quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Traficantes que venderiam drogas nas praias da Barra, em Salvador, são presos nesta quarta


Dois traficantes foram presos na manhã desta quarta-feira, 8, por volta de 10h, com drogas que seriam comercializadas nas praias da Barra.
Segundo informações da Polícia Civil, Dione Henrique Bonifácio Amorim, de 28 anos, e Eduardo Silva Matos, 30, foram flagrados com 48 pinos de cocaína, três pedras brutas de crack e maconha, recebidos na Gamboa.
Os criminosos foram apresentados nesta tarde, na sede da 14ª Delegacia Territorial (DT/BArra), pela delegada Carmén Dolores.

Fonte: Portal A Tarde

'Minha vida girava em torno dela', diz assassino de aluna em Goiás


Misael Pereira Olair, 19 anos, preso por matar a tiros a estudante Raphaella Noviski, 16, dentro de uma sala de aula, voltou a ser ouvido pela polícia nesta quarta-feira (8). Ele afirmou no depoimento que o amor não correspondido pela vida fez com que entrasse em depressão. Disse ainda que conhecia a vítima há quase cinco anos e desde então ficou "fascinado" por ela. A informação é do G1.
"Eu entrei numa depressão que não dormia mais à noite, trocava a noite pelo dia. Eu estava com muito ódio, tinha fome e de resto não tinha mais nada. Acho que minha vida girava em torno dela. Teve época que esqueci, mas tinha que ter procurado ajuda profissional", contou Misael à delegada Rafaela Azzi.
Ele disse que decidiu sair da escola, onde também estudava, por conta da rejeição de Raphaella. Ele abandonou os estudos lá em outubro do ano passado. Desde então, começou a planejar matar a garota. "Todo mundo achou estranho (a saída). Já saí com ódio e vontade de matar. A professora ligou pra eu voltar, para eu passar de ano, falei que não voltava por uma pessoa que odeio e não queria ir para o colégio. Ela começou especular, quem é essa pessoa", diz.
Ele foi ouvido por pouco mais de uma hora. A delegada afirmou que vai pedir exame psicológico de Misael. "Pelo relato depressivo dele que antecede a prática criminosa e a premeditação, vou solicitar o exame ao Instituto de Criminalística", explica. A polícia tem 30 dias para concluir o inquérito.

Fonte: Correio da Bahia

Justiça confirma multa de R$ 150 mil a Bolsonaro


O deputado federal Jair Bolsonaro foi condenado, em segunda instância, a pagar R$ 150 mil por dano moral coletivo por ofensas feitas contra a população LGBT.
O julgamento da apelação contra a sentença, que em 2015 já havia condenado o parlamentar, ocorreu na 6ª Câmara Cível, no Rio de Janeiro.
A ação civil pública foi ajuizada pelo Grupo Diversidade Niterói, Grupo Cabo Free de Conscientização Homossexual e Combate à Homofobia e Grupo Arco-Íris de Conscientização.
As entidades usaram como base as declarações do parlamentar ao programa CQC, da TV Bandeirantes, feitas no dia 28 de março de 2011.
No programa, o deputado disse que nunca passou pela sua cabeça ter um filho gay porque seus filhos tiveram uma “boa educação”.
Também afirmou que não participaria de um desfile gay porque não promoveria “maus costumes” e porque “acredita em Deus e na preservação da família”.

Fonte: Veja

William Waack é afastado do Jornal da Globo após vídeo cair na web


A Rede Globo informou na noite desta quarta-feira (8) que o jornalista William Waack será afastado do Jornal da Globo. A decisão acontece depois de um vídeo que mostra um bastidor de uma cobertura do telejornal vazar. Nas imagens, Waack está em Washington, nos EUA, e reclama de um motorista que passa buzinando. "Tá buzinando por que, seu merda do cacete?”, diz o jornalista. Ele diz então para o convidado que está ao seu lado para a transmissão: “Você é um, não vou nem falar, eu sei quem é…” Depois, ele se vira para o convidado e diz: “Preto, né? É coisa de preto com certeza".
A Globo afirmou que a princípio o jornalista está afastado e que a partir de amanhã vai discutir as implicações a longo prazo. Diz ainda que é "visceralmente contra o racismo em todas as suas formas e manifestações". O próprio Waack ainda não veio a público para comentar o caso, mas segundo nota da Globo ele "afirma não se lembrar do que disse, já que o áudio não tem clareza", mas pede desculpas a quem se sentiu ofendido.
O telejornal será apresentado por Renata Lo Prete, substituta "oficial" de Waack no programa.

Assista:
O vídeo é de 8 de novembro do ano passado, na ocasião da cobertura sobre a eleição de Donald Trump como presidente dos EUA. Waack está ao lado de Paulo Sotero, diretor do Wilson Center, que comentava a eleição americana. "Eu acho que o William não é assim. Eu, certamente, não sou assim, repudio racismo", disse Sotero ao Buzzfeed News. Depois de ver o vídeo, ele afirmou que não conseguiu ouvir o que Waack falou. "Não me impactou na hora, e teria me impactado, porque eu não brinco com racismo, sexismo e homofobia", garante.
A hashtag #WilliamWaack foi para o segundo lugar entre os assuntos mais comentados do Twitter no Brasil na tarde de hoje por conta do vídeo. "Quem trabalha na Globo e decidiu vazar esse vídeo do William Waack tem nossa eterna gratidão", comentou um usuário do Twitter. "Vazou um vídeo do William Waack sendo racista. Eu não deveria estar chocada, mas estou", comentou outra internauta.

Leia a nota divulgada pela Globo:
"Globo é visceralmente contra o racismo em todas as suas formas e manifestações. Nenhuma circunstância pode servir de atenuante. Diante disso, a Globo está afastando o apresentador William Waack de suas funções em decorrência do vídeo que passou hoje a circular na internet, até que a situação esteja esclarecida.
Nele, minutos antes de ir ao ar num vivo durante a cobertura das eleições americanas do ano passado, alguém na rua dispara a buzina e, Waack, contrariado, faz comentários, ao que tudo indica, de cunho racista. Waack afirma não se lembrar do que disse, já que o áudio não tem clareza, mas pede sinceras desculpas àqueles que se sentiram ultrajados pela situação.
William Waack é um dos mais respeitados profissionais brasileiros, com um extