segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Cantor Belo é intimidado por dívida de R$ 300 mil


O cantor Belo foi intimado pela Justiça por acumular uma dívida de R$300 mil de aluguel.
De acordo com o ‘Uol’, a determinação aconteceu no início deste mês e está relacionada ao imóvel que o músico aluga no Jardim Paulista, em São Paulo (SP).
Apesar de a intimação ser recente, o processo corre na 33ª Vara Cível da capital paulista desde abril.
Ainda de acordo com a publicação, o artista já está sem pagar integralmente o que deve desde outubro de 2016 – quando os cheques que ele depositou voltaram.
Além do aluguel, o músico não teria quitado o IPTU e as contas de água e luz. Por isso, Belo corre risco de ser despejado.
Apesar disso, vale lembrar que, no início de junho, a advogada do cantor, Vivian Campos, negou que ele estivesse inadimplente.
"Foi acertado o valor de R$10 mil. Quando foi formalizar a renovação, eles ajuizaram a ação", disse na ocasião.

Fonte: Catraca Livre

Furacão Maria atinge categoria máxima em passagem pelo Caribe

O furacão Maria atingiu a Dominica nesta segunda-feira como categoria cinco, com força máxima, passando pelas ilhas do Caribe, que ainda se recuperam de Irma, informaram meteorologistas norte-americanos.
O furacão tocou solo por volta das 01H15 GMT (22H15 horário de Brasília) com os ventos superiores a 257 quilômetros por hora, afirmou o Centro Nacional de Furacões, com sede em Miami, citando dados de radar da Martinica e da Força Aérea Hurricane Hunter.
Maria se tornou ao cair da noite um furacão "potencialmente catastrófico" e "extremamente perigoso" em seu trajeto rumo ao nordeste, que o levará na quarta-feira a passar por Porto Rico.
Desde a tarde, moradores de Dominica, que tem 73 mil habitantes, reportaram nas redes sociais chuvas intensas, fortes ventos, inundações e ondas no litoral.
O ciclone atingiu ventos de até 257 quilômetros por hora enquanto se encontrava a apenas 25 quilômetros de Dominica à 00h00 GMT de terça-feira (21H00 de segunda-feira, horário de Brasília).
O primeiro-ministro de Dominica, Roosevelt Skerrit, ordenou aos moradores que vivem nas áreas baixas que se retirassem para as zonas mais altas.
"Não esperem que o rio transborde para então tentar cruzá-lo ou caminhar através de ruas inundadas", advertiu em coletiva de imprensa.
As ilhas francesas de Martinica e Guadalupe passaram nesta segunda-feira o alerta "violeta", o nível máximo nivel, que leva ao confinamento da população.
"Tenho velas, lâmpadas e comida. Tenho verduras em conserva e gás. Se não houver eletricidade, aguentarei. As janelas estão fechadas, tudo está tapado", diz à AFP Anne-Marie, de 84 anos, moradora de Rivière-Salée, no sul de Martinica, preparada para a chegada do ciclone.
As autoridades francesas ordenaram a evacuação imediata das zonas de risco de Guadalupe, outra ilha francesa na região.
Maria atingirá "o extremo nordeste do Mar do Caribe na terça-feira e se aproximará de Porto Rico e das Ilhas Virgens na terça-feira à noite e na quarta-feira", acrescentou o NHC em seu comunicado.
O NHC emitiu advertências de furacão para as ilhas de Dominica, São Cristóvão e Névis, Montserrat, Martinica, Porto Rico (particularmente para suas ilhas Vieques e Culebra) e as Ilhas Virgens americanas e britânicas.
Também emitiu avisos de furacão para Saba, Santo Eustáquio, São Bartolomeu (Saint Barth), São Martinho (Saint Martin) e Anguila.
Na República Dominicana, as autoridades decretaram a evacuação preventiva das zonas vulneráveis, que devem sentir os efeitos de Maria a partir de quarta-feira.
O diretor do Centro de Operações de Emergências (COE), Juan Manuel Méndez, disse em entrevista coletiva que as evacuações ocorrerão até a tarde de quarta-feira.
Nove das 32 províncias da República Dominicana estão em alerta por causa de Maria, a maior parte no norte do país.

- Europa envia ajuda -
França, Reino Unido e Holanda foram criticados pela demora em enviar ajuda e reforços policiais às suas ilhas após a passagem de Irma.
No domingo, a Cruz Vermelha transportou 11 toneladas de ajuda procedente da Holanda para Saint Martin, ilha dividida em duas zonas, uma francesa e outra holandesa.
A Marinha holandesa indicou que algumas tropas se dirigiam para as ilhas de Saba e Santo Eustáquio, que registraram saques após a passagem de Irma, para garantir a segurança da região.
Depois de ser acusado de falhar na prevenção durante a passagem do Irma, o ministro francês do Interior, Gérard Collomb, anunciou no domingo (17) que enviará cerca de 110 membros da Defesa Civil.
Mas Collomb advertiu que haverá "problemas maiores" se Guadalupe for golpeada com força, pois o território é o centro logístico a partir de onde a França envia ajuda a Saint Martin e organiza os transportes aéreos.
A previsão é que Maria chegue ao sul de Saint Martin (holandesa) na terça-feira. Irma deixou 14 mortos em sua passagem nesta ilha.

