sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Veja a capa e conheça as 25 músicas do segundo DVD de Vanessa da Mata


Esta é a capa de Caixinha de música ao vivo, segundo registro audiovisual de show da cantora e compositora mato-grossense Vanessa da Mata. Feita em maio deste ano de 2017, na cidade de São Paulo (SP), a gravação ao vivo do show chega ao mercado fonográfico a partir de 29 de setembro.
Além da edição digital, Caixinha de música ao vivo estará disponível nos formatos de CD, DVD e em kit que junta CD + DVD. O DVD exibe os 23 números do show em roteiro que totaliza 25 músicas. Nos extras, o DVD apresenta making of do show e o registro de estúdio de Gente feliz (Sinceridade) (Vanessa da Mata, 2017), feito pela artista com o grupo BaianaSystem.
Já o CD reúne 14 músicas, incluindo as inéditas Caixinha de música, Gente feliz e Orgulho e nada mais. Eis, na ordem do DVD e na sequência do CD, as músicas cantadas por Vanessa da Mata em Caixinha de música ao vivo, projeto fonográfico de forte pegada eletrônica:

Faixas do DVD:
1. Valsa do sorrir (Vanessa da Mata, 1999)
2. Gente feliz (Vanessa da Mata, 2017)
3. Bolsa de grife (Vanessa da Mata, 2010)
4. Boa reza (Vanessa da Mata, 2011)
5. Vermelho (Vanessa da Mata, 2007) / Natural Mystic (Bob Marley, 1977)
6. Impossível acreditar que perdi você (Márcio Greyck e Cobel, 1971)
7. Ainda bem (Vanessa da Mata e Liminha, 2003)
8. Te amo (Vanessa da Mata, 2010)
9. Ninguém é igual a ninguém (Desilusão) (Vanessa da Mata, 2014)
10. Amado (Marcelo Jeneci e Vanessa da Mata, 2007)
11. Vá pro inferno com seu amor (Meirinho, 1976)
12. Mágoas de caboclo (Leonel Azevedo e J. Cascata, 1936)
13. Caixinha de música (Vanessa da Mata, 2017)
14. Quem irá nos proteger (Vanessa da Mata, 2007)
15. Perfume barato (Vanessa da Mata, 2009)
16. Não me deixe só (Vanessa da Mata, 2002)
17. Segue o som (Vanessa da Mata, 2014)
18. Baú (Vanessa da Mata, 2007)
19. É tudo o que eu quero ter (Vanessa da Mata, 2017)
20. Por onde ando tenho você (Vanessa da Mata, 2014) / Love will tear us apart (Bernard Sumner, Ian Curtis, Peter Hook e Stephen Morris, 1979)
21. Orgulho e nada mais (Vanessa da Mata, 2017)
22. Boa sorte / Good luck (Vanessa da Mata e Ben Harper, 2007)
23. Ai, ai, ai... (Vanessa da Mata e Liminha, 2004)

Extras:
* Gente feliz (Sinceridade) (Vanessa da Mata, 2017) – com BaianaSystem
* Making of do show

Faixas do CD:
1. Gente feliz (Vanessa da Mata, 2017)
2. Bolsa de grife (Vanessa da Mata, 2010)
3. Baú (Vanessa da Mata, 2007)
4. Amado (Marcelo Jeneci e Vanessa da Mata, 2007)
5. Te amo (Vanessa da Mata, 2010)
6. Caixinha de música (Vanessa da Mata, 2017)
7. Impossível acreditar que perdi você (Márcio Greyck e Cobel, 1971)
8. Ninguém é igual a ninguém (Desilusão) (Vanessa da Mata, 2014)
9. Vá pro inferno com seu amor (Meirinho, 1976)
10. É tudo o que eu quero ter (Vanessa da Mata, 2017)
11. Não me deixe só (Vanessa da Mata, 2002)
12. Segue o som (Vanessa da Mata, 2014)
13. Por onde ando tenho você (Vanessa da Mata, 2014)
14. Orgulho e nada mais (Vanessa da Mata, 2017)

'Bandido pé de chinelo': Datena se irrita com homem que o xingou


Durante o "Brasil Urgente", da Band, o apresentador Datena foi chamado de “merda” por um homem suspeito de vender medicamento abortivo na internet. A agressão verbal aconteceu durante a exibição de uma reportagem investigativa e deixou o apresentador fulo da vida.
Na matéria, o repórter mostrava que o homem vendia no site Mercado Livre uma pílula abortiva conhecida como Cytotec, em Jaboatão dos Guararapes, no Pernambuco. Ao se identificar como sendo da equipe de Datena, o profissional foi ameaçado.


