terça-feira, 13 de junho de 2017

O clima vai esquentar! Em 'A Força do Querer', Bibi será presa com Rubinho


Vai dar ruim - e muito! - para Rubinho, personagem de Emílio Dantas, em A Força do Querer, trama da Globo. Isso porque, após fugir da prisão, ele ficou escondido em um apartamento com Bibi, interpretada por Juliana Paes, mas após um operação policial, os dois vão sofrer as consequências.

Segundo informações do Extra, nos próximos capítulos da novela, as autoridades irão seguir os passos de Aurora, vivida por Elizangela, que acaba indo até o local onde o casal está morando e acaba sendo surpreendida pelos policiais assim que o casal abrir a porta.
- Pra trás! Mãos pra cima! Os dois!, dirá um dos policiais.

Rubinho até vai pedir pra negociar com os homens, mas não vai dar certo e ele sairá de lá algemado. Enquanto isso, Bibi e Aurora serão levadas para a delegacia para prestar esclarecimentos. A estudante de direito dirá que não sabe sobre os donos do apartamento, que são traficantes ligados a Rubinho, e ainda inventará que só foi até lá após receber de um menino o endereço do esconderijo do marido.
- (Eu estava lá) desde ontem de noite. Fui ontem de noite, era bem tarde. Assim que o menino falou o endereço eu fui. Minha mãe é que foi hoje, levar comida pra gente, Bibi irá mentir.

A polícia até ameaçará prendê-la por associação ao tráfico, principalmente após confirmar que havia uma mala no local com roupas dela, e Bibi irá implorar:
- É meu marido! O que o senhor queria que eu fizesse? Largasse? Na hora que ele mais precisa de mim?

Além disso, a trama promete esquentar ainda mais, já que Irene, personagem de Débora Falabella, finalmente conseguirá conquistar Eugênio, interpretado por Dan Stulbach. Cada vez mais fragilizado com a carreira como advogado e com o seu casamento com Joyce, vivida por Maria Fernanda Cândido, ele não irá resistir aos encantos da arquiteta.

A vilã não só conseguirá levá-lo para a cama, como também se tornará a amante dele. Seu plano começa a dar ainda mais certo, principalmente após descobrir que Ritinha, personagem de Isis Valverde, está trabalhando como sereia em um aquário. Ela arma uma situação para levar o advogado para passear por lá, para que ambos sejam flagrados por Ritinha, o que dará certo.

Fonte: Folha Vitória

Zezé Di Camargo pede Graciele Lacerda em casamento e jornalista cai no choro


O cantor Zezé Di Camargo e a jornalista Graciele Lacerda estão oficialmente noivos. O goiano surpreendeu a amada durante jantar do Dias dos Namorados, na última segunda-feira (12), em São Paulo, e a pediu em casamento.
Graciele registrou o momento em suas redes sociais, exibiu a aliança e caiu no choro, emocionada com a surpresa. “Estou perplexa. Ele me pegou de surpresa e olha que nem é disso. Ele sempre me surpreendendo. Te amo e vou te amar se Deus permitir, por toda minha vida!”, escreveu ela em seu Instagram.
Zezé também falou sobre o noivado em sua rede social. “Não existem barreiras contra um rio. Ele sempre chega ao mar. Não existem barreiras contra o amor. Ele sempre chega onde tiver q chegar. @gracielelacerdaoficial #ficamosnoivos #felizdiadosnamorados”, publicou.
Graciele e Zezé assumiram o namoro em 2014, dois anos após o fim do casamento do cantor com Zilu Camargo. Na época, Graciele causou polêmica ao afirmar que tinha um relacionamento com o cantor já há 9 anos, quando ele ainda estava com a ex-esposa.

Fonte: Jornal Opção

Estrela na web, cantor e blogueiro é preso por pornografia infantil


QUEM - O blogueiro e cantor norte-americano Austin Jones, de 24 anos, foi preso na noite de segunda-feira (12), acusado de pornografia infantil. As informações foram confirmadas pelo programa E! News.
Sucesso no YouTube, onde tem um canal com 548 mil inscritos e mais de 24 milhões de visualizações de seus vídeos, na qual ele solta a voz cantando pop alternativo, Austin é acusado ter duas contas de conteúdo pornográfico infantil.
Na quarta-feira (14), Austin deve comparecer à corte americana para dar seu depoimento. Segundo o jornal Chicago Sun-Times, ele está sob custódia federal e, de acordo com a promotoria, ele "é um risco à comunidade e um perigo caso seja solto". Caso seja condenado, Austin, que faz covers na web de artistas como Justin Bieber, Twenty One Pilots e Fall Out Boy, pode pegar até 15 anos de prisão.
Em 2015, Austin já havia causado polêmica quando precisou pedir desculpas publicamente após mentir sobre pedir vídeos de garotas menores de idade rebolando. "Estou envergonhado. Eu conversei com garotas online que me mostrava pedindo vídeos dela fazendo o twerking. Eu também fazia vídeos rebolando em troca. Esta é a verdade: eu NUNCA pedi a elas para fazerem algo mais do que um vídeo fazendo twerking. Nunca foi além disso".
À época, Austin ainda afirmou que havia recorrido a tratamento psicológico. "Estou fazendo terapia e tentando descobrir por que eu me comunicava com meus fãs de foma inapropriada. A quem se sentiu desconfortável ou incomodado, peço minhas sinceras desculpas pela dor e vergonha que eu possa ter causado". Não há informações se houve alguma ação legal por conta desses incidentes envolvendo os vídeos de twerking.


Fonte: QUEM

Técnica que acompanhava médica que omitiu socorro diz que criança não corria risco de morte

Haydee Marques da Silva
A técnica de enfermagem que acompanhava na ambulância a médica Haydee Marques da Silva, de 66 anos, acusada de não fazer os primeiros-socorros do menino Breno Rodrigues, confirmou à delegada Isabelle Conti, da 16ª DP (Barra da Tijuca), que a equipe médica ficou sabendo que se tratava de uma criança no momento em que foi acionada, ainda quando estavam na Penha. A técnica confirmou a versão do motorista Robson Oliveira, de 50 anos, de que os dois teriam tentado convencer a médica a prestar o atendimento.
Durante cerca de 2 horas e meia, a técnica prestou depoimento na 16ª DP. Segundo a delegada, a funcionária da Cuidar Emergências disse que, quando a ambulância foi acionada, a criança não corrria risco de morte.
A delegada disse que vai pedir uma perícia à Polícia Civil para saber se a criança corria, ou não, risco de morte no momento em que a ambulância chegou ao prédio em que a família de Breno morava, no Recreio dos Bandeirantes. Caso não seja possível um diagnóstico, ela não descarta a exumação do corpo da criança.


Ainda segundo a delegada, não está descartada uma acareação entre os envolvidos no caso, por conta de algumas contradições que surgiram no decorrer dos depoimentos.
— Existem algumas contradições, por exemplo, quanto ao fato da técnica e do motorista insistirem para que a médica prestasse o atendimento — diz a delegada.

Segundo Gilson Moreira, advogado da família de Breno, o pai da criança voltou a prestar depoimento nesta terça-feira para esclarecer algumas contradições na investigação.
— É normal que ao longo da investigação surjam informações contraditórias. Ele está aqui para esclarecer. Ontem, a mãe também prestou um novo depoimento — disse o advogado.

Nesta quarta-feira, às 11h, está marcado o depoimento da médica da Cuidar Emergências que atendeu à solicitação da família de Breno e encaminhou a ambulância ao local.

Fonte: Extra

Sofro com preconceito, diz Leticia Lima, namorada de Ana Carolina


Catraca Livre - A atriz Leticia Lima e a cantora Ana Carolina gravaram um vídeo no Dia dos Namorados, celebrado na última segunda-feira, 12, para mostrar muito amor e romantismo, mas também sobre preconceito.
Afinal, os casais homoafetivos ainda são alvo da intolerância, e uma data como a de ontem é uma boa oportunidade para abordar o assunto e promover mais igualdade e menos violência.
Juntas desde 2016, ela aparecem em um vídeo no Instagram usando um mesmo moletom, no qual está escrito a hashtag #espalhecarinho.
“A mensagem é essa mesmo: todo mundo tem direito ao toque, todo mundo tem direito ao carinho, seja a sua orientação sexual qual for”, diz Leticia.

Ela também fala sobre o preconceito: “eu já sofri muito, sofro ainda, seja no meu meio, seja fora, e isso não é legal”.
“Temos que ir no mesmo tom: da liberdade, do amor, para que em uma mesma voz a gente possa cantar a música do amor e que ela abafe o som do preconceito”, diz Ana na mesma gravação.
As visualizações superaram as 250 mil e muita gente apoiou o casal. “Não sei quem é mais sortuda, você de namorar com ela, ou ela de namorar com você”, disse uma pessoa no Instagram de Leticia.

Confira a mensagem:

Uma publicação compartilhada por Leticia Lima 💜 (@aleticialima) em

Demi Moore revela que perdeu os dois dentes da frente por stress


QUEM - Demi Moore revelou durante uma entrevista ao The Tonight Show Starring Jimmy Fallon, que perdeu os dois dentes "Eu perdi meus dois dentes da frente. Fiz um esforço para me preparar para você, eu queria me certificar de que meus dentes estavam em aqui", brincou ela.
A atriz, de 54 anos, ainda falou que foi o estresse que a fez perder os dentes. "Amaria dizer que perdi andando de skate ou fazendo algo lega. Mas foi o estresse me fez perder os dentes da frente. Acho importante falar isso porque o estresse é a segunda maior causa de morte na América."
Mãe de Rumer Willis, Tallulah Belle Willis e Scout LaRue Willis, Demi falou que as filhas amam ver seu sorrido incompleto. "Minhas filhas amam me ver sem os dentes. Elas acham que fico mais vulnerável e humana", explicou.

'Jogo da Vida', novela da Globo de 1982, será exibida no canal Viva


Novela escrita por Silvio de Abreu e exibida em 1982, “Jogo da vida” foi liberada pela Globo para ir ao ar no canal Viva. Como ela, a primeira versão de “Sinhá Moça” (de 1986), com Lucélia Santos e Rubens de Falco, e “Explode coração”, sucesso de Gloria Perez.

Fonte: Patrícia Kogut

'Mulher-Maravilha' domina bilheteria brasileira pela 2ª semana seguida

G1 - Pela segunda semana consecutiva, "Mulher-Maravilha" derrotou seus oponentes e dominou o ranking de bilheteria no Brasil. Neste fim de semana, a superprodução da DC Comics arrecadou R$ 15,8 milhões, com 916 mil espectadores. O desempenho, porém, caiu 34% se comparado ao faturamento da semana de estreia do filme no país, R$ 23 milhões.
Primeiro filme de super-heróis comandado por uma mulher, o longa de Patty Jenkins, estrelado por Gal Gadot, se tornou na semana passada a melhor estreia com direção feminina da história no chamado mercado doméstico (Estados Unidos e Canadá). Neste fim de semana, a produção voltou a liderar na América do Norte, com US$ 57,2 milhões.
No Brasil, o estreante "A múmia", com Tom Cruise, conseguiu o segundo lugar, com renda de R$ 11,9 milhões e 662 mil espectadores. Os dados da empresa de monitoramento ComScore são referentes ao período entre a última quinta-feira (8) e este domingo (11).
A lista segue com "Piratas do Caribe - A vingança de Salazar" (R$ 4,9 milhões), "As aventuras de Ozzy" (R$ 505 mil), "Neve negra" (R$ 432 mil), "Paris pode esperar" (R$ 413 mil), "A cabana" (R$ 390 mil), "Rei Arthur - A lenda da espada" (R$ 236 mil), "Amor.com" (R$ 174 mil) e "O poderoso chefinho" (R$ 154 mil).

Klebber Toledo: "Não quero ser celebridade. Quero contar histórias"

