. "De cara limpa! Tá aí. Por isso amamos você", escreveu uma. "Ela posta sem maquiagem porque é autêntica e verdadeira. Parabéns", postou outra. "Nossa, sem maquiagem e ainda é linda! Quem me dera chegar na idade dela com esta linda aparência e este corpão", escreveu uma terceira fã.

Fonte: Correio da Bahia

Tatá Werneck está internada com infecção renal


A atriz e apresentadora Tatá Werneck foi hospitalizada na tarde desta segunda-feira, 24, devido a uma infecção renal, segundo informações de sua assessoria de imprensa. Os sintomas teriam começado no final do domingo, 23.
Em seus stories no Instagram, ela publicou um termômetro que indicava altas temperaturas corporais, além de demonstrar sentir muito incômodo físico e prostração.
A internação de Tatá não compromete a exibição do talk-show Lady Night, no Multishow, já que todos os episódios dessa temporada já estão gravados.

Fonte: Portal A Tarde

Marilene Saade emagreceu 9kg após coma: 'Estou fraca e cansada'


Internada desde 29 de março para uma cirurgia de retirada de útero que resultou em graves complicações, Marilene Saade já está em casa. A mulher do ator Stênio Garcia recebeu alta neste domingo da Clínica São Vicente, no Rio, e falou pela primeira vez ao EXTRA sobre sua recuperação.
"Estou muito fraca e cansada, não aguentava mais ficar no hospital, então, pedi aos médicos para me recuperar em casa, após deixar o CTI", explicou ela, que está hospedada na casa dos pais, em Copacabana, para ficar mais próxima do hospital.
Marilene ainda procura uma explicações para ter desenvolvido a Síndrome da Angústia Respiratória Aguda (SARA), descrita como um quadro de lesão pulmonar aguda, provocada por diversos distúrbios que causam o acúmulo de líquidos nos pulmões, mais especificamente nos alvéolos, onde ocorre a troca gasosa.

Marilene Saade no hospital

"Ninguém sabe como isso foi acontecer, nem a literatura médica explica. Emagreci nove quilos e estou tendo que tomar um monte de remédios. Sinto um cansaço muito grande, durmo quase o tempo todo. O Stênio está me dando todo o suporte", contou Marilene, que não tem nehuma restrição alimentar após a alta.



Fonte: Extra

Piovani é intimada a depor em ação movida por Kadu Moliterno

A atriz Luana Piovani foi intimada a comparecer à 42ª Delegacia de Polícia Civil do Rio de Janeiro para prestar esclarecimentos em relação a um processo contra ela movido pelo ator Kadu Moliterno. Ele acusa Luana por calúnia, difamação e injúria após declarações de Piovani em um vídeo no seu canal do YouTube afirmando que Kadu agrediu a ex-mulher a uma ex-namorada fisicamente.
No início do mês, Luana gravou um vídeo falando de machismo e violência doméstica. Entre os casos que ela citou estava o de Kadu, afirmando que o ator "bateu na esposa" e mesmo assim "continua trabalhando, fazendo novelas e posando com as novas namoradas nas revistas de celebridades".


"Kadu Moliterno, que já foi meu par, bateu na esposa, ela foi capa da revista 'Veja' com a manchete: 'Não foi a primeira vez e não soube de condenação. Continua trabalhando, fazendo novelas, posando com as novas namoradas para as revistas de celebridades", cricitou Luana.
Kadu divulgou nota lamentando a atitude Luana, classificando-a de "desprovida de legitimidade'. "Lamento profundamente a atitude de minha colega, totalmente desnecessária e desprovida de legitimidade, trazer um assunto acontecido há 12 anos atrás e resolvido nos termos legais é passível de processo. Tenho com minha família, uma relação de amor e amizade. Atualmente estou casado com uma mulher maravilhosa, cercado de paz, amor cumplicidade e respeito! Estou muito triste, pois essa inconsequência atingiu toda minha família, esposa e amigos!", disse o ator, atualmente casado com Cristianne Rodriguez.
O advogado de Kadu, Jonas Tadeu Nunes, esclarece que ele move três ações contra Luana. "Outro fato é que ela extrapolou pois poderia até ter falado do Kadu que não teria nenhum problema. Ela poderia ter falado: 'Conforme já saiu nas revistas, existe esse fato aqui do Kadu com a ex-mulher e etc...'. Ela poderia até ter falado, mas no momento que ela fala: 'Ele continua por aí, trabalhando, fazendo novelas, posando com as namoradas nas revistas de celebridades, viajando para o Caribe e tal...', isso se chama 'Plus'. Ela fez um plus subjetivo indagando a sociedade que ele não deveria estar trabalhando e que deveria estar segregado e repudiado pela sociedade. Então ele não deveria estar trabalhando? Não deveria estar fazendo novelas? Deveria estar segregado, repudiado pela sociedade? Isso caracteriza um plus para difamação e injúria e é passível de processo criminal conforme está sendo feito e de reparação cível conforme também já foi feito", afirma.

Fonte: Correio da Bahia

Corpo do cantor Jerry Adriani é velado no Rio

O corpo do cantor Jerry Adriani, que morreu neste domingo (23), é velado desde a manhã desta segunda-feira (24), no Cemitério Francisco Xavier, no Caju, Zona Portuária do Rio. Ídolo da Jovem Guarda, o artista enfrentava um câncer. O artista tinha 70 anos.
O filho Thadeu Vivas recebeu o corpo na capela B do cemitério. Para que todos os amigos, familiares e fãs possam se despedir do cantor, o corpo será velado durante todo o dia, e o enterro está previsto para acontecer às 17h.

Familiares chegam ao enterro de Jerry Adriani
Por volta das 9h, a viúva de Jerry, Ceila Passos chegou acompanhada da atriz Alcione Mazzeo, mãe do ator Bruno Mazzeo. Ela contou que Adriani era muito próximo dela e lamentou a morte do amigo.
"Ele era uma pessoa muito especial. Nós sempre tivemos muito contato. Ele era uma pessoa muito boa. Uma pessoa íntegra, carinhosa e que encontrou uma mulher maravilhosa, atual esposa, a Ceila. Ele estava vivendo um grande amor, estava tão feliz, e aí descobriu essa doença", lamenta Alcione.

Viúva de Jerry Adriani chega ao velório do marido
O músico e amigo Erasmo Carlos chegou por volta das 11h30 ao velório. "A gente perde uma pessoa única que se foi para deixar muita saudade. Era um grande cantor, sincero, honesto com o que faz, feliz e com uma legião de fãs. Ele deixou um legado pra mim, que adorava e adoro, e vou continuar ouvindo as músicas dele", disse o Tremendão.


Nas redes sociais, a viúva de Jerry lamentou a morte do cantor e citou um texto atribuído a Charlie Chaplin: "Cada pessoa que passa em nossa vida, passa sozinha é porque cada pessoa é única e nenhuma substitui a outra. Cada pessoa que passa em nossa vida passa sozinha e não nos deixa só, porque deixa um pouco de si e leva um pouquinho de nós. Essa é a mais bela responsabilidade da vida e a prova de que as pessoas não se encontram por acaso."
O cantor Zeca Pagodinho, grande amigo de Jerry, também enviou uma coroa de flores em homenagem ao artista.


Agnaldo Timóteo, contemporâneo de Adriani nos anos 60, foi até o caixão do amigo e se emocionou. "Era um artista completo, versátil e de muitos sucessos. Ele vai embora, mas a sua imagem nunca, vai ficar sempre aqui", disse Timóteo.
Fãs de Jerry vieram de São Paulo para se despedir do cantor. Em uma van fretada que saiu de São Paulo nesta madrugada, pelo menos cinco fãs vieram dar o último adeus ao artista. Tania Stocco, de 50 anos, é fã do Jerry desde 2015, quando conheceu pessoalmente o cantor num show em São Paulo. Ela destacou as principais características do artista.

