sábado, 6 de maio de 2017

Pepe Mujica ganha admiradores na web com 'aula' de simplicidade


Gshow - A simpatia e a simplicidade do ex-presidente do Uruguai José Mujica, popularmente conhecido como Pepe Mujica, chamou a atenção dos internautas que acompanhavam o Conversa com Bial desta sexta-feira (6/5).
A seguidora @mairinhane caracterizou o político como "extraordinário". "Um aprendizado de vida", disse Maira. Erondina Carvalho, a @erohufsc, concordou. "Rede Globo, melhor programa, sem dúvidas, é o #ConversaComBial. Estou aprendendo muito. Nota mil! Estamos amando o Pedro Bial."
E até quem tinha pouco conhecimento sobre a trajetória do militante, aprovou o conteúdo, como foi o caso de @HeronReal. "A simplicidade desse ser é incrível. Eu não o conheço, mas o pouco que vi eu achei ele um homem muito sábio #ConversaComBial."
Em paralelo, quem acompanha a carreira de Pedro Bial como jornalista, também ficou muito satisfeito com a primeira entrevista internacional da atração. "Tão bom ver #Bial voltando às origens", comentou @Deborahcmends. O internauta @chrixtiandias concordou com a telespectadora. "O Bial continua sendo um grande mediador de conversas e debates. #ConversaComBial."


Ex-guerrilheiro e preso político, Mujica também avaliou durante o bate-papo o papel do socialismo nos dias atuais. "O socialismo, até agora, foi ineficiente", avaliou. "E o capitalismo é extremamente egoísta." Já sobre o período de 13 anos que passou preso, sendo sete deles em uma solitária, o ex-presidente ironizou: "Não enlouqueci porque já era louco". Apesar da trajetória dura, ele deixa a mensagem de vitória: "Podemos ser felizes com pouco. Não faço apologia da pobreza. O que faço é a apologia da sobriedade. Aprender a viver sem ser escravo, sobretudo na política."
Mais um discuroso, claro, que 'abraçou' os internautas. "Fechar a semana ouvindo Mujica é fechar com a esperança que o mundo ainda tem chances #ConversaComBial", disse @brunasssz.

Carolina Dieckmann festeja dez anos de casamento: 'Bodas de estanho e zinco'


Carolina Dieckmann e o produtor Tiago Worcman completam uma década de casados neste sábado (6). E a atriz usou sua conta de Instagram para festejar a data. "Dez anos do sim. Para você, de mãos dadas com Davi, e José dentro de mim. Amém", escreveu Carolina, usando a hashtag "Bodas de estanho e zinco". Atualmente morando nos EUA, a atriz está escalada para a novela "O Sétimo Guardião", na qual terá um papel de apelo sexual. A trama irá substituir "O Outro Lado do Paraíso", sucessora de "A Força do Querer", no primeiro semestre de 2018.

'QUE AMOR SEJA ETERNO', DESEJOU SEGUIDOR
Em menos de uma hora, a declaração de amor da mãe de Davi, com 18 anos recém-completados, rendeu mais de 10 mil curtidas. "Felicidades e muito amor!", desejou um. "Vida longa ao amor de vocês", acrescentou um segundo. "Que esse amor e cumplicidade sejam eternos e continue abençoando a vida de vocês", completou um terceiro.

Uma publicação compartilhada por carolina dieckmann (@loracarola) em

ATRIZ ENTREGOU O QUE COME AO CHEGAR NO PAÍS: 'PÃO COM OVO'
Em conversa com o Purepeople, a mulher de Tiago contou o que come assim que desembarca no Brasil. "Morro de saudades de pão francês com ovo frito. Aí, quando chego aqui, vou logo comer. Acho que se tirar o miolinho, o pão fica mais leve. Não tem tanto problema", disse. No final do ano passado, Carolina negou estar sofrendo de anorexia após sofrer críticas pelo corpo sequinho. "Isso é uma loucura. Este foi um dos meus anos mais preguiçosos e parados. As pessoas dizem que estou anoréxica, mas, se fosse o caso, eu me acharia feia. Quando posto uma foto, é porque me acho gata", disse.

'VIDA BOA', EXALTOU CAROLINA SOBRE A ROTINA NOS EUA
Morando no exterior, a atriz destacou as vantagens de ter trocado o Brasil pelos EUA. "É uma vida muito boa! Agora eu me sinto uma adolescente: estudo, vou de bicicleta para a escola...", contou. Segundo Carolina, no exterior ela não é conhecida. "Lá eu sou a mulher do Tiago, eu amo. É tão bom ser mulher dele um pouco. Ele sempre foi meu marido aqui. Nosso casamento está tão legal. A gente fica junto todo dia, cozinha", explicou.

(Por Guilherme Guidorizzi)

Fonte: Purepeople

Demi Moore é processada por família de rapaz que morreu em piscina de sua casa


A atriz dos filmes de Hollywood, Demi Moore, está sendo processada pelos pais de Edenilson Steven Valle, de 21 anos, que morreu na piscina da casa da atriz há dois anos. Na época, segundo o site TMZ, Demi estava viajando, e Edenilson, contratado para cuidar do local, resolveu dar uma festa com muita bebida alcoólica, e depois de muita agitação e bebedeira, o rapaz, que não sabia nadar, foi encontrado morto por afogamento na piscina da casa.

Fonte: 1 News

Globais protestam contra reforma trabalhista de Michel Temer

Tatá Werneck, Taís Araújo, Alinne Moraes, Letícia Sabatella, Paulo Betti, Suzy Rêgo, Herson Capri e mais um bonde de respeito da Rede Globo estão protestando virtualmente contra a reforma trabalhista proposta por Michel Temer. 
Após a greve geral na última sexta-feira (28) e protestos em todo o país no Dia do Trabalho, na segunda (1º), celebs estão utilizando seus perfis nas redes sociais para se posicionarem contra as mudanças na Consolidação das Leis Trabalhistas.


Eles estão publicando fotos com suas carteiras de trabalho e usaram as hasthags #somoscontraareformatrabalhista e #nãodecidampornósporquetemosvoz.
"Sabemos da necessidade de aprimorar esse conjunto de leis, mas não podemos esquecer sua principal função: assegurar os nossos direitos, os direitos dos trabalhadores", escreveu Taís Araújo. "Sem debate e reflexão não podemos avançar."
Lúcio Mauro FIlho, por sua vez, lembrou que, desde os 17 anos, contribui com a previdência. "Pago todos os meus impostos. Me sinto um idiota por não ter nada de volta, porém sou um burguesinho, sempre dopado pela minha condição de ter um salário muito acima da média. Mas não posso omitir, como cidadão, a minha opinião a respeito da Reforma da Previdência", escreveu.
Nathalia Dill, protagonista da atual novela das 19h, também protestou. "O trabalhador merece respeito! Afinal, é ele que faz o país andar!", publicou.

Fonte: Jornal do Brasil

STJ manda réus por morte de cinegrafista a júri popular


A pedido do Ministério Público do Rio, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) autorizou que os réus Fabio Raposo Barbosa e Caio Silva de Souza sejam submetidos a júri popular no caso da morte do cinegrafista Santiago Andrade, numa manifestação popular de três anos atrás.
Os réus acenderam e atiraram o rojão que matou Andrade. O Tribunal de Justiça do Rio havia se oposto ao júri, por acreditar que os réus não tiveram a intenção de matar o cinegrafista.
Em setembro do ano passado, o MP já havia obtido um acórdão no STJ para dar prosseguimento às medidas para a realização do júri, revertendo o que decidira o TJ.
A data não foi definida ainda. Barbosa e Souza têm 25 anos e são acusados de homicídio doloso (com a intenção de matar) triplamente qualificado (uso de artefato explosivo, motivo torpe e recurso que impossibilitou a defesa da vítima). Se forem condenados, a sentença de cada um pode chegar a 30 anos de prisão.
A defesa dos réus argumenta que eles não queriam matar ninguém, e que o uso de rojões nas ruas e durante os protestos é corriqueiro, sendo utilizados também por torcidas de clubes de futebol. Dessa forma, a acusação deveria ser de homicídio culposo, que seria julgado por um juiz, e não um júri formado por cidadãos, que tendem a ser mais passionais e influenciados pela opinião pública.
O MP sustenta que eles assumiram a responsabilidade de ferir alguém quando soltaram o explosivo numa área cheia de gente. O cinegrafista tinha 49 anos e foi atingido na cabeça pelo explosivo, no dia 6 de fevereiro de 2014. Ele registrava imagens de uma manifestação contra o aumento dos preços das passagens de ônibus, na Central do Brasil, para a Band, emissora da qual era funcionário havia dez anos.

Fonte: R7

Ex-ator pornô e garoto de programa revela lista de clientes famosos


A vida de Moisés Fernandes Cavalcante, mais conhecido como Fernando Albuquerque, não foi nada fácil. O rapaz saiu de casa depois de se recusar a frequentar a mesma igreja de sua família e foi parar no mercado pornô gay com falsas promessas de bom salário. De lá, precisou se prostituir para pagar as contas e, com a fama adquirida através do mercado pornô, acabou conquistando muitos clientes, muitos deles famosos. As informações são do RD1.
Dentre as celebridades para quem já prestou serviço, Fernandes entrega um apresentador da Record, para quem trabalhou algumas vezes e deixou de ser procurado por mudar de telefone.
O rapaz ostenta em sua lista de ex-clientes um famoso cantor da MPB. "Eu viajei com ele no Réveillon de 2009 e também trabalhei como backing vocal para ele", disse o ex-garoto de programa.
No rol de clientes constam, ainda, um famoso repórter/comediante, um ator afastado da televisão, e diretores de TV que são conhecidos do grande público. Os nomes foram todos mantidos em sigilo na matéria.
Fernandes entregou também que os famosos são muito cuidadosos ao contratarem o serviço e geralmente usam nomes falsos, mas receberam o garoto de programa em suas próprias casas.
O ex-ator pornô diz se arrepender de ter se dedicado a filmes de conteúdo adulto e sonha com uma oportunidade na televisão.

Fonte: Tribuna Hoje

'Quem Quer Ser Um Milionário': estreia vira um dos assuntos mais comentados na web

Um dos assuntos mais comentados na internet na tarde deste sábado, 6/5, foi o novo quadro do Caldeirão do Huck, o Quem Quer Ser Um Milionário? Teve gente na web fazendo contas para saber quanto teria levado nessa disputa milionária, os que entraram no desafio e participaram de casa e também os que correram para se inscrever.
A @spiderdaniii calculou seus acertos e disse: “Já estaria com R$1500,00 nesse #QuemQuerSerUmMilionário”. A @gabi_alvexx avisou que mandaria bem na disputa: “Vocês que me desculpem, mas até agora eu responderia todas corretas e sem ajuda”. Arrasou, Gabi! Também teve gente confessando quando perderia no desafio. “Não saberia responder essa”, revelou a @riversgallagh.


Na atração, baseada no formato original britânico, o participante deve responder a perguntas de conhecimentos gerais para tentar alcançar o prêmio final de R$ 1 milhão. A @kittykorui aproveitou sua rede social para aconselhar quem quer participar do quadro: “Jovens, não faltem à aula de história! Kkkkk”. Tá certíssima, Kitty!
Teve muitos fãs curtindo as perguntas do Quem Quer Ser Um Milionário?. Algumas até surpreenderam a galera, como por exemplo: “’Olha a Explosão’, de MC Kevinho, estourou como funk e logo depois ganhou versão de forró na voz de que cantor?”. A resposta correta era Wesley Safadão. A seguidora @paulaselliw2 adorou: “Tô morta com essas perguntas!”.



@cahbrainer: "Tô quase me inscrevendo pro #QuemQuerSerUmMilionário porque quero dinheiro pro meu casamento". Então corre, Cah. É só entrar nesse link aqui, se inscrever e cruzar os dedos. Quem sabe você não vira a mais nova milionária do pedaço. Já pensou?

Fonte: Gshow

#SolteiraNovamente - Chega ao fim o casamento de Andressa Urach

Pela segunda vez, o casamento de Andressa Urach e Tiago Lombaldo Costa terminou! Eles haviam retomado a decisão de conviver juntos em outubro do ano passado, e chegaram a fazer uma nova cerimônia para celebrar a união. Tiago e Andressa são pais de Arthur, de 11 anos.
A ex-modelo usou seu perfil oficial do Instagram para noticiar a separação, e Tiago havia postado, um dia antes, uma mensagem sobre superação em relacionamentos, porém ela foi apagada.

Travesti que ficou famosa por foto com padre Fabio de Melo morre aos 56 anos

Luana Muniz e o padre Fábio de Melo
A travesti Luana Muniz morreu, aos 56 anos, na manhã deste sábado no Rio após complicações de problemas renais e de coração decorrentes de uma pneumonia bilateral. Ativista LGBT, ela estava em coma há uma semana no Hospital Municipal Ronaldo Gazolla, em Acari. O velório será neste domingo no Cemitério do Irajá, às 13h.


O trabalho de Luana ganhou visibilidade após seu encontro com o padre Fabio de Melo na quadra da Mangueira, em 2015. Na época, o religioso, durante um testemunho, admitiu seu preconceito e reconheceu seu erro ao julgar Luana, que comandava um projeto social na Lapa, onde vivia. “Quando Deus coloca essas pessoas diante de nós, é para desmoronar os castelos de ilusão que nós criamos dentro”, disse o padre.
Madrinha de Luana, a cantora Alcione lamentou a perda da “Rainha da Lapa”, a quem definiu como uma amiga maravilhosa e um ser humano ímpar. “Foi-se embora e nos deixou muita saudade, mas com certeza um espírito como esse, batalhador e generoso, agora está nos braços de Deus. Descanse, minha amiga”, disse a Marrom ao EXTRA.


Outra amiga de longa data, Lorna Washington, 55, diz que a militante deixa um legado de respeito e tolerância pelo próximo: “Ela abria sua casa para travestis expulsas pela família e distribuía comida para moradores de rua”, conta Lorna, afirmando que a polêmica com o padre possibilitou um momento de reflexão na sociedade. “Foi um despertar espiritual para o padre que sofreu duras represálias“.
Segundo Lorna, Luana era fumante desde a adolescência e recebeu a visita da cantora Alcione na última quinta-feira. “Ela havia apresentado uma melhora, estava lúcida. A notícia nos pegou de surpresa. Não esperávamos”.

Luana Muniz comandava um projeto social na Lapa

#CenasInesquecíveis - O castigo de Cristina em 'Alma Gêmea'


Cristina (Flávia Alessandra) sempre desejou tudo que não era seu pra si, bancou uma de boazinha a novela toda, mentiu, mandou matar! A moça fez parte do fenômeno das seis, Alma Gêmea, que conseguiu exatos 39 pontos de média geral, sendo que a meta da emissora era 30.
Ambiciosa, Cristina queria toda a riqueza de sua prima Luna (Liliana Castro) e se casar com Rafael (Eduardo Moscovis), que era marido dela. Luna morreu jovem, assassinada pelo admirador de Cristina, Guto (Alexandre Barillari), e reencarnou, passando a se chamar Serena (Priscila Fantin), uma mulher mestiça - filha de uma índia e de um garimpeiro. Materialista, não acreditava em vida após a morte e nem em reencarnação, achando que Serena é uma farsante.
Passou a novela inteira atrás da riqueza de Luna, e de fato, ficou rica, só que no inferno. No último capítulo, Cristina foi levada por uma sombra para dentro de um espelho, que se quebra em seguida.

#NovasInformações - Por onde anda Ronnie Marruda, o 'Cigano' de Senhora do Destino?

Foto: arquivo pessoal
Foi como Cigano, apelido do personagem Gílson das Neves, que Ronnie Marruda ganhou notoriedade nacional, em 2004, quando participou da novela 'Senhora do Destino', transmitida no horário das oito. O personagem de Ronnie só crescia diante da família, pois metia medo nos filhos, Maikel (Agles Steib), e Lady Daiane (Jéssica Sodré), e batia na mulher, Rita de Cássia (Adriana Lessa).

Ronnie Marruda foi sucesso como Cigano em 'Senhora do Destino'
Nascido no Rio de Janeiro em 30 de janeiro de 1956, Ronnie Marruda começou sua carreira artística como cantor das bandas Africa, e posteriormente, Bel, esta última após a saída de Tony Garrido.
Antes de Senhora do Destino, fez pontas em Força de Um Desejo (1999), e Os Maias (2001). Após o sucesso de Cigano, o ator fez parte do elenco da novela Alma Gêmea, a novela mais assistida dos anos 2000. Em seguida, fez outras participações, em um episódio do programa Linha Direta (2006), Caminhos do Coração (2007), Vidas em Jogo (2011) e no remake de Guerra dos Sexos (2012).
Ronnie ainda segue trabalhando. Em 2016, esteve em cartaz com o musical Love Story, que tem em seu elenco apenas atores negros. Ele é casado com Luana Lopes, com quem tem um filho, Jorge Victor, nascido em 08 de março de 2014.
Para saber mais informações, acesse a página oficial do ator Ronnie Marruda no Facebook. É só clicar aqui.

Ronnie Marruda e Nuno Melo (1960 - 2015) encenam briga em Senhora do Destino

Alpinista de 86 anos morre ao tentar bater recorde no Everest


O alpinista Min Bahadur Sherchan, de 86 anos, morreu no acampamento base do Everest ao tentar se tornar a pessoa mais velha da história a chegar ao topo da montanha, um recorde que ostentou entre 2008 e 2013.
Fontes confirmaram à Agência EFE que Sherchan, um militar reformado, morreu na tarde de sexta-feira (5) no interior de sua barraca no acampamento, que fica a 5.365 metros de altitude. Ele tinha chegado ao local como parte de um grupo de cinco alpinistas, segundo o enviado do Departamento do Turismo do Nepal, Gyanendra Shrestha.
"Há em andamento uma investigação para esclarecer as causas da morte. Os médicos suspeitam de um ataque cardíaco", disse Shrestha. O diretor da companhia contratada pelo grupo, Shiva Thapa, também confirmou a morte do militar reformado.
Em 2008, Sherchan, então com 77 anos, se tornou o alpinista mais velho a subir ao topo do Everest, uma façanha que foi superada em 2013 pelo japonês Yuichiro Miura, que tinha 80 anos.
O incidente ocorre uma semana depois da morte do suíço Ueli Steck, um dos alpinistas mais importantes do mundo, que caiu perto do segundo acampamento do Everest.
Mais de 350 alpinistas receberam a autorização do governo do Nepal para escalar o Everest nesta temporada, um número recorde depois de anos de uma crise no setor devido ao terremoto que atingiu o país em 2015 e a avalanche que, um ano antes, matou 16 montanhistas.

Fonte: R7

Steven Seagal banido da Ucrânia por ser "ameaça à segurança nacional"

Steven Seagal está proibido de pisar em território ucraniano
Numa carta divulgada pelo jornal "Apostrophe", os serviços de segurança ucranianos informaram que Seagal está proibido de entrar naquele território durante cinco anos depois de ter adquirido cidadania russa em 2016.
No mesmo comunicado, as autoridades ucranianas entendem que as ações da estrela de hollywood põe em causa a segurança do seu país.
Recorde-se que o ator visita regularmente a Rússia e foi defensor da anexação da península ucraniana da Crimeia pelo Kremlin em 2014.
Nos últimos anos, várias figuras ocidentais obtiveram a nacionalidade russa, como foi o caso do ator francês Gérard Depardieu, que recebeu o passaporte russo em janeiro de 2013.