Ele é considerado um dos atores mais bonitos da nova geração. Dono de olhos azuis encantadores, Klebber Toledo se revela mais que um homem de boa aparência. Engajado, talentoso e cheio pensamentos modernos, o ator está mergulhado em diversos projetos da carreira, dos cinemas à televisão. Em entrevista à coluna, Klebber reforçou que vai além de ser um rostinho bonito na telinha e, sim, é uma jovem fonte de arte e informação. No elenco dos longas “Real – o plano por trás da história”, “Todo o meu amor” e “Pixinguinha”, o ator contou que está vivendo uma intensa relação com o cinema. Quando o assunto é televisão, a novidade vem embalada pela curiosidade, na primeira série da carreira, “Somos Tão Jovens”, que estreia no mês que vem na Globo.
A começar pela telona, Klebber Toledo estrela o longa “Real – o plano por trás da história”, que estreou no último dia 25. No filme, o ator leva para os cinemas o panorama brasileiro da época da criação do Plano Real, que movimentou a economia e a política nacional nos anos 1990 e se mantem presente até hoje. Na pele de Marcelo, um homem solidário e altruísta, Klebber acredita que seu personagem é o contraponto do protagonista do longa, vivido por Emílio Orcciolo Neto. “Eles são completamente diferentes. Inclusive, eu acho que o meu personagem tem uma função de posicionamento na história, para representar o oposto do Gustavo, interpretado pelo Emílio. Enquanto o Marcelo acredita na divisão e na importância de dar mais chances às classes menos favorecidas, o Gustavo é extremamente individualista e quer o capitalismo no nosso país e no mundo”, explicou.
No entanto, apesar do caráter solidário de Marcelo, Klebber Toledo afirmou não enxergar seu personagem no longa como uma possível utopia da sociedade moderna. Embora tenha pensamentos relevantes para o atual cenário, o ator garantiu que ele não é tão bom quanto parece. “Eu acho que não dá para tirar o Marcelo como base. Ele, inclusive, tem muitas ideias que e não concordo e acho super erradas também. Se for para pensar em um símbolo de utopia, por exemplo, acreditaria em alguém que fosse 100% transparente e verdadeiro. É disso que estamos precisando. Quem conseguir demonstrar que está realmente engajado em ajudar o povo e não esconder como faz para conseguir isso irá ganhar a confiança e o reconhecimento dos brasileiros”, apontou.
E, por falar nisso, o filme estreia em um momento em que o Brasil passa por muitas mudanças no cenário político e econômico, tal como foi retratado no enredo do longa. Não por acaso e nem proposital, Klebber Toledo acredita que esta combinação de datas seja uma consequência do panorama de transformações pelo qual estamos passando. Desde a época quando o filme foi gravado, o cenário nacional já vivia algumas novidades e, com o tempo, a situação só foi se potencializando. “Essas crises e escândalos que acompanhamos não se de hoje. Desde o Mensalão, em 2005, os brasileiros já vêm vendo novidades a cada dia e, quando gravamos o filme, não era diferente. Eu acredito que estamos desenrolando um novelo de lã e que ainda vai sair muita informação e escândalo deste emaranhado. Afinal, são milhares de políticos, dezenas de partidos e milhões e até bilhões de reais envolvidos”, avaliou.
Com tudo isso, o filme “Real – o plano por trás da história” ganha ainda mais atualidade nos cinemas. Mas, para Klebber Toledo, esse fôlego contemporâneo não tem só o lado positivo. O ator acredita que, por esse ser um assunto tão falado diariamente nos noticiários, as pessoas possam estar um pouco saturadas da temática. “Nós não aguentamos mais ouvir falar sobre isso, mas é muito importante que tenhamos outra visão do panorama atual. O filme mostra o que aconteceu lá no passado e nos ajuda a entender porque pagamos tantos impostos e como a nossa economia se construiu para o que vivemos hoje. Eu vejo que esse longa é mais que historinhas de entretenimento, é uma aula”, destacou.
Mas este não é o único trabalho de Klebber Toledo para as telonas. Como adiantamos, o ator também está no elenco de “Todo meu amor”, que deve estrear em setembro deste ano. Neste filme, Klebber dá vida a diversos conflitos amorosos, que surgem a partir de uma relação inesperada. “Meu personagem é um pai que teve uma filha por acidente e que, depois que ela nasce, se vê completamente apaixonado pela criança e pela mulher. Porém, no meio desta família, surge o ex-namorado da mãe, que mexe com os sentimentos dela e do meu personagem. E então, começa um conflito nas relações e ele passa a ser manipulado”, contou Klebber Toledo que, para completar, também está no elenco do filme “Pixinguinha”. “Estou vivendo uma loucura na minha carreira. Eu estou muito feliz e tive uma imensa sorte de trabalhar em três filmes incríveis, com boas histórias, diretores sensacionais e um elenco super especial. Em ‘Pixinguinha’, por exemplo, eu tive a honra de ser dirigido pela Denise Saraceni, que sempre via na televisão, mas ainda não conhecia”, comemorou.
E esta relação tão intensa com a telona, pela qual Klebber está passando, não foi proposital, como explicou o ator. Segundo ele, os convites para o cinema já existiam, mas nem sempre as propostas e a agenda agitada de Klebber permitiam esse mergulho. “Eu tenho a sorte de receber muitos convites, mas nem todos os personagens me cativam. E isso não tem a ver com o fato de ser protagonista ou não. Eu quero fazer trabalhos que tenham uma relevância e me instiguem a contar aquela história. Outra questão importante que eu gosto de analisar quando recebo esses convites é a equipe do filme. Eu gosto de trabalhar com diretores e roteiristas que eu admiro, porque assim, é o melhor jeito que eu tenho de aprender. Fora que ainda tinha a minha agenda de novelas”, explicou Klebber.
E assim, apesar do momento intenso no cinema, Klebber Toledo também estreia na televisão. Desta vez, em um novo formato, o ator faz seu début nas séries, em “Somos Tão Jovens”, que estreia na Globo em julho. Na atração, ele fará a primeira fase de uma história de amor moderna que, depois, será vivida por Fábio Assunção. “O meu personagem é um gênio que está indo para um caminho na vida quando, de repente, conhece uma mulher, se apaixona profundamente, e muda toda a direção. Depois de um salto de 30 anos na história, quando o Fábio passa a fazer, o personagem se torna um cientista que exalta a importância de estarmos belos por fora, enquanto a mulher é famosa por manter um discurso da valorização da beleza interior”, adiantou sobre o dilema da série. Nesta nova experiência, Klebber Toledo não escondeu a mistura de sensações em relação ao novo formato. “Eu adorei, mas, ao mesmo tempo, fiquei triste porque passou muito rápido. Diferente das novelas, que a gente fica quase um ano naquela história, para a série, foram apenas três meses de processo”, comparou.
Se em seu atual trabalho para a televisão Klebber Toledo interpreta um dilema entre a valorização da beleza interior e exterior, em sua vida pessoal, o ator tenta manter um equilíbrio entre os dois lados. Enquanto externamente Klebber é unanimidade, por dentro, o ator mostra que tem conteúdo, engajamento e consciência social. Porta-voz de diversos temas para mais de dois milhões e meio de seguidores no Instagram, Klebber Toledo vai além das postagens de trabalho e da vida pessoal. Em sua conta, o ator também transita por importantes temas, como campanhas de assédio e de conscientização sustentável, que é o seu preferido, como contou. “Eu tento sempre levantar a bandeira do meio ambiente e da preservação da natureza. Nós estamos acabando com tudo, da economia ao caráter, e não quero que meus filhos e netos não tenham direito nem à natureza. Essa é a única riqueza que eu ainda posso lutar por eles. Por isso, eu tento ser um cara super consciente e usar a minha visibilidade para essas questões”, comentou o ator que, nesta paixão pela natureza, também se divide entre o surfe.
“Eu não vou deixar de gritar sobre o que eu acredito e de ser eu. Eu não quero ser celebridade, quero contar histórias e usar a minha profissão para ser um porta-voz desses enredos. O meu desejo é conseguir fazer com que as pessoas reflitam a partir do que eu estou falando, seja como ator ou cidadão. Esse é o maior orgulho que eu posso ter da minha profissão. Não estou aqui pensando em seguidores ou dinheiro, tenho uma razão maior”, argumentou Klebber Toledo que provou, novamente, ser muito mais do que um belo par de olhos azuis. “A beleza não é tudo e nem eu quero que seja. Até porque, ela não dura para sempre. Se eu posso ser mais que um rostinho bonito, eu não vou desistir de levantar minhas bandeiras. Hoje, eu tenho dois milhões e meio de seguidores no Instagram. Se, a cada postagem, eu conseguir atingir dez pessoas de verdade, já estou muito feliz”, disse o ator.

