segunda-feira, 17 de julho de 2017

Silvio Santos coloca pianista pelada rebolando conforme a música


O que você faz às 21h de um domingo? Venhamos e convenhamos, a maioria das pessoas ainda está acordada a essa hora. Geralmente, o brasileiro tira o restinho do final de semana para dar uma relaxada, seja em frente à televisão, lendo um livro ou escutando uma música.
Fato é que a televisão aberta brasileira atinge milhões de pessoas e, por isso, existe uma responsabilidade social por trás de cada emissora.
Silvio Santos parece não se importar muito com isso. Aproximadamente às 21h do domingo, 16 de julho, o "Dono do Baú" exibia em seu programa uma pianista pelada rebolando a bunda conforme as notas musicais de uma música clássica. Você pode aí se perguntar: "Nossa, Catraca, mas que conservadorismo, hein?".
O problema, caro leitor, é que o "Programa Silvio Santos" tem classificação indicativa para maiores de 10 anos de idade. Então, imagine reunir a família em frente à televisão, com seus filhos de 10, 11 anos de idade, para assistir a essa atração. No mínimo desconfortável, não é mesmo?
Queremos deixar claro que o trabalho da performer é super interessante, trata-se da dança "twerk", feita em todo o mundo, inclusive por estrelas pop, como Beyoncé e Nicki Minaj. De acordo com a própria dançarina, a performance "mexe muito com a autoaceitação do próprio corpo, a autoestima da mulher, a sensualidade, que a gente pode dançar sim, sem sofrer nenhum preconceito".

Concordamos com tudo isso!
O que não concordamos é com a classificação indicativa do "Programa Silvio Santos". Durante a performance, a dançarina aparece praticamente nua, em uma pose muito sensual. Portanto, a dança é destinada a adultos e adultas, e não a crianças.

+10 ou +18 ?
O sistema de classificação indicativa, hoje em vigor na TV aberta, além de informar a faixa etária não recomendada para um programa, determina o horário que aquele conteúdo deve ser exibido.
De acordo com a Rede ANDI Brasil - Comunicação pelos Direitos da Criança e do Adolescente, a classificação indicativa é um mecanismo que assegura a liberdade de escolha consciente das famílias, mas indica aos pais, professores e outros responsáveis por meninos, meninas e adolescentes quais conteúdos são apropriados ou adequados a certas faixas de idade.
A respeito da performance, você acha que ela é apropriada para crianças assistirem? Assista ao momento no site do SBT, a partir de 25:00.

Fonte: Catraca Livre

Madrasta de Isabella Nardoni irá para regime semiaberto


A Justiça concedeu nesta segunda-feira (17) progressão de regime à detenta Anna Carolina Jatobá, condenada pela morte da enteada Isabella Nardoni e presa desde 2008, em Tremembé. A decisão possibilita que Anna Carolina cumpra pena no semiaberto. Ela terá direito de deixar a penitenciária cinco vezes ao ano para as saídas temporárias.
O G1 destaca que o regime também permite que Anna Carolina deixe a prisão diariamente para trabalhar, desde que retorne todas as noites para dormir no local.
A juíza Sueli Zeraik, da 1º Vara de Execuções Criminais (VEC) de Taubaté, foi a responsável por condecer a progressão de regime. A decisão será encaminhada para a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) ainda nesta segunda.
Após a notificação, a presa deve ser transferida para a ala que abriga presas do semiaberto, onde está Suzane von Richtofen, condenada pela morte dos pais.
Anna Carolina poderá deixar a prisão pela primeira vez em agosto, na saída temporária de Dia dos Pais.
A defesa de Jatobá fez o pedido de progressão da detenta do regime fechado para o semiaberto em abril deste ano. Os advogados argumentaram que Anna Carolina já tinha direito ao benefício por ter cumprido o tempo mínimo exigido para mudar de regime e bom comportamento prisional.

Fonte: Notícias Ao Minuto