domingo, 11 de junho de 2017

Jovem é localizado sete dias após desaparecer durante festa eletrônica em Camaçari, na Bahia

Sete dias após desaparecer durante a festa rave Aurora, realizada na localidade de Vila de Abrantes, em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), o jovem Eric Geovane de Oliveira, 22 anos, foi encontrado na manhã deste sábado (10) dentro de uma fazenda da região próxima onde a festa aconteceu. "Eric foi encontrado numa fazenda próxima do local onde aconteceu a festa. Ele ficou esses dias sobrevivendo dentro do mato. Ele está assustado e muito arredio. Ele queria apenas ficar com a família nesse primeiro momento", explicou o produtor do evento Danilo Nazca.


Segundo ele na noite de sexta-feira (09) uma das pessoas que estava participando das buscas avistou Eric e na manhã deste sábado o caseiro de uma fazenda o localizou. "Ele está debilitado, mas está bem", destacou Nazca. Ele ressaltou que 'o evento não é responsável pelo desaparecimento do jovem'. "O evento não é responsável por isso. O evento é legalizado e a produção ajudou nas buscas ao Eric. 
"Ele está com escoriações. Ele ficou esses dias na mata descalço e sem camisa. Mas ele soube se cuidar. Ele nos disse que tomou água nas lagoas que via e comeu o que achava na mata e parecia comida", disse o tio de Eric, Kléber Oliveira.

Eric, em foto de logo após ser encontrado
Em entrevista ao CORREIO no início dessa semana, a prima do rapaz, a estudante Bárbara Alves, 29, afirmou que durante a festa disseram que ele começou a gritar. "Disseram que ele surtou e começou a gritar: 'querem me matar e roubar o carro'".

De acordo com a família, o jovem é tranquilo e não costuma frequentar festas raves. "Não temos conhecimento de que ele ia nesses eventos em Salvador e adjacências, ou de que costumava se exceder em qualquer coisa", diz Bárbara, acrescentando que as pessoas que estavam com Eric contaram poucos detalhes do momento do desaparecimento. "Falaram que ele teve dois surtos. O primeiro, conseguiram conter. No segundo, começou a gritar novamente que alguém ia matar ele, e saiu correndo em direção ao matagal. Aí ele teria pulado a cerca e não foi mais alcançado, pensaram que fosse retornar", contou a estudante. 

Morte na Aurora
O turista Jacques Paulo Garcia, 34, morreu, na manhã do domingo (4), após passar mal durante a festa rave Aurora. Jacques, que era natural de São Paulo, foi levado por um parente ao Hospital Menandro de Farias, em Lauro de Freitas, também na RMS, com parada respiratória. Apesar das tentativas de reanimação, ele não resistiu e morreu na unidade médica.
Em sua 15ª edição, a Aurora atraiu centenas de pessoas ao Rancho Paraíso, que é uma propriedade privada. A rave aconteceu na noite do último sábado (3) e foi até a tarde do domingo (4). Segundo a delegada Danielle Monteiro, as investigações ainda estão no início e não é possível apontar hipóteses sobre a causa da morte. “O que gente sabe é que a delegacia da área não tinha conhecimento de festa alguma na região”, adiantou.
Por meio de nota, os organizadores disseram que estão em contato com a família da vítima e que Jacques Paulo recebeu todos os cuidados na festa. "Ele recebeu todo o suporte que poderia receber no evento. Passou pela redução de danos, pelo posto médico, recebeu gás oxigênio, massagem cardíaca, e etc. Todo o socorro possível no local da festa, inclusive tivemos pessoas da produção acompanhando o caso", completa a nota.

Fonte: Correio da Bahia

Anitta detona Sonia Abrão após notícia falsa sobre morte de Arlindo Cruz

A cantora Anitta não perdoou Sonia Abrão após a apresentadora noticiar a morte do cantor Arlindo Cruz neste domingo (11) - na verdade, o sambista segue internado. Sonia apagou sua mensagem falando da morte e postou em seguida que o cantor segue vivo, se desculpando pelo erro. A família do sambista divulgou nota oficial informando que ele segue internado. 
A funkeira criticou fortemente Sonia Abrão, com quem já se desentendeu. "Comecei meu dia chorando de dor…. mas graças a Deus foi a toa. E terminarei sorrindo esperançosa e cantando. O like e a audiência se Deus quiser ainda não são mais importantes que o caráter", escreveu ela em um comentário no Instagram.
“O que esperar de uma pessoa que liga para um sequestrador durante o sequestro pra ganhar pontos de audiência em seu programa ao vivo?”, ironizou.
Depois, a cantora apagou o comentário do Instagram e deixou apenas no Twitter.


Luciana Gimenez: "Acho uma droga envelhecer. Uma porcaria"


Escorpiana, linda, 1,81m e... tímida. Sim, Luciana Gimenez, com aquele jeitão que chama atenção por onde passa, garante que passa longe da figura de “mulherão-acontecimento”. “Sou tímida, sim. As pessoas não entendem... Se eu estou em um local no qual não conheço ninguém, eu fico bem quietinha, no meu canto. Algumas vezes, têm quem fale: ‘Ah, ela é metida’. Mas eu não sou! Sou tímida mesmo. Agora, se coloco uma maquiagem, arrumo o cabelo, se eu estou ‘armada’ para o trabalho... aí, eu me transformo”.
E foi, justamente, o que aconteceu durante essas fotos. QUEM convidou Luciana para posar inspirada em uma outra mulher forte da qual somos fãs: Brigitte Bardot. As imagens da diva francesa serviram como ponto de partida para essas belas fotos e conversam perfeitamente com essa entrevista. Luciana se despe não como um bibelô, mas como uma mulher que tem total controle de sua vida, de seu corpo e que faz o que quer. E a apresentadora se desnuda também nessa conversa. “Fiz uma tattoo nova. Vou te mostrar quando for fazer as fotos, você vai gostar”, diz ela. “Está escrito ‘Lucas e Lorenzo’”, sorri, ao contar a homenagem que fez aos filhos, Lucas, de 18 anos, do namoro com Mick Jagger, e Lorenzo, de 6, do casamento com Marcelo de Carvalho. “A única pretensão que eu tenho na vida é essa: eu quero ser uma grande mãe.”

Você passa uma impressão de mulher forte, indomável. Você é mandona?
Eu tenho um pouco de dificuldade com a palavra “mandar”... Sou de escorpião, não gosto de ser mandada. Sabe, sou de fácil acesso se você conversar comigo. Se você chegar e me propor algo, com argumentos, conversar a respeito, eu vou refletir e podemos tentar. Mas se falar: ‘Você tem que fazer assim’, aí, eu não faço! Eu nem penso a respeito. E eu tento passar isso para os meus filhos. Claro que tenho que colocar limites, ainda mais no caso do Lorenzo, que é uma criança. Mas, com o Lucas, eu já falo desse modo: mostro opções para ele. E ele decide os caminhos. Nunca chego mandando.

Você topou fazer esse ensaio mais ousado logo que fiz a proposta...
O corpo é meu. Faço o que eu quero. Engraçado, eu era um pouco mais pudica quando era mais jovem. Fiz nu artístico como modelo, mas nunca frontal, essas coisas de peladona, sabe? Eu tinha vergonha, nunca quis que as pessoas olhassem minhas partes (risos). Mesmo hoje, que eu não tenho vergonha de mostrar meu corpo, nunca quis mostrar minha “perereca”. Eu nunca tinha mostrado os seios também, até pouco tempo.

O que mudou?
Um dia, eu e o meu marido estávamos de férias na Sardenha e ele pediu para eu fazer topless no barco. E eu dizia: “Não, não vou fazer”. Ele me encheu tanto o saco que eu fiz. Não tinha ninguém por perto, só um barquinho lá longe. Passaram dois, o Paulo (assessor de Luciana) me ligou e disse que um paparazzo tinha feito fotos... Eu desliguei o telefone e falei ao Marcelo: “Você acabou com as minhas férias. Se as fotos ficarem feias, você está ferrado”. Tudo bem, as fotos ficaram lindas. Acontece que, depois disso, falei para o Marcelo: “Agora, os meus peitos ganharam alforria. Você nunca mais vai poder falar nada se eu quiser botar um decote ou colocar os peitos pra fora”.




Você se acha mais bonita, hoje?
Acho que estou em um momento muito bom. Eu tinha o rostinho bem redondinho quando era mais jovem. Fiquei com cara de mulher. É um momento feliz da minha vida. Não sei o que vem depois, né? Então, vou aproveitar para mostrar agora (risos).

Como lida com o tempo?
Vou fazer 47 anos em novembro. Eu nem achava que iria chegar a essa idade. E, vou te falar: eu acho uma droga envelhecer, uma porcaria. Eu sei, a gente tem que aceitar e pronto. Mas, com os anos, se perco uma semana de academia, o negócio desanda. E olha que eu tenho a felicidade de ter encontrado uma profissão que não tem a ver com idade. Para ser apresentadora, dependo do meu talento.

Mas você se acha bonita, certo?
Claro, eu me acho bonita. Não dá para falar que sou uma mulher feia. Meu corpo está muito bom. Depois do meu segundo filho, eu me conscientizei na questão da comida. Como de maneira muito mais saudável. Quando a gente tem 20 anos, esquecemos que vamos viver mais 60. E quando a gente vai ficando mais velho, temos dois caminhos: ou continua esquecendo disso ou se vive com saúde. Tenho dois filhos e quero estar bem para eles e para meus netos. Eu acho que é essa a transição: a coisa boa que eu consigo imaginar de envelhecer é ter netos. Aí, nem vou me preocupar em ter bundinha dura. Vou viver para os netos. Curtir outro momento.

Como lida com o tempo?
Vou fazer 47 anos em novembro. Eu nem achava que iria chegar a essa idade. E, vou te falar: eu acho uma droga envelhecer, uma porcaria. Eu sei, a gente tem que aceitar e pronto. Mas, com os anos, se perco uma semana de academia, o negócio desanda. E olha que eu tenho a felicidade de ter encontrado uma profissão que não tem a ver com idade. Para ser apresentadora, dependo do meu talento.

Mas você se acha bonita, certo?
Claro, eu me acho bonita. Não dá para falar que sou uma mulher feia. Meu corpo está muito bom. Depois do meu segundo filho, eu me conscientizei na questão da comida. Como de maneira muito mais saudável. Quando a gente tem 20 anos, esquecemos que vamos viver mais 60. E quando a gente vai ficando mais velho, temos dois caminhos: ou continua esquecendo disso ou se vive com saúde. Tenho dois filhos e quero estar bem para eles e para meus netos. Eu acho que é essa a transição: a coisa boa que eu consigo imaginar de envelhecer é ter netos. Aí, nem vou me preocupar em ter bundinha dura. Vou viver para os netos. Curtir outro momento.



No camarote da QUEM, na Sapucaí, esse ano, vi como o Lucas cuida de você, tem orgulho da mãe...
Ele é de touro, eu de escorpião. É perfeito: terra com água. Ele tem uma coisa muito especial. Nem posso falar muito ou vou acabar chorando (os olhos dela se enchem de lágrimas)... O Lucas tem uma cumplicidade comigo que é impressionante. A gente nunca discute. Ele é um adolescente fácil e eu vejo que ele me admira, ele gosta da mãe que tem, sabe? Ele tem orgulho de mim. Eu sempre quis ter meu dinheiro para nunca precisar depender dos meus filhos no fim da vida. Acho que, no Brasil, temos tantos problemas financeiros, o idoso é tão colocado à margem, que é normal precisar dos filhos para sobreviver... mas quero poder ajudá-los sempre, quero ser o pilar deles até morrer. Quando eu morrer, deixarei dois filhos. Então, ensino os meus meninos a serem boas pessoas. Eles são o que eu estou deixando para o mundo.

Lucas completou 18 anos. Você já teve algum ciúme?
Eu sou muito ciumenta... Ainda não tive nenhuma crise de ciúme, mas eu acho que, provavelmente, vou ter. É que o Lucas me deixa muito tranquila. Por exemplo, se eu estiver em casa sozinha e ele vai sair com os amigos, ele fala que vai cancelar para ficar comigo. Eu que tenho que falar para ir, que não tem problema. Mas o Lucas me dá essa prioridade, desde criança. Eu não invado o espaço dele, mas ele sempre deixa claro que gosta da minha companhia. Então, a gente tem uma relação muito saudável.

Você se sente segura como mãe?
Eu me gosto muito como mãe. Eu sou uma ótima mãe. Eu falo de boca cheia. Lógico, eu erro, como todo mundo. Mas tento fazer o melhor para eles, jamais coloco o meu bem-estar na frente do meus filhos. E os dois são muito diferentes, sabe?

Diferentes como?
O Lorenzo é uma criança deliciosa, inteligentíssimo, sedutor, mas precisa de um limite bem estruturado. O Lucas sempre foi mais tranquilo. O Lorenzo tem muita energia (risos)! Eu tenho a sorte de ter o Marcelo ao meu lado, que é um grande pai. O Lucas é mais pacato. Taurino, né? Mesmo o Mick (Jagger) fala para mim: “A gente tem muita sorte com o Lucas, ele é muito calmo.”

Falando nisso, Mick veio para o aniversário do Lucas.
O Mick é um pai muito presente, desde o começo, ele me ajudou com tudo. Eu tenho muita sorte: tenho dois pais maravilhosos para meus filhos. O Lucas e o Marcelo também têm um relacionamento muito legal, eles se gostam de verdade, se admiram. É tudo muito bem resolvido na minha vida. O Mick adora o Marcelo. Temos uma família muito legal. Foi difícil entenderem isso. Hoje, as pessoas que falaram mal sabem que Mick é meu amigo, que eu namorei muito mais tempo com ele do que dizem por aí... Não foi um dia só. Foi bonito, foi uma relação legal. Acho que é porque ele é o Mick Jagger, sei lá, será que pensam que ele é um ET (risos)? Ele fica na minha casa, meus filhos ficam na casa dele. Ele veio para o aniversário do nosso filho e está tudo ótimo. Nunca tivemos qualquer problema de dinheiro, ele sempre pagou o que Lucas precisou, a gente nunca brigou por nada.


Você está emocionada.
A semana passada foi muito importante. É um marco um filho fazer 18 anos. E consegui criar um homem muito educado, humano, humilde e inteligente. Tenho muito orgulho! Na festa, vi minha família inteira reunida. O que mais eu poderia querer? Engoli, quieta, uma monte de coisas que falaram de mim por anos. Mas a paz e o amor sempre vencem. É um momento de paz e de gratidão. Ver o sorriso do meu filho no rosto, não tem nada que pague isso. Ter o Mick lá, como um grande amigo e um grande pai; ter meu marido, um grande pai, feliz e maduro com a situação; ver o Lorenzo, feliz da vida por causa do irmão. O que mais posso querer?

Deu algum presente para ele?
Eu dei um vídeo com imagens da vida dele. O Lucas não liga muito para nada material. E eu filmo a vida dele toda, desde o primeiro banho. Então, editamos, colocamos momentos marcantes... E foi muito forte. Ele amou! Quando olho para tudo isso, vejo que o tempo é muito legal nesse caso. Hoje, sinto uma aceitação.

Em que sentido?
As pessoas me param e falam que eu me tornei um mãezona. Eu fico muito feliz e orgulhosa. É o melhor elogio que escuto, muito mais do que falar que estou com corpão. Eu tenho um baita orgulho por ser uma grande mãe! É uma coisa que tenho que pensar diariamente. Tomar atitudes pensadas.

E o casamento? Como está?
Olha, eu e o Marcelo temos personalidades muito fortes: ele é de leão, eu de escorpião. Quando a gente está unido é muito bom, porque a gente vence o mundo juntos. Eu admiro muito o Marcelo. Ele é inteligente, o que ele quer, ele consegue. Ele tem essa segurança. Eu queria ser assim e eu não sou. Claro que existem problemas, convivência é difícil para todo mundo. Mas a gente tem uma família feliz e vamos acertando o que precisa no caminho.


Hoje, assuntos femininos são cada vez mais debatidos. Você já sofreu assédio?
Eu lembro de sofrer assédio desde os meus 13 anos de idade. Claro que não estou falando de assédio de bater, de agarrar, isso é crime. Me refiro mais a uma cantada, essas coisas... Às vezes, acontece algo mais pesado, e a gente tem que se defender. Não quero ser coitadinha, tenho que me defender.

Como você lida com isso?
Olha, eu sofri bastante, tive momentos difíceis. Até de crimes praticados contra mim. Na Alemanha, quando morava lá, na época de modelo, um cara me agarrou no metrô. Foi horrível. Cheguei em casa chorando, não sabia o que fazer. Eu tinha um namorado na época que me encorajou a denunciar. Dei queixa e acharam o cara. Por mais difícil que seja, a gente tem que se posicionar, se defender. Mas as coisas demoram para mudar, machismo vem de criação, de família... quer ver uma coisa que me irrita? Quando alguém vem perguntar para o meu filho de seis anos se ele tem namoradinha! Não! Criança não namora! Odeio quem fala isso para o meu filho. Cada coisa tem seu tempo. Qual o motivo dessa sexualização precoce. Para quê? Deixa a criança se descobrir.

Voce é uma mulher feliz?
Eu sou. Não todo o tempo, ninguém é feliz o tempo todo. Sou um pouco inquieta. Sempre quero fazer mais alguma coisa que não realizei ainda. Tenho muitos sonhos. Sempre quis fazer cinema e não consegui ainda... Me chamaram para apresentar o The View (programa diário na TV americana) e eu não fui, por estar com filho pequeno, por ter meu programa aqui. E hoje, acho que deveria ter feito, sabe? Quem sabe ainda não consigo? Mas, sou feliz. Eu tenho uma sorte: as pessoas gostam de mim. Eu me sinto amada.


Bela BB
Esse ensaio foi inspirado em fotos de Brigitte Bardot nos anos 60. A atriz francesa e ativista pelos direitos dos animais, de 82 anos, é um dos maiores ícones da cultura pop mundial. “Como a Brigitte, eu também amo demais os animais. Ajudo santuários, protetores que resgatam bichinhos de rua, sou madrinha de animais. Outro dia, uma gatinha preta veio perto de mim, miou e não consegui resistir. Levei para casa, ela estava grávida e com muita fome. Nasceram oito gatinhos. Aos poucos, fui arrumando adoção para os filhotes. E ela ficou aqui. Minha mãe a chama de Safira e acabou ficando esse nome. Hoje mesmo, ela estava dentro da minha gaveta de lingerie. E ela me dá muita sorte!”, diz Luciana.

Fotos Pedrita Junckes/Ed. Globo
Beleza: Sergio Di Vicentin; Stylist: Ana Paula Lima; Produção Executiva: Aliércia Pires; Agradecimento: Dryzum

Fonte: QUEM

Casal luta há 2 anos para arrecadar R$ 180 mil e levar filho doente para terapia no exterior


Os pais do menino Augusto Batista Godinho Martins, de 8 anos, lutam há dois anos para conseguir arrecadar R$ 180 mil para pagar o tratamento do filho com células-tronco na Tailândia. A criança, que mora em Anápolis, a 55 km de Goiânia, tem toxaplasmose congênita e nasceu com sequelas, como limitação dos movimentos, baixa visão e apenas uma parte do cérebro.
Desde então, a família faz diversas ações, como rifas, bazares, almoços beneficentes, para arrecadar dinheiro para custear a viagem e o tratamento. Eles já conseguiram pouco mais da metade do valor, mas ainda faltam R$ 80 mil.
“Toda ajuda é válida, qualquer tipo, independente de ser dinheiro ou algum produto para a gente rifar, até mesmo participando das campanhas que fazemos”, disse o pai de Augusto, Valdir Martins da Silva Júnior.
A mãe da criança, a fisioterapeuta Anna Paula Batista, conta que pegou toxaplasmose na gravidez. “No meu caso, foi por consumir carne crua. No aniversário do meu sobrinho, comi um quibe cru e estava contaminado”, disse.
O menino tem apenas 40% de massa encefálica, não anda, não fala e tem apenas 15% da visão de um olho. Augusto tem acompanhamento médico na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), mas a família tenta um tratamento com células-tronco para que ele tenha mais qualidade de vida.
“Já entrei na Justiça para conseguir ajuda para esse tratamento. No Brasil, dizem que esse tipo de tratamento ainda não está legalizado e já tivemos notícias de casos de sucesso do uso de células-tronco na Tailândia e queremos essa melhora para ele”, disse a mãe.
O Ministério da Saúde informou que não existe programa no Sistema Único de Saúde (SUS) para tratar pacientes no exterior e que a família deve procurar os Centros Especializados em Reabilitação do estado.
Diante disso, os pais acreditam que a terapia no exterior é o que o filho precisa para conseguir se desenvolver um pouco mais. “Eles [médicos estrangeiros] me deram 99% de chance de uma melhor qualidade de vida para ele, qualidade motora, desenvolver melhor a visão”, disse a mãe.
Quer saber mais notícias de todo o estado? Acesse o G1 Goiás.

'Tive vontade de morrer, comecei a chorar', diz adolescente tatuado na testa no ABC

O adolescente que teve a testa tatuada por dois agressores em uma pensão em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, disse que "teve vontade de morrer" quando olhou no espelho e viu a frase "Sou ladrão e vacilão" marcada para sempre em seu rosto. "Comecei a chorar", disse o rapaz na tarde deste domingo (11) na casa onde mora com a avó.
O rapaz de 17 anos negou que tenha roubado uma bicicleta de um deficiente físico, como alegaram os dois homens que o torturaram. "Eu estava bêbado, esbarrei na bicicleta e ela caiu", afirmou.
Os responsáveis pela tortura são o tatuador Maycon Wesley Carvalho dos Reis, 27 anos, e o vizinho dele, Ronildo Moreira de Araújo, 29 anos. Na tarde deste sábado, a juíza Inês Del Cid, da Vara Criminal de São Bernardo do Campo, decretou a prisão preventiva deles.
O G1 conversou com um dos tios do adolescente, que afirmou que o menino está bastante assustado com o ocorrido. "Ele é muito querido no bairro e muitas pessoas começaram a procurar por ele. Vieram nos avisar onde ele estava e os amigos foram buscá-lo. Agora ele está na casa da avó, descansando. Vamos cuidar da saúde dele."
Além de ter a testa marcada com uma tatuagem, o adolescente revelou que teve o cabelo cortado e teve os pés e as mãos amarrados por Ronildo e Maycon. "Eu comecei a puxar o cabelo para a frente para tentar esconder e eles então cortaram meu cabelo."
O advogado da família, Leonardo Rodrigues, disse ao que deve se reunir com a família para saber quais medidas jurídicas deve tomar nos próximos dias. "Vamos avaliar. Primeiro vamos cuidar dele, ele foi medicado, está assustado com o que passou. Muitas pessoas compartilharam a imagem dele fazendo julgamento sem conhecer os fatos. Ele não fez nada do que foi dito e espalhado na internet."
Ele estava desaparecido desde 31 de maio e a família o reconheceu no vídeo gravado e divulgado em redes sociais pelos dois agressores, que foram presos em flagrante.
Antes do desaparecimento, o jovem chegou a passar por acompanhamento de conselheiros tutelares em atendimento no Centro de Apoio Psicossocial (Caps) de São Bernardo do Campo. Segundo a família informou à polícia, ele era usuário de drogas e sofre de problemas mentais.

Tatuador e vizinho foram presos
O crime
A tatuagem foi filmada com o celular de Maycon, compartilhada no WhatsApp e o vídeo viralizou rapidamente. Nas imagens é possível perceber que o adolescente não reage às provocações do tatuador e do vizinho dele. Em certo momento, um deles diz: "vai doer, vai doer". Em outro momento eles perguntam ao menino o que ele quer tatuar e forçam a resposta: "ladrão."
Com o vídeo em mãos, a família foi até o 3º DP de São Bernardo do Campo para tentar localizar o paradeiro do adolescente. Com as informações passadas pela família, uma equipe de investigadores seguiu até a Rua Jurubatuba, no Centro da cidade, onde localizaram o tatuador na calçada. No local não funciona um estúdio de tatuagem, mas uma pensão onde Ronildo e Maycon eram vizinhos.
Na delegacia, os dois disseram para a delegada Carolina Nascimento Aguiar que o adolescente teria tentado furtar uma bicicleta na região e ficaram revoltados com isso e "resolveram tatuar o mesmo como forma de punição".

Quarto da pensão que tatuador alugou
O criador da campanha na internet que arrecada dinheiro para pagar o tratamento do adolescente de 17 anos que foi torturado e teve a testa tatuada em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, diz que vem sofrendo ameaças nas redes sociais. A campanha atingiu às 11h50 deste domingo (11) o objetivo de arrecadar R$ 15 mil para a retirada da frase "Eu sou ladrão e vacilão" escrita pelos tatuadores na testa do menino.
"Estou recebendo ameaças e mensagens de ódio", afirma o rapaz ao G1, que pediu para não ter o nome divulgado por questões de segurança. Segundo o rapaz, muitos tatuadores são ligados a grupos de skinheads no ABC paulista.
O criador da campanha conta que conhece o menino desde que o rapaz tinha 8 anos. "No bairro que a gente mora tem pista de skate e ele ficava junto para tentar enturmar, mas já era evidente que ele tinha problemas psicológicos, já passou por clínicas e precisa de tratamento", afirma.
O rapaz decidiu criar a campanha quando viu o vídeo no qual dois tatuadores escrevem na testa do menino alegando que ele era ladrão. "Os tatuadores forçaram ele a falar que estava roubando mas ele não roubou."
A campanha deve ser encerrada ainda neste domingo. O dinheiro será usado para pagar a remoção da tatuagem. "Uma boa remoção custa uns R$ 6 mil mais custos com o tratamento dele, fora uma ajuda para avó que mora em um lugar muito pobre", diz o criador da vaquinha.
Além dos R$ 15 mil arrecadados a campanha pode receber um aporte de gente que gerou o boleto mas não fez o pagamento. "Tem gente gerando boletos falsos de R$ 20mil para acharem que ja batemos a meta e não doarem mais", destaca o rapaz.

Fonte: G1

Após vídeo íntimo com rapaz, Dudu Camargo desabafa: “Usaram isso para inventar”


RD1 - Dudu Camargo quebrou o silêncio e falou pela primeira vez sobre o vídeo em que aparece beijando um outro jovem. O caso ganhou repercussão nas redes sociais no fim do ano passado. O apresentador do SBT comentou sobre o assunto em entrevista à revista “Veja São Paulo” desta semana.
Segundo o pupilo de Silvio Santos, ele não era namorado do menino que aparece nas imagens, ao contrário do que foi divulgado. “Quando morava em Minas, era conhecido por dar selinhos em minhas reportagens de TV”, disse para a publicação. Ele se diz vítima de “inverdades”: “Usaram isso para inventar histórias”.
Em novembro de 2016, a colunista Keila Jimenez divulgou que o menino que vazou o vídeo seria Robert Oliveira. Na época, o jovem afirmou que “teve um relacionamento com o apresentador, mas que foi preterido após o rapaz começar a fazer sucesso na TV”.
Ainda na “Veja São Paulo”, Dudu garantiu não ter preconceito algum e afirmou também nunca ter namorado a sério – mas disse que ouve cantadas e até recebe “nudes” nas redes sociais.

Campanha arrecada dinheiro para bancar remoção de tatuagem na testa de jovem


Uma campanha na internet quer arrecadar R$ 15 mil para bancar a remoção da tatuagem feita na testa do adolescente de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, que foi torturado por um tatuador em maio passado.
Acusado de supostamente ter invadido a casa do agressor, o jovem, de apenas 17 anos, teve os dizeres “sou ladrão e vacilão” marcados em seu rosto. Toda a ação sádica foi filmada pelo tatuador Ronildo Moreira e um vizinho — ambos presos pela Polícia Militar no último sábado (10/6).
Coordenada pela coletivo Afroguerrilha, a “vaquinha” já arrecadou R$ 13.221 até a manhã deste domingo (11). Além da cirurgia de remoção, o dinheiro servirá também para o pagamento das custas judicias do processo que a família do garoto deve mover contra o agressor.
“É desumano o que fizeram com ele. Mais um menino periférico sendo torturado. Por isso o Afroguerrilha está abrindo essa ‘vakinha’ em nome da avó do garoto para pagar a remoção da tatuagem e auxiliar a família, que é muito pobre, e no custo das questões burocráticas com o processo na justiça”, explica o texto.
Após o vídeo da tortura viralizar no Facebook, familiares do adolescente, que estava desaparecido desde 31 de maio, buscaram a polícia em São Bernardo. Segundo a mãe do menino, ele é usuário de drogas e não estaria em boas condições mentais.

Fonte: Jornal Opção

Em 'A Força do Querer', Rubinho foge da cadeia e é perseguido por Jeiza


Rubinho (Emílio Dantas) foi preso, mas continuará dando trabalho à policial Jeiza (Paolla Oliveira). Isso porque o plano de fuga que o traficante bolará dentro do presídio dará certo e o marido de Bibi (Juliana Paes) conseguirá a liberdade. Ele pegará a esposa e se esconderá em uma favela da cidade, porém a polícia descobrirá que os fugitivos do presídio foram pra lá e Jeiza tentará de tudo para colocar Rubinho de volta às grades.
Tudo começará quando Jeiza estiver no batalhão e receber uma ordem para procurar um grupo de bandidos que fugiu da cadeia. Ela perceberá que entre os fugitivos está Rubinho e que ele fugiu com bandidos de alto escalão do presídio. Com isso a policial intuirá que ele não é um bandido com pouca reputação dentro da cadeia. Jeiza chama sua equipe e diz que eles tem uma missão no Morro Azul para localizar três traficantes que fugiram do presídio.
Jeiza e os policiais chegarão ao morro onde Rubinho e Bibi estão escondidos e uma troca de tiros começará entre os policiais e os traficantes. Bibi ficará muito assustada com a situação e perguntará ao marido o que é que eles foram fazer. Rubinho diz à esposa que quanto mais nervosos os dois ficarem, pior será. Um dos bandidos sugere que Bibi e Rubinho se escondam em um lugar mais seguro e nesse momento a estudante percebe a proximidade de Jeiza. Ela manda seu cachorro ir atrás dos bandidos e ele chega a encontrar Bibi, mas nesse momento um bandido aponta uma arma para a policial e Iron vai salvar Jeiza, enquanto Bibi foge.

Fonte: Portal Overtube

Usuários de drogas são revistados e voltam para praça na Cracolândia após ação policial

Usuários de drogas retornam à Praça Princesa Isabel, no Centro, oito horas depois que uma operação da Polícia Militar e da Guarda Civil Metropolitana dispersou os grupos para limpeza do espaço neste domingo (11). A Polícia Militar e a Guarda Civil liberaram algumas ruas que estavam interditadas no entorno do local, mas antes revistaram os usuários, que ficaram sem barracas e pedras de crack.
Por volta das 6h, a Cracolândia foi alvo de uma nova operação policial. Agentes da Força Tática e da Tropa de Choque da Polícia Militar, e da Guarda Civil Metropolitana a Praça Princesa Isabel, que reúne a maioria dos usuários de drogas, e informaram que o local seria limpo e deveria ficar sem barracas.
O quarteirão da praça foi isolado. Os usuários foram retirados da praça e concentrados em um quarteirão da Rua Helvetia. Por volta das 14 horas, a polícia iniciou a revista de cada usuário e formou um corredor, para que eles pudessem transitar pela região e até mesmo entrar na Praça Princesa Isabel, agora proibidos de levar barracas. Os policiais apreenderam drogas, facas e outros objetos.

Usuários voltam a circular na Cracolândia
Operação
Na tentativa de evitar a ação da polícia, os usuários incendiaram os próprios pertences, formando barreiras. Após dispersar os usuários, a polícia formou um cordão no entorno da Praça Princesa Isabel.
Pelo menos um terço do grupo que estava instalado na praça se reuniu em um quarteirão da Rua Helvetia, enquanto os demais se espalharam pelo Centro da cidade. Apesar do incêndio na praça, a ação foi considerada relativamente pacífica pelos próprios usuários, conforme disseram ao G1.
A Secretaria de Segurança Pública disse que desde a primeira operação no local, que aconteceu em 21 de maio, outras 98 pessoas foram detidas na região da Cracolândia, 96 por tráfico de entorpecentes e duas por roubo. Além dos presos, foram apreendidos cerca de 40 kg de drogas, entre crack, maconha, cocaína e outros, R$ 74.977,95 em dinheiro, 70 celulares, além de seis armas de fogo, 43 facas, 305 munições e 35 balanças de precisão.

Policiais retiram drogados da Praça Princesa Isabel
Agentes apagam fogo na Cracolândia
A Praça Princesa Isabel estava cheia de pertences de usuários misturados ao lixo, mas dessa vez, incendiado. Um fiscal da Inova disse ao G1 que até as 11 horas, cerca de 23 caminhões da empresa saíram lotados levando cerca de 170 toneladas de materiais, sem contar os veículos da Loga, que ofereciam apoio transportando 14 mil kg de material comprimido cada um.


Praça da Cracolândia cheia de pertences dos usuários de drogas
Agentes recolhem pertences dos usuários

Dois traficantes foram presos na nova operação da Polícia Militar e da Guarda Civil na região da Cracolândia. Segundo o governador de São Paulo Geraldo Alckmin, eles levavam 774 g de crack e mais R$ 1,6 mil em dinheiro além de três celulares.
Alckmin destacou que na operação do dia 21 de maio houve prisão de mais de 50 traficantes. Em seguida, governo e Prefeitura iniciaram o trabalho de abordagem e internação de usuários de drogas. "Foram 320 internações no Cratod ou comunidade terapêutica ou hospital. Mais de 3 mil abordagens."
"Esse é um trabalho permanente, não vai resolver do dia para a noite. Não deve haver concentração porque facilita a vida do traficante e dificulta a abordagem", disse Alckmin. "Tem que ser o trabalho de tirar o traficante e não deixar ter arma. E de outro lado equipes multiprofissionais abordando."
Doria afirmou que as ações na Cracolândia vão continuar. "Não tem recuo. Vamos continuar avançando em ação medicinal, urbanística e social", disse o prefeito. "Não podemos proibir de circular. O que não vamos permitir é instalação de equipamentos financiados pelo PCC. Acabou o shopping center ao ar livre. A Polícia Civil, Denarc, PM e GCM vão manter a ação de combate que já proporcionou redução no volume de vendas, que era de R$ 15 milhões por mês. Isso vai continuar."
"A intenção não é estabelecer novos endereços, é fazer ações contínuar para que as pessoas possam ser acolhidas, tratadas para garantir a sua sobrevivência. E a reurbanização de toda a área central, com habitação popular, CEU, creche e instalação hospitalar. Tudo em regime de parceria pública com investimentos privados."
O secretário de Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho, disse que o objetivo foi acabar com a estrutura de tráfico de drogas montada no local. "Como se monta estrutura como estava montada você vai facilitando isso. É o próprio pequeno traficante que termina abastecendo, aí não é lucrativo para a facção criminosa", disse o secretário.

Ativistas
Ativistas estavam no local nesta manhã, apreensivos sobre o futuro dos usuários. Integrantes do coletivo A Craco Resiste questionam qual, afinal, seria o objetivo da ação deste domingo, já que os usuários voltaram para a praça.
“Não está claro como funciona efetivamente o Programa Redenção ou o motivo da dispersão de hoje. A Secretaria de Direitos Humanos prometeu uma audiência pública para esclarecer, mas não aconteceu até hoje”, disseram. “Não está claro para a militância, e nem mesmo para os assistentes sociais dos programas”, completaram.
Quando questionados pelo G1, alguns assistentes sociais disseram não saber o objetivo da ação deste domingo. Outros foram vistos tentando convencer usuários a entrar em peruas para ser levados para locais de acolhimento.
Os comerciantes das imediações da Praça Princesa Isabel afirmam que o movimento caiu muito desde o início das ações na Cracolândia, no dia 21 de maio. O gerente Juarez, que trabalha em um posto de combustível em frente à praça, estima que o movimento tenha caído no local em até 40%.
“Está dando muito prejuízo. Hoje estamos fechados por conta da operação e no dia 21 também. O movimento caiu cerca de 30 ou 40%, e em contrapartida não temos sequer um desconto no IPTU, que custa cerca de R$ 70 mil”, contou.

Fonte: G1

Boatos sobre morte do sambista Arlindo Cruz voltam a circular nas redes sociais


A saúde do sambista Arlindo Cruz voltou a ser objeto de boatos neste domingo (11). Mais um anúncio falso sobre a morte do cantor circulou nas redes sociais e assustou os fãs do músico. A mesma situação já havia ocorrido em maio. A família teve de vir ao público para negar os rumores, escrevendo em uma rede social. "Após boatos divulgados sobre a morte do sambista Arlindo Cruz, reforçamos que o mesmo permanece na Casa de Saúde São José na Unidade Semi-Intensiva". 
O cantor está internado desde o dia 17 de março após sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC) no Rio de Janeiro. Durante esse período, o compositor já passou por algumas intervenções médicas, como suporte para ventilação mecânica, realização de tomografia e a uma cirurgia na cabeça para instalação de um cateter. 
O filho do artista, Arlindinho, gravou um depoimento da mãe Babi Cruz lamentando o boato infeliz e reforçando o quadro estável do artista. "Pessoas sem alma, sem coração, sem respeito à família alheia. Nunca aparece o culpado por um boato tão infeliz. Arlindo continua mantendo o quadro, tendo melhoras vagarosas e daqui do lado dele eu não saio. A vida dele está preservada. Nossa esperança e convicção é que a gente só sai daqui para levá-lo para casa", conta. "Ainda bem que estava aqui do lado dele. Lamento pelos meus filhos e minha sogra e pessoas que realmente amam ele por ter tomado um susto assim no domingo".
Atualmente, o artista consegue respirar sozinho e tem reações a alguns estímulos, como os movimentos involuntários no lado direito do corpo. Ao longo da internação, já foi visitado por artistas como Mumuzinho e a apresentadora Regina Casé.


Fonte: Diário de Pernambuco

Anitta fala da investida no mercado internacional: ‘Eu que faço acontecer’

Anitta em Nova York, onde gravou o clipe de Paradinha
RIO — Se tem uma coisa que a cantora Anitta não está, nos últimos dias, é “paradinha” — como batizou seu mais recente single, cantado em espanhol e com clipe gravado numa estação de metrô e num supermercado de Nova York. Em 24 horas, o vídeo da música, lançado no dia 31 de maio, teve 5 milhões de visualizações, tornando-se, assim, a maior faixa de estreia do YouTube brasileiro no ano (até o fim da tarde de ontem, as visualizações já ultrapassavam 27 milhões). “Paradinha” é apenas o mais recente movimento que a carioca de 24 anos, principal estrela pop nacional de sua geração, tem feito para se lançar no mercado internacional.
— Eu venho viajando e estudando isso há uns dois anos e meio — conta a cantora, que faz aulas para reforçar seu inglês e começou a aprender espanhol (tanto quanto sua agenda permite). — Nessas viagens, busco entender a cultura dos países para mapear o melhor modo de fazer isso funcionar.

A verdade é que os primeiros passos do salto de Anitta para além-mar até que estão bem “movimentadinhos”. Na mesma semana em que “Paradinha” chacoalhou as redes sociais, o grupo de música eletrônica Major Lazer, liderado pelo badalado produtor Diplo — que costuma babar pela carioca na internet —, lançou um EP que continha a faixa “Sua cara”, cantada por Anitta e pela drag queen Pabllo Vittar, reproduzida cerca de 9 milhões de vezes no YouTube desde o último dia 1º. A participação rendeu elogios do exigente site Pitchfork: “Uma balada influenciada pelo samba com a cantora brasileira Anitta, cuja voz fina e bela pode lembrar aos ouvintes americanos as gêmeas Nina Sky”.Anitta - Paradinha
No intervalo de apenas uma semana, a carioca esteve ainda no programa “The tonight show com Jimmy Fallon”, sucesso de audiência na TV americana, exibido no Brasil pelo GNT. Lá, Anitta acompanhou a rapper Iggy Azalea e, juntas, promoveram o single “Switch”, lançado pela australiana com participação, em inglês, da brasileira. O vídeo da dobradinha é o mais visto no canal do talk-show no YouTube nos últimos dois meses, superando participações recentes de astros como Tom Cruise, Justin Timberlake e Katy Perry. Mas os fãs da brasileira não ficaram satisfeitos: nas redes sociais de Iggy, reclamaram do tamanho da participação de Anitta, tanto na gravação da faixa quanto na performance, por conta da saída precoce da cantora do palco.
— Claro que (a saída) era combinada, né? (Risos.) O Brasil tem muita expectativa para que eu faça coisas grandiosas lá fora, como eu faço aqui. Mas as pessoas não me conhecem, estão passando a conhecer agora — explica ela, negando que a relação com Iggy, com quem esteve no México na semana passada, tenha sido abalada pelo episódio: — É uma parceria musical, então, está tudo certo.

“Anira” (como seu nome é pronunciado nos EUA) parece manter os pés no chão. Desde que rompeu, em 2014, com a empresária Kamilla Fialho — separação que resultou num imbróglio judicial que pode fazer a artista pagar até R$ 12 milhões à ex-agente —, a cantora jura que é ela quem cuida pessoalmente da “empresa” Anitta e de seus 50 funcionários.


— Decidi me empresariar por não conseguir encontrar alguém que combinasse comigo e com o meu estilo. Eu amo ser minha própria empresária e isso me ajuda a quebrar preconceitos. Não é porque você é bonita, trabalha a sensualidade, usa roupa curta que você não é inteligente, não tem capacidade, não tem talento. Eu posso muito bem manter a seriedade ao gerir minha empresa e escolher ser sensual.

A independência, garante a cantora, inclui os primeiros passos da carreira internacional:
— O que estou fazendo é tentar desenhar a melhor estratégia possível para deixar as decisões nas minhas mãos, assim como acontece aqui no Brasil. Se eu tivesse deixado na mão das pessoas, nada tinha acontecido. Eu tive que ralar e ir atrás sozinha, mesmo, então é isso que tenho feito agora, lá fora. Sou eu que toco, eu que faço acontecer. De vez em quando, testo uma equipe ou outra para me ajudar, mas é difícil encontrar. Estou com uma nova há menos de uma semana, ainda é um período de teste.

Anitta faz sucesso fora do Brasil com a música Paradinha
O videoclipe de Paradinha teve 5 milhões de visualizações no Youtube em menos de 24 horas
Até agora, Anitta lançou 3 discos
Mas, afinal, qual é o diferencial de Anitta em relação a tantas cantoras que já tentaram chegar lá? Na opinião do publicitário Pedro Sampaio, especialista em gestão de marca, são alguns. A começar pelo que chama de co-branding: a capacidade de se associar a outros nomes grandes do mercado, fortalecendo sua imagem.
— Ela toma as próprias decisões, mas ainda assim trabalha com alianças muito poderosas, não faz nada sozinha — analisa ele. — E ela é versátil: sabe incorporar outros ritmos e nomes ao seu. Com o Wesley Safadão, chega ao público do sertajeno, com a Iggy Azalea, ganha penetração no mercado americano... Uma versatilidade que outros artistas que tentaram o mercado internacional não tinham.


A sucessão de aparições (clipe vazado, participação em programa, single lançado, tudo em poucos dias) também serve para aumentar a sensação de que “só dá Anitta”. Pedro Sampaio destaca o quesito “sinceridade” da “marca”. Anitta, afinal, gere o próprio visual, mudando quando quer; defende o empoderamento da mulher e a diversidade; e não foge de assuntos delicados, como plásticas e gula.
Mas a estratégia de Anitta para alcançar novos mercados influencia, diretamente, suas músicas. Funkeira de origem, lançada pela Furacão 2000 no início da década, ela foi alçada ao estrelato no Brasil ao se livrar das amarras do batidão e abraçar a música pop, como no sucesso “Show das poderosas”. Virou destaque do pop funk, gravou com Wesley Safadão e com Simone e Simaria (“Loka” tem 330 milhões de visualizações). Tanto em “Paradinha” quanto no single “Sim ou não”, lançado em julho passado com o astro colombiano do reggaetone Maluma, investiu nesse gênero latino que é mais bem absorvido pelo mercado anglófono. O sucesso da vez nas paradas americanas, a propósito, segue sendo “Despacito”, do porto-riquenho Luis Fonsi com participação de Justin Bieber.