Fãs de São Paulo
"Além de ser um cantor espetacular, único e dono de uma voz maravilhosa ele era um ser humano ímpar. Tratava todos fãs como amigo. Era um artista único com uma simplicidade e humildade que não se encontra no meio artístico", conta Tânia.
A mãe de Tânia, Antonia fênix, de 72 anos, é apaixonada pelo Jerry desde 1965. Ela não conteve a emoção ao falar do artista.
"Depois que me aproximei dele, ele frequentava minha casa nós ficamos muitos amigos. Ele falava pra mim que me considerava como sua mãe. E eu também tinha ele como meu filho. Estou arrasada. Foi muito triste," disse muito emocionada a idosa.

Jerry Adriani em outubro de 2012
Jerry Adriani em 2002 no programa 'Jovens Tardes', com a banda LS Jack

Vídeo mostra resgate de homem com esquizofrenia que vivia 'enjaulado' em casa

G1 - A Polícia Civil indiciou uma mulher por maltratar o irmão e mantê-lo "enjaulado" em uma casa, em Anápolis, a 55 km de Goiânia. Cego, o homem de 31 anos possui HIV desde que nasceu e esquizofrenia. Um vídeo mostra quando os policiais o resgatam do local (assista acima).
Responsável pelo caso, o delegado Manoel Vanderic disse que o homem não recebia os medicamentos devidos e, muitas vezes, não tinha o que comer. A casa, que só tem um cômodo, não tem condições mínimas de higiene.


A irmã mais velha recebe a aposentadoria do irmão e é quem deveria cuidar dele. “A alegação da irmã é que ela possui um problema de saúde e não conseguia conter a agressividade dele e oferecer os recursos mínimos que o ser humano precisa para sobreviver, após procurar ajuda a diversos órgãos que deveriam ter cumprido sua responsabilidade no cuidado desse rapaz”, disse o delegado à TV Anhanguera.
Depois de ser resgatado, o homem foi levado a um hospital psiquiátrico. Vanderic indiciou a mulher pelos crimes de maus-tratos, cárcere privado e apropriação de aposentadoria. Porém, ela não foi presa.
“Ela só não foi detida porque ele precisa de uma acompanhante no sanatório e, provavelmente, ele será liberado em poucos dias e não existe nenhum outro lugar para ser acomodado diante da agressividade dele e ele vai para casa. Se ele não tivesse a irmã para o receber, mesmo que mal, ele iria para as ruas”, explicou o delegado.

Coreia do Norte ameaça atacar porta-aviões dos Estados Unidos

A Coreia do Norte ameaçou afundar um porta-aviões dos Estados Unidos ontem para demonstrar força militar. Dois navios da Marinha japonesa se juntaram a um grupo dos EUA para exercícios no Mar das Filipinas, de acordo com o site FoxNews.com.
“Nossas forças revolucionárias estão prontas para combater um porta-aviões de propulsão nuclear americano com um único ataque”, informou o jornal Rodong Sinmum, do Partido dos Trabalhadores, que governa a Coreia do Norte.
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ordenou ao porta-aviões USS Carl Vinson que navegue para as águas da península coreana em resposta à crescente tensão sobre os testes nucleares e de mísseis do Norte e as ameaças de atacar os Estados Unidos e seus aliados asiáticos. Os Estados Unidos não especificaram onde está o porta-aviões.
O vice-presidente americano Mike Pence disse no sábado (23) que ele chegaria na região da Coreia “dentro de dias”, mas não deu mais detalhes. A Coreia do Norte conduziu pelo menos cinco testes nucleares, dois deles no ano passado, e trabalha para desenvolver mísseis capazes de alcançar os Estados Unidos. O presidente americano prometeu impedir o avanço nuclear norte-coreano e afirmou que todas as opções estão na mesa, incluindo um ataque militar.

