quarta-feira, 10 de maio de 2017

Morreu Michael Parks, ator de "Kill Bill" e "Twin Peaks"


O ator norte-americano Michael Parks, um dos favoritos dos realizadores Quentin Tarantino, Robert Rodríguez e Kevin Smith, morreu na terça-feira em Los Angeles, aos 77 anos, anunciou hoje a sua agente, sem precisar a causa da morte.
Numa carreira que se prolongou por cinco décadas, Parks representou em mais de 100 filmes e séries televisivas, incluindo a série de culto do início dos anos 1990 "Twin Peaks", de David Lynch, que regressa este mês ao pequeno ecrã com a terceira temporada, após um intervalo de 26 anos, com quase todos os mesmos atores.
Muitos dos papéis de protagonista dos seus primeiros anos foram em filmes da contracultura dos anos 1960, entre os quais "Wild Seed" e "Bus Riley's Back in Town" ("Braços de Veludo"), juntamente com Ann-Margret.
Também interpretou o papel de um jornalista desiludido que conduzia uma mota Harley-Davidson na série de 1969 "Then Came Bronson".
A carreira de Michael Parks teve um segundo fôlego graças ao interesse de cineastas como Quentin Tarantino, Robert Rodríguez e Kevin Smith, em cujos respetivos filmes "Kill Bill", "From Dusk Till Dawn" ("Aberto Até de Madrugada") e "Tusk" encarnou personagens memoráveis.

Fonte: DN.pt

#MemóriaDaTV: Cabocla, sucesso da Rede Globo, completa 13 anos de estréia


Cabocla foi ao ar no horário das seis entre 10 de maio e 19 de novembro de 2004, em 167 capítulos, substituindo Chocolate com Pimenta e sendo substituída por Como Uma Onda. A novela foi inspirada no romance homônimo de Ribeiro Couto e adaptada pelas irmãs Edmara e Edilene Barbosa, filhas do também escritor Benedito Ruy Barbosa, sendo dirigida por Ricardo Waddington. A Rede Globo havia feito uma outra versão de Cabocla, em 1979.

Elenco
Na versão de 2004, teve no elenco Daniel de Oliveira e Vanessa Giácomo interpretando o mulherengo Luís Jerônimo e a cabocla Zulmira, chamada também de Zuca. Na vida real, Daniel e Vanessa começaram a namorar nessa novela, ficaram casados de 2009 até 2012 e tiveram dois filhos, Raul (n. 2008) e Moisés (n. 2010).

Tony Ramos e Patrícia Pillar nos bastidores
Contou também com as participações de Tony Ramos como o Coronel Boanerges; Mauro Mendonça, o Coronel Justino; Patrícia Pillar, como Emerenciana, mulher de Boanerges; Danton Mello, como o filho de Justino, Neco; Regiane Alves, a Belinha, filha de Boanerges; Carolina Kasting, a Mariquinha, filha de Justino; Malvino Salvador, que interpretou Tobias, homem apaixonado por Zuca; Othon Bastos, que interpretou o médico Edmundo Esteves; Otávio Augusto, intérprete de Zé da Estação, pai de Zuca; Reginaldo Faria, que deu vida ao pai de Jerônimo, Joaquim; e Jussara Freire, como a mãe de Zuca, Siá Bina.

Sobre a história da novela
A novela era ambientada em 1918 no município rural da Vila da Mata, e a novela gira em torno dos coronéis Boanerges e Justino, que eram rivais na política e disputavam entre si o poder absoluto da cidade. Paralelo à esse embate, acontecera o amor entre Belinha e Neco. Ela era filha de Boanerges e Emerenciana, e ele era filho do viúvo Justino, e o romance dos dois também ganharam destaque na novela.

Tony Ramos ganhou prêmio de Melhor Ator no Melhores do Ano do 'Domingão do Faustão' por interpretar o Coronel Boanerges
Mauro Mendonça como o Coronel Justino em Cabocla

Neco fora estudar direito no Rio de Janeiro, onde conheceu Belinha, mas tinha a dúvida se largava ou não a faculdade, pois preferia a vida no campo. O moço tinha visões políticas diferentes das do pai, já que defendia os direitos dos trabalhadores rurais, os "pés-descalços".
Belinha se formou professora primária no Rio de Janeiro, mas seu pai era contra que ela desse aulas, pois queria primeiro o diploma para que a autorização viesse depois.

Patrícia Pillar se tratou de câncer descoberto em 2001, motivo pelo qual se afastou da vida artística até 2004, quando voltou em Cabocla


Danton Mello e Regiane Alves formaram par romântico em Cabocla





Havia ainda a história de amor entre Luis Jerônimo e Zuca. As paixões do rapaz por outras mulheres eram passageiras, mas não foi assim quando conheceu a moça, que rompeu seu noivado com o peão Tobias ao perceber a quem realmente amava de fato, enfrentando tudo e todos para viver essa nova paixão.

Vanessa Giácomo como Zuca
Daniel de Oliveira como Luís Jerônimo
Tobias
O Coronel Justino tem outra filha, a professora Mariquinha, que amava em silêncio o peão da fazenda de Boanerges, Tobias, até que um dia os dois se apaixonaram. Ele ficou balançado com o término de sua relação com Zuca, mas com o passar dos dias conseguiu perdoá-la.

Mariquinha


Mariquinha costumava sempre conversar com Tomé (Eriberto Leão), também amigo de Tobias e apaixonado por Rosa (Vanessa Gerbelli), a filha roubada de Felício (Sebastião Vasconcellos) e Generosa (Vera Holtz) e irmã de Tobias.

Tomé

Generosa sofria todos os dias com a ausência de Rosa e com o gênio explosivo do marido, Felício, que se conformava até demais com o sumiço da jovem. Eles tiveram mais outra filha, Tina (Maria Flor), que era apaixonada por Tomé. Tobias cuidava sempre dela para que não tivesse o mesmo destino de Rosa, roubada por mascates.

Generosa
A mãe de Zuca, Siá Bina, é uma cabocla da roça e casada com o trabalhador Zé da Estação, chefe da estação de Pau D'Alho, e também o dono do único hotel da cidadezinha. Siá sofreu quando sua filha terminou o noivado com Tobias.

Zé da Estação
Jussara Freire como Siá Bina, ao lado de Vanessa Giácomo, a Zuca, em cena de Cabocla

A novela mostrou ainda a disputa entre o empregado de Boanerges, Nastácio (Cosme dos Santos), o vendedor de beira de estrada Zaqueu (Alexandre Rodrigues), e Chico da Venda (Cláudio Galvan), empregado de Zé da Estação, pelo coração de Ritinha, mucama da casa de Boanerges e confidente de Belinha.

Ritinha
Quem entendia muito bem a situação política e econômica da época era o Capitão Macário (Oscar Magrini), que fazia uma roda com os amigos para discutir sobre o assunto.

Capitão Macário
Mais personagens:
Pepa, La Sevilhana (Elena Toledo), dançarina espanhola do cabaré que Luis Jerônimo frequentava, e uma de suas paixões passageiras.
Joaquim (Reginaldo Faria), pai de Luís Jerônimo. Comerciante, vive apenas para o trabalho e pensando no futuro do filho.
Pequetita Novais (Mareliz Rodrigues), jovem intelectualizada, de grande personalidade e inteligência. Acreditava ter encontrado em Luís Jerônimo o grande amor de sua vida, mas estava muito enganada.
Edmundo Esteves (Othon Bastos), médico especialista em doenças pulmonares.
Telles (Rogério Falabella), médico da clínica geral de Vila da Mata.
Xexéu (Fernando Petelinka), tabelião de Vila da Mata e Pau D'Alho.
Vigário (John Herbert), o único padre da cidade de Vila da Mata.
Julieta (Roberta Rodrigues), empregada de Justino e silenciosamente apaixonada por ele.
Chico Bento (Umberto Magnani), fazendeiro, e aliado de Boanerges na política.

Trilha Sonora

A novela teve apenas um CD, estampado por Vanessa Giácomo, e apresentou 15 músicas nacionais como 'Madrigal', tema de abertura interpretado por Lazza, Schiavon e Deluqui, 'Nosso Amor É Ouro', de Zezé di Camargo & Luciano, tema de Belinha e Neco; 'Céu de Santo Amaro', de Flávio Venturini e Caetano Veloso, tema de Zuca e Jerônimo and more!
  1. "Nosso Amor é Ouro" - Zezé Di Camargo & Luciano (tema de Belinha e Neco)
  2. "Você, o Amor e Eu" - Cleiton & Camargo (tema de Tomé)
  3. "Floresce" - Rionegro & Solimões (tema de Generosa)
  4. "Outro lugar" - Milton Nascimento (tema de Mariquinha)
  5. "Sertaneja" - Ivan Lins (tema de Tobias)
  6. "História do Sertão" - Roberta Miranda (tema de Emerenciana)
  7. "Amora" - Renato Teixeira (tema de Zuca)
  8. "Manhã Bonita" - Rolando Boldrin
  9. "Madrigal" - Lazza, Schiavon & Deluqui (tema de abertura)
  10. "Céu de Santo Amaro" - Caetano Veloso & Flávio Venturini (tema de Zuca e Luís Jerônimo)
  11. "Sem Palavras" - Marlon & Maicon (tema de Tina)
  12. "Riacho Sereno" - Rick & Renner
  13. "Meu Cavalo Zaino" - Sérgio Reis (tema de Borneges)
  14. "O Trem Tá Feio" - Teodoro & Sampaio (tema de locação)
  15. "Benzinho" - Almir Sater

Audiência
A meta da emissora entre 1995 e 2006 era de 30 pontos, e Cabocla conseguiu acumular de média geral 34 pontos. A menor pontuação é de 24 pontos, obtida em 09 de outubro, e a maior é de 43, de 10 dias depois. O primeiro e o último capítulo tiveram média de 40 e 43 pontos, respectivamente.
Assim sendo, Cabocla foi outro sucesso do horário das seis.


10/05 a 15/05/2004 40 37 37 35 34 34 = 36.2 (36)
17/05 a 22/05/2004 34 35 36 35 34 30 = 34.0 (34)
24/05 a 29/05/2004 36 33 33 34 34 30 = 33.3 (33)
31/05 a 05/06/2004 35 34 34 34 33 28 = 33.0 (33)
07/06 a 12/06/2004 32 33 34 30 32 28 = 31.5 (32)
14/06 a 19/06/2004 33 32 32 33 33 27 = 31.7 (32)
21/06 a 26/06/2004 34 34 34 30 32 28 = 32.0 (32)
28/06 a 03/07/2004 32 35 32 33 32 27 = 31.8 (32)
05/07 a 10/07/2004 34 32 31 31 34 30 = 32.0 (32)
12/07 a 17/07/2004 35 35 32 33 33 30 = 33.0 (33)
19/07 a 24/07/2004 39 33 33 36 34 30 = 34.2 (34)
26/07 a 31/07/2004 36 35 34 35 36 32 = 34.7 (35)
02/08 a 07/08/2004 37 36 36 38 34 31 = 35.3 (35)
09/08 a 14/08/2004 36 34 36 35 35 30 = 34.3 (34)
16/08 a 21/08/2004 34 35 38 37 34 27 = 34.2 (34)
23/08 a 28/08/2004 35 37 35 37 36 28 = 34.7 (35)
30/08 a 04/09/2004 34 33 33 33 30 26 = 31.5 (32)
06/09 a 11/09/2004 34 34 34 36 35 31 = 34.0 (34)
13/09 a 18/09/2004 35 33 34 34 35 28 = 33.2 (33)
20/09 a 25/09/2004 32 32 32 34 32 28 = 31.7 (32)
27/09 a 02/10/2004 34 33 37 35 34 30 = 33.8 (34)
04/10 a 09/10/2004 37 37 37 34 35 24 = 34.0 (34)
11/10 a 16/10/2004 34 32 39 39 41 29 = 35.7 (36)
18/10 a 23/10/2004 36 43 40 41 39 30 = 38.2 (38)
25/10 a 30/10/2004 40 40 41 40 39 30 = 38.3 (38)
01/11 a 06/11/2004 38 38 36 38 36 28 = 35.7 (36)
08/11 a 13/11/2004 38 37 36 37 36 30 = 35.7 (36)
15/11 a 20/11/2004 38 41 40 40 42 31 = 38.7 (39)

Prêmios

Melhores do Ano (2004):
Melhor Ator - Tony Ramos
Atriz Revelação - Vanessa Giácomo

Prêmio Qualidade Brasil SP (2004):
Atriz Revelação - Vanessa Giácomo
Melhor Novela
Ator Revelação - Malvino Salvador
Melhor Ator Coadjuvante - Danton Mello
Melhor Diretor - Ricardo Waddington
Melhor Autor de TV - Benedito Ruy Barbosa
Melhor Atriz Coadjuvante - Jussara Freire

Prêmio Qualidade Brasil RJ(2004):
Atriz Revelação - Vanessa Giácomo
Prêmio Contigo (2005):
Atriz Revelação - Vanessa Giácomo
Par Romântico - Regiane Alves e Danton Melo

Vanessa Giácomo, Daniel de Oliveira e Jussara Freire em cena de Cabocla
Mauro Mendonça, Tony Ramos e John Herbert, que interpretava o único padre da cidade de Vila da Mata, Vigário, em cena da novela
Eriberto Leão e Maria Flor nos bastidores de Cabocla
Daniel de Oliveira, Tony Ramos, Patrícia Pillar e Regiane Alves em cena de Cabocla
Malvino Salvador e Carolina Kasting nos bastidores de Cabocla
Malvino Salvador e Vanessa Giácomo
Curiosidades
  • A novela é um remake homônimo da original de 1979, também escrita por Benedito Ruy Barbosa. A trama já havia sido exibida em 1959 pela TV Rio, com Glauce Rocha e Sebastião Vasconcellos interpretando Zuca e Luis Jerônimo.
  • Benedito Ruy Barbosa acompanhou o trabalho das filhas, Edilene e Edmara, lendo os capítulos, corrigindo-os, dando dicas sobre o período histórico e orientando-as sobre como esquentar a trama política.
  • Cabocla marcou a volta de Patrícia Pillar à TV. A atriz estava afastada da vida artística desde 2001 para se tratar do câncer de mama.
  • A novela foi reexibida pelo Vale A Pena Ver de Novo entre 07 de abril e 29 de agosto de 2008 em 105 capítulos, obtendo média geral de 17 pontos, considerada satisfatória para a emissora na época que exigia 18. Se fosse hoje, seria sucesso, pois a meta é de 15 pontos.
  • As cidades fictícias de Vila da Mata e Pau D'Alho foram construídas no Projac. A primeira foi inspirada em locações de Minas Gerais. A segunda teve como referência Lençóis, interior da Bahia.
  • As atrizes Patrícia Pillar, Aisha Jambo, Maria Flor, Jussara Freire e Vanessa Giácomo tiveram que ter aulas de como aprender a ser típicas donas de casa do século passado, que incluiam bordado, culinária, ordenha, passar roupa com um ferro característico da época e cozinhar pratos como bolos, biscoitos de araruta, pão de queijo, pão de milho, doces de abóbora e goiaba, frango ensopado com quiabo e arroz, feijão mineiro e carne seca, além de picar temperos e pilar grãos.
  • Foi a primeira novela de Malvino Salvador, e a última até então de Vanessa Gerbelli, que se transferiu para a Record, voltando para a Globo em 2014 na novela Em Família.
  • Mareliz Rodrigues, intérprete de Pequetita, é sobrinha de Benedito Ruy Barbosa. Apesar do parentesco, a atriz já garantiu que os papéis foram conquistados, e não dados. Ela atuou em outras três novelas de Benedito, Esperança (2002), Paraíso (2009) e Meu Pedacinho de Chão (2014).

Par romântico de Nelson Xavier no cinema, Ju Paes homenageia o ator, morto aos 75 anos


A morte do ator Nelson Xavier, aos 75 anos, comoveu fãs e amigos do ator. Pelas redes sociais, muitas manifestações de pesar, como de Juliana Paes, que foi par romântico dele no filme “A despedida”. A morte do também diretor se tornou um dos assuntos mais comentados no Twitter.
@julianapaes Meu querido Nelson!!!!!!!! Boa viagem! Foi uma honra e um grande prazer dividir cena com vc! Vá com Deus, meu amigo!!!! Saudade fica conosco... #nelsonxavier
Em “A despedida”, o ator, protagonista do longa, é um almirante nonagenário debilitado e frágil no rito de reparar erros e ajeitar o porvir. Morena, interpretada por Juliana Paes, é sua amante. Após tempos sem se ver, eles se reencontram, mas enfrentam uma dificuldade: fisicamente, ele não tem o mesmo vigor de sua mente, que segue praticamente inabalada.

Em ‘Malhação’, Tato é expulso de casa e Matheus Abreu defende o pai do personagem


A nova temporada de “Malhação” acabou de começar, mas as emoções já estão à flor da pele. Depois de descobrir que seu filho nasceu dentro do metrô e ficar desesperado em busca de informações sobre o estado de saúde do menino, Tato (Matheus Abreu) vai enfrentar uma barra dentro de casa.
Seu pai é contra que o adolescente assuma a paternidade do filho de Keyla (Gabriela Medvedovski) — e ele nem sabe que o Tato não pai de verdade de Tonico — e isso vai gerar uma grande discussão entre os dois, o que acaba com estudante expulso de casa. Apesar de não concordar com a atitude do pai de seu personagem, Matheus Abreu defende a posição do dono da casa:
— A relação do Tato com o pai tem algumas faíscas. São só os dois, então apesar deles terem esses atritos, é um cuidando do outro, só que um cuidado meio aos trancos e barrancos. Acho que ele fez isso porque tinha medo de ver um garoto com uma responsabilidade tão grande. É um pai preocupado, mas com uma preocupação que eu não sei se é explicável.
A solução encontrada por Tato é pedir abrigo na casa Roney Romano (Lúcio Mauro Filho), onde é aceito e passa a trabalhar na lanchonete junto com o sogro.

Fonte: Extra

Em 'Rock Story', Zac falta a show por causa de Mariane e a banda é vaiada


Purepeople - Além de infernizar a vida de Gui (Vladimir Brichta) sob a manipulação de Lázaro (João Vicente de Castro), Mariane (Ana Cecília Costa) vai prejudicar também a banda 4.4 e Zac (Nicolas Prattes), na novela "Rock Story". Nos próximos capítulos da trama das sete, a mãe do guitarrista convence o filho a ir almoçar com ela em Petrópolis, e por causa disso ele acaba perdendo um show da 4.4, que é vaiada pelo público. As cenas estão previstas para irem ao ar a partir desta segunda-feira (15).

MARIANE FAZ CHANTAGEM EMOCIONAL COM ZAC
Tudo começa quando Zac cede à chantagem emocional de Mariane e vai almoçar com ela em Petrópolis. Ao saber que o filho está viajando com a mãe, Gui fica preocupado. A essa altura, a comparsa de Lázaro já terá invadido o palco do show do roqueiro, relembrando seus tempos de fã, e tasca um beijo nele, diante de todos. Júlia (Nathalia Dill), revoltada, avisa à rival que ela deve ficar longe de seu marido.

4.4 CANCELA SHOW E É VAIADA
Enrolado pela mãe, Zac não consegue voltar a tempo de Petrópolis e Tom (João Victor Silva) acaba tendo que anunciar que o show da 4.4 não vai acontecer, por causa da ausência do guitarrista, que é o líder da banda. Revoltados por terem pagado ingresso por um show cancelado, os fãs externam sua indignação vaiando os garotos que estão no palco. Gui comenta com Júlia que o filho teve uma atitude irresponsável ao viajar com Mariane. E, se sentindo culpado, Zac promete que não vai mais prejudicar a banda.

GUI BRIGA COM MARIANE
Nos capítulos seguintes, Mariane e Gui terão uma briga e Zac fica indignado com o pai, que lhe pede perdão por ter discutido com a mãe dele. Contudo, o protagonista avisa o filho que Mariane precisa de um tratamento médico, pois está desequilibrada emocionalmente. Não bastasse isso, novamente influenciada por Lázaro ela grava um vídeo acusando Gui de agressão, após levar um tombo na escada, e quando Zac assiste às imagens, duvida que o pai seja inocente das acusações dela. E agora, será que a megera vai conseguir separar esses dois?

(Por Samyta Nunes)

Veja o que vai acontecer nos próximos capítulos de 'Senhora do Destino' entre os dias 10 e 19 de maio


No capítulo 043, quarta-feira, 10 de maio – Angélica percebe a emoção de Maria do Carmo. Dirceu liga e Maria do Carmo atende pensando ser Nazaré. Ela fala que tem certeza agora que ela sabe onde está sua filha. Dirceu não entende nada, ela disfarça e ele diz que eles precisam ter uma conversa. Flaviana manda João Manoel ter cuidado com Sebastião e aconselha Giovanni a esquecer Maria do Carmo, porque o jogo já está perdido. Dirceu pressiona Maria do Carmo. Ela pede que ele lhe dê a sua palavra que não vai contar para ninguém e revela o que está lhe preocupando. Nazaré bebe com Shirley e Jacques e jura que vai conseguir o dinheiro da casa. Dirceu reafirma que a polícia é que deve investigar uma denúncia. Maria do Carmo mente que ela não deu nenhuma prova do paradeiro de Lindalva. Maria do Carmo diz ao advogado que não precisa mais da procuração. Josivaldo conta com prazer o dinheiro que Reginaldo lhe deu. Reginaldo comenta com Viviane que Josivaldo e Maria do Carmo ainda são legalmente casados. Viviane torce para que ele atrapalhe a vida da mãe. Regina beija João Manoel, mas de olho na janela, com medo do pai. Sebastião insiste com Janice que não tem mais filho. Laura organiza o jantar do dia seguinte. Viriato e Cícera saem para ir ao mercado e surpreendem Plínio com duas gatas no carro. Reginaldo diz a Josivaldo que vai ajudá-lo a voltar a morar com Maria do Carmo. Nalva convida Maria do Carmo para o seu aniversário. Cigano surpreende Rita e Constantino de mãos dadas. Nazaré pede R$ 250 mil para Maria do Carmo.

No capítulo 044, quinta-feira, 11 de maio – Nazaré diz que ligará no final da tarde. Crescilda comenta com Leandro que Maria do Carmo parece estar com um problema. Venâncio almoça com Janice. Eleonora diz que vai passar na casa de Rita. Constantino se apresenta a Cigano. Rita diz que o taxista lhe ajudou muito. Cigano expulsa Constantino. Maikel defende Rita de Cigano. Eleonora chega neste momento e enfrenta Cigano, colocando-o para fora de casa. Cícera e Viriato fazem compras no mercado. Gisela quer saber o paradeiro das esmeraldas de Laura e diz ao marido que vai perguntar. Angélica comenta que Maria do Carmo disse que ia ao banco e Leandro vai atrás dela. Eleonora insiste para Rita ir à delegacia, mas ela fica dividida. Maria do Carmo pede ao gerente 250 mil reais em dinheiro. Nazaré pede que o taxista Gilmar faça outro serviço para ela. O gerente promete que Maria do Carmo terá o dinheiro até o fim do dia. Leandro surpreende a mãe no banco. Ela mente que foi tomar um café com o gerente. O taxista pede 30 mil a Nazaré, que concorda, Ele lhe dá a dica de um local bom para o encontro. Nazaré lhe promete uma noite especial depois que tudo estiver encerrado. Isabel sai para o seu primeiro dia de trabalho. Leandro olha o talão de cheques da mãe e pergunta de quanto foi o cheque que ela deu no banco. Ela jura que não pode contar. Giovanni acha estranho quando Leandro comenta o ocorrido e resolve ir à casa de Dirceu. Ele estranha ao ver Aretuza lá.

No capítulo 045, sexta-feira, 12 de maio – Giovanni pede para conversar em particular com Dirceu. Viriato e Cícera preparam o banquete. Edgard ensina o trabalho para Isabel. Alfred elogia Gisela e seu vestido novo. Maria Eduarda diz à mãe que, se Thomas a pedir em casamento, ouvirá um não. Jandira diz a Rita que toda a vizinhança acha que ela e Constantino têm um caso. Cigano, bêbado, vai para casa. Maikel acha que Rita deve denunciá-lo, mas ela não quer mandá-lo de volta para a cadeia. O gerente entrega o dinheiro a Maria do Carmo. Dirceu deduz que Maria do Carmo está sendo vítima de uma extorsão. Giovanni avalia Aretuza, mas Dirceu deixa claro que ela é sua empregada. Dirceu e Giovanni saem para ajudar Maria do Carmo. Nazaré diz a Maria do Carmo que Lindalva se chama agora Cláudia e marca um encontro no galpão, às 5 horas . Dirceu pressiona Maria do Carmo e ela acaba expulsando-o. Giovanni tenta fazer com que Do Carmo se abra, mas nada consegue, e garante que ela vai se arrepender por estar brigando com os dois homens de sua vida. Plínio vê e conta para a mãe que Dirceu e Giovanni saíram juntos de carro. O Barão e Laura recebem os convidados. Gisela implica com a roupa de Maria Eduarda. O jantar é servido e o Barão homenageia Thomas. Viviane combina com Reginaldo de marcar a data do casamento. Leonardo e Thomas querem cumprimentar o cozinheiro. Viriato se vira e dá de cara com Leonardo.

No capítulo 046, segunda-feira, 15 de maio – Leonardo é agressivo com Viriato. Viriato descobre que o Barão é avô de Duda. Leonardo tem certeza de que tudo foi feito para desfeiteá-lo. Duda ouve a discussão e reconhece a voz de Viriato. Leonardo parte para a briga com Viriato. Maria Eduarda pede para que a briga pare. Sebastião e Cícera não se conformam com a atitude de Viriato. Leonardo insiste que o pai queria se vingar dele. Duda pede desculpas, mas Viriato não aceita, vai embora e manda avisar ao Barão que não precisa pagar nada. O Barão e Duda acham que Leonardo deve pedir desculpas a Viriato. Ele se recusa e Maria Eduarda pede a Sebastião que a leve até a casa de Viriato. Gisela fica arrasada ao saber que Laura doou as esmeraldas para uma instituição de caridade. Giovanni confessa a Dirceu que quer uma vaga no coração de Do Carmo. Dirceu diz que vai procurar Do Carmo para fazer as pazes. Giovanni dá uma ordem a seu motorista Valdir. Maria do Carmo olha a foto da filha, pega a mala com dinheiro e reza. Angélica ouve a reza de Maria do Carmo, que sai em seguida. Leandro se preocupa com a mãe e vai com Nalva para a casa dela. Edgard leva Isabel em casa. Isabel estranha quando Alberto diz que sua mãe não está em casa. Nazaré se disfarça ao chegar perto do local do encontro. Dirceu não encontra DoCarmo em casa. Angélica conta da oração. Leandro, Viriato, Dirceu arrombam a porta do quarto de Lindalva e se surpreendem ao ver a foto. Duda vai à casa de Viriato e quem a atende é Nalva. Maria do Carmo vê Nazaré chegando.

No capítulo 047, terça-feira, 16 de maio – Viriato não quer conversar com Duda, mas ela insiste. Do Carmo não entrega o dinheiro sem a informação. Giovanni chega ao galpão onde está Do Carmo. Nazaré diz a Do Carmo que Lindalva foi entregue em adoção para uma família israelense. Nazaré se denuncia quando diz que lhe deu o nome de Cláudia. Do Carmo parte para cima dela, acusando-a de ter seqüestrado a sua filha e dando-lhe bordoadas. Nazaré pega a pasta de dinheiro. O taxista dá com cassetete na cabeça de Maria do Carmo, que fica zonza. Giovanni impede que Nazaré e o taxista fujam. Do Carmo tenta se levantar, Giovanni a socorre. Nazaré desliga a chave de luz e foge. Giovanni decora a placa do táxi. Viriato avisa Duda que só conversa com ela após encontrar a mãe. Do Carmo garante a Giovanni que Nazaré era a seqüestradora. Nazaré deixa escapar para o taxista Gilmar que roubou mesmo a filha de Maria do Carmo que agora se chama Isabel. Gilmar exige a metade da grana. Nazaré sai do carro gritando e o taxista vai embora. Giovanni manda Madruga descobrir o taxista. Dirceu reage ao saber que Giovanni encontrou Do Carmo. Gisela, Leonardo e Thomas se preocupam com o paradeiro de Duda. Duda garante a Viriato que é muito diferente do pai e insiste que ele aceite as desculpas. Ele lhe dá um aperto de mão. Giovanni quer entrar na casa com Maria do Carmo no colo, mas Dirceu pega-a nos braços. Madruga avisa que a placa era fria. Nazaré se deita sobre as notas de dinheiro. Duda pede para namorar Viriato e o beija. Nalva olha com raiva.

No capítulo 048, quarta-feira, 17 de maio – Maria do Carmo chora por não ter conseguido o paradeiro da filha. Dirceu faz com que ela prometa que não vai lhe esconder mais nada. Nazaré deixa cair algumas notas de dinheiro. Maria Eduarda e Viriato se declaram. Nalva se descontrola de ciúmes, quebra um vaso e chora. Leandro se aproxima e ela manda que ele deixe-a em paz, para constrangimento de todos. Giovanni encontra todos em casa aflitos com sua demora. Nalva acusa o marido de ser possessivo e ciumento. Leandro diz que ela foi agressiva com ele na frente de todos. Maria do Carmo interrompe a briga. Nalva a enfrenta e depois chora pela rua lembrando-se do beijo entre Viriato e Maria Eduarda. Viriato sugere tentar se entender com Leonardo, mas Maria Eduarda acha que eles devem namorar em segredo por um tempo. Leonardo fica possesso quando Maria Eduarda chega em casa e não lhe dá maiores explicações. Eleonora diz que está tudo bem com Maria do Carmo, mas pede que ela descanse. Leandro cobre a mulher, que finge dormir. Viviane lamenta a perda do dinheiro, que considera também seu. Reginaldo pondera que eles deviam casar com separação de bens, mas ela não aceita e ele concorda. Plínio beija Angélica e insiste que quer mais, mas ela vai embora. Maikel pede que Rita não deixe que Cigano lhe bata de novo. Shao Lin baba ao ver Larissa dançando. Isabel e Cláudia não entendem nada quando Nazaré avisa que tem o dinheiro para quitar sua parte na hipoteca.

No capítulo 049, quinta-feira, 18 de maio – Nazaré mente que fez um empréstimo com um amigo de José Carlos e vai abrir uma conta no banco para recebê-lo. Cláudia e Isabel exigem saber o nome do amigo, mas Nazaré se recusa. Isabel encontra a pasta de couro, mas Nazaré não deixa que ela a abra. Isabel fica intrigada ao ver um maço de notas no lençol. Maria do Carmo garante a Dirceu que vai encontrar a seqüestradora. Isabel exige uma explicação de Nazaré. Nazaré jura não saber que dinheiro é aquele e, magoada, se retira. Cláudia diz a Isabel que Nazaré está precisando de um médico. Nazaré diz que por vergonha não disse que foi o amigo que lhe deu o maço de dinheiro. Dirceu sugere a Giovanni que dê uma olhada no cadastro de taxistas para ver se reconhece alguém. Giovanni dá poderes para João Manoel organizar a festa de Nalva. Danielle beija Giovanni na boca na frente de Maria do Carmo. Nazaré não aceita quando Isabel e Cláudia querem ir ao banco com ela. Sebastião comenta com o Barão e Laura que Viriato e Maria Eduarda se entenderam até demais. Edgard adverte Viriato que namorar em segredo vai dar mais confusão ainda. Nalva se recusa a sambar a pedido do diretor da bateria. Regina dá um show à frente da bateria. Josivaldo quer ver Viriato e Leandro, mas Reginaldo pede que ele aguarde um pouco. Maria do Carmo se surpreende ao saber que Cigano foi solto. Angélica ajuda na loja. Giovanni reconhece o motorista.

No capítulo 050, sexta-feira, 19 de maio – Giovanni e Dirceu vão até o ponto de táxi. Nazaré deposita 200 mil no banco. Crescilda conta para Maria do Carmo da surra que Cigano deu em Rita. Cigano descobre que Daiane está grávida, acha que o pai é Constantino e bate em Rita. Daiane confirma que Constantino é o culpado para não denunciar Shao Lin. Cigano sai armado. Do Carmo ajuda Rita a ir atrás de Cigano. Dirceu se horroriza quando Giovanni usa uma sirene da polícia para fugir do engarrafamento. Nazaré vê o carro e reconhece Giovanni dentro dele. Nazaré liga para Gilmar e diz que tem 50 mil para ele. Gilmar sai do ponto um pouco antes de Giovanni e Dirceu chegarem. Leonardo pressente algo e garante que vai usar a sua autoridade de pai. Maria Eduarda almoça com Edgard, Viriato, Isabel e Moura no restaurante. Maria do Carmo segura a mão de Cigano quando ele vai atacar Constantino. Constantino se indigna ao saber que o outro está pensando que ele é pai do filho de Daiane. Rita conta que o pai é Shao Lin. Daiane tem um ataque histérico. Leandro pede que Nalva fique mais animada. Reginaldo manda Josivaldo ir à festa para conhecer toda a família. Bianca digita as receitas de Clementina. Aurélia se assusta ao saber que Cigano foi atrás do filho. Dirceu e Giovanni tocaiam o ponto de táxi. Nazaré dá o dinheiro a Gilmar, manda que ele minta se alguém perguntar, senão ela vai dizer que ele inventou tudo. Shao Lin se exige com o nuntchaku e gela ao ver Cigano. Giovanni avista Gilmar. Dirceu sai do carro disposto a bater nele.

Fonte: Tribuna Hoje

Em 'Novo Mundo', Domitila passa noite com Thomas e arma contra Chalaça


Purepeople - Além de aliados, Thomas (Gabriel Braga Nunes) e Domitila (Agatha Moreira) serão também amantes, na novela "Novo Mundo". Nos próximos capítulos da trama das seis, o vilão procura a "amiga" de Chalaça (Romulo Estrela) para se propor a apresentá-la a Dom Pedro (Caio Castro), em troca de sua ajuda. A futura Marquesa de Santos aceita a parceria, e enquanto Anna (Isabelle Drummond) tem um parto prematuro com a ajuda de Joaquim (Chay Suede), na fazenda Santa Cruz, seu marido tem uma noite de amor com a nova cúmplice, e arma com ela um plano para acusar o braço direito do príncipe de traição.

THOMAS PROCURA DOMITILA
De acordo com o colunista de TV Daniel Castro, tudo acontece em cenas previstas para irem ao ar na segunda-feira (15), quando depois de ter conseguido enganar Dom Pedro sobre seu envolvimento no ataque ao Paço, Thomas resolve procurar Domitila. "Vi sua decepção por não conseguir falar com o príncipe. Deduzi que havia um estranho impedimento. Por isso vim procurá-la", ele diz, e ela logo percebe que se trata de um pacto: "Não nasci ontem, senhor Johnson. O que quer em troca? Saiba que, embora possa parecer, não tenho posses". O mau-caráter então explica: "Não preciso de dinheiro, apenas da sua ajuda. Primeiramente, temos que nos livrar do Chalaça.

DOMITILA CONCORDA COM O PLANO DE THOMAS
Curiosa, Domitila pergunta o que Thomas tem contra Chalaça, e ele diz que precisa tirar o secretário do caminho para ganhar alguma influência sobre o Príncipe Regente. "E então? Vai me ajudar? Tudo que a senhora precisa é conquistar dom Pedro. Posso facilmente patrocinar essa aproximação", ele propõe. "Faço qualquer coisa para impedir que Felício (Bruce Gomlevsky) leve meus filhos. E Dom Pedro é um homem belo, não seria nenhum sacrifício", ela declara.

