terça-feira, 20 de junho de 2017

Por que o preconceito contra a música sertaneja?


Estreamos essa coluna falando de preconceito. Todos já ouviram falar bastante a respeito do preconceito racial, do preconceito de gênero, do preconceito social, do preconceito religioso, etc. Nesta sociedade maluca em que vivemos, o que não falta é preconceito. Uma das definições mais assertivas deste vocábulo é a de “sentimento hostil, assumido em consequência da generalização apressada de uma experiência pessoal ou imposta pelo meio; intolerância”. Mas, como o nosso assunto aqui é música, falemos então sobre o preconceito musical.
Não é segredo para ninguém que a música sertaneja foi e ainda é alvo de discriminação. Confesso minha estranheza em relação à tamanha resistência dos chamados formadores de opinião. Ou a tentativa de rotular a música sertaneja como brega. Ou ignorar o “Sertanejo Universitário” que arrasta multidões. Sim, a música sertaneja sofre preconceito. Ao diagnóstico cabem perguntas: por que o preconceito acontece? Quais os critérios? O que motiva alguns a terem repulsa aos músicos que ganham milhões com festas de rodeio e shows que faturam milhões?
Lembro-me que na minha adolescência, no final dos anos 90 e início dos anos 2000, ser jovem e gostar de música sertaneja era motivo de chacota no colégio. Isso antes da explosão do chamado “Sertanejo Universitário” em 2006. Aliás, uma das grandes conquistas dessa variação do gênero foi rejuvenescer o público da música sertaneja no Brasil.
A música é ruim? Desculpe, é um critério muito subjetivo. O que pode ser bom para um é terrível para outro. Além disso, Nelson Rodrigues já dizia que toda unanimidade é burra. Generalizar também é um erro. Alguém pode contestar: “Ah, mas as letras são pobres”. Isto também é um critério individual. Já que falamos no grande dramaturgo, na literatura, por exemplo, tem gente que considerava Nelson Rodrigues um gênio e outros tachavam de um libertino, um velho que falava dos mesmos assuntos de modo indevido. E se todos levassem apenas uma opinião, uma corrente em consideração?
É claro que tem muita coisa sem qualidade no sertanejo. Mas também tem música ruim no pop, no rock, na MPB, no samba, etc. Tem artista bom e ruim em todos os estilos musicais. Tem profissional bom e profissional ruim em todas as carreiras. Não se pode ignorar um estilo musical que arrasta multidões e que movimenta bilhões de reais por ano na economia brasileira. Gosto é opcional, respeito é obrigação!

Fonte: Jornal Opção

Disco dos Paralamas, mixado nos EUA e masterizado no Rio, sai em agosto


Previsto para ser lançado em agosto, o 21º álbum da discografia do grupo carioca Paralamas do Sucesso já está pronto. Mixado pelo produtor Mario Caldato Jr em Los Angeles (EUA) no MCJ Studios (de Caldato) sob a supervisão do baixista Bi Ribeiro, o 13º disco de músicas inéditas do trio carioca foi masterizado por Ricardo Garcia – ao centro na foto em que aparecem o baterista João Barone e o mesmo Bi Ribeiro – na cidade do Rio de Janeiro (RJ), onde o álbum foi gravado em março.
Nada foi divulgado oficialmente sobre o repertório, mas estavam previstas as gravações da balada Sinais do sim (Bi Ribeiro, Herbert Vianna e João Barone) e de inédita versão em português de Cuando pase el temblor (Gustavo Cerati,1985), sucesso da banda argentina Soda Stereo.