Fonte: Correio da Bahia

Atores de “Amor à Vida” estarão no elenco da próxima novela de Walcyr Carrasco


O autor Walcyr Carrasco, após passagens pelo horário das 23h com “Verdades Secretas” e pelo das 18h, em “Eta Mundo Bom”, se prepara para voltar ao horário nobre com tudo, com a novela “O outro lado do Paraíso”.
Essa será a sua primeira novela das 9 após “Amor à Vida”, que fez sucesso no ano de 2013, e nela, o autor pretende repetir a parceria com alguns atores com os quais já trabalhou no passado, assim como sempre faz em suas tramas.
Eliane Giardini é uma delas, mas não é a única. De acordo com a coluna Zapping, o apresentador da MTV, Felipe Titto, que integrou o elenco de “Amor à Vida”, voltará às novelas com Walcyr, assim como Juliano Cazarré.
O cantor Lucas Lucco também vai estar no elenco, estreando essa parceria com o autor.

Fonte: TV Foco

Atriz é pedida em casamento durante salto de paraquedas


Pedidos românticos, a gente vê por aqui. Depois da modelo Grace Barroso pedir o piloto Álvaro Bautista em casamento durante uma entrevista, a atriz Milena Toscano também foi surpreendida pelo namorado.
Nesse sábado (22/4), o empresário Pedro Ozores fez uma surpresa para a amada nas alturas. Durante um salto de paraquedas, a 2 mil pés do nível do mar, ele tirou a aliança, mostrou para Milena, que entendeu o recado na hora.

Uma publicação compartilhada por Milena Toscano (@milenatoscano) em

Foi a mais nova noivinha que compartilhou a novidade no Instagram. “Sim! Mil vezes sim! Dividir o resto da minha vida com você”, escreveu na legenda. Ozores também comemorou a novidade. “Ela disse sim. Te amo”, escreveu.
O empresário, é adepto de esportes radicais e licenciado como paraquedista. Ele planejou em segredo o pedido por cerca de dois meses, com o instrutor de saltos que acompanhou o casal. O momento foi registrado em vídeo sem que Milena soubesse. O casal está junto há três anos.

Fonte: Metrópoles

A atriz que inventou o sistema precursor do Wi-Fi

Hedy Lamarr
Madri – Ela protagonizou o primeiro orgasmo feminino em primeiro plano no polêmico “Êxtase” (1933) e entrou para a história como a sensual Dalila do mítico filme de Cecil B. De Mille, mas Hedy Lamarr (1914-2000) foi também uma mente privilegiada que inventou uma técnica de encriptação precursora do Wi-Fi.
Aos 51 anos, a atriz austríaca escreveu suas memórias sem mencionar sua faceta de inventora – também idealizou um sistema melhorado de semáforos e um refresco em pastilha -, que finalmente estão detalhados na edição revisada da obra.
Seu invento, criado junto com George Antheil, foi “o salto de frequência”, uma técnica de encriptação idealizada para teleguiar torpedos contra os nazistas.
O sistema foi chave no desenvolvimento do chamado ‘espectro alargado’, uma forma de utilizar várias frequências de rádio sem interferências na qual se baseiam as redes sem fios.
Lamarr e Antheil viajaram juntos em 1942 para ceder grátis a patente ao exército dos Estados Unidos, mas o governo não os levou a sério.
Embora nunca tenha sido usada durante a Segunda Guerra Mundial, a invenção foi recuperada durante a crise dos mísseis de Cuba em 1962. Mas apenas em 1997 o casal obteve o reconhecimento público, ao ser premiado pela Electronic Frontier Foundation e receber um Bulbie (o Oscar dos inventores).
Filha de um banqueiro austríaco e de mãe húngara, culta e poliglota, Lamarr nasceu em Viena em 9 de novembro de 1913 como Hedwig Eva Maria Kiesler.
Recebeu uma educação excelente e começou a cursar Engenharia, mas seu primeiro marido, o fabricante de armas Friedrich Mandl, a obrigou a abandonar os estudos.
Acabou escapando, de seu marido e dos nazistas, primeiro para Paris e depois para Londres, onde conheceu Louis B. Meyer, o magnata da Metro Goldwyn Mayer.
Antes disso, já tinha feito suas primeiras incursões como atriz na Alemanha, embora a que mais deu o que falar e lhe abriu portas foi “Êxtase”, proibido durante 20 anos em vários estados americanos.
Desde o começo, Lamarr demonstrou caráter e determinação para tomar as rédeas de sua carreira e negociar com os estúdios. Rejeitou o primeiro contrato que lhe ofereceu o mesmo Meyer em Londres, e depois rumou para os Estados Unidos e conseguiu um melhor.
Quando tinha alcançado certo status conseguiu se desfazer desse contrato para trabalhar livremente com outros estúdios. Menos sorte teve, segundo ela mesma confessa, na hora de escolher papéis. Rejeitou “Laura” de Otto Preminger, “À Meia Luz” de George Cukor e até “Casablanca”, de Michael Curtiz.
Com Ingrid Bergman, que chegou à MGM quase ao mesmo tempo que ela, contou que tinha certa rivalidade e que definitivamente perdeu o respeito por ela no dia que viu como deixou em uma festa seu então marido, Peter Lindstrom, para ir embora com Roberto Rossellini.
Também fala de suas relações com John F. Kennedy, e do conselho que este lhe deu: “Hedy, assuma responsabilidades, é o segredo da vida, tente fazer tudo o que puder, identifique-se com todos, ligue-se a todos”; ou com Frank Sinatra, simplesmente um amigo.
Casada e divorciada seis vezes, as memórias de Lamarr são recriadas em episódios sexuais com homens e mulheres, embora muitas dessas aventuras devam ser analisadas, segundo se adverte no prólogo, já que o livro foi redigido a partir de gravações com a diva.
Quando foi publicado, o escândalo foi tal que a atriz desautorizou os escritores e disse que quase tudo era ficção. O último capítulo do livro é uma espécie de compêndio de seu pensamento sendo já uma mulher madura e inclui frases como estas: “Sou inimiga jurada de toda convenção” e “Qualquer garota pode ser glamorosa. Somente tem que ficar quieta e parecer estúpida”.
Outra frase de impacto é: “Não temo a morte porque não temo nada que não compreendo. Quando começo a pensar nisso, peço uma massagem e acaba o problema”.