- Voos cancelados -
As companhias aéreas Air France, Air Caraibes e Corsair cancelaram os voos com procedência ou destino na Martinica e Guadalupe.
Um segundo furacão, José, também está ativo no Atlântico e desencadeou alertas de tempestades tropicais para o nordeste dos Estados Unidos.
Irma, que deixou cerca de 40 pessoas mortas no Caribe antes de atingir a Flórida, onde morreram ao menos 20 pessoas, bateu recordes com ventos de até 295 km/h.

Fonte: CLIC RBS

Por onde anda a atriz Rosane Gofman, a Cinira de Tieta (1989) e a Constância de Por Amor (1997)?

Rosane em cena na novela Êta Mundo Bom! (2016)
A atriz Rosane Gofman encarnou a fogosa Cinira, que tinha uma paixão retraída por Osnar, personagem de José Mayer, na novela Tieta (1989), e a empregada de Helena (Regina Duarte), Constância, também chamada de Tadinha, em Por Amor (1997). Ambas foram transmitidas em horário nobre, e desde maio estão no ar no Canal Viva.
Rosane está fora da telinha desde o fim de Êta Mundo Bom!, em agosto do ano passado. Este ano, a atriz está em cartaz com a peça 'Mulheres em Autoajuda', que aborda o universo feminino depois dos 50 anos.

Rosane Gofman em 2017
Mais sobre Rosane
Rosane nasceu no Rio de Janeiro (RJ) em 18 de outubro de 1961, e além de atriz, é diretora de teatro. É casada, mãe de três filhos e irmã da também atriz Betty Gofman, que está no ar como a tia de Carine, Jacira, em 'A Força do Querer'.

Rosane Gofman em Tieta (1989)

Antes de ser atriz, Rosane estudava fonoaudiologia, mas como queria muito atuar desde a infância, largou a faculdade e em 1975 entrou na escola de teatro O Tablado, onde atuou em várias peças.

Rosane em cena na novela História de Amor (1995)

Rosane em Chocolate com Pimenta (2003)
Em Caminho das Índias (2009)
Rosane em 2010, quando estava no ar em Escrito nas Estrelas
Estreou na televisão em 1983, na novela Louco Amor, e desde então tem participado de várias outras atrações, conseguindo pôr em seu currículo as secretárias Roseli e Wal de Chocolate com Pimenta (2003) Caminho das Índias (2009), respectivamente; a ginecologista Petra Van Preta, que acompanhava a gravidez de Mina (Cláudia Raia) em O Beijo do Vampiro (2002); a costureira solteirona Mundinha em Escrito Nas Estrelas (2012), a empregada Valdirene em Amor Eterno Amor (2012) e a atriz de radionovelas Olímpia Castelar em Êta Mundo Bom.

#PorOndeAnda a atriz Regina Braga, a Lídia de 'Por Amor'?

Regina Duarte como Lídia em Por Amor (1997)
Regina Braga é natural de Belo Horizonte (MG) e nasceu no dia 28 de setembro de 1945. É esposa do médico Dráuzio Varella e mãe do também ator Gabriel Braga Nunes. Em Por Amor, ela era a cabeleireira Lídia, esposa do alcoólatra Orestes (Paulo José) que lutava junto com ele contra o álcool, e mãe da pequena Sandra (Cecília Dassi), que conquistou o público pela sua atuação, e de Fernando (Eduardo Moscovis), um dos protagonistas da novela.
Regina estava, ali, na sua segunda novela dentro da emissora. Sua estreia na Rede Globo foi na novela das sete 'Deus Nos Acuda', em 1992, quando ela tinha 47 anos. Já foi escalada para as novelas O Beijo do Vampiro (2002), Mulheres Apaixonadas (2003), Ti Ti Ti (2010), e a última, até agora, A Lei do Amor (2016), onde viveu a deficiente visual Sílvia Noronha.
'Por Amor' pode ser vista no Canal Viva desde 08 de maio, às 23hrs e 13h30 da tarde.

Regina Braga e Murilo Benício em 'Ti Ti Ti' (2010)
A atriz fez apenas três filmes no cinema. O último, até agora, é o biográfico 'Irmã Dulce', em que viveu a protagonista título, morta em 1992 aos 77 anos.
É bissexual assumida, afirmando que todos os seres humanos sentem atração sexual tanto por homens quanto por mulheres.
A última aparição da atriz foi no programa 'Persona Em Foco' no dia 13 deste mês, na TV Cultura.


#AnteneSe - 100 perguntas sem respostas

O Globo - Para muitas perguntas, há respostas, desde que se refiram ao mundo material e à sequência de certos eventos verificáveis; se não fosse assim, não haveria tecnologia ou medicamento que funcionasse, a matemática seria uma ilusão e os prédios seriam castelos de areia. Todas as outras perguntas, porém, continuam sem resposta, a não ser que se recorra à fé, embora o próprio Papa tenha admitido, em livro quando era cardeal, que não é possível crer em Deus sem duvidar de sua existência. E sempre que a Ciência insiste em tudo saber, esbarra nos próprios limites da mente humana. Abaixo, uma lista de 100 perguntas fundamentais que ninguém é capaz de responder.

1. Quem somos?
2. De onde viemos?
3. Para onde vamos?
4. Algo existe?
5. Por que existe algo, em vez de nada existir?
6. De onde vem o que existe?
7. Se houve um começo, o que havia antes?
8. Se antes não havia nada, do que era feito?
9. Se o nada era vácuo, onde se situava?
10. É possível algo ter sempre existido?
11. Ou que tudo tenha sempre existido?
12. É possível que algo vá sempre existir?
13. Se tudo tem um fim, o que virá depois?
14. A mente é capaz de conceber o nada?
15. Como é o nada?
16. Como é o infinito?
17. Como é a eternidade?
18. Ou o nada só é possível após a morte, posto que dela nada se perceberia?
19. Há uma vida após a morte?
20. Houve uma vida antes da vida?
21. A mente é capaz de enxergar o absoluto?
22. Existe o absoluto?
23. Existe uma coisa em si?
24. O que é o eu?
25. O eu está dentro do ser?
26. O eu é aquele que é visto de fora do ser?
27. O eu de dentro pode se somar ao eu de fora?
28. É possível alguém “se enxergar” de uma maneira completa?
29. O que é o outro?
30. É possível se colocar no lugar do outro?
31. O que é o amor? O amor existe?
32. A mente é capaz de entender um limite material que não possa ser “furado”?
33. Um deus todo-poderoso, ou qualquer tipo de deus, existe?
34. Se existe, o que é?
35. Se existe, como é?
36. Se existe, quem o criou?
37. Se existe, o que havia antes dele?
38. Se ele criou tudo, onde estava antes?
39. Se criou, foi a partir do nada que ocupava?
40. Se criou, criou outros mundos?
41. Se era imaterial, onde se situava?
42. Existe um só universo ou vários?
43. Quantos universos existem?
44. Qual o tamanho do multiverso?
45. Algo infinito tem um tamanho?
46. Quantas dimensões existem?
47. É possível somar dimensões?
48. Há vida fora da Terra?
49. A distância permite testemunhá-la?
50. Qual a natureza da gravidade?
51. Qual a natureza do tempo?
52. Divino ou não, o Universo é permeado por uma inteligência natural?
53. Se há , ela é capaz de uma “liberdade”?
54. Existe liberdade?
55. O que é ser livre?
56. Podemos modificar o curso de eventos?
57. Ou seguem um desencadeamento lógico?
58. A autonomia é uma ilusão?
59. Somos um, ou tudo?
60. Existe alma?
61. Se existe, onde está?
62. Está “lá fora”?
63. Ou é só um nome para o pensar?
64. O pensar é só fisiológico?
65. A espécie irá sobreviver?
66. Uma coisa é capaz de pensar?
67. O ser vivo é melhor que um objeto?
68. A alma é um objeto?
69. Os sonhos fazem parte do real?
70. O que é o real?
71. É o que se vê, sente, toca, ouve, diz?
72. O que não se vê é real?
73. O que um cego vê é menos real?
74. Existe o bem?
75. Existe o mal?
76. O bem e o mal são culturais?
77. O humano é importante para o cosmo?
78. O humano está no topo da evolução?
79. A ciência pode tudo?
80. Alguma coisa é verdade?
81. Algo tem uma resposta definitiva?
82. A razão tem razão?
83. A razão desconhece suas razões?
84. A vida é bela?
85. O que é o belo?
86. Existe o belo ou ele é só o medo?
87. A concórdia é possível?
88. A espécie é viável?
89. A consciência é uma coisa boa?
90. A consciência da morte é o fim?
91. Ainda é possível olhar a noite?
92. O humano permanecerá humano?
93. Seremos máquinas?
94. Somos máquinas?
95. Temos algum poder?
96. Sabemos algo?
97. A existência é a charada?
98. Ou, simplesmente, nos é dada?
99. Sabemos viver?
100. Saberemos morrer?

Assaltante esfaqueia bebê de três meses por causa de celular em Bauru


Por causa de um celular, mãe e filha foram feridas por um criminoso durante um assalto em Bauru (SP). A vítima em nenhum momento reagiu e entregou o dinheiro rapidamente, mas nem isso foi suficiente para evitar o ataque uma rua tranquila de um bairro residencial e em plena luz do dia. O crime aconteceu no último sábado (16).
Mãe e filha estavam na calçada e seguiam para um supermercado que fica no bairro, quando dois homens em uma moto passaram por elas. O garupa desceu e encurralou as duas. Armado com faca, o criminoso exigiu dinheiro e o celular da vítima, no entanto, a mulher não estava com o aparelho.
A dona de casa Débora Ricci entregou R$ 50 que gastaria nas compras, mas não foi o suficiente pra se ver livre do criminoso.
"Eu entreguei o dinheiro para ele e disse que não tinha mais nada, mas ele insistiu, não sei se ele achava que eu tinha escondido o celular entre a bebê e eu, ele ficou dizendo que eu não tinha só isso e pediu o celular."


Débora contou que na hora não tinha ninguém na rua. Desesperada e sem reação, ela voltou pra casa que fica cerca de 30 metros do local da abordagem e ligou pra os parentes que levaram as duas até o pronto-atendimento.
A dona de casa teve que receber quatro pontos para fechar o ferimento, já a bebê, levou três pontos no braço. O ataque, durante o dia, apavorou a família que agora tem receio de sair de casa. "Em pleno sábado de manhã fazem isso, imagina quem precisa sair à noite, para trabalhar. Está complicado."
Até a manhã desta segunda-feira (18) nenhum suspeito havia sido preso. Mãe e filha vão passar pelo exame de corpo de delito ainda nesta tarde.

Fonte: bG1

Justiça permite que psicólogos tratem homossexualidade como doença


RIO — A Justiça Federal do Distrito Federal tomou uma decisão, em caráter liminar, que deixa psicólgos livres para oferecer tratamentos contra a homossexualidade. A medida, que acolhe parcialmente o pedido de liminar de uma ação popular, impede que o Conselho Federal de Psicologia (CFP) proíba os psicólogos do país de prestar atendimento referente a orientação sexual.
Tratamentos de "reversão sexual" são proibidos nos consultórios do Brasil por uma resolução do CFP de 1999. Para editar o documento, o conselho se baseou num movimento da Organização Mundial da Saúde (OMS), que deixou de considerar a homossexualidade uma doença em 1990.
De acordo com a decisão do juiz federal Waldemar Cláudio de Carvalho, sua decisão tem como objetivo não privar o psicólogo de estudar ou atender a pessoas que "voluntariamente venham em busca de orientação a cerca de sua sexualidade".
"Por todo exposto, vislumbro a presença dos pressupostos necessários à concessão parcial da liminar, visto que: a aparência do bom direito resta evidenciada pela interpretação dada a resolução nº 001/1990 pelo CFP (Conselho Federal de Psicologia), no sentido de proibir o aprofundamento dos estudos científicos relacionados à (re)orientação sexual, afetando, assim, a liberdade científica do país e por consequência seu patrimôno cultural na medida em que impede e inviabiliza a investigação de aspecto importantíssimo da psicologia qual seja a sexualidade humana", informou Carvalho na decisão.
Segundo o magistrado, os autores da ação (psicólogos) encontram-se impedidos de cliniciar ou promover estudos científicos a cerca da reorientação sexual, "o que afeta os eventuais interessados nesse tipo de assistência psicológica".


A Resolução 01/99 do Conselho Federal de Psicologia (CFP) orienta os profissionais da área a atuar nas questões relativas à orientação sexual. A norma do CFP determina que os psicólogos não exercerão qualquer ação que favoreça a patologização de comportamentos ou práticas homoeróticas, nem adotarão ação coercitiva tendente a orientar homossexuais para tratamentos não solicitados.

O Conselho Federal de Psicologia emitiu uma nota em que se posiciona contrário à ação popular.
"O Conselho Federal de Psicologia se posicionou contrário à ação, apresentando evidências jurídicas, científicas e técnicas que refutavam o pedido liminar. Os representantes do CFP destacaram que a homossexualidade não é considerada patologia, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) – entendimento reconhecimento internacionalmente. Também alertaram que as terapias de reversão sexual não têm resolutividade, como apontam estudos feitos pelas comunidades científicas nacional e internacional, além de provocarem sequelas e agravos ao sofrimento psíquico."

O CFP diz no texto que a resolução 01/99 produz "o enfrentamento aos preconceitos e na proteção dos direitos da população LGBT no contexto social brasileiro, que apresenta altos índices de violência e mortes por LGBTfobia. Demonstrou, também, que não há qualquer cerceamento da liberdade profissional e de pesquisas na área de sexualidade decorrentes dos pressupostos da resolução".
A decisão liminar do juiz federal Waldemar Cláudio de Carvalho mantém a integralidade do texto da Resolução 01/99, mas determina que o CFP a interprete de modo a não proibir que psicólogas (os) façam atendimento buscando reorientação sexual. Ressalta, ainda, o caráter reservado do atendimento e veda a propaganda e a publicidade.
O CFP informa que o processo está em sua fase inicial e afirma que vai recorrer da decisão liminar, bem como lutará em todas as instâncias possíveis para a manutenção da Resolução 01/99, motivo de orgulho de defensoras e defensores dos direitos humanos no Brasil.

Fonte: O Globo

Fergie fala sobre as divas brasileiras em entrevista à Globo


Fergie concedeu uma entrevista para o site G1, da Globo, onde falou sobre várias divas brasileiras e o que acha de cada uma. Ela começou falando de Ivete Sangalo, dizendo que já a conhece e que amou seu show no Rock In Rio na sexta-feira.
Ao mostrarem o clipe de "Paradinha", da Anitta, Fergie até fez a coreografia e disse que amaria uma parceria com ela. Anitta cantaria com a Duquesa no Rock In Rio, porém, por problemas de agenda, isso não foi possível, mas ainda há planos para parceria! Sobre gravar um dueto, Fergie disse: "Eu tive uma conversa por telefone com ela há algumas semanas. Ela é incrível. É um sonho, a gente amaria. Conversamos um pouco sobre isso. Isso seria lindo. É minha garota! Eu a amo!".
Fergie também falou sobre Pabllo Vittar, uma drag queen que vem fortalecendo seu nome na música brasileira. As duas performaram juntas a música "Glamorous" e "Sua Cara" no show de Fergie no Rock In Rio. (Re)Veja essa momento clicando aqui.
"Eu conheço Pabllo também. Vi ela ontem no Rock in Rio. Incrível" - disse a norte-americana. E ao reproduzirem o clipe "K.O.", ela fez seus comentários: "Meu Deus, ela é incrível. Essa é K.O. Diva. Esse rosto, esse corpo. Essa performance, essa voz".
E não parou por aí. Mostrando que está bem ligada na música brasileira, a dona do hit "Fergalicious" ainda elogiou bastante Elza Soares. Foi questionada se ainda cantaria com a idade que Elza possui hoje e Fergie respondeu: "Eu não sei, se eu conseguir ser tão boa assim, talvez. Mas ela é matadora e eu não sei. Eu não sei se consigo".
Para finalizar, a entrevistadora apresentou um clipe de Karol Conkápara Fergie, que se surpreendeu por nunca ter visto algo do tipo antes. E ela logo soltou um "amei"!
Assista ao vídeo da entrevista clicando aqui.

Fonte: Mundo Black Eyed Peas

#DanceMania - Roger Sanchez - 2Gether


Em 2010, o DJ Roger Sanchez, que já era conhecido pelos hits Another Chance e Lost, lançava outra canção que também veio a se tornar um hit. Em parceria com Far East Movement e Kanobby, Roger criou 2gether, um sampler de "Love Shack", da banda The B-52's. No Brasil, 2gether ganhou o remix de Tiko's Groove, e entrou para coletâneas lançadas pela Building Records, como Rota 89 - Verão 2011, Na Balada - Hits 2010, Pista Máxima 2010, Spirit Of London - Blue, Skol Sensation - Os Mistérios de Wonderland.

Morte de Marcelo Rezende reacende polêmica sobre tratamentos alternativos


A escolha do jornalista Marcelo Rezende de desistir do tratamento convencional na luta o contra câncer de pâncreas que o levou à morte neste sábado (16) reacendeu a discussão sobre a busca de meios alternativos para combater a doença. A polêmica foi ainda realimentada nas redes sociais por um tuite do músico gaúcho Esteban Tavares, ex-Fresno: "Marcelo Rezende embalou negando a medicina e acreditando na cura divina", escreveu.
Apresentador de programas como Linha Direta, da Globo, no fim da década de 1990, e Cidade Alerta, na Record, última emissora, Rezende descobriu o câncer em maio, em um estágio já avançado. Começou a fazer quimioterapia, mas desistiu. Em um de seus vídeos sobre a sua batalha postados em redes sociais, reclamava que "as drogas que me aplicam mais parecem que vão me matar do que me salvar". Optou por retiros espirituais e um tratamento alternativo baseado na alimentação, com uma dieta composta por proteínas e gorduras, sem carboidratos.
Especialistas consultados por Zero Hora ressaltam que, apesar da necessidade de respeitar a escolha do paciente, as estatísticas mostram que a fuga de tratamentos convencionais, em regra, não leva a resultados promissores. O médico oncologista Stephen Doral Stefani, do Hospital do Câncer Mãe de Deus, ressalta que, nos casos de câncer, a chance de morte no curto prazo é 2,5 vezes maior quando há a tentativa de buscar saídas apenas fora da ciência.

— Estatisticamente falando, em casos como o dele, os pacientes poderiam viver muito mais e melhor — diz Stefani.

Para o oncologista, a despeito de a escolha do paciente dever ser respeitada, a decisão precisa ser feita após o médico prestar todas as informações científicas, para a posição ser consciente. Stefani avalia que o caso de Rezende, pelo pouco tempo de vida após descobrir a doença, vai desencorajar pessoas a arriscarem tratamentos alternativos.
O professor de oncologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul Gilberto Schwartsmann faz advertência semelhante:
— Tratamentos fora da ciência, em princípio, trazem maus resultados. Historicamente, os grandes avanços da humanidade partiram de observações científicas que depois foram comprovadas — lembra.

Mesmo assim, escolhas como a de Rezende precisam ser de certa forma compreendidas, observa o médico:
— Não podemos ter a pretensão de impedir as pessoas de fazerem as suas próprias escolhas. É preciso se colocar no lugar do outro e entender seu desespero e insegurança.

Schwartsmann, no entanto, pondera: a procura por apoio fora do tratamento convencional deve ser aceita desde que não seja algo prejudicial ao paciente.

Fonte: Zero Hora

Filme dirigido por Angelina Jolie representará Camboja no Oscar


VEJA - O filme First They Killed My Father foi o indicado pelo comitê de seleção do Oscar do Camboja para representar o país na premiação. Agora, o longa dirigido por Angelina Jolie disputará uma indicação para a categoria de melhor filme estrangeiro. “Isso representa um grande passo para todos os envolvidos na produção. Trabalhar com artistas locais para levar essa história adiante tem sido uma experiência introspectiva e comovente”, afirmou Jolie em uma declaração para a imprensa.
O quarto filme da americana é baseado no livro homônimo de memórias da cambojana Loung Ung. A trama conta a história da autora ainda criança em 1975. Quando a capital do país foi tomada pelo regime comunista do Khmer Vermelho, Ung teve que se mudar para o interior com a família, onde viveu em um campo de trabalho forçado em constante medo, fome e ameaça de ser separada dos pais e irmão.
De acordo com a revista americana The Hollywood Reporter, o comitê cambojano defendeu o filme reforçando sua importância como instrumento de memória do país. “O diálogo é mínimo e funciona bem com a história contada através de imagens intensas. Os membros do comitê, como a comunidade do país, acharam o filme catártico, ao trazer memórias muitas vezes esquecidas”.
O longa é produzido pela Netflix e já está disponível no serviço de streaming. No Camboja, a produção também entrou em cartaz nos cinemas. Jolie, que adotou um filho no país e em 2005 recebeu a nacionalidade cambojana, acreditava que seria importante garantir uma boa distribuição para a população local. “Estamos fazendo esse filme primeiramente e principalmente para o Camboja”, afirmou a diretora na première americana. 
Essa poderá ser a segunda estatueta de Angelina Jolie, que já ganhou o Oscar de melhor atriz coadjuvante em 2000 por Garota, Interrompida.

'A Força do Querer' bate novo recorde semanal


O folhetim de Glória Perez está botando pra quebrar no quesito audiência, e a autora e a emissora tem muito que comemorar! A Força do Querer conseguiu, entre os dias 11 e 16 de setembro, uma média de 40,5 (41) pontos, algo nunca mais visto desde a última semana de Império, que conseguiu 39,8 (40) pontos. Faltando apenas 29 capítulos para o fim, a novela conseguiu acumular 34,5 (35) pontos e conseguiu ultrapassar sete antecessoras.

Insensato Coração: 35,7 (36)
Fina Estampa: 39
Avenida Brasil: 38,7 (39)
Salve Jorge: 33,9 (34)
Amor à Vida: 35,5 (36)
Em Família: 29,6 (30)
Império: 32,7 (33)
Babilônia: 25,4 (25)
A Regra do Jogo: 28,5 (29)
Velho Chico: 29
A Lei do Amor: 27,2 (27)

Inês Brasil diz que vai doar prêmio ao Criança Esperança e Silvio Santos a chama de 'traidora'


Inês Brasil esteve no Programa Silvio Santos, do SBT, na noite deste domingo (17) para jogar o Jogo das três pistas, ao lado de Monique Evans. Empolgada com a possibilidade de ganhar a competição, a cantora prometeu doar o prêmio em dinheiro ao Criança Esperança, projeto da Globo. "Vocês estão escutando o dinheiro que eu ganhar eu não vou levar para casa, eu vou dar para o Criança Esperança", disse ela, surpreendendo a plateia.
O apresentador pareceu se irritar com a afirmação. "Traidora. Vai dar para a Globo? Vem aqui fazer propaganda da Globo, tem que dar para o Teleton que não é da Globo", disse Silvio, que contou com a insistência de Inês e sentenciou: "Você está me ofendendo. Não quero esse nome no SBT". Inês Brasil já havia sido convidada para participar da atração anteriormente, mas não compareceu às gravações. Desta vez, a artista se desculpou pela ausência depois de ser acusada ter faltado pelo cachê.
"Não foi, Silvio. Eu vou falar a verdade em nome de Jesus. Eu não vim porque você sabe, né, Silvio? Eu tenho 47 anos graças a Deus. Tenho duas filhas e tenho duas netas e um neto, coisa que eu não gosto de falar, mas eu estou falando aqui. Eu sou uma avó nova, que com 37 anos eu já era avó e fiquei revoltada, mas é a vida. O negócio é a gente progredir e fazer amor, melhor do que tocar o terror", afirmou.
Perguntada se já considerou entrar a política, Inês retrucou que não tem "estudos". "Não vou sair candidata, vão me matar igual mataram o Tancredo (Neves) e o Kennedy. E eu não tenho muito estudo, entendo de homem", disse. Ela também reassistiu à passagem pelo The noite, talk-show no qual fez Danilo Gentili tirar a roupa. "Não manda o Danilo embora, se não eu danço no cabaré para sustentar ele", falou, na ocasião.

Fonte: Diário de Pernambuco

Patricia Abravanel revela possível nome para filha e vira piada em programa


A apresentadora Patrícia Abravanel, que já é mãe de um menino, de 3 anos, contou, durante o “Programa Silvio Santos”, que está em dúvida de qual nome dar à filha, que nasce em janeiro de 2018.
“Ainda estou negociando com meu marido, ele quer homenagear a avó dele. Sei que ela foi muito importante, mas não sei se o nome é tão lindo assim: Jane”, disse, que logo foi zombada por Lívia Andrade.
“Escolhe outro. Imagina na escola, vão gritar: ‘Jane, cadê o Tarzan?'”. Patrícia, no entanto, confessou que possui outros nomes em mente. “É que tem o maior apego pelo nome… Mas outros que estão na minha lista são Beatriz e Luiza”.
Substituindo Eliana aos domingos no SBT, a apresentadora acabou perdendo o seu programa na emissora, o “Máquina da Fama”, que vai ao ar nas noites de segunda-feira.
Em entrevista ao UOL, ela fez um desabafo emocionante sobre o fim da atração. “Alguns vão ficar na memória e no coração para sempre. Mas, chegou o momento da nossa despedida”, lamentou Patricia.
O diretor do programa, Michael Ukstin, também falou sobre o assunto. “[Foram shows] fantásticos, revelando novos cantores, recebendo grandes artistas e descobrindo talentos da própria apresentadora”, disse ele, após mais de 170 edições.
Segundo Ukstin, foram 900 participantes e 1.050 shows. Nesta segunda, Patrícia recebe Solange Almeida, ex-aviões do Forró, que falará sobre a carreira solo, músicas que canta desde a infância e como dribla o filho ciumento, e vários covers.
As apresentações serão com os covers de “Sua Cara”, de Pabllo Vittar e Anitta, Wesley Safadão e Shakira e Maluma. No final da gravação, Patricia se emocionou e anunciou o fim do programa ao público de casa. A despedida também irá ao ar.
“Há 4 anos eu nem imaginava que viveria tantas emoções, que aprenderia muito neste palco e que conheceria pessoas super talentosas”, disse ela.

Fonte: Tribuna Hoje

#FamososQuePartiram - A trajetória do apresentador Marcelo Rezende


Nome Completo: Marcelo Luiz Rezende Fernandes
Nascimento: 12 de novembro de 1951
Local: Rio de Janeiro (RJ)
Profissão: jornalista, repórter, apresentador de televisão
Morte: 16 de setembro de 2017
Idade: 65 anos
Local: São Paulo (SP)
Causa da morte: Câncer no pâncreas com metástase no fígado


Marcelo Rezende morreu na noite deste sábado, 16, depois de meses lutando contra um câncer no pâncreas, descoberto ainda no começo do ano. Ele tinha 65 anos, deixa a namorada, Luciana Lacerda, um irmão não-biológico e cinco filhos, sendo cada um filho de uma mulher diferente.
Nasceu em 12 de novembro de 1951 no Rio de Janeiro (RJ), em uma família de classe média baixa. Nunca cursou ensino superior de jornalismo, e dizia que sua escola "foi na rua, na vida". Interessou-se pelo jornalismo aos 17 anos, quando não queria nada com os estudos e estava prestes a virar hippie. Seu primeiro emprego foi como estagiário, no Jornal dos Sports, mas foi demitido pois, segundo seu então chefe, "não levava o menor jeito para ser jornalista". Pouco anos mais tarde, Rezende conseguiu rapidamente um emprego na Rádio Globo, sendo depois copidesque do jornal O Globo, tendo a oportunidade de se aproximar de seu ídolo, Nelson Rodrigues, além de ser colega de trabalho de Tim Lopes. Trabalhou na revista paulistana Placar, da Editora Abril, cobriu a Seleção Brasileira em duas Copas do Mundo, em Jogos Olímpicos, e o título mundial do Flamengo e Grêmio, em 1981 e 1983, respectivamente.
Em 1987, Marcelo estreia na Rede Globo, nesse mesmo ramo, como repórter do Globo Esporte, onde ficou até 1990, ano em que virou repórter de três programas da emissora por nove anos: Fantástico, Globo Repórter e Jornal Nacional. Marcelo ganhou dois prêmios, APCA e Liberó Badaró, por cobrir as sessões de espancamento e assassinato dos moradores da Favela Naval, em Diadema (SP). Seu primeiro trabalho como apresentador foi no programa Linha Direta, de 1999 até 2000, quando deixou a Rede Globo e ficou dois anos sem trabalho. Em 2002, foi contratado pela RedeTV! para apresentar o programa Repórter Cidadão e, no ano seguinte, transferido para a Rede Record, trabalhando lá entre 2004 e 2005 no programa Cidade Alerta. No ano seguinte, Marcelo volta para a RedeTV!, permanecendo nela até 2008, no programa RedeTV! News. À partir daí, o apresentador voltou a ficar mais dois anos sem aparecer na televisão por não encontrar oportunidades de trabalho, até que, no final de 2009, fez um desabafo no programa da Márcia Goldschmidt, da Rede Bandeirantes, que logo o chamou para apresentar o Tribunal na TV, que ficou no ar entre maio de 2010 e fevereiro do ano seguinte, quando ele foi contratado novamente para ser repórter do Domingo Espetacular e apresentador do Repórter Record e da nova fase do Cidade Alerta, até maio deste ano, quando precisou se afastar para tratar o câncer.





Nos últimos anos em que esteve na televisão, abordava temas polêmicos no Cidade Alerta usando bom humor e botando apelidos em seus colegas de programa, conquistando o público que assistia e repetia alguns bordões, como "corta pra mim", "sapeca iaiá", "olha o sururu" e "dá trabalho pra fazer" (referindo-se a qualquer matéria exibida pelo programa).
"Corta pra mim" virou título do primeiro livro lançado pelo jornalista em 2013. Corta Pra Mim: os bastidores das grandes investigações foi para as lojas em 2013 pela editora saraiva, e contou toda a sua trajetória no jornalismo.
Quando descobriu a doença, Marcelo começou a fazer a quimioterapia, mas teve que interromper o tratamento por motivos religiosos. "Algumas pessoas, ainda bem que foram poucas, me chamaram de covarde. Mas como posso ser covarde se cada passo que eu dou é orientado pelo meu Pai?".
Caso ficasse curado, Marcelo planejava ajudar outras pessoas que também passasse pela mesma dificuldade. "Ajudar cada vez mais aqueles que precisam".



O apresentador Marcelo Rezende ganhou uma paródia no humorístico Tá No Ar: a TV na TV, transmitido pela Rede Globo. Welder Rodrigues, conhecido por interpretar o Jajá (casado com Juju) no Zorra Total, deu vida ao apresentador do Jardim Urgente "Jorge Bevilacqua", que exibia vários 'crimes' e 'ilegalidades' envolvendo crianças.


Foi sepultado ontem o corpo do jornalista e apresentador Marcelo Rezende


Quando o velório, ocorrido na Assembléia Legislativa, terminou, o corpo do jornalista e apresentador Marcelo Rezende seguiu para o Cemitério de Congonhas, zona sul de São Paulo, sendo levado pelo corpo de bombeiros.
A cerimônia de sepultamento foi restrita apenas à família, e os fãs de Marcelo ficaram apenas na entrada do cemitério, aplaudindo o momento em que o caminhão chegou ao local.
Além da família, outros famosos também foram ao velório, como Luiz Bacci, Rodrigo Faro e Vera Viel, Ronnie Von e Otávio Mesquita.
Marcelo tinha 65 anos e foi diagnosticado com câncer no pâncreas e metástase no fígado, no início do ano, precisando se afastar do programa Cidade Alerta para fazer a quimioterapia, mas não continuou com o tratamento por razões religiosas.

#DanceMania - O primeiro álbum da série "Trance Nation", da Ministry Of Sound

Em maio de 1999, a Ministry Of Sound acabava de pôr nas lojas o álbum Trance Nation, que marcava o começo desta série. Ele apresentou aos fãs de trance 36 músicas, todas mixadas pelo DJ Ferry Corsten, ou System F, conhecido pelos hits Out Of The Blue e Cry.


A música que abre o álbum é o hit Children, de Robert Miles, lançado em 1996, presente na novela da Rede Globo Anjo de Mim, que foi ao ar entre setembro do mesmo ano e março do ano seguinte. A música sucessora, Out Of The Blue, do System F, foi divulgada com exclusividade no Brasil pela gravadora Building Records, que a incluiu em diversas compilações distribuídas por ela. Outros sucessos presentes no álbum são 9 P.M. (Till I Come), de ATB, no remix de Sigmum, Offshore, de Chicane, Cafe del Mar, de Energy 52, For An Angel, de Paul Van Dyk, Storm, de Storm, e Salva Mea, de Faithless.
Ferry Corsten continuou mixando mais quatro álbuns da série até 2002.