"Está querendo investigar quem, seu trouxa? Você é um repórterzinho de merda aí do 'Brasil Urgente'. Você e o Datena são dois merdas", disse exaltado.
De volta ao estúdio, Datena não se segurou e rebateu as ofensas: "Você deve ser um bandidinho pé de chinelo. Enquanto você não é preso, ô seu otário, venha aqui na porta da Bandeirantes cumprir a ameaça de acabar com a minha vida e a do repórter", disse.

Fonte: Catraca Livre

'Eu chamava sertanejo de música de corno', diz Marília Mendonça

Marília Mendonça foi a convidada do programa Conversa com Bial, da TV Globo, exibido na madrugada desta sexta-feira, 15. Sucesso no sertanejo, a cantora contou que não cogitava aderir ao gênero quando era mais nova e soltava a voz ao som de pop e rock. ''Eu era uma das pessoas que chamava sertanejo de música de corno, até acontecer comigo, até eu ser corna'', disse. 
Ela ainda contou que acredita que sua carreira seja produto de uma ''praga'' que recebeu. ''Uma vez, estava cantando debaixo de uma árvore perto de casa e aí chegou um cara e falou: 'já pensou em cantar sertanejo, fazer uma dupla?'. E daí eu disse que não gostava. Ele falou: 'um dia você vai levar um chifre e não só vai cantar como compor também'. E a praga aconteceu''.


A cantora, que também se coloca como conselheira das mulheres nas redes sociais, relatou que ainda é comum elas responsabilizarem 'a outra' pela traição, quando na verdade deveriam descontar o ódio nos maridos que 'pulam a cerca'. ''Se fala tanto em feminismo e a mulherada ainda culpa a outra [pela traição]. Se o cara é casado comigo, está do meu lado, é meu namorado, quem me trai é ele. Como vou culpar a amante se eu não tinha nada com ela?'', questionou.
Sobre o relacionamento com as fãs ela contou histórias inusitadas, como a vez em que uma de 13 anos lhe disse: ''quando eu escuto Marília Mendonça parece que já traí, fui traída'', contou, arrancando gargalhadas de Pedro Bial e da plateia. 
E, apesar de ser a 'Rainha da Sofrência' no Brasil, Marília afirmou que tem um gosto eclético para música. ''Escuto de tudo. Hoje, minha manicure estava fazendo minha unha e eu escutando rap, e ela achou estranho. A música decide meu dia. Pabllo Vittar e Anitta coloco quando estou deprê''. Saiba mais: Marília Mendonça lança DVD com direito a megaprodução e plateia com 40 mil pessoas

Fonte: UAI

Descoberto o planeta mais escuro da Via Láctea


Inacreditável que um planeta soprado pela sua estrela, e assim aquecido até 2.500 graus, reflete só 0,6% da luz recebida e seja o membro mais escuro da nossa galáxia!
Cientistas do Canadá e Grã-Bretanha descobriram qual é o planeta mais escuro da Via Láctea. Esse corpo celeste se localiza na constelação de Auriga e reflete apenas 0,6 % da luz que recebe de sua estrela.
Nos últimos dez anos, os cientistas encontraram milhares de planetas situados fora do nosso Sistema Solar. Uma parte considerável deles são "júpiteres quentes" — planetas extrassolares maiores e mais fáceis de serem observados. No entanto, as temperaturas de suas atmosferas são realmente infernais. Para ter uma noção, se trata de 725 a 2.225 graus Celsius.
Muitos desses planetas são quase invisíveis para os olhos humanos porque são extremamente escuros, sendo que sua atmosfera é composta por grande quantidade de íons de metais alcalinos e outros elementos que absorbem a luz visível.
O planeta mais extraordinário deste grupo é o WASP-12b, que se encontra na constelação de Auriga, à distância de 1.400 anos-luz da Terra.
Além disso, sua estrela sopra sobre o planeta e elimina sua atmosfera, o que, por sua vez, o aquece até 2.500 graus Celsius.
Quando os cientistas analisaram as fotografias do telescópio espacial Hubble, descobriram dados insólitos, a intensidade luminosa do WASP-12b quase não mudou durante um eclipse. Assim, eles concluíram que este "júpiter quente" é quase completamente preto: reflete só 0,6% da luz que recebe.
"Esse nível de albedo [uma medida relativa da quantidade de luz refletida, o que ocorre sobre superfícies de maneira direta ou difusa] é o mínimo para qualquer corpo celeste e indica que esse planeta é mais negro do que o carvão", diz o astrônomo Taylor Bell da Universidade de McGill em Montreal.
Segundo sublinha a equipe, ainda há muito caminho a percorrer quanto à observação e estudo de planetas tão longínquos e únicos. Com informações do Sputnik News.

Fonte: Notícias Ao Minuto

Filho de bin Laden convoca muçulmanos para jihad na Síria


Hamza bin Laden, filho do ex-líder da Al Qaeda Osama bin Laden, morto em 2011, fez uma convocação a todos os muçulmanos para lutarem contra o Ocidente. 
Segundo o Voice of America, Hamza diz em uma gravação para os membros da religião irem para a Síria participar da jihad contra o regime, liderado por Bashar al Assad, que é alauita, não sunita, como o grupo.
"Os jihadistas precisam da ajuda de todos os muçulmanos para continuar" a batalha, declarou Hamza bin Laden.
A Frente Al-Nusra, que luta conta al Assad, afirmou que existe uma aliança entre as organizações. Em 2016, eles anunciaram, inclusive, a mudança de nome para Frente Fateh al Sham.
Hamza vem se preparando desde o final da infância para substituir o pai e reapareceu há cerca de um ano com novas ameaças, principalmente aos Estados Unidos. 
Bin Laden foi o mentor do ataque de 11 de setembro, que completou 16 anos esta semana.

Fonte: Notícias Ao Minuto

"Bingo - O rei das manhãs" é indicado do Brasil para disputar o Oscar 2018


"Bingo - O rei das manhãs", de Daniel Rezende, será o indicado do Brasil para concorrer ao Oscar como o Melhor Filme em Língua Estrangeira, da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, cujo evento ocorrerá em 4 de março de 2018. O anúncio foi feito nesta sexta-feira (15) pela Academia Brasileira de Cinema (ABC). 
A escolha foi feita por uma comissão nomeada pela Academia e formada pelo diretor vice-presidente da entidade, Jorge Peregrino, e por mais seis membros: André Carreira, Iafa Britz, David Schurmann, Doc Comparato, João Daniel Tikhomiroff e Miguel Faria Júnior. O Ministério da Cultura, por meio da Secretaria do Audiovisual (SAV), fez o acompanhamento. 