Fonte: Exame (Abril)

Acordo põe fim a bloqueio na Guiana francesa

Terminou este fim de semana o conflito que opunha o Estado francês ao seu território ultramarino de Guiana, situado na América do Sul. Os coletivos e os representantes políticos guianeses que coordenavam a mobilização visando exigir meios financeiros para o desenvolvimento regional, decidiram pôr um termo ao bloqueio, que paralisou durante mais de um mês todas as atividades no território francês ,que tem fronteira com o Brasil.
O movimento que paralisou todas as atividades na Guiana francesa durante mais de um mês, decidiu retirar as barreiras que bloqueavam estradas e repartições administrativas, bem como o acesso ao centro espacial de Kourou. A decisão foi tomada, após a assinatura de um acordo com o governo francês, estabelecendo uma verba de 2,1 mil milhões de euros, destinada a relançar o desenvolvimento do território , confrontado com uma grave crise económica e uma insegurança crescente. O montante que vai ser disponibilizado pelas autoridades centrais de Paris tinha sido exigido, nomeadamente pelo colectivo "Pou la Gwiyann dékolé"( Para que a Guiana se desenvolva). O acordo entre os representantes da Guiana francesa e o governo de Paris não precisa a partir de que data será implementado o projecto visando contribuir para o desenvolvimento da Guiana.
Através de um comunicado, o Primeiro-Ministro Bernard Cazeneuve considerou positivo o "Acordo de Guiana", que segundo ele "aprova o plano de emergência" a curto e a médio prazo, para a Guiana francesa.
O colectivo "Pou la Gwyiann dékolé" integra várias componentes da sociedade guianesa, isto é, sindicatos, categorias sócio-profissionais, associações,populações autóctones e outros segmentos. Entre as reivindicações apresentados pelo referido colectivo de Cayenne, contam-se designadamente, medidas tendentes a reforçar os meios de luta contra a insegurança, romper o isolamento das comunas situadas no interior da Guiana, um melhor reconhecimento dos direitos dos povos autóctones, bem como a melhoria dos serviços de saúde, atualmente deficientes, e do sistema escolar inadequado à demografia galopante do território ultramarino francês que tem fronteira com o Brasil.

Fonte: RFI Português