Fonte: Jornal de Notícias

Leia tudo sobre 'Por Amor', que estará de volta no Canal Viva à partir de segunda-feira (08)





Título: Por Amor
Data de Estréia: 13 de outubro de 1997
Horário: 20h45
Autor: Manoel Carlos
Data do Último Capítulo: 22 de maio de 1998
Capítulos: 191


Um dos grandes sucessos de Manoel Carlos estará de volta nesta segunda! Por Amor foi transmitida no horário das oito entre 13 de outubro de 1997 e 22 de maio de 1998 pela Rede Globo em 191 capítulos, acumulando de média geral 43 pontos, sendo considerada razoável para a época, em que se exigia 45. A pergunta feita durante o lançamento da novela há quase 20 anos era "O que você seria capaz de fazer por amor?".
A novela foi co-escrita por Letícia Dornelles com colaboração de Maria Carolina e Vinícius Vianna, sendo dirigida por Ricardo Waddington e Roberto Naar.


Regina Duarte e Gabriela Duarte foram mãe e filha na novela, assim como são na vida real

Atores e Personagens Principais
A novela conta a história de Helena Vianna (Regina Duarte), dona de um estúdio de decoração,, localizado na Vila Santa Rita de Cássia, erguido com a parceria de sua amiga, Flávia (Maria Zilda Bethlem). Helena é mãe de Maria Eduarda (Gabriela Duarte), fruto de seu relacionamento com Orestes (Paulo José), um homem que bebe muito e não para em nenhum emprego, além de ser rejeitado por Maria Eduarda por conta de sua situação.

Regina Duarte viveu três Helenas de Manoel Carlos, em História de Amor, Por Amor, e Páginas da Vida
Eduarda, ou Duda
Paulo José foi o alcoólatra Orestes, que surgiu de uma conversa do autor, Manoel Carlos, com um amigo
Maria Zilda Bethlem como a amiga de Helena, Flávia
Já separada, em uma viagem que fez à Veneza, Helena se apaixonou pelo arquiteto, viúvo e sem filhos, Atílio Novelli (Antônio Fagundes), assim que bateu os olhos nele. No começo, o arquiteto era namorado da secretária da empresa onde ele trabalhava, Isabel (Cássia Kiss), de propriedade do engenheiro Arnaldo Mota (Carlos Eduardo Dolabella).

Atílio Novelli
Isabel Lafayette
Orestes, após a separação, casou-se com Lídia (Regina Braga), que o sustenta e com quem teve Sandrinha (Cecília Dassi). Lídia era viúva, e é batalhadora, dona de um salão de beleza em Niterói, onde também mora com a família, além de ser mãe do piloto de táxi-aéreo Fernando, ou Nando (Eduardo Moscovis), fruto de seu primeiro casamento.

Paulo José e Regina Braga em cena de Por Amor, como Orestes e Lídia
Lídia
Eduardo Moscovis como Nando
Cecília Dassi ganhou notoriedade através dessa novela, ao viver Sandra
Maria Eduarda só tem olhos para um único homem, e este homem se chama Marcelo (Fábio Assunção), filho da vilã Branca Letícia (Susana Vieira) e de Arnaldo, com quem ela é casada por muitos anos. Para continuarem juntos, terão que enfrentar a fúria de Laura (Vivianne Pasmanter), com quem Marcelo namorou por dois anos e rompeu o relacionamento ao se apaixonar por Eduarda.
A esposa de Arnaldo, Branca, é uma mulher que tem o poder de manipular a vida de todos. Ela é amiga de quem for sua amiga, e inimiga de quem não gostar, como Helena e Nando, que passou a namorar sua filha Milena (Carolina Ferraz), sendo esse mais um motivo para a megera se preocupar, já que irá bolar muitos planos para distanciá-los.

Maria Eduarda e Marcelo mantiveram a união até o final da novela
Vivianne Pasmanter como Laura

Branca escondeu por muitos anos a verdadeira paternidade de seu filho caçula, Leonardo (Murilo Benício), criado como se fosse filho legítimo de Arnaldo, sendo na verdade fruto de sua relação com Atílio, seu namorado na juventude.

Susana Vieira em cena como Branca

Carolina Ferraz e Eduardo Moscovis foram par romântico nesta novela e na segunda versão de Pecado Capital, veiculada meses depois
Carolina Ferraz como Milena

Carlos Eduardo Dolabella foi o marido de Branca, Arnaldo, em Por Amor
Murilo Benício como Léo em Por Amor

Virgínia (Ângela Vieira), irmã de Branca, é casada com Rafael (Odilon Wagner), e muito feliz com a vida à dois. Ela que deu impulso ao marido estudar e se formar em Odontologia. Tiveram dois filhos: Rodrigo (Ângelo Paes Leme), ex-estudante de Direito, que se interessou por cinema e publicidade, e a também estudante Juliana (Larissa Queiroz).

Ângela Vieira e Odilon Wagner

Laura é filha do proprietário de uma rede de supermercados Manoel Trajano (Ricardo Petráglia) e da socialite Margarida Saboya, ou simplesmente Meg (Françoise Forton), que participa de campanhas sociais. É irmã de Natália (Júlia Almeida), que estuda nos Estados Unidos e só aparece no Rio de Janeiro quando está de férias ou em algum acontecimento familiar.