(Créditos das imagens: Mario Caldato Jr e Bi Ribeiro em estúdio de Los Angeles em foto de José Fortes. João Barone, Ricardo Garcia e Bi Ribeiro em estúdio do Rio de Janeiro)

Fonte: G1

Música inédita de George Harrison é encontrada em piano na Inglaterra


Portal UAI - Olivia Harrison, 69 anos, confirmou à imprensa britânica que encontrou o rascunho de uma música inédita de George Harrison, ex-guitarrista dos Beatles, morto em 2001. Intocável por décadas, a música estava em um assento de piano em sua casa, em Oxfordshire, Inglaterra.
Intitulada Hey, Ringo, a música foi composta para Ringo Starr, baterista dos Beatles e amigo de Harrison. Na letra, o músico descreve que a guitarra dele é incompleta sem a batida de seu amigo. "Hey, Ringo, agora eu quero que você saiba que sem você minha guitarra toca muito lentamente", diz um dos trechos.
A viúva do artista suspeita que a composição seja de 1970, período em que a banda havia se separado. Ela revelou também que era comum Harrison esquecer anotações por todos os lugares, e que não ficou surpresa em achar o papel no assento do piano. Olivia também acredita na possibilidade de o marido ter gravado a música em uma fita cassete caseira na época.
A composição está prevista para ser reproduzida na edição estendida da biografia ilustrada de George Harrison, I me mine, que apresenta fotografias de família, manuscritos e entrevistas não-publicadas. Após ter encontrado a relíquia, Olivia apresentou a composição para Ringo Starr na comemoração em homenagem aos 74 anos de Harrison, em fevereiro deste ano, em Los Angeles. "Ele nunca viu esta música. Ele disse: 'O que é isto?'. Ficou muito surpreso", disse Olivia. A expectativa é que Starr transforme as anotações em melodia.
Assista ao teaser da biografia:

Acusado de agressão pela mãe, ex-Restart desabafa: 'Muito difícil'

O cantor Pe Lanza, ex-vocalista da banda Restart, comentou nesta segunda-feira (19) uma denúncia de que teria agredido a própria mãe na quarta-feira passada. Leni de Cássia Lanza Rei procurou a delegacia para denunciar o filho e a nora por agressão. Ela afirmou que não queria mais que Pe e a namorada, Gabriela Merjan, ficassem em sua casa. Inconformado, o cantor teria dado socos nos braços e costas da mãe. A nora teria atirado uma panela na direção de Leni, que afirmou à polícia, ainda, que não foi a primeira vez que foi agredida pelo filho. 


Em entrevista ao Cidade Alerta, Pe Lanza negou ter batido na mãe. "Eu também estou chocado (...) Algumas inverdades foram contadas e a história foi um pouco distorcida. Não teve agressão nenhuma da minha parte, mas teve agressão da parte da minha mãe, tanto verbal, moralmente e fisicamente, para cima da minha namorada. Eu tentei a todo momento apaziguar e separar as duas", afirmou. "No meu lugar, estava sendo muito difícil ver a minha mãe, minha progenitora, que esteve comigo a vida inteira, que amo de paixão, e ver a minha namorada, mulher da minha vida, em pé de guerra", explicou o cantor. Ele disse que conseguiu separar as duas e foi a mãe quem pegou uma panela e atirou na namorada. "Eu tenho vídeo desse momento, prefiro mostrar para a polícia antes", acrescenta. "Nunca imaginei que fosse me decepcionar com a minha mãe por causa dessas coisas". 
No Instagram, Gabriela comentou o caso e disse que brigou com a sogra por causa dos maus tratos ao seu cachorro e outras provocações. "Ela veio me xingar. Na verdade, já é de tempos que ela me odeia e me xinga. Chutava meu cachorro e eu só cuidava da dela porque ela nunca cuidou da cachorra, passava meses sem banho, não comia e etc. Até que um dia eu não aguentei mais ser xingada quieta e xinguei também! Aí ela não aguentou, veio para cima de mim e tudo mais. Aí eu bati pra me defender. O Pedro berrava para gente parar, e ela não largava meu cabelo. Eu já estava no chão e ela continuava a me bater. Até que o Pedro segurou os braços dela. Ela veio com uma tesoura de ponta falando que iria me matar. Foi quando eu falei que iria embora e me tranquei no quarto. Estou cheia de roxos na perna e corte no braço", comentou no Instagram.