THOMAS ELOGIA A PERFORMANCE DE DOMITILA NA CAMA
Para começar, Thomas providencia roupas novas para evidenciar a beleza de Domitila e fazer com que ela chame a atenção do príncipe. E, sem pudores, os dois selam o pacto com um jantar e uma noite de amor. Depois do sexo, o marido de Anna elogia a performance da parceira: "Devo confessar que desde que a minha mulher engravidou, nunca mais tive uma noite como esta! Aliás, nunca conheci uma mulher como você, Domitila. Estou impressionado. Nenhuma mulher deste reino se compara a você em beleza e talento para agradar um homem!".
(Por Samyta Nunes)

"A Força do Querer": Ruy e Ritinha descobrem sexo do bebê

Em "A Força do Querer", Ruy, personagem de Fiuk , e Ritinha, interpretada por Isis Valverde , estão felizes da vida. Os pombinhos se casaram, viajaram, a jovem está grávida e nem mesmo a notícia da gravidez de Cibele ( Bruna Linzmeyer ) foi capaz de atrapalhar toda essa lua de mel. 


Na sequência de "A Força do Querer" , mais alegrias estão por vir para o casal. Os recém-casados descobrirão na próxima segunda-feira (15) o sexo do bebê que Ritinha está esperando, mas vale lembrar que Ruy ainda não sabe que o filho que esposa espera não é dele, e sim do ex-marido, Zeca, personagem interpretado por Marco Pigossi. Será um menininho ou menininha?
E é bom Ritinha e Ruy aproveitarem a boa fase, porque do que depender de Cibele, a vida do ex-noivo e da sereia não será nada tranquila. Também na próxima semana, a filha de Dantas (Edson Celulari) promete várias surpresas. Em uma delas, que já foi ao ar, a jovem simplesmente forja uma gravidez e afirma estar esperando um filho do ex, mas é tudo mentira.


A Novela
Depois de mais de dez anos apresentando a cultura de outros países, Galória Perez resolveu mostrar os costumes brasileiros em sua nova novela “A Força do Querer” e escolheu a região Norte como cenário. No primeiro capítulo da trama, Zeca (Marco Pigossi) e Ruy (Fiuk) – ainda crianças – se afogam e são salvos por índios, que entrega aos dois um amuleto e lhes dão um aviso: a água que os uniu será a mesma que irá separá-los.
Passado o tempo, os dois são apresentados já adultos e se reencontram. Enquanto Zeca é noivo de Ritinha (Isis Valverde), Ruy tem outro relacionamento, mas roubara a garota do caminhoneiro e é no bairro de Portugal Pequeno que ele se refugia para esquecer a amada até que conhece Jeiza (Paolla Oliveira) e se envolve com ela.
“A Força do Querer” é escrita por Glória Perez e ainda aborda temas como vício, identidade sexual e vida criminosa. A novela vai ao ar de segunda à sábado após o “Jornal Nacional”.

Fonte: Gente - iG

Carinha de Anjo: Érica é presa e jura vingança contra Flávio. Saiba o que mais vai acontecer hoje na novela


Vitor revela para Solange que a torta foi um presente de uma mulher de seu passado. O chef pede segredo e para jamais receber alguma Selene em casa. Haydee e Flávio entregam a bolsa com as notas falsas para Érica, que vai até o banheiro contar a quantia. As irmãs chegam ao SBT com o Padre Gabriel e Pascoal. Silvana vai até a casa de Nicole para falar sobre Verônica. Silvana diz que nunca viu uma secretária tão perfeita como Verônica e que Gustavo trata ela com muita intimidade. A polícia descobre que o nome de Érica na verdade é Amarilda. O coral das freiras ensaia no palco do concurso antes dele começar. Faxinildo e Santos fazem piadas com as freiras e Ratinho (participação especial) faz com que os dois se ajoelhem no milho para pedir perdão para a Madre Superiora.

Mulheres e negros registram maior alta de desenvolvimento humano municipal

Apesar das desigualdades persistirem, de 2000 a 2010, os grupos mais vulneráveis (mulheres e negros) tiveram uma maior alta no Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) no Brasil. As informações são do relatório “Desenvolvimento Humano para Além das Médias”, que traz o IDHM por cor, sexo e situação de domicílio (urbano ou rural). No intervalo de uma década, a taxa de crescimento anual do IDHM da população negra foi de 2,5%, ante 1,4% dos brancos, 1,9% das mulheres e 1,8% dos homens.
Segundo o coordenador da INCT Políticas Públicas e Desenvolvimento Territorial, do Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea), Marco Aurélio Costa, o balanço dos anos 2000 é bastante positivo, porque houve uma redução das desigualdades, entretanto, em relação à 2010, há uma permanência das desigualdades. “Especialmente na situação de domicílio, os indicadores rurais são piores que os indicadores urbanos”, disse.
Costa informou ainda que, em relação a cor e sexo, a cor é um conjunto de indicadores pior que o de gênero. “A diferença dos dados da população negra para população branca é maior que a diferença de homens e mulheres. Isso chama a atenção e coloca uma demanda para as políticas públicas”, afirmou.
O objetivo do estudo é fornecer dados qualificados e desagregados para o desenho de políticas públicas que avancem para uma sociedade menos desigual. “Qualquer política adotada em nível federal, estadual ou municipal precisa ter em conta que as estruturas da sociedade ainda são desiguais, para não ampliar as desigualdades no próprio desenho da política que está sendo proposta”, disse a coordenadora do Relatório Nacional de Desenvolvimento Humano do escritório do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) no Brasil, Andrea Bolzon.
O estudo foi divulgado hoje (10) pelo Pnud, o Ipea e a Fundação João Pinheiro (FJP). As informações são dos censos demográficos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2000 e 2010 e abrangem dados nacionais, das 27 unidades da Federação, de 20 regiões metropolitanas e 111 municípios com mais de 228 mil habitantes.

O conjunto dos dados desagregados pode ser acessado na plataforma www.atlasbrasil.org.br. O relatório Desenvolvimento Humano para Além das Médias está disponível nas páginas do Ipea e do Pnud na internet.

Dados nacionais
“É mais desenvolvido quem vive mais, quem estuda mais e quem ganha mais. Os dados mostram que os homens brancos que moram nas cidades certamente têm os dados melhores que as mulheres negras que moram na zona rural. Agora, teremos o trabalho de empilhar essa diferença que é abissal, inaceitável e que precisa ser mudada no nosso país”, disse Andrea.
A diferença entre o IDHM de negros e brancos caiu pela metade no intervalo de 2000 a 2010 – em 2000, o IDHM da população negra (0,530) era 27,1% inferior ao da população branca (0,675), ao passo que, em 2010, o IDHM dos negros (0,679) passou a ser 14,4% inferior ao dos brancos (0,777). Quanto mais perto de 1, melhor o índice.
A análise dos dados revela um equilíbrio maior do IDHM de mulheres e homens. Enquanto o índice delas era de 0,596 em 2000, passou para 0,720 em 2010. Os homens tinham um índice de 0,602 em 2000 e alcançaram 0,719 em 2010. Mesmo estudando mais e vivendo mais (sete anos, em média) que os homens, em 2010 elas apresentaram renda média no trabalho 28% inferior à deles. Enquanto as mulheres recebiam, em média, R$ 1.059,30, eles ganhavam cerca de R$ 1.470,73 no mesmo ano.
Quando se analisa a situação de domicílio, a renda domiciliar per capita média da população urbana em 2010 era quase três vezes maior do que a da população rural: R$ 882,64 e R$ 312,74, respectivamente. A escolaridade da população adulta revela um abismo, segundo o relatório: 60% da população urbana com mais de 18 anos tinha, em 2010, o fundamental completo, ante 26,5% da população rural. No mesmo período, a população urbana vivia em média três anos a mais que a população rural: 74,5 anos contra 71,5.
O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é uma medida resumida do progresso de um determinado grupo a longo prazo, em três dimensões básicas do desenvolvimento humano: renda, educação e saúde. O objetivo da criação do IDH foi o de oferecer um contraponto a outro indicador muito utilizado, o Produto Interno Bruto (PIB) per capita, que considera apenas a dimensão econômica do desenvolvimento.

Fonte: Agência Brasil (EBC)

Relembre um pouco da trajetória do ator Nelson Xavier, que faleceu na madrugada de hoje (10)

Nelson Agostini Xavier morreu em decorrência de um câncer no pulmão na madrugada de hoje (10) aos 75 anos. O ator escolheu a cidade mineira de Uberlândia para poder passar seus últimos dias de vida, deixando quatro filhos, Tereza Villela, que anunciou a sua morte no Facebook, Anna Xavier, Sofia Helena, e Pedro Cabizuca, e sua esposa, Via Negromonte, a mãe de Sofia.

Nome Completo: Nelson Agostini Xavier
Data de Nascimento: 30 de agosto de 1941
Local: São Paulo (SP)
Profissão: ator
Trabalhos Notórios: Chico Xavier no filme 'Chico Xavier' (2010), Lampião na minissérie 'Lampião e Maria Bonita' (1982) e no filme 'O Cangaceiro Trapalhão' (1983), Leopoldo Canjerê na novela 'Ana Raio e Zé Trovão' (1990), Sebastião Ferreira em 'Senhora do Destino' (2004), Edvaldo em 'A Favorita' (2008)


Nasceu em São Paulo no dia 30 de agosto de 1941, e por pouco se tornaria um advogado, mas trocou a faculdade de Direito para viver de arte, começando sua carreira artística no teatro com peças como 'Eles Não Usam Black-Tie' (1958), de Gianfrancesco Guarnieri, 'Gente Como A Gente' (1959), de Roberto Freire', e 'Toda Nudez Será Castigada' (1965), de Nelson Rodrigues.
Estreou na televisão em uma novela de Janete Clair, 'Sangue e Areia', com o personagem Zorba, mas seu primeiro destaque veio em 1982, na minissérie 'Lampião e Maria Bonita', ao interpretar o papel principal. Ainda no mesmo ano, interpretou Zito em 'Sol de Verão', um porteiro onde moravam outros personagens desta novela.
Em 'Voltei Pra Você' (1984), Nelson interpretou Zelão, filho e neto de jagunços, às vezes valente, às vezes muito bondoso, chegando até a ser ingênuo. No ano seguinte, faz parte do elenco da minissérie que virou sucesso na televisão, Tenda dos Milagres, e em 1988, participa de outra, também sucesso, O Pagador de Promessas.
Transferiu-se ainda para a Rede Manchete, onde atuou na novela 'A História de Ana Raio e Zé Trovão', dando vida ao antagonista Leopoldo Canjerê. À partir de 1992, Nelson volta para a Rede Globo, onde permaneceu por mais de 20 anos, participando de sucessos como 'Pedra Sobre Pedra' (1992), 'Renascer' (1993), 'Anjo Mau' (1997), 'Belíssima' (2005) e 'A Favorita' (2008). Seu último trabalho foi na novela das nove, 'Babilônia', em 2015.

Nelson Xavier e Arlete Salles em cena da novela Pedra Sobre Pedra
Nelson Xavier em Renascer
Nelson Xavier em Anjo Mau (1997)
O ator está no ar novamente com a reprise da novela Senhora do Destino, sucesso no ano de 2004 que retornou às telinhas no Vale A Pena Ver de Novo em 13 de março deste ano. Na novela de Aguinaldo Silva, Nelson deu vida ao irmão da protagonista Maria do Carmo (Susana Vieira), Sebastião, que no começo da trama era apaixonado por sua patroa, Josefa (Marília Gabriela), e mesmo estando exilada na França, não foi capaz de esquecê-la, mesmo estando casado com outra mulher, Janice (Mara Manzan), com quem teve três filhos.
Nelson já havia participado de outras duas novelas de Aguinaldo, 'Pedra Sobre Pedra' e 'Suave Veneno' (1999), ambas do horário nobre.


No cinema, foi destaque nacional em 2010, ano em que estreou o filme Chico Xavier, vivendo o papel principal, o próprio Chico. No ano seguinte, seguiu com o mesmo papel em 'As Mães de Chico Xavier'. Sua primeira vez nas telonas foi em 1959, quando participou de 'Fronteiras do Inferno', e de lá pra cá, conseguiu vários outros papéis em 'A Falecida' (1965), 'ABC do Amor' (1967), 'Os Deuses e Os Mortos' (1970), 'As Confissões de Rei Abóbora' (1971), 'Vai Trabalhar, Vagabundo' (1973), 'Dona Flor e Seus Dois Maridos' (1976), 'A Queda' (1976), 'Eles Não Usam Black Tie' (1981), 'Gabriela' (1983), 'Césio 137 - O Pesadelo em Goiânia' (1989), e 'A Despedida' (2014).
Ele, além de interpretar duas vezes Chico Xavier em dois filmes, interpretou ainda o cangaceiro Lampião, não somente na minissérie da Globo, 'Lampião e Maria Bonita', mas também no filme 'O Cangaceiro Trapalhão', de 1983.


Nelson Xavier na pele do médium espírita Chico Xavier, um de seus pontos mais altos na sua carreira artística
Nelson Xavier em 1982, caracterizado de Lampião para a minissérie Lampião e Maria Bonita

Nelson Xavier em Tenda dos Milagres
Nelson Xavier em 2008, quando interpretava Edivaldo, um homem analfabeto e pai de duas filhas, Greice (Roberta Gualda) e Maria do Céu (Deborah Secco)

O ator em 2013 caracterizado como Ananda Rinpoche, um dos discípulos de Buda na novela 'Jóia Rara'

Ator Nelson pediu para usar terno do médium Chico Xavier quando morresse, conta médica

Um dos pontos ápices da carreira do ator Nelson Agostini Xavier, que faleceu nesta madrugada (10) aos 75 anos em Uberlândia, foi atuar como protagonista no filme biográfico sobre Chico Xavier. Segundo a médica que o acompanhou no tratamento paliativo, Clarissa Aires de Oliveira, a espiritualidade dele transcendia e um dos últimos pedidos foi com que ele usasse o terno presenteado pelo próprio médium mineiro em seu velório e enterro.
“Ele falava que foi tocado quando fez o filme do Chico. Ontem, quando eu acompanhava a Via [esposa do ator] nos momentos finais, ela falou assim: 'eu preciso atender uma vontade dele. Ele quer ser vestido com um terno que ele ganhou do Chico'. O Chico foi pra ele um ídolo, um grande amigo também. Ele disse para mim que aprendeu com a humildade e esta coisa bonita. Para mim foi um privilégio ter visto esta construção da espiritualidade dele”, relatou.

Tratamento em Uberlândia
Clarissa contou ao G1 que a família de Nelson a procurou no fim do ano passado, quando ele passava por cuidados paliativos, uma vez que o câncer, inicialmente detectado na próstata, já estava avançado. No início de janeiro a médica chegou a visitá-lo no Rio de Janeiro e alguns dias depois ele foi para Uberlândia, onde alugou um apartamento e fez novos amigos.
Durante quase quatro meses de tratamento na clínica mineira de medicina integrativa – que trata o paciente física e emocionalmente por meio de terapias alternativas com uso de medicação, suplementação e hábitos saudáveis a fim de garantir qualidade de vida no tempo de vida restante do paciente – a especialista disse que a melhora do quadro de Nelson foi evidente.
“Minha abordagem com a oncologia integrativa acabou sendo uma possibilidade de impactar na qualidade de vida. No começo ele não estava andando, só de cadeira de rodas, mas durante uns dois meses ele conseguiu passear bastante. A Via [esposa do ator] fala que eles me procuraram para que ele tivesse uma morte sem dor e ele morreu sem dor”, acrescentou.

Clarissa Alves
Nas palavras de Clarissa, o paciente “se sentiu vivo durante pouco mais de dois meses”. Foi então que ele voltou para a casa no Rio de Janeiro com o intuito de buscar a mudança para ficar definitivamente em Uberlândia, mas o quadro agravou e ele retornou para Minas Gerais para ser internado às pressas.
No Hospital Santa Genoveva, onde ele foi internado na manhã desta terça-feira (9), o ator chegou com uma complicação pulmonar e dificuldades respiratórias. Porém estava com o semblante sereno e acompanhado por quase todo o tempo da esposa e amigos. A médica Clarissa foi informada que nos últimos minutos de vida ele demonstrava serenidade, com os entes em volta no quarto.
“A gente sabe que Deus que sabe a hora. Eu sinto muita paz nesta passagem do Nelson. Sinto que ele estava extremamente preparado, se espiritualizou bastante. Tinha uma luz muito grande e realmente foi em paz”, comentou a médica.

Cidade escolhida para 'se despedir do planeta'
O artista era apaixonado pela cidade do Triângulo Mineiro e assim que desceu do avião no aeroporto e olhou para o céu chegou a comparar a vista com a da capital carioca e preferir a tranquilidade de Uberlândia, que também teria motivado a vontade dele de se mudar, de acordo com a médica.
“A esposa dele me contou que quando ele desceu do avião e olhou para o céu de Uberlândia abriu um sorriso e disse que foi o céu mais lindo que eles viram, que era mais bonito que o céu do Rio. Ele também dizia que escolheu Uberlândia para se despedir do planeta”, concluiu Clarissa.

Depoimento da filha
Tereza Villela Xavier, filha do ator, usou sua página no Facebook para falar da perda do pai. "Lamento informar a quem possa interessar que meu pai, Nelson Xavier, faleceu esta noite em Uberlândia. Seu corpo será transferido, celebrado e cremado no Rio de Janeiro em cemitério ainda não determinado. Agradeço desde já as mensagens de apoio. Ele virou um planeta! Estrela ele já era. Fez tudo o que quis, do jeito que quis e da sua melhor maneira possível, sempre", escreveu ela.

O RICO E LÁZARO: AMITIS E SAMMU-RAMAT PLANEJAM A TRAIÇÃO DE KASSAIA


Nesta terça, Sammu-Ramat (Christine Fernandes) foi ao quarto da rainha Amitis (Adriana Garambone) para informá-la da decisão de Kassaia (Pérola Faria).
A jovem contou que aceitou se deitar com outro homem para tentar dar um filho a Nebuzaradã (Angelo Paes Leme). E a rainha fica satisfeita com a decisão de sua filha, pede então para Sammu-Ramat que lhe dê um homem forte, corajoso, inteligente e parecido com o marido de Kassaia.

Na mesma novela, Raul Gazolla e Betty Faria discordam sobre assédio de José Mayer


O ator Raul Gazolla está hoje na novela das nove, “A Força do Querer”, vivendo o treinador de MMA, Allan. O ator falou sobre sua volta a Globo após 11 anos afastado da emissora carioca. 
Recentemente ele deu uma entrevista à revista “Quem”, na qual ele respondeu sobre o caso de assédio do ator José Mayer. “Não concordo com as declarações dele. Foi um comentário infeliz. Uma defesa infeliz. Tenho três filhas e elas também não conseguiram entender. Acho que é uma coisa dele”, discorda Raul da postura de José que se defendeu dizendo que o machismo era de sua geração.
Em contra partida, Betty Faria, colega de trabalho de Raul que entrará na metade da trama das nove, comentou sobre o caso e fez questão de defendê-lo: “Sempre foi um gentleman, respeitador”, disse ao jornal “O Globo” e acrescentou: “Não quero discutir o que ele fez ou escreveu. Ele deve ter tido seus motivos. Conhecendo o Zé dos bastidores, acho essa história mal contada”, pontuou.

Fonte: TV Foco

Dilma chega a Curitiba para demonstrar apoio a Lula

Terra - A ex-presidente Dilma Rousseff chegou a Curitiba para apoiar o ex-mandatário Luiz Inácio Lula da Silva durante o depoimento no âmbito da Operação Lava Jato. Dilma não desceu junto aos demais passageiros do voo comercial em que veio e foi levado até o hangar onde Lula já a aguardava. Ela estará na comitiva de Lula, mas não se sabe se fará algum discurso após o depoimento.

STJ nega dois habeas corpus da defesa de Lula


O ministro Felix Fischer negou dois pedidos de liminar em habeas corpus impetrados pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na manhã desta quarta-feira. A defesa de Lula entrou com três pedidos no STJ na noite desta terça-feira.
Felix Fisher negou a suspensão da tramitação da ação penal em que a defesa pedia acesso por pelo menos 90 dias a documentos da Petrobras para realização de análises e, no segundo habeas corpus, negou-se também o pedido de gravação da audiência realizada nesta quarta em imagem e áudio de forma autônoma.
Ainda não há decisão sobre o terceiro habeas corpus, que pede que o juiz Moro seja considerado suspeito para atuar na ação penal contra Lula relacionada ao caso do apartamento tríplex no Guarujá, litoral de São Paulo, e que esse processo seja suspenso até que haja análise definitiva.
Nesta quarta, às 14 horas, o petista falará ao juiz Sergio Moro em uma das cinco ações nas quais é réu na Operação Lava Jato. Neste primeiro depoimento, Moro deve tratar apenas das questões relativas à empreiteira OAS e os desvios oriundos de três contratos da Petrobras.
Segundo a denúncia do Ministério Público Federal (MPF), o ex-presidente teria recebido benefícios ilícitos de cerca de cinco milhões de reais, dinheiro que teria sido utilizado na compra e reforma de um apartamento tríplex, no Guarujá, e na manutenção do seu acervo presidencial.
A defesa de Lula já havia tentando adiar o depoimento em por meio de habeas corpus encaminhado ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) nesta segunda, no entanto, o juiz federal convocado Nivaldo Brunoni, que substitui o relator da Operação Lava Jato no Tribunal, João Pedro Gebran Neto, indeferiu o pedido alegando que “não merece acolhimento o pedido por falta de previsão legal”.

Fonte: VEJA