Bozo
O longa-metragem conta a história de Augusto, vivido por Vladimir Brichta, que interpreta Bingo, palhaço e apresentador de um programa infantil de TV que faz enorme sucesso. Frustrado por não ser reconhecido pelo público, o ator passa a se envolver com drogas nos bastidores da produção.
O filme é a cinebiografia de Arlindo Barreto, um dos intérpretes do palhaço Bozo no programa homônimo dos anos 1980. Recentemente, "Bingo" também foi o escolhido para ser o representante brasileiro a disputar uma vaga na categoria de Melhor Filme Ibero-Americano no Prêmio Goya, que acontecerá em fevereiro de 2018. O filme contou com recursos do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA).
O filme foi escolhido para disputar o Oscar entre 22 candidatos. Também estavam inscritos "A Família Dionti", de Alan Minas, "A glória e a graça", de Flávio Ramos Tambellini, "Café - Um dedo de prosa", de Maurício Squarisi, "Cidades fantasmas", de Tyrell Spencer, "Como nossos pais", de Laís Bodanzky, "Corpo elétrico", de Marcelo Caetano, "Divinas divas", de Leandra Leal, "Elis", de Hugo Prata, "Era o Hotel Cambridge", de Eliane Caffé, "Fala Comigo", de Felipe Sholl, "Gabriel e a montanha", de Fellipe Barbosa, "História antes da história", de Wilson Lazaretti, "Joaquim", de Marcelo Gomes, "João, o maestro", de Mauro Lima, "La vingança", de Fernando Fraiha e Jiddu Pinheiro, "Malasartes e o duelo com a Morte", de Paulo Morelli, "O filme da minha vida", de Selton Mello, "Polícia Federal - A lei é para todos", de Marcelo Antunez, "Por trás do céu", de Caio Sóh, "Quem é Primavera das Neves", de Ana Luiza Azevedo e Jorge Furtado, "Real - O plano por trás da história", de Rodrigo Bittencourt, "Vazante", de Daniela Thomas.

Fonte: Brasil.gov.br

'A Força do Querer': Irene morre no final de forma trágica


O castigo final para Irene (Débora Falabella), em A Força do Querer, será a morte. Segundo publicado nesta quinta-feira (14) pela colunista do jornal "O Globo", Patrícia Kogut Irene morrerá "de maneira espetaculosa". A vilã sofre um aborto, mas compra uma barriga falsa para continuar enganando Eugênio (Dan Stulbach).
A previsão é de que Rubinho (Emílio Dantas) vai morrer em confronto com a polícia. Já Bibi (Jliana Paes), já separada do marido, vai terminar a trama com Caio (Rodrigo Lombardi). Bibi vai ser inocentada e lançará um livro com sua história, em desfecho similar ao da vida real. Glória Perez deseja que a verdadeira Bibi, Fabiana Escobar, faça participação sendo a primeira da fila no lançamento do livro na trama, recebendo autógrafo da personagem de Juliana Paes. A participação, contudo, ainda não está confirmada por conta de críticas de que a trama está glamourizando o crime.


Jeiza (Paolla Oliveira) vai voltar com Zeca (Marco Pigossi). Ritinha (Isis Valverde) vai deixar o filho Ruyzinho (Lorenzo Berbet) com Zeca e Ruy (Fiuk) e vai voltar para o rio, em Parazinho, vivendo sua vida de sereia livre.
Segundo a coluna, somente Ivan (Carol Duarte) tem desfecho em aberto. A ideia mais possível é que ele termine com Cláudio (Gabriel Stauffer). Ele volta na última semana da novela e vai se assustar ao ver a ex, mas consegue enxergar sua antiga namorada em Ivan. A morte da personagem está totalmente descartada e Ivan terá final feliz.

A novela termina em 20 de outubro.

Fonte: iBahia

Marcelo Rezende piora e tem falência múltipla dos órgãos


Na luta contra o câncer, o apresentador da TV Record, Marcelo Rezende, teve sua situação agravada nos últimos dias. Segundo o colunista do programa "Melhor Pra Você", Vladmir Alves, da Rede TV!, Rezende teve falência múltipla dos órgãos, em decorrência de uma pneumonia. 
"O câncer avançou e comprometeu todo o aparelho digestivo. Há, também, séria falência em alguns órgãos", afirmou Alves. O jornalista está sob observação no hospital Moriah, na Zona Sul de São Paulo, desde a última terça-feira.

Em maio, Marcelo Rezende foi diagnosticado com câncer no pâncreas, que também atingiu o fígado. Durante o tratamento, ele optou por não fazer quimioterapia, por uma razão religiosa. 
Com 30 anos de profissão, o apresentador comandava o programa policial "Cidade Alerta", da Record,quando se afastou devido à doença. Rezende também tem passagens pelas organizações Globo, RedeTV! e Bandeirantes.

Fonte: UAI.com.br