Ao R7, Gabriela afirmou que agiu para se defender, mordendo o dedo da sogra. "Ela me jogou no chão. Fiz isso apenas para me defender. Ela tem muito ciúmes do filho e já fez de tudo para atrapalhar nosso relacionamento. Estou com hematomas que foram fotografados e apresentarei para a Justiça", diz Gabi.
O cantor afirma que a mãe é uma pessoa difícil. "A minha mãe é uma pessoa sozinha, se separou do meu pai (...) A casa que ela mora hoje é do meu pai, por eu morar lá com ela, hoje em dia não estou mais morando por causa desses acontecimentos, meu pai dava todo suporte (...) Não sou médico para dar laudo, mas minha mãe sempre teve muito ciúme, por ser muito sozinha, e tem vestígios de depressão", afirmou Pe, reafirmando estar decepcionado com o ocorrido. Ele disse que nunca imaginou que a situação fosse se tornar pública, mas que fará de tudo para se defender das acusações da mãe.

Fonte: Correio da Bahia

Sonia Abrão condena Maisa por respostas a Silvio Santos


Catraca Livre - Maisa Silva foi convidada junto com Dudu Camargo a participar do "Jogo das Três Pistas" no Programa Silvio Santos do último domingo, dia 18 de junho. Em dado momento, a atração ganhou um ar muito incômodo: o Dono do Baú resolveu bancar o cupido e tentou empurrar o jovem de 19 anos para a garota, de apenas 15.
Bastante inconveniente, Silvio insistiu por mais de 10 minutos com o assunto no ar. Entre um comentário machista e outro, Maisa fez o óbvio: defendeu-se e respondeu ao apresentador.
“Dá licença, Silvio. Isso é um ultraje, é constrangedor você me submeter a uma situação dessas. Eu estou aqui para jogar o jogo. Vamos jogar? Vamos”, rebateu a atriz mirim de forma taxativa. Veja toda a discussão aqui.
Às investidas de Silvio para que Maisa desse uma chance a Dudu, a atriz ainda respondeu que o jovem não fazia seu tipo. "A última coisa que iria querer na vida é me exibir para o Dudu Camargo". Em alguns momentos, de fato houve críticas maiores por parte da pupila do SBT. Algumas, até, destinadas ao jeito e ao trabalho do queridinho do Silvio. Mas, o que você faria se um senhor de 86 anos estivesse te empurrando para um cara de 19 anos em rede nacional?
As respostas da adolescente a Silvio parecem não ter agradado Sonia Abrão. Diante do quadro, a jornalista falou em seu programa que o modo como Maisa agiu foi grosseiro e isso só mostrou a verdadeira personalidade dela: "Mimada e mal-educada", disparou. Abrão ainda disse que a atriz merecia uma "geladeira" no SBT, expressão usada quando os contratados ficam um longo tempo sem trabalho.
A internet ficou bem incomodada com o fato de Sonia Abrão defender Silvio e condenar Maisa, e logo se manifestou:




Tony Ramos rompe contrato com a Friboi: 'Incômodo'

O ator Tony Ramos decidiu romper o contrato de garoto propaganda da Friboi após o escândalo de corrupção envolvendo a JBS. Em entrevista à Radio Gaúcha nesta terça-feira (20), o ator disse que "foi surpreendido como todo mundo" pela "crise institucional" gerada pela delação dos controladores da JBS e que a manutenção da parceria com a marca se tornou um "incômodo".
"Com essa delação, há uma crise institucional e, ao mesmo tempo, um incômodo da minha parte em continuar prestando meu nome não a um produto – esse eu não me envergonho, não me arrependo e continuarei a dizer como homem de palavra que sou, anunciei aquilo que eu consumia", disse. "Vejo que nessa confusão enorme de informações, eu não emprestaria mais o meu nome... É simples assim, uma equação de primeiro grau", acrescentou.
Procuradas pelo G1, a JBS e a agência Lew'Lara\TBWA não comentaram o assunto.

Wesley Batista ao lado de Roberto Carlos e Tony Ramos
G1 - Na entrevista à radio, Tony Ramos explicou ainda que já não havia mais nenhuma previsão de veiculação de novo comercial para a Friboi, mas que a empresa ainda detinha o direito de uso da sua imagem em peças publicitárias por pouco mais de um ano.
Segundo o ator, as cláusulas contratuais permitiram a rescisão, mas o frigorífico ainda tem um prazo para retirar de circulação as peças publicitárias com a sua imagem. “Estamos nesse momento nas tratativas, agora o cancelamento do licenciamento já foi feito”, disse.

Friboi desaparece da TV aberta
Levantamento da Controle da Concorrência, que monitora o mercado publicitário, mostra que a última inserção de propaganda da Friboi da TV com Tony Ramos foi no dia 20 de março. Segundo a consultoria, após a deflagração da operação Carne Fraca, a marca não fez mais nenhum anúncio na TV aberta.
Tony Ramos esclareceu ainda que não mantinha contato direto com a JBS e que seu canal de comunicação com a empresa se dava diretamente com a agência de publicidade responsável pelas campanhas.
Questionado sobre seu sentimento ao saber das denúncias envolvendo a empresa, o ator disse que não faria julgamento. “O meu sentimento é de estupor, de absoluta tristeza e melancolia, que é a pior coisa. Não adianta a ira nesse momento”, disse, acrescentando não se arrepender da parceria dos últimos anos com a Friboi. “Anunciei carne porque é proteína e porque gosto de carne... Não vi problema nenhum em receber para anunciar aquilo que consumo”, completou.
No início do mês, a apresentadora Fátima Bernardes tomou decisão semelhante e também anunciou o cancelamento do contrato de garota propaganda da Seara, outra marca do grupo JBS. Em nota, a Seara agradeceu "por toda contribuição da apresentadora ao longo de três anos de parceria".

Crise
A JBS está no centro de um escândalo de corrupção envolvendo o governo de Michel Temer. Desde a divulgação das primeiras notícias sobre a delação da empresa, a perda em valor de mercado se acumula em R$ 8,6 bilhões, segundo cálculo do G1 com base em dados da Economatica. A empresa já vinha de um cenário adverso depois da Operação Carne Fraca, em março. Desde a operação, a perda acumulada é de R$ 15,3 bilhões.
Em entrevista à revista "Época", Joesley Batista chamou Temer de chefe "da maior e mais perigosa organização criminosa" do Brasil. O empresário ainda descreveu o esquema de corrupção entre a empresa e agentes públicos, citando outros nomes como o do ex-presidente Lula, do senador afastado Aécio Neves, do deputado cassado Eduardo Cunha e do senador Renan Calheiros.
O Palácio do Planalto divulgou nota na qual diz que o empresário é "bandido notório" e "desfia mentiras". A defesa de Temer ainda protocolou na Justiça uma queixa crime por calúnia, injúria e difamação contra Joesley.
O acordo de colaboração premiada da JBS foi assinado e homologado pelo ministro Luiz Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF). Pelo acordo, sete executivos da JBS e da J&F se comprometeram a pagar multa de R$ 225 milhões e a colaborar com as investigações.

#Piada - Ladrão de Bicicletas

Do site "Conta Outra"

Globo insiste no retorno de Ana Paula Arósio: atriz pode escolher papel e obra


Ana Paula Arósio vai voltar à TV em 2018 se depender da vontade da Globo. A emissora procurou, através de emissários e de forma discreta, a atriz para que ela aceite retornar ao vídeo. Atualmente, Ana mora na Inglaterra e está longe da televisão desde 2010, quando atuou na série "Na Forma da Lei". Há dois anos, a emissora carioca ofereceu para a atriz o papel de protagonista na novela "Velho Chico", mas Ana recusou.

GLOBO OFERECE CONTRATO POR OBRA PARA ANA PAULA
Segundo o colunista Ricardo Feltrin, nesta terça-feira (20), a emissora vai deixar que a atriz escolha o papel e trabalho que deseja fazer caso aceite voltar a atuar. Isso significa que Ana possa vir a integrar o elenco de uma minissérie, seriado ou novela - que se estende por vários meses e é mais desgastante. Além disso, a Globo está oferecendo um contrato por obra e não mais um vínculo fixo para facilitar a negociação com a mulher do cavaleiro Henrique Plombon.

Fonte: Purepeople

Pe Lanza, do Restart, é acusado de agredir a mãe


O vocalista do Restart, Pedro Gabriel Lanza Reis, conhecido como Pe Lanza, está sendo acusado por sua mãe, Leni Lanza, de agressão. Leni abriu dois boletins de ocorrência no 89º Distrito Policial de São Paulo, no Morumbi, um contra Pe Lanza e sua namorada, Gabriela Medeiros Merjan, e outro somente contra a moça.
De acordo com o investigador de polícia do 89º DP Mauricio Leopoldo Hoffmann, no primeiro boletim, registrado no dia 8, Leni afirma que teve um desentendimento com Gabriela, que lhe deu um tapa no rosto, mordeu sua mão e arranhou seu pescoço, causando diversas lesões.
No segundo boletim, registrado no dia 10 de junho, Leni afirma que pediu ao filho que não trouxesse mais a namorada para sua casa, já que ela costumava passar a noite lá. Pe Lanza, então, teria partido em sua direção e desferido diversos socos em seus braços e costas, tendo ajuda de Gabriela. Leni afirma que, em seguida, Gabriela desferiu uma panelada em sua direção, ferindo seu dedo.
Nos comentários de seu perfil no Instagram, Gabriela acusou a sogra de ter começado a briga e afirmou que o músico não bateu na mãe, apenas tentou separá-las. “Ela veio me xingar, na verdade já é de tempos que ela me odeia e me xinga, chutava meu cachorro”, escreveu. “Até que um dia eu não aguentei mais ser xingada quieta e xinguei também! Aí ela não aguentou, veio para cima de mim e tudo mais, aí eu bati pra me defender, o Pedro berrava para a gente parar, e ela não largava meu cabelo, eu já estava no chão e ela continuava a me bater. Até que o Pedro segurou os braços dela, ela veio com uma tesoura de ponta falando que iria me matar. Foi quando eu falei que iria embora e me tranquei no quarto.”
Procurada por VEJA, a equipe de Pe Lanza afirma que não está conseguindo contato com o cantor e por enquanto não vai se pronunciar. Em um áudio divulgado pelo programa Cidade Alerta, Pe Lanza afirma que não agrediu a mãe, mas que ela e a namorada realmente tiveram desentendimentos. “Eu tentei a todo momento apaziguar e separar as duas”, diz. “Eu tenho até um vídeo, de um momento em que a briga começou a ficar muito séria e muito feia, eu consegui separar as duas e a minha mãe pegou essa panela e foi em direção à Gabriela. (…) No vídeo, quando ela (mãe) percebe que eu estou gravando, ela solta a panela na minha mão.”
“Eu nunca imaginei que eu fosse me decepcionar com a minha mãe”, continua. “Não é a primeira vez que ela perde a cabeça a esse ponto, ela mandou o meu pai para fora de casa há uns quatro anos, jogou as roupas dele no entulho. Eu não sou médico para dar laudo nenhum, mas ela sempre teve muito ciúme, por ela ser muito sozinha. E ela também tem vestígios de depressão.”
Pe Lanza está em carreira solo. O Restart, composto por Pe Lanza, Pe Lu, Koba e Thomas, anunciou um hiato em 2015.

Fonte: Paraíba

Personagem de Juliana Paes em 'A Força do Querer' inicia trajetória no crime


Rio - A vida de contravenções de Bibi Perigosa (Juliana Paes) nascerá hoje em ‘A Força do Querer’, da Globo. O começo será colocando fogo no escritório do restaurante, depois ela ajudará Rubinho (Emilio Dantas) a fugir da prisão, se esconderá com ele na favela, fugirá da polícia, se refugiará com o marido num apartamento de luxo.
E quando ele for preso novamente, Bibi financiará mordomias para o companheiro na prisão como celular, ainda negociará 30 quilos de maconha com traficantes e selará de vez sua caminhada no mundo do crime caindo nas graças do chefe do fictício Morro Azul.
“A coisa que mais escuto na rua são as pessoas falando: ‘Estou louca para ver a Bibi Perigosa’”, diverte-se Juliana Paes.
A atriz explica que o começo da criminalidade da ex-estudante de Direito se dá por não querer abandonar o marido, que é bandido. “É isso o que ela pensa, e passa por cima de um monte de coisas. Mas quando ele começa a pedir pra ela certos ‘favores’, para que ela consiga ajudá-lo dentro da prisão e ela começa a viver aquele mundo que ele estava vivendo sem ela saber, existe um deslumbramento por parte dela”, revela.

O COMEÇO DE TUDO
No capítulo de hoje, Bibi colocará fogo no escritório do restaurante para acabar com qualquer prova que tenha no computador da empresa e que possa incriminar Rubinho. O problema é que a perícia encontrará o galão usado para o crime com marcas de mãos com características femininas. Em questão de tempo, Bibi será a maior suspeita do crime. Caio (Rodrigo Lombardi) aconselhará a ex a ir se explicar voluntariamente aos policiais. Na delegacia, ela dirá ao delegado que não teve nada a ver com o incêndio. O oficial fica desconfiado, mas a libera.
Enquanto isso, Rubinho se junta a outros bandidos na cadeia e suborna agentes penitenciários e consegue fugir. Rubinho pula o muro e corre para o carro que o aguarda com a mulher, aflita, e vários comparsas armados de fuzis. O grupo segue para o Morro Azul em alta velocidade. Ao chegar à favela, os parceiros de Rubinho festejam com rajadas de tiros para o alto. Bibi se assusta.
Os tiros vão chamar a atenção da polícia que, liderada por Jeiza (Paolla Oliveira), inicia um cerco no morro. A festa acaba, e Rubinho e Bibi correm, buscam refúgio na casa de uma moradora da favela e escapam de Jeiza.

APARTAMENTO DE LUXO
Nesse mesmo dia, o casal é levado pelos bandidos para um apartamento de alto luxo no Leblon, Zona Sul do Rio. Bibi fica incrédula com tudo do bom e do melhor que tem no novo endereço. Quando ela tenta abrir a janela, Rubinho a impede. “Tem de parecer que o apartamento tá vazio! Não pode transparecer um sinal de vida aqui dentro!”, ordena. Bibi estranha o fato de os bandidos ajudarem tanto eles. Rubinho explica: “Eu fiquei importante pra eles. Não te falei que eles tiveram lucro demais com as dicas que eu dei? Meus conhecimentos de química?” A morena não fica convencida. Mas em pouco tempo, a polícia descobre o paradeiro do casal ao seguir Aurora (Elizângela), mãe de Bibi, até o luxuoso endereço.
Aurora toca a campainha, Bibi vê a mãe, abre a porta, e os policiais avançam gritando. O casal levanta as mãos e só Rubinho é algemado. Bibi e a mãe são levadas para prestar esclarecimentos. Na delegacia, a manicure explica que foi só levar roupa para o marido. O delegado ameaça enquadrá-la por associação ao tráfico.
Quando é liberada, ela encontra Dantas (Edson Celulari) e descobre que perdeu uma oportunidade de trabalho com ele por ser uma foragida da polícia e estar casada com um marginal. “Não conte mais comigo pra nada!”, grita o empresário.