Françoise Forton e a cadela Inês
Vivianne Pasmanter e Françoise Forton foram mãe e filha na novela
Meg adorava mimar a cadela Inês
Ricardo Petraglia era o pai da vilã Laura
Júlia Almeida como a filha mais nova de Manoel e Meg, Natália, e Clara Garcia, como Simone, amiga de Laura
Mãe e filha engravidam na mesma época
Na novela, Helena e Eduarda engravidaram juntas, e tiveram seus filhos no mesmo dia e hora, e no mesmo hospital, sob os cuidados do médico César (Marcelo Serrado), um eterno apaixonado pela moça.
O filho de Helena nasce grande e saudável, mesmo ela tendo mais de 40 anos, mas o de Eduarda, que teve sérias complicações no parto, nasceu morto, e devido às hemorragias que sofreu, jamais poderá ser mãe, pois precisou retirar o útero.
Para responder a pergunta feita na campanha da novela, "o que você seria capaz de fazer por amor?", Helena renunciou seu filho para evitar que Eduarda sofra com a dura perda repentina. Helena, com a ajuda de César, conseguiu trocar os bebês no berçário, mesmo ele não concordando com a ideia. Assim sendo, Eduarda passou a pensar que o bebê que segurava em seu colo e amamentava era justamente seu filho, e Helena passa a tratá-lo como seu neto.

O médico César carregará a culpa de ter trocado as crianças pelo resto da novela

Tramas Paralelas
Segunda colocada em um concurso de miss na década de 60, no interior de São Paulo, Tatuí, Sirléia Batalha Pereira (Vera Holtz) se casou com um homem mais novo, Nestor (Marco Ricca), com quem teve uma filha, Catarina (Carolina Dieckmann), para quem deseja um futuro melhor que o seu. Tem medo de perder o marido e da velhice.
Catarina é namorada do ciumento Márcio (Pablo Padilla), que ao mesmo tempo disputa o amor da jovem com Rodrigo.

Vera Holtz como Sirléia
Marco Ricca como Nestor

Carolina Dieckmann como Catarina
A artista plástica e negra Márcia (Maria Ceiça) casou-se com Wilson (Paulo César Grande), um homem branco e preconceituoso, por quem é apaixonada e casada. No começo da novela, Márcia está grávida, para desespero do marido.

Maria Ceiça como Márcia
Aparece no Rio outro irmão de Virgínia e Helena, Pedro (Otávio Augusto), que mora no interior, é casado e tem dois filhos adolescentes, aparecendo somente em datas importantes ou imprevistos, como casamentos, aniversários e funerais.

Assim como Margarida, Rosália (Karina Perez), sua amiga, é uma emergente social. Procura imitá-la em tudo, pois Meg é sua referência de vida. A moça aparece em todas as festas, inclusive para as quais não fora convidada.

Tem ainda o casal Oscar (Tonico Pereira) e Magnólia (Elizângela). Ele, um aposentado, e ela, uma mulher infiel, que não carrega nenhuma culpa por trair o marido com o jardineiro Genésio (Ricardo Macchi), que anda sempre descamisado cuidando do jardim de Vila Santa Rita de Cássia.

Elizângela como a mulher infiel Magnólia
Outros Personagens
Guilherme Corrêa, como Zico, apontador do jogo do bicho, com ponto na Vila Santa Rita de Cássia. Amigão de todo mundo, popular em toda a região.

Maria Alves, como Maria, mãe de Márcia, fruto de seu relacionamento com o tranquilão Jorge (Jorge Coutinho). Maria é uma mulher forte, objetiva e que sabe o que quer e o que é bom para os seus. Ama a filha e nunca aprovou a relação dela com Wilson, principalmente por ser ele um homem violento e intolerante.

Marly Bueno interpretou a governanta Antonieta, que morou muito tempo nos Estados Unidos, trabalhando para a família de um diplomata brasileiro, sediado em Nova York. Em determinado momento da história, passa a trabalhar para Maria Eduarda e Marcelo, administrando a casa deles.

Rosane Gofman era a empregada de Helena, "Tadinha", cujo apelido surgiu pelo seu hábito de se referir às pessoas ou a si mesma como 'coitadinha', ou 'tadinha'.

Stella Maria Rodrigues interpretou Zilá, empregada de Branca, que estava sempre por dentro de tudo que se passava com a família.

Stella Maria Rodrigues veio ainda a participar de outros trabalhos, como Sítio do Pica-Pau Amarelo, e um episódio de Pé Na Cova

Eduardo Martini é o nome do ator que interpreta Patinho, copeiro de um salão de beleza frequentado por Branca, que o convida para trabalhar em sua casa. Gay assumido, não se incomoda com o preconceito de Arnaldo, mesmo quando ele assume não gostar de homossexuais.

Norma Geraldy, conhecida por ter interpretado a Dona Biloca em 'A Gata Comeu' (1985), aparece em Por Amor como a mãe de Atílio, Filomena. É descrita como uma mulher graciosa e espirituosa, que ama e critica o filho com mesma intensidade.

Ingrid Guimarães era a empregada de Sirléia, e muito parceira de Catarina, Tereza, que namorava um soldado do exército.

Umberto Magnani era Antenor, amigo do falecido pai de Helena e a quem foi grato por ter conseguido tudo aquilo que poderia se chamar de seu, inclusive a casa em que mora, junto com sua esposa Mafalda (Beatriz Lyra), com quem teve o médico César.

