terça-feira, 7 de novembro de 2017

Baianos mandam carta à Globo e exigem atores locais em novela: 'Lugar não é na figuração'


A nova trama do novelista João Emanuel Carneiro (Avenida Brasil) na Globo nem começou e já sofre resistência. Entidades ligadas aos artistas da Bahia enviaram carta aberta à emissora para reclamar da escalação do elenco e exigir participação de atores da terra entre os protagonistas do folhetim, o sucessor de O outro lado do paraíso e até agora chamado de De volta para casa. "Temos consciência de que lugar de baiano não é na figuração especial”, diz o documento, sobre o papel coadjuvante geralmente relegado a profissionais fora do círculo dos contratados globais do eixo Rio-São Paulo.
A reclamação se ampara na falta de representatividade da população local dentro do elenco - sobretudo diante do cenário e do argumento da novela, ambientada em Salvador e sobre a história de um fictício cantor de axé (nada tão a cara da Bahia). O ator cotado para interpretar o protagonista é Emílio Dantas (o mocinho de A força do querer), com a oscilante escalação de Giovanna Antonelli - ambos nascidos no Rio de Janeiro e brancos, em meio a uma trama transcorrida em um dos estados com maior percentual de população negra do Brasil. 
A questão racial já rende há dias uma dor de cabeça aos produtores da novela. Apontada como "branca demais" para os padrões étnicos do estado onde a história se passa, Giovanna Antonelli teria sido cortada do elenco na semana passada, mas reconduzida logo depois ao papel para o qual estava escalada originalmente. 
"Estamos disponíveis e aptos a compor o elenco principal em sua produção, e não apenas papéis secundários, sem falas e pequenas participações", observou o texto assinado conjuntamente pelo Movimento Respeito às Atrizes e Atores da Bahia e Sindicato dos Artistas e Técnicos (Sated-BA).
A formação do elenco da nova trama global reprisa um padrão verificado, recentemente, na composição do quadro de atores escalados para uma produção da casa em 2013. Ambientada no mesmo estado, O canto da sereia contou com a mineira Ísis Valverde no papel principal de uma cantora de axé assassinada em circunstâncias misteriosas. O elenco principal foi integrado ainda pelos atores Marcos Palmeira e Camila Morgado, ambos naturais do Rio de Janeiro. 

Ao Viver, a assessoria de comunicação da Globo afirmou: "A novela está em fase de escalação e não tem elenco fechado ainda".

Leia a carta na íntegra:

Carta Aberta à Rede Globo de Televisão: 

Cara produção da novela “De volta para casa”, da Rede Globo de Televisão
Com muita alegria que nós, atores e atrizes da Bahia, recebemos a notícia que nossa terra será mais uma vez cenário de uma produção da emissora, desta vez do autor João Emanuel Carneiro e produção de elenco de Vanessa Veiga. Temos muito orgulho do grande potencial das nossas locações, com suas riquezas naturais e paisagens urbanísticas, do rico terreno em temáticas, do caldeirão cultural em constante ebulição e do berço histórico do nosso país. Mas, sobretudo, nos envaidecemos por nossa gente!
A Bahia é terra de povo guerreiro e trabalhador, de profissionais e mentes brilhantes, de onde brotam Jorges, Zélias, Betâneas Caetanos, Glaubers, Gils, Gals, Danielas e Ivetes. Mas não só da literatura e música se faz o nosso tabuleiro. Talentos ‘Made in Bahia’ em interpretação para o audiovisual também são nossa especialidade! Wagner Moura, Lázaro Ramos, Vladimir Brichta, Regina Dourado, João Miguel, Luís Miranda, Fábio Lago, Edvana Carvalho, Daniel Boaventura, Cyria Coentro, Fabrício Boliveira, Laila Garin e muitos. Da mesma plantação de onde vieram estes, ainda existem muitos outros com a mesma formação, qualidade técnica e artística e trajetórias profissionais parecidas (muitas vezes, até compartilhadas) com capacidade para assumir papéis importantes e de destaque em qualquer produção audiovisual no Brasil ou no exterior.
Através desta carta, todos nós do Movimento Respeito às Atrizes e Atores da Bahia junto ao Sated-BA informamos que estamos disponíveis e aptos a compor o elenco principal em sua produção, e não apenas papéis secundários, sem falas e pequenas participações. Temos consciência que lugar de elenco baiano não é na figuração especial.
As atrizes e os atores baianos ‘colocam a cara no sol’, não se recolhem à sombra e estão preparados para, junto com a sua produção, protagonizar essa história de sucesso que será esta novela com a cara e jeito da Bahia que, com certeza, não deixará de retratar com fidelidade este povo tão cativante e envolvente, do qual nós somos parte e representamos tão bem. 
Estamos ansiosas e ansiosos com a chegada da sua equipe. Com certeza, serão todos recebidos com a nossa famosa hospitalidade com gosto de dendê e braços abertos. Sem dúvidas, faremos todos se sentirem em casa e De Volta para Casa.

Fonte: Diário de Pernambuco

Câmara aprova projeto que acaba com atenuante de pena para menor de 21 anos

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (7) um projeto de lei que retira do Código Penal dispositivo que atenua a pena quando o criminoso for menor de 21 anos – atualmente, a atenuante depende do tipo de crime praticado.
Todos os destaques (propostas de alteração do texto) foram rejeitados, e a proposta seguirá agora para apreciação do Senado.
Pela proposta, também fica extinto o dispositivo que reduz à metade o prazo de prescrição (depois do qual o criminoso não pode mais ser punido) se o autor do crime for menor de 21 anos.
Os parlamentares chegaram a discutir se também seria retirado o atenuante hoje previsto em lei para as pessoas com mais de 70 anos na data da sentença. O dispositivo acabou mantido.

Direito de queixa
O texto também altera a lei para permitir que a pessoa que tiver entre 16 e 18 anos poderá, ela própria, prestar queixa diretamente à polícia, sem precisar que faça por meio de seu representante legal. Pela lei em vigor, somente pessoas com mais de 18 anos podem fazê-lo.
O projeto aprovado nesta terça pela Câmara integra o pacote de medidas de segurança pública com previsão de votação ao longo desta semana.

Fonte: G1

Nikon não vai mais vender câmeras, lentes e acessórios no Brasil


A famosa marca de câmeras, lentes e acessórios para fotografia Nikon anunciou nesta semana que está encerrando parte da sua atuação no Brasil. Em comunicado divulgado na segunda-feira, 6, a empresa disse que vai operar somente até o dia 31 de dezembro.
Por conta do que a empresa chama de uma "reestruturação global", a Nikon disse que "encerrará a venda de câmeras, lentes e acessórios fotográficos para o mercado brasileiro, atualmente comercializados exclusivamente por meio de seu e-commerce, a Nikon Store".
A companhia disse que produtos em garantia continuarão recebendo suporte por tempo indeterminado. Os segmentos de atendimento ao consumidor e assistência técnica continuarão operando a partir de 2018, também sem data para chegar ao fim.
Essa reestruturação a que a empresa se refere começou há algumas semanas com o fechamento de uma fábrica na China. Na ocasião, a Nikon culpou "o crescimento dos smartphones" pelo encolhimento do mercado de câmeras DSLR e dificuldades nos negócios.

Fonte: Tribuna Hoje

Mãe de adolescente morta em Goiás pede prisão perpétua para assassino


Rosângela Pereira da Silva, mãe da estudante Raphaella Noviski, 16 anos, morta dentro de uma escola de Alexânia (GO), disse esperar a maior punição possível para o assassino da adolescente, Misael Pereira Olair, de 19 anos. "Prisão perpétua, se possível", disse, mesmo que a pena máxima no Brasil seja de 30 anos.
"Ele destruiu a minha vida, a vida da minha família", desabafou na tarde desta terça-feira (7/11), no Fórum da Comarca de Alexânia, pouco antes de acompanhar a audiência de custódia do acusado. Na ocasião, ela ficou frente a frente com Ismael.
Quando chegou ao fórum, Misael, que usava colete a prova de balas, como medida de proteção, passou a menos de 1m de Rosângela, que se mostrava revoltada e esperava uma chance de confrontar o assassino. "Vou olhar na cara dele e quero que ele me responda por que fez isso com ela", disse, com os olhos marejados. "Eu não perdoo."
Mais cedo, o pai de Raphaella, Leandro Márcio Romano, também se disse revoltado com o crime. "Foi muito cruel. Ele destruiu o rosto dela", afirmou, acrescentando que do total de 11 tiros, sete atingiram o rosto da estudante. Perguntado se espera pena máxima para Misael, ele confirmou com a cabeça: "Todo sofrimento para ele é pouco".

Até o julgamento
O objetivo da audiência é definir onde Misael vai ficar preso enquanto espera julgamento por ter matado a jovem, com 11 tiros no rosto, dentro da Escola Estadual 13 de Maio, na manhã da última segunda-feira. Além dele, o comerciante Davi José de Souza, também detido, presta depoimento por ter dado cobertura ao assassinato.

Fonte: Estado de Minas

Chuck Norris diz que abandonou a carreira para cuidar da mulher à beira da morte


Revista Monet - O ator Chuck Norris revelou ter abandonado sua carreira na indústria do entretenimento para acompanhar o tratamento de sua esposa, à beira da morte após um suposto envenenamento ocorrido dentro de um hospital. O astro de 77 anos especialista em artes marciais expôs sua decisão em entrevista à mais recente edição da revista Good Health e noticiada pelo jornal inglês Daily Mail.


“Eu desisti da minha carreira no cinema para concentrar na Gena, toda a minha vida no momento está concentrada em mentê-la viva. Eu acredito que isso seja muito importante”, disse o ator. Norris está casado com Gena desde novembro de 1998 e os dois são pais de dois filhos, gêmeos, Dakota e Danilee (16 anos).
Na avaliação de Norris, sua esposa foi envenenada e teve sua vida colocada em risco após passar por uma ressonância magnética. O excesso de metal em um líquido de contraste colocado em seu corpo para passar pela ressonância teria envenado Gena, conta o ator. Além dos dois filhos com a atual esposa, Norris tem outros três de relacionamentos prévios.