AMEAÇA DE MORTE
A situação da morena se agrava quando Rubinho diz que ele pode ser assassinado se não pagar uma dívida a um poderoso bandido. É que ele pegou dinheiro com esse marginal para ajudar na fuga e agora tem que pagar. O marido de Bibi explica para a companheira que ela precisa encontrar um comparsa dele, que sabe onde estão enterrados os 30 quilos de maconha — mais do que o suficiente para pagar a dívida.
Só que o “amigo” de Rubinho tenta enganar Bibi e diz para ela que teve um desabamento e que a mercadoria se perdeu no meio da lama. Bibi ameaça:
“Não tá pensando que porque meu marido tá preso você vai dar uma volta nele, não, porque não vai! Isso vai ter que aparecer! Te dou 20 minutos pra botar aquela droga aqui, no meu pé! Se não aparecer, pode tá certo que você vai acabar lá, no desabamento, fazendo companhia pra ela. Não me testa não, porque eu sei ser ruim! E tenho cobertura pra acabar contigo”. 
Por fim, o rapaz leva a droga, que está mofada. Diante do credor de Rubinho, Bibi pede para ele aceitar a mercadoria e devolver a grana. E ainda oferece facilidade para que ele venda drogas no Morro Azul, já que ela conhece o chefe da favela. Ele topa. Sabiá (Jonathan Azevedo), responsável pelo comando do Morro Azul, comemora a atitude de Bibi quando a encontra. Ele lucrará muito com a ação. Bibi diz que está desesperada, sem dinheiro. Sabiá diz: “Tome aí, pra ajudar na despesa”. E entrega várias notas para ela.

Fonte: O Dia

Rodrigo Hilbert é intimado a depor após polêmica sobre morte de filhote de ovelha em programa na TV


O apresentador Rodrigo Hilbert foi intimado a depor após a polêmica envolvendo a morte de um filhote de ovelha em seu programa Tempero de Família, no canal pago GNT. O episódio, exibido em março de 2016, mostrava a realidade dos produtores rurais em Santa Catarina. Na sequência levada ao ar, Rodrigo apareceu capturando e abatendo um novilho. O programa causou revolta nas redes sociais, principalmente por exibir os gritos do animal e cenas do sangue escorrendo em uma bacia.
Uma ONG de proteção aos animais prestou queixa na delegacia de São Joaquim, em Santa Catarina, onde as gravações do programa foram realizadas. Agora, Rodrigo terá que depor, mas segundo o colunista Ancelmo Góis, do jornal O Globo, poderá comparecer a uma delegacia do Rio de Janeiro, cidade onde mora.

Procurado pelo site Purepeople, Rodrigo Hilbert explicou:
— Não tínhamos a intenção de incitar qualquer violência contra animais, mas apenas de registrar o dia-a-dia desses trabalhadores que lutam para criar e alimentar suas famílias. No entanto, por também respeitar aqueles que se manifestaram contra as cenas exibidas no programa, retiraremos as imagens em questão do episódio.

Fonte: Diário Catarinense

Livia Andrade e Klara Castanho defendem Maisa Silva de polêmica com Dudu Camargo; Porchat ri da situação


Os “foras” – com um toque de sinceridade – que Maisa Silva, 15, deu em Dudu Camargo, 19, no “Programa Silvio Santos” do último domingo (18), ainda rendem e repercutem nas redes sociais.
Livia Andrade e Klara Castanho, por exemplo, usaram seus perfis e saíram em defesa da atriz do SBT, atualmente no ar em “Carinha de Anjo”. “Maisa mostrando que pra ser artista não é preciso fazer média com todo mundo, mentir para o público isso sim é feio! Sinceridade merece aplausos”, redigiu a integrante do elenco do dominical de Silvio Santos.
Já a global comentou o caso em um tuíte enviado diretamente à amiga. “A maior parte da sociedade não está pronta para a sinceridade, se contenta com a superficialidade. GirlPower”, disse. Maisa compartilhou a mensagem: “Será se amo Klara Castanho?”.

Também do SBT, o jornalista Daniel Adjunto comentou a situação. “Ah, Maisa. Que fim de domingo sensacional”, redigiu ele. Fábio Porchat riu da situação e disse “chama no probleminha”.