Umberto Magnani e Beatriz Lyra foram casados em Por Amor
Eloísa Mafalda, como Leonor, mãe de Sirléia, que faz o tipo bipolar (descrita no site Memória Globo como às vezes engraçada, às vezes ranzinza). De vez em quando aparece no Rio para visitar a filha e a neta, Catarina. Continua morando em Tatuí, interior de São Paulo


Eloísa Mafalda como Leonor, em Por Amor
Trilha Sonora

Nacional


Estampada pelo ator Ricardo Macchi, intérprete do jardineiro Genésio, o álbum nacional conseguiu se tornar um estrondoso sucesso ao ultrapassar a marca de 500 mil cópias vendidas. Tem 14 faixas, entre elas, 'Palpite', de Vanessa Rangel, 'Só Você', de Fábio Jr., e 'Per Amore', de Zizi Possi, que foram as músicas mais executadas nas rádios em 1997. O CD inclui também 'Enquanto Espero' (João Bosco), tema da vilã Branca, e a dançante 'Fora da Lei' (Ed Motta).


Internacional


Teve Eduardo Moscovis como a capa do álbum internacional, que também tem 14 faixas, entre elas está 'Stay With Me', de Jocelyn Enriquez, que tocava nas cenas de Laura. 'More Than This', composta por Bryan Ferry e interpretada pela banda 10.000 Maniacs. Tony Braxton também está presente no CD com a música 'How Could An Angel Break My Heart', reproduzida nas cenas de Marcelo e Eduarda. 'Aicha', do egípcio Gilbert, foi tema de Meg. A banda Backstreet Boys também teve um de seus singles no CD, 'As Long As You Love Me', sendo usado como tema de Leonardo. A última faixa do álbum, 'Thinking Of You', de Different Beat, foi tema da dupla Genésio e Magnólia.


Audiência
A novela obteve excelentes números na maioria dos dias em que foi ao ar, como no capítulo de estreia, por exemplo, quando conseguiu exatos 48 pontos. Os números costumavam oscilar entre 40 e 45 (que era a meta do horário das oito para a emissora), e às vezes passava disso. O capítulo que obteve menor audiência foi o de 31 de dezembro, com apenas 23 pontos, e o que teve maior audiência foi o penúltimo, com 58 pontos.


Audiência Semanal:
Semana 01: 13/10 a 18/10/1997 = 48 | 46 | 44 | 45 | 45 | 41 = 45 (44.8)
Semana 02: 20/10 a 25/10/1997 = 46 | 45 | 43 | 45 | 40 | 40 = 43 (43.2)
Semana 03: 27/10 a 01/11/1997 = 44 | 42 | 44 | 41 | 40 | 38 = 42 (41.5)
Semana 04: 03/11 a 08/11/1997 = 40 | 43 | 42 | 41 | 41 | 40 = 41 (41.2)
Semana 05: 10/11 a 15/11/1997 = 40 | 43 | 40 | 43 | 45 | 41 = 42 (42.0)
Semana 06: 17/11 a 22/11/1997 = 45 | 50 | 45 | 43 | 44 | 40 = 45 (44.5)
Semana 07: 24/11 a 29/11/1997 = 46 | 44 | 43 | 41 | 40 | 35 = 42 (41.5)
Semana 08: 01/12 a 06/12/1997 = 45 | 46 | 40 | 40 | 37 | 33 = 40 (40.2)
Semana 09: 08/12 a 13/12/1997 = 43 | 43 | 41 | 45 | 40 | 36 = 41 (41.3)
Semana 10: 15/12 a 20/12/1997 = 44 | 44 | 42 | 38 | 38 | 30 = 39 (39.3)
Semana 11: 22/12 a 27/12/1997 = 40 | 37 | 26 | 38 | 36 | 34 = 35 (35.2)
Semana 12: 29/12 a 03/01/1998 = 33 | 31 | 23 | 28 | 30 | 32 = 30 (29.5)
Semana 13: 05/01 a 10/01/1998 = 36 | 37 | 40 | 45 | 44 | 41 = 41 (40.5)
Semana 14: 12/01 a 17/01/1998 = 42 | 41 | 40 | 39 | 40 | 35 = 40 (39.5)
Semana 15: 19/01 a 24/01/1998 = 43 | 41 | 44 | 46 | 40 | 39 = 42 (42.2)
Semana 16: 26/01 a 31/01/1998 = 45 | 40 | 40 | 40 | 38 | 31 = 39 (39.2)
Semana 17: 02/02 a 07/02/1998 = 44 | 45 | 39 | 34 | 39 | 34 = 39 (39.2)
Semana 18: 09/02 a 14/02/1998 = 42 | 45 | 46 | 45 | 45 | 42 = 44 (44.2)
Semana 19: 16/02 a 21/02/1998 = 44 | 43 | 43 | 40 | 40 | 38 = 41 (41.3)
Semana 20: 23/02 a 28/02/1998 = 38 | 44 | 45 | 43 | 40 | 38 = 41 (41.3)
Semana 21: 02/03 a 07/03/1998 = 43 | 45 | 45 | 41 | 39 | 40 = 42 (42.2)
Semana 22: 09/03 a 14/03/1998 = 44 | 43 | 46 | 44 | 43 | 45 = 44 (44.2)
Semana 23: 16/03 a 21/03/1998 = 43 | 43 | 44 | 43 | 42 | 41 = 43 (43.0)
Semana 24: 23/03 a 28/03/1998 = 46 | 47 | 45 | 45 | 45 | 43 = 45 (45.2)
Semana 25: 30/03 a 04/04/1998 = 45 | 46 | 50 | 47 | 47 | 47 = 47 (47.0)
Semana 26: 06/04 a 11/04/1998 = 47 | 48 | 43 | 42 | 44 | 42 = 44 (44.3)
Semana 27: 13/04 a 18/04/1998 = 50 | 48 | 45 | 43 | 44 | 42 = 45 (45.3)
Semana 28: 20/04 a 25/04/1998 = 44 | 48 | 50 | 45 | 46 | 45 = 46 (46.3)
Semana 29: 27/04 a 02/05/1998 = 48 | 50 | 50 | 49 | 48 | 46 = 49 (48.5)
Semana 30: 04/05 a 09/05/1998 = 52 | 53 | 54 | 52 | 49 | 46 = 51 (50.8)
Semana 31: 11/05 a 16/05/1998 = 52 | 52 | 52 | 51 | 51 | 50 = 51 (51.3)
Semana 32: 18/05 a 22/05/1998 = 55 | 53 | 54 | 58 | 57 | ## = 55 (55.4)
Reapresentação do último capítulo (23/05/1998): 40
Média Geral Decimal: 42.97
Média Geral Ponderada: 42.93