Fonte: Jornal do Brasil

Eliana sofre com repouso absoluto por conta da gravidez: "Saudade de sentir o sol"


A apresentadora Eliana está de repouso absoluto por conta de problema na gravidez.
Ela teve que se resguardar para evitar um parto prematuro ou outros tipos de complicação, mas Eliana já está cansada de ficar em casa. A apresentadora revelou do que está sentindo falta. 
— Saudade de sentir o sol, a brisa do vento, o cheiro de mato... #força #fé #tudopornossosfilhos
Eliana publicou uma foto antiga para falar de seu momento atual.
A loira está afastada de seu programa na TV e foi substituída por Patrícia Abravanel. 
Ela já é mãe de Arthur, de 5 anos, e agora espera Manuela.
A apresentadora recebeu mensagens positivas de seus fãs nas redes sociais.
— Que você se recupere logo e que Manu venha com muita saúde!
— Força, Eliana. Você vai superar essa dificuldade!
— Tudo isso é por uma boa causa, a melhor das causas! Fique bem!

Fonte: R7

Sérgio Cabral é condenado a 14 anos e dois meses por corrupção e lavagem de dinheiro


O ex-governador do Rio, Sérgio Cabral, foi condenado pelo juiz Sérgio Moro – responsável pelos proceossos da Operação Lava Jato em primeira instância – a 14 anos e 2 meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.
A decisão foi publicada no sistema da Justiça Federal do Paraná por volta das 11h desta terça-feira (13). Veja a íntegra da sentença. Além desse processo, Cabral é réu em outras nove ações, que são analisadas no Rio de Janeiro.
A mulher de Cabral, Adriana Ancelmo, foi absolvida pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro por falta de prova suficiente de autoria ou participação.
A ré Mônica Carvalho, esposa de Wilson Carvalho, também foi absolvida pelo mesma razão pelo crime de lavagem de dinheiro.