Cabe lembrar que Maisa comentou sobre o apresentador do “Primeiro Impacto” após das tentativas de Silvio de unir os dois. “Não faz o meu tipo. Ele é muito engessado, não parece que ele é de verdade, fala esquisito. Ninguém é assim o tempo inteiro, as pessoas gostam de gente de verdade. Não consigo gostar. Ele é todo engomadinho”, disparou a artista.

Veja a repercussão:
Maisa mostrando que pra ser artista não é preciso fazer média com todo mundo, mentir para o público isso sim é feio! https://t.co/7HrXXUrBHX
— Lívia Andrade (@LiviaAndradeSBT) 19 de junho de 2017

A maior parte da sociedade não está pronta para a sinceridade, se contenta com a superficialidade. GirlPower
— Klara Castanho (@KlaraCastanho) 19 de junho de 2017

Será se amo a Klara Castanho??? https://t.co/O3LtSbzu9v
— +a (@maisasilva) 20 de junho de 2017

Chama no probleminha, @maisasilva
— Fabio Porchat (@FabioPorchat) 20 de junho de 2017

Fonte: RD1

'Não me desculpo pela sinceridade', diz Maisa após polêmica com Silvio


Silvio Santos sugeriu que Maisa Silva e Dudu Camargo formassem um casal, durante o "Programa Silvio Santos" de domingo (18) e a atriz retrucou dizendo que o rapaz não fazia seu tipo, e que não estava lá para arrumar namorado.
A sinceridade de Maisa, que acaba de completar 15 anos, rendeu comentários e memes nas redes sociais.
Ela usou seu perfil no Twitter para se pronunciar sobre a polêmica. Primeiro, retuitou comentários como "ela não gostar das coisas que ouviu não é desrespeito, desrespeito é alguém ficar forçando e dando em cima" e "achei perfeita sua participação e sinceridade, o pessoal gosta de iludir e você não, parabéns."
Depois, fez uma publicação no Twitter dizendo que "nem todo mundo é obrigado a aceitar 100% das coisas que ouve e eu não me desculpo pela sinceridade.
Dudu Camargo, 19, é apresentador do "Primeiro Impacto", telejornal do SBT.
Quando Silvio Santos insistiu com o assunto, Maísa disse: "Dá licença, Silvio. Isso é um ultraje, é constrangedor você me submeter a uma situação dessas. Estou aqui para jogar o jogo. Vamos jogar?"
Apesar da cortada, o apresentador insistiu. "Vai me dizer que o rapaz não é bonito?", perguntou. "Não faz o meu tipo", ela respondeu. "Ele é inteligente, falante, espontâneo", Silvio persisitiu. "Ele é engessado, não parece que é de verdade. Ele fala esquisito. Ninguém é assim o tempo inteiro", Maisa completou.
"Não tenho nada contra ele, só não tenho a favor também", Maisa falou, tentando encerrar o assunto. Silvio afirmou que eles poderiam se casar e ter um filho daqui um ano. Maisa acaba de completar 15 anos. "Só depois de eu viajar o mundo inteiro... E de você escolher outro pai, porque esse não vai rolar."
Maisa ainda disse que não gostou de Dudu ter dito em um entrevista que se interessava por ela e por Larissa Manoela, ambas menores de idade, e Silvio ignorou. "Você me consideraria para amigo?", Dudu perguntou. "Meus amigos são normais. Tenho poucos amigos do meio artístico."
Silvio preferiu seguir com o assunto falando com Dudu, e pediu para o rapaz escolher entre Maisa e Larissa Manoela. "Deixa eu analisar de perto", respondeu Dudu, se aproximando de Maisa, visivelmente contrariada. Silvio pediu para ele dançar para ela. "Eu não vou dançar com ele", Maisa retrucou.
Dudu dançou sozinho um trecho de "Deu Onda" ao redor de Maisa e ela ameaçou sair do palco. Ele foi para a plateia e tirou uma moça do auditório para dançar. "Aproveita e leva para casa", disse Maísa para a moça. O apresentador ainda tascou um beijo na garota, que ganhou de Silvio R$ 100.

Fonte: Correio do Estado