Um de seus maiores sucessos é a música Show das Poderosas
Anitta também é fenômeno no carnaval carioca

Agora, ela espera os resultados de “Paradinha” para desenhar os próximos passos:
— Eu preciso me planejar de acordo com a resposta do público. Não há como ter certeza de que o sucesso vai acontecer. Então, estou esperando. A partir dessa resposta, dos números e do feedback que eu tiver, vou planejar o resto.

Anitta cantou com Gil e Caetano na abertura das Olimpíadas de 2016
No carnaval de 2016, estreou como rainha de bateria da Marquês de Sapucaí

Estreia de Maju Coutinho na bancada do Jornal Hoje leva internautas à loucura


Costumeiramente vista na apresentação do mapa tempo no Jornal Nacional, a jornalista Maria Júlia Coutinho, conhecida como Maju, assumiu a bancada no Jornal Hoje nesse sábado (10). A estreia foi marcada por comemoração de internautas fãs da comunicadora.
Tanto que o assunto ficou no Trending Topics do Twitter. A Rede Globo informou no último dia 31 que a repórter faria parte de um rodízio de plantonistas do noticiário, apresentado por Sandra Annenberg e Evaristo Costa de segunda à sexta.
Além de Maju, estão na lista os jornalistas Fabio William, Zileide Silva, Renata Capucci e Cesar Tralli, que já desempenham a função. Na web, seguidores de Maju enviaram mensagens de carinho na rede social elogiando e parabenizando a paulista pelo carisma e representatividade: "Maravilhosa. Você merece estar aonde está, torci muito por você! Estamos bem representados", escreveu um fã.

Fonte: Mídia Max

#DelíriosDaSociedade - Sexo, corpo, vida à dois, redefinindo o machismo... Perguntas que a sociedade faz que muitas vezes nunca tiveram respostas certas antes desse post!

Segue abaixo algumas das afirmações idiotas que a sociedade sempre sustentou, mas que deveriam ficar em desuso. São perguntas que nunca tiveram respostas claras devido à duas síndromes sofridas pela sociedade chamadas de 'hipocrisia' e 'ignorância'. Abaixo só coloquei as perguntas óbvias que ninguém nunca pensou em responder simplesmente por ter um alto nível de imbecilidade e preguiça.


Porque quando um casal de namorados sai (no caso homem e mulher), o homem tem que pagar a conta de um jantar, por exemplo?
R: Porque isso é um gesto de cortesia da parte dele, e não deve se repetir sempre pra não deixar a moça mal acostumada. O que se deve fazer mesmo é os dois levarem seu próprio dinheiro e dividir, pois não é justo deixar um só pagar a conta sendo que os dois "encheram o rabo" de comida. Assim, um não vai poder explorar o outro.


E no casamento? Quem deve sustentar quem?
R: Nenhum o homem, nem a mulher. Os dois tem que trabalhar. Ela, mesmo que já seja mãe, tem que "botar a cara no sol" e procurar o que fazer fora de casa, desde que não seja de graça, lógico, afinal não é só ele que deve arcar com as despesas da casa, né, como água, luz, telefone... Todo mundo deveria saber disso!

E da casa? Quem vai cuidar?
R: Os dois, claro. O homem também não deve ter moleza, não! Nada de ficar sentado no sofá, peidando e cheirando. Quando chegarem de seus expedientes, devem combinar os dias que tiverem a fim pra isso aí, afinal, a casa não vai se cuidar sozinha!


Mas e se ela engravidar?
R: Aí ela tem o direito de tirar uma licença-maternidade por pelo menos 10 anos, né? Mas é só até a criança virar 'adulta' e já ter um pouco de responsabilidade, até mesmo saber se defender.


O que acha do tipo de homem que pega todas?
R: Se já falam mal de uma mulher que passa nas mãos de 30 homens, chamando-a de prostituta, puta, vagabunda, então digo que homem pegador deve ser garoto de programa, ou então tá tentando provar que não é viado. Enfim, cada energúmeno puxando sua sardinha, pois a maioria dos "machões" vão achar isso bonito, fazer o que?

Porque o homem que diz que não quer namorar, ou que não é visto com nenhuma mulher, as pessoas dizem que é "gay"?
R: Porque a maioria das pessoas são ignorantes, principalmente os homens, cuja maioria adora bancar o "bam-bam-bam". Tá aí a prova de que o machismo não afeta somente as mulheres.

Como assim?
R: Sempre foi "normal" na sociedade o homem ser pegador desde o começo da adolescência, quando ele mal tinha saído das fraldas. Conheço alguns que tem menos de 20 ou 18 anos e já são pais. Tem coisas piores do que isso, eu sei, mas não deixa de ser tão pior quanto outras coisas mais daí. E aí aquele homenzinho que nunca transou nem nada, que não quer namorar nem agora, ou nem nunca por se sentir bem resolvido consigo, é taxado pelos demais de "viado", até mesmo sem ser.


Uma mulher que usa roupa curta ou é solteira vai ser sempre puta?
R: Nunca, pois é errado medir o valor de todo e qualquer ser humano através da roupa ou estado civil! Muita gente faz isso, mas se você não faz, é bom nem começar porque é escroto. O que vale mesmo é o caráter e o que se faz no dia-a-dia, que independe de nossa condição social e do que vestimos! Isso vale pra qualquer elemento.


De modo geral, como a sociedade classifica o homem gay?
R: Todos acham que um determinado indivíduo é gay quando ele diz que não se imagina casado e com filhos, não gosta de beber nem de fumar, gosta de se arrumar e de cuidar do próprio corpo, que gosta de ver novelas, que escuta pop, e é educado.

Educado? Mas porque?
R: Sim. Todo mundo acha bonito aquele indivíduo que arrota na frente de todo mundo, que peida em público, que xinga, faz sinal feio e adora partir pra porrada à qualquer hora, se desde quando o certo mesmo é ser educado, gentil e discreto, e isso ninguém vê. Acredito que um dia as pessoas ainda vão enxergar que homossexualidade e comportamento humano são coisas demais de distintas.

Homens assistindo capítulo de Avenida Brasil, em outubro de 2012
Homens param tudo na academia para assistir a um capítulo de Avenida Brasil, em outubro de 2012
E porque dizem que homem vaidoso é gay?
R: Porque vemos sempre aqueles tipinhos horrorosos, desleixados e mal amanhados passando pra lá e pra cá na rua que chega a dar pena. A maioria, quando vai tomar banho, não lavam o "cu" direito! Cueca pra usar? Qualquer uma, até furada serve. Roupa? Tanto faz, mesmo que a cor da camisa não combine com a da bermuda! Um "metrossexual", ou seja, um homem vaidoso, olha direito o guarda roupa pra ver, afinal, qual roupa certa deve usar, ao contrário dos demais, que são metidos à machos! Constato apenas que os homens que fazem esse tipo de comentário são invejosos e queriam ter o mesmo amor próprio que os "metrossexuais" pra fazerem as mesmas coisas! Lembrando também que nem tudo que parece, de fato, é. Já vi homens 'héteros' bem cuidados, e gays mal arrumados. O cuidado com o corpo não irá influenciar em nada na nossa sexualidade se não houver dúvida sobre ela.

Homens, lembrem-se: cuidar de seus próprios corpos NÃO É CRIME!
É pecado ser vaidoso?
R: Nesse caso, depende até qual ponto sua vaidade vai. É incorreto chegar à ponto de ficar horas e horas no espelho se olhando, se admirando como Narciso, ou de se achar mais bonito do que os outros. No mais, se usarmos a nossa vaidade em nosso próprio benefício, okay, sem problemas. Pena que muita gente não entende isso, mas fazer o que? Se não entendeu, bata no Google que ele mostra as páginas que explicam direitinho isso.

E sobre a frase "todo amigo de mulher é cabeleireiro"? É verdade isso que dizem?
R: Esse bípede burro do sexo masculino que inventou isso merecia arder no inferno! A frase está dando a entender que um homem que tem mulheres como suas amigas é necessariamente gay. Pode ser, ou não. Já vi amizade entre homem e mulher dar certo, e o homem em questão não era "gay" e também não era "efeminado". Como eu disse acima, nem tudo que parece é. Tem muito gay que anda gingando parecendo um marginal, e muito hétero "acanhado", "delicado"...

Algumas pesquisas dizem que as mulheres gostam de homens brutos e "trabaiadores, sim sinhô"! Será mesmo?
Se o homem deixar o cabelo dele crescer, pelo menos até as orelhas, ele se tornará "menos homem" ou gay mesmo?
R: Nossa, se fosse assim não haveriam atores de novela com seus "cabelões", como Vladimir Brichta em 'Rock Story', o Gabriel Leone de 'Velho Chico', o Rodrigo Santoro quando tava em 'Explode Coração', o Eduardo Moscóvis quando tava em 'Por Amor', e tantos outros mais! No cinema, Leonardo DiCaprio já deixou seu cabelo crescer, o Daniel Radcliffe também... O cantor Michael Jackson também "criava cabelo", e aí? E olha que todos são heterossexuais! O Brichta e o Moscóvis se casaram com mulheres! O Santoro já foi namorado de Luana Piovani! Ah! Não vamos nos esquecer dos roqueiros, tá, cuja maioria deixa seus cabelos até o pé se preferirem assim. Diz aí? Algum contra-argumento? E aí eu jogo outra pergunta: porque que artistas tem mais direitos de serem eles mesmos do que uma pessoa anônima? Que desgraça, hein?

O que os homens tem contra as novelas?
R: Outro exemplo de machismo. Isso "era" (não sei ainda) visto como algo exclusivamente para "mulherzinhas" ou "donas de casa". Enfim, coisas criadas por idiotas, como "homem não assiste novela", "homem não chora", "homem bebe pra caralho", "homem não pode ter vaidade" pá pá pá pá pá pá e pi pi pi não fazem o menor sentido.

Existe música de héteros e música de gays?
R: Não. Essa é mais uma idiotice já inventada, mas as pessoas acreditam que as "divas do pop" Lady Gaga, Rihanna, Britney Spears, Beyoncé e Katy Perry fazem músicas para gays, baseando-se num conceito completamente furado! Boa parte dos gays gostam de pop, mas isso não quer dizer que todo gay vai ouvir isso e que o hétero também não possa escutar se quiser e caso se identifique com tal gênero musical. Outros gêneros, como dance music e afins, estão em completo "desuso" no mundo classificado como "hétero", sendo esse mais um equívoco da sociedade, porque se fosse assim, as capas de vários CDs, principalmente aqueles distribuídos pela Building Records, não teriam mulheres bonitas nas capas, e sim homens descamisados e sarados.
Um exemplo clássico de música que as pessoas, de maneira equivocada, "acham muito gay", é a I Will Survive, de Glória Gaynor. Leia uma parte da canção:

At first I was afraid, I was petrified
Kept' thinkin' I could never live
Without you by my side
But then I spent so many nights
Thinkin' how you did me wrong
And I grew strong, and I learned how to get along

And so you're back, from outer space
I just walked in to find you here
With that sad look upon your face
I should've changed that stupid lock
I should've made you leave your key
If I had known for just one second
You'd be back to bother me

Go on, now go, walk out the door
Just turn around now, cause you're not welcome anymore
Weren't you the one who tried to hurt me with goodbye
Do you think I'd crumble
Do you think I'd lay down and die
Oh no not I, I will survive
For as long as I know how to love
I know I'll stay alive
I've got all my life to live
I've got all my love to give
And I'll survive, I will survive
Hey, Hey!

Agora leia como ela é em português:

No começo eu tinha medo, ficava paralisada.
Continuava pensando que não podia mais viver
sem você ao meu lado,
mas aí passei várias noites
pensando como você errou comigo
e me fortaleci, aprendi a me dar bem sozinha.

Agora você voltou, de outro espaço.
Acabei de chegar para encontrá-lo aqui
com esse olhar triste em seu rosto.
Eu deveria ter mudado a fechadura.
Deveria ter feito você deixar sua chave
se soubesse que por um segundo
voltaria a me incomodar.

Agora vá por aquela porta
Se vire por aí, porque você não é mais bem-vindo
Não foi você quem tentou me machucar com adeus?
Pensou que eu ia me despedaçar?
Acha que eu ia me deprimir e morrer?
Não, eu não! Eu vou sobreviver!
Enquanto eu souber amar,
sei que permanecerei viva.
Tenho minha vida toda pra viver,
tenho todo meu amor pra dar,
eu vou sobreviver! Eu vou sobreviver!
Hey Hey!

Como os "machões" acham que é:

Antes eu tinha medo de que todos soubessem
que eu sou gay e gosto mesmo é de dar meu cu,
Sair do armário não foi fácil,
mas agora que eu consegui,
vou trepar! Vou trepar muito até morrer.

Porque eu nasci, nasci pra ser gay.

Tenho orgulho de dar meu rabo e dou até mesmo de graça.
Antes eu era encubado, pegava meninas só pra impressionar
minha família, e as meninas me diziam:

"Viadão! Você é um viadão, tu não me engana, não!
Seja mona de uma vez,
mostre logo ao mundo a bicha poderosa que você é.
Não se incube pois queimar a rosca não é crime, não".
E eu sou gay! Eu assumi!
Vou poder me entregar para meu boy sem sentir culpa,
que se exploda minha família! Dou ré no quibe e gosto disso!
Eu assumi! Eu assumi!
Hey Hey!

Afinal, o que faz o homem ser gay de verdade?
R: "Dar o cu pra outro homem", "trepar" com outro macho, "empurrar cocô", "massagear intestino", "defumar linguiça à peido", entre outros termos usados por aí que significam "fazer sexo" com outro homem.

Mas se um homem sentir vontade de beijar outro homem, e nunca de fazer sexo com ele, será gay mesmo assim?
R: Não, será goy mesmo. Tem homens que sentem atração por outros homens apenas pelo físico, mas não são nada chegados à sexo anal. Por isso são chamados de goys.

Jair Bolsonaro disse em um vídeo que fraquejou na hora de transar e por isso teve uma filha mulher.
R: Os seguidores tapados acharam isso que o Jair disse "super normal", "coisa leve", mas se ouvirmos e reouvirmos o que ele disse num vídeo, percebe-se que ele foi machista mesmo! Sem mais comentários. Acho um cúmulo ver até as mulheres à favor de Bolsonaro, mas cada cabeça tem sua sentença, só que eu não compactuo com pensamentos errôneos! Sei também que quem vai ficar triste com isso é a filha dele quando crescer e ver o que esse verme falou!

Jair Bolsonaro se sente fraco por ter uma menina como filha
Com toda campanha de combate ao preconceito e à ignorância, será mesmo que a sociedade está começando a pensar diferente, em pleno século XXI, em pleno ano de 2017? As cabeças das pessoas estão ficando mais abertas?
R: Não para as duas perguntas. Hoje em dia é tudo camuflado, como sempre foi, só a mídia que não espalha, que não escancara logo tudo de uma vez.