Prêmios
Troféu APCA (1997)
Melhor novela
Revelação do ano - Cecília Dassi

Prêmio Contigo! (1998)
Melhor novela
Melhor autor - Manoel Carlos
Melhor ator - Antônio Fagundes
Melhor atriz infantil - Cecília Dassi
Melhor par romântico - Carolina Ferraz e Eduardo Moscovis
Melhor direção de arte - Ana Maria de Magalhães
Melhor trilha sonora - Alberto Rosenblit
Melhor figurino - Beth Filipecki
Melhor abertura - Hans Donner

Troféu Imprensa
Melhor novela

Prêmio Extra de TV
Melhor Atriz - Susana Vieira

Curiosidades
  • Foi reapresentada pelo Vale A Pena Ver de Novo entre 1º de julho de 2002 e 10 de janeiro de 2003, em 139 capítulos, substituindo História de Amor e sendo substituída por O Cravo e a Rosa, de Walcyr Carrasco. A novela foi reprisada no Canal Viva entre 19 de maio de 2010 e 8 de fevereiro de 2011, em 191 capítulos, sendo substituída por O Rei do Gado, e sendo também a primeira novela a ganhar uma re-reprise no mesmo canal.
  • Manoel Carlos conta que escreveu a sinopse de Por Amor 14 anos antes dela ser exibida, mas devido ao seu envolvimento em outros projetos, a trama precisou ser adiada. Nessa história, o autor se inspirou no único amor que, para ele, é inquestionável: o materno.
  • Por Amor foi uma das novelas da Globo mais vendidas para o exterior, ao ser exportada para mais de 70 países.
  • Foi a primeira novela de Cecília Dassi, então com 8 anos. Longe dos holofotes desde o fim de Viver a Vida, do mesmo autor, e de sua participação na série A Vida Alheia, Cecília largou as telinhas e virou psicóloga, possuindo sua própria clínica. Por Amor também foi a primeira novela de Mônica Martelli (intérprete da secretária Paula, que trabalha na empresa de Arnaldo). Foi o último trabalho de Karina Perez, que decidiu se afastar dos holofotes para ser artista plástica e se dedicar aos seus filhos.
  • O autor conta que se baseou em pessoas e dramas pessoais comuns para escrever as tramas e os personagens de Por Amor. Orestes, por exemplo, nasceu de uma conversa com um amigo seu. Os dois concluíram que toda família tem um alcoólatra, um ex-alcoólatra ou um alcoólatra em potencial.
Mais fotos
Branca Letícia terminou sozinha, somente com a companhia de Zilá
Gabriela Duarte, Fábio Assunção, Susana Vieira e Stella Maria Rodrigues em Por Amor
Murilo Benício, Antônio Fagundes, Gabriela Duarte e Carolina Dieckmann em cena da novela
Murilo Benício e Carolina Dieckmann em cena da novela
Milena (Carolina Ferraz) discute com Branca em cena de Por Amor
Cena da novela Por Amor
Carolina Dieckmann, Maria Ceiça (segurando o filho de sua personagem) e Vera Holtz nos bastidores da novela
Maria Ceiça e Paulo César Grande
Cena do casamento de Helena e Atílio
Marco Ricca e Vera Holtz em cena da novela
Regina e Gabriela Duarte nos bastidores de Por Amor
Gabriela Duarte, Ângela Vieira e Fábio Assunção nos bastidores de Por Amor
Não percam a volta de Por Amor, às 23h30 da noite, no Viva!