Veja os réus condenados e os respectivos crimes
Sérgio Cabral – ex-governador do Rio de Janeiro: corrupção passiva, 12 crimes de lavagem de dinheiro – 14 anos e 2 meses de prisão
Wilson Carlos Cordeiro de Silva Carvalho - secretário do governo do Rio de Janeiro durante a gestão de Cabral: corrupção passiva e dois crimes de lavagem de dinheiro – 10 anos e 8 meses de reclusão
Carlos Emanuel de Carvalho Miranda - sócio do ex-governador Sérgio Cabral: corrupção passiva e quatro crimes de lavagem de dinheiro – 12 anos de reclusão

Cabral está preso no Rio de Janeiro desde novembro de 2016. Atualmente, ele está em um presídio em Benfica, onde ficava o antigo Batalhão Especial Prisional (BEP), que foi recentemente reformado.
Wilson Carlos está preso na Região de Curitiba, também desde novembro. Já Carlos Miranda está preso no Rio.
Além da pena de reclusão, Sérgio Moro definiu que, pelo crime de corrupção passiva, Cabral terá que pagar 150 dias multa – cada dia multa corresponde a cinco salários mínimos vigentes em outubro de 2008. Pelos crimes de lavagem de dinheiro, o estipulado foi 100 dias multa – neste caso, cada dia multa corresponde a cinco salários mínimos vigentes em maio de 2014.
"Considerando a dimensão dos crimes e especialmente a capacidade econômica de Sérgio Cabral ilustrada pelo patrimônio declarado de quase R$ 3 milhões e, que considerando o examinado nesta sentença, certamente é maior, fixo o dia multa em cinco salários mínimos vigentes ao tempo do último fato delitivo (05/2014)", disse o juiz sobre o crime de lavagem.
O G1 tenta contato com a defesa de Cabral e dos outros dois condenados, mas até a última atualização desta reportagem não havia conseguido.

Sentença
Para Sérgio Moro, os atos de corrupção e de lavagem de dinheiro são um fato "assustador", além de revelar a prática sistemática de crimes graves de corrupção.
"Os atos de corrupção e lavagem reconhecidos na presente sentença inserem-se em um contexto maior de prática sistemática de infrações penais pelo ex-governador e seus associados e que é ilustrado pelas cerca de nove ações penais contra eles já propostas na Justiça Federal do Rio de Janeiro e igualmente encontra prova neste mesmo feito no sentido de que era cobrado um percentual de vantagem indevida em toda obra pública realizada no Estado do Rio de Janeiro”, afirmou Sérgio Moro.
Em caso de recurso, Cabral deve responder preso, assim como os outros condenados, de acordo com a sentença de Sérgio Moro.

A denúncia
De acordo com o Ministério Público Federal, Sérgio Cabral, Adriana Ancelmo e outros dois réus – Carlos Miranda e Wilson Carlos – "se valeram do cargo do ex-governador para solicitar e receber vantagem indevid"”. Este fato, segundo os procuradores, é motivo para aumento de pena para os crimes de corrupção.
Ainda conforme o MPF, o grupo teve envolvimento no pagamento de vantagens indevidas a partir do contrato da Petrobras com o Consórcio Terraplanagem Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), formado pelas empresas Andrade Gutierrez, Odebrecht e Queiroz Galvão. A denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal (MPF) foi aceita em dezembro do ano passado.
Os procuradores do MPF também destacam que Sérgio Cabral, em conjunto com o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, foi o responsável por organizar as tratativas com os executivos da Andrade Gutierrez para solicitação das propinas e, ainda, delegou a pessoas de sua confiança o acerto quanto ao recebimento das vantagens indevidas.
Rogério Nora e Clóvis Peixoto também foram denunciados pelo MPF e se tornaram réus nesta mesma ação penal pelo crime de corrupção ativa. Entretanto, em janeiro de 2017, o MPF requereu a suspensão do processo em relação aos dois, devido ao acordo de colaboração premiada firmado com eles.

Fonte: G1

Proposta que criminaliza funk lembra investidas contra o samba no século 19


A proposta popular que torna o funk 1 crime de saúde pública no país tem gerado polêmica. Na última 6ª feira, a cantora Anitta criticou fortemente a proposta ao compartilhar uma publicação do Poder360:

22 mil desinformados que estão precisando sair do conforto de seus lares para conhecer um pouquinho mais da bosta do nosso país 
https://twitter.com/Poder_360/status/869258791644086272 
A ideia recebeu 21.983 assinaturas em todo o país e virou sugestão legislativa no Senado Federal. A proposta foi apresentada pelo empresário paulista Marcelo Alonso. Ele afirma que os bailes funk “são somente um recrutamento organizado nas redes sociais por e para atender criminosos, estupradores e pedófilos a prática de crime contra a criança e o menor adolescentes (sic).”
O relatório final será feito pelo senador Romário (PSB-RJ), após recusa do colega Cidinho Santos (PR-MT). O texto está em tramitação na CDH (Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa).
O projeto contra o funk lembra as investidas contra o samba no século 19. O ritmo de matrizes africanas e influencia de escravos sofreu forte repressão por parte das forças dominantes da época.
Desde 2009, o funk carioca é patrimônio cultural do Estado do Rio de Janeiro. A proposta foi aprovada pela Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro).

No documento abaixo, por exemplo, disponibilizado pelo Arquivo Público do Estado da Bahia, o então subdelegado da cidade de Cachoeira (BA), Ignácio José da Costa, relata 1 incidente envolvendo o ritmo:


(o texto foi transcrito de acordo com a carta)
“Subdelegacia de Policia da Cidade de Cachoeira
7 de Novembro de 1875
In(lustrissi)mo Senhor
Tendo hontem a noite uma denúncia de que haviam alguns sambas em diversos lugares desta cidade e sendo ja meia noite, sahi acompanhado pellas patrulhas
e me dirigi aos lugares que me forão indicados a fim de fazer cessar os sambas e
providenciar como fosse mister.
Encontrei em uma caza no caquende um forte samba que fiz cessar, prendendo o dono da mesma caza, o qual sendo comduzido declarou que tambem fazia parte do samba um guarda policial de nome Francisco Bispo das Flores q(ue) naquelle acto sahia do interior da caza
Ordenei logo a prizão desse guarda q(ue) foi entregue a patrulha que me acompanhava e querendo esta dizarmalo não quis entregar-se e pondo elle tenaz
resistencia, a ponto de dezobedecer-me formalmente sem respeito algum, acometendo-me até de rifle em punho p(or) ofender-me o que teria conseguido se não fosse emediatamente obstado pella mencionada patrulha.
E como semelhante procedimento seja altamente reprehencivel e criminoso, levo o exposto ao conhecimento de V(ossa) S(enhori)a para p(or) providencias como o cazo exige, fazendo remeter o referido guarda ao commandante do respectivo corpo para
proceder de acordo com os preceitos dessiplinares, a fim de ser ponido com as penas em que tiver encorrido para deste modo manter-se elleso o principio da autoridade.
Foram testemunhas prezenciais os guardas. Francisco Pedro da S(ilv)a, Felismino Jose Per(ei)ra, Benedito Aurelio da S(ilv)a, Libanio Andre da Costa, e Manoel Mont(eir)o do Nacim(em)to
D(eu)s G(uard)e a V(ossa) S(enhori)a
In(lustrissi)mo Senhor
Manoel J(os)e Fortunato. M. De
Delegado de Pulicia desta Cidade
O Subdelegado em exercicio. Ignácio J(os)e da Costa”

O samba, pelo menos desde a metade do século 20, virou uma das principais atrações do país para o exterior. Desde o samba raiz à derivação mais melódica (o pagode), o ritmo conquistou adeptos em todo o Brasil.

Fonte: Poder 360

#FamososQuePartiram - Peter Rauhofer, DJ italiano


Name: Peter Rauhofer
Burn: April 29, 1965
Aliases: Club 69, Danube Dance, Dirty Monkey, Saxmachine, Size Queen
Singles: Always Unique (as Club 69), The World Is Mine (as Peter Rauhofer), Unique (as Danube Dance)
Death: May 07, 2013
Cause Of Death: Brain Tumor

Nascido em Viena, Peter Rauhofer tinha vasta experiência em dance music, trabalhando como DJ, produtor musical e remixer de vários artistas como Madonna, Cher, Britney Spears, Seal, Depeche Mode e Rihanna.
Rauhofer já remixou as músicas 'Scream & Shout' (will.i.am.), 'Yang Yang' (Yoko Ono), 'Believe' (Cher), 'Diamonds' (Rihanna), 'Don't You Worry Child' (Swedish House Mafia), 'Say It Right' (Nelly Furtado), 'Paparazzi' (Lady Gaga), 'Ooh La La' (Goldfrapp), 'Killer' (Seal) e 'Till The World Ends' (Britney Spears).
O vienense era conhecido entre os DJs pelo projeto eletrônico chamado Club 69, e morava em Nova York desde os anos 1990. Em 2000, ganhou um Grammy pelo seu remix da canção 'Believe', de Cher.
Peter Rauhofer morreu aos 48 anos em 07 de maio de 2013, perdendo a luta contra um tumor cerebral, diagnosticado no mês anterior.







#Campanha - Diga não ao corte do rabo de seu cachorro!

Fonte: União Libertária Animal

Adolescente tatuado na testa em São Paulo não tentou furtar bicicleta, diz tio da vítima


Tio do adolescente de 17 anos que teve a testa tatuada com a frase "eu sou ladrão e vacilão", Vando Rocha negou que o sobrinho tenha tentado furtar a bicicleta de um homem sem perna. O jovem foi tatuado pela dupla Maycon Wesley Carvalho dos Reis e Ronildo Moreira de Araujo, em São Bernardo do Campo (SP), na sexta-feira (9), sob a acusação de que teria tentado levar a bicicleta.

Em entrevista ao programa Timeline Gaúcha, Rocha relatou que o sobrinho sofre com a dependência de álcool e drogas. Ele ainda reiterou que, mesmo que tivesse furtado a bicicleta, a ação não justificaria "o absurdo" feito pela dupla, que está presa desde a madrugada de sábado (10) por tortura. Segundo o site G1, o crime ocorreu nas escadarias de uma pensão na cidade da região metropolitana de São Paulo, onde o adolescente teria sido obrigado a sentar em uma cadeira de plástico do lado da porta de acesso a uma lavanderia do local.
— Infelizmente, ele é usuário de drogas, estava alcoolizado, viu a porta aberta, entrou e parou na bicicleta. Quando a bicicleta caiu e ele foi pegar para levantar, o rapaz (vizinho da pousada) viu. Achou que ele estava roubando, chamou o tatuador e nessa já prendeu o moleque, perguntando se ele queria fazer uma tatuagem. Ele, meio alcoolizado e na inocência, falou para os caras que poderiam fazer a tatuagem — conta Rocha.


Rocha afirmou que o sobrinho "chorou a noite toda" após a agressão. Em depoimento à Polícia Civil, no sábado, o jovem negou ter cometido qualquer furto e, em seguida, foi levado ao posto médico para ser medicado e voltou para a casa da avó.
— Os caras perguntaram onde seria (a tatuagem) e ele (o adolescente) falou "nos braços". E aí os caras (disseram) "não, você, como veio roubar uma bicicleta aqui, a gente vai escrever na sua testa 'ladrão e vacilão'". Ele pediu para os caras que pelo amor de Deus não fizessem isso (a tatuagem), disse para que quebrassem os braços e as pernas dele, mas que não fizessem isso — conta.

Segundo Rocha, o adolescente de 17 anos não frequenta a escola e tem distúrbio de comportamento. O tio afirma que o jovem tem pai, mãe e vó e destaca que ele "nunca foi abandonado" pela família.
— Ele é um moleque muito bom, que não tem maldade. Não é porque é meu sobrinho que estou falando isso. Ele sempre teve (apoio), mas ele tem um distúrbio e "não para quieto" — relata. — Como ele é um menino bom, as pessoas ajudam. (Mas) quando ele começa com bebida, ele começa a usar drogas e cai nessa vida aí, perdida.

Condenando a iniciativa da dupla que tatuou a testa do sobrinho, Rocha relacionou a agressão aos crimes investigados pela Operação Lava-Jato:
— Se todas as pessoas fossem fazer o que eles fizeram, imagina aqueles caras que roubaram na Lava-Jato, todo mundo ia estar tatuado. Não ia nem onde colocar tatuagem.

O adolescente havia desaparecido em 31 de maio e foi encontrado por amigos no fim da tarde do último sábado na Estrada dos Casa, também em São Bernardo do Campo.

O crime
No primeiro vídeo, Maycon Wesley obriga o menino a "pedir" uma tatuagem com a palavra "ladrão". O comparsa, que filmava o momento, grita que "vai doer". No outro registro, a dupla faz o menino contar que tentou roubar a bicicleta de um "homem que trabalha no farol" e que não tem perna. Aos risos, os homens fazem o menino mostrar sua tatuagem e perguntam se ele gostou. Os dois estão presos no 3º Distrito Policial de São Bernardo.

Solidariedade
No final da tarde deste domingo (11), o coletivo Afroguerrilha já havia arrecadado R$ 19,9 mil para apagar a tatuagem da testa do adolescente. O grupo pretendia arrecadar, inicialmente, R$ 15 mil. 
Além da remoção da tatuagem, a iniciativa também prevê o custeio de cuidados com saúde — para o adolescente se recuperar da suposta dependência química e ter acompanhamento psicológico — e do processo na Justiça contra os acusados. De acordo com descrição no site de doações, integrantes do coletivo conheceriam o menino e sua avó.

Fonte: Zero Hora