segunda-feira, 19 de junho de 2017

Não foi dessa vez… Leonardo DiCaprio levou um belo fora de Bella Hadid


Apesar de ser um dos solteiros mais cobiçados de Hollywood, Leonardo DiCaprio levou um fora de Bella Hadid. Os dois se conheceram em Cannes no mês passado e chegaram a trocar números, mas parece que a Angel da Victoria’s Secret estava apenas a fim de se divertir durante sua temporada no sul da França, enquanto Leo já cogitava algo mais sério e até a convidou seguidas vezes para passear no iate que alugou por lá.
Bella não gostou da insistência e ficou particularmente irritada com uma encomenda que ele lhe enviou no hotel onde ficou hospedada na Riviera Francesa, contendo 36 rosas, uma garrafa de champagne e várias peças de lingerie. Como resposta, a modelo enviou uma mensagem de texto para o ator dizendo que ele não faz seu tipo, e distribuiu os mimos que recebeu entre o staff do hotel.
Leo, claro, é famoso por seu longo histórico de conquistas repleto de tops como Gisele Bündchen, Naomi Campbell e Bar Refaeli. A última companhia mais frequente dele foi a dinamarquesa Nina Agdal, que ele conheceu em junho do ano passado e com quem viveu um romance ioiô até maio. (Por Anderson Antunes)

Fonte: Glamurama

Carrie Fisher consumiu cocaína, morfina, codeína, ecstasy e oxicodona antes de morrer, diz polícia


Carrie Fisher tinha cocaína, morfina, codeína, ecstasy e oxicodona em seu sangue quando foi hospitalizada por sofrer um ataque cardíaco, segundo relatório toxicológico da polícia de Los Angeles.
Não foi informado se as substâncias tiveram relação com a morte da atriz.
No fim semana, foi divulgado que ela morreu por apneia do sono associada a outros fatores, de acordo com o departamento de medicina legal do condado de Los Angeles.
Os legistas apontaram como causas adicionais para a morte da atriz o consumo de drogas e uma doença cardíaca. Carrie Fisher morreu aos 60 anos no dia 27 de dezembro de 2016.
Coincidindo com a divulgação destas revelações sobre a morte da atriz, sua filha Billie Lourd enviou neste sábado um comunicado para a revista "People", sobre as circunstâncias que rodearam a morte de Fisher.

Luta contra drogas
"A minha mãe lutou contra o vício de drogas e doença mental durante toda sua vida. Finalmente morreu por isso. Ela foi deliberadamente transparente em toda sua obra sobre o estigma social em torno destas doenças", disse Lourd.
Conhecida mundialmente pelo seu papel da Princesa Leia na saga "Star Wars", Fisher morreu no final do ano passado, em Los Angeles, após ter sofrido dias antes um infarto durante um voo.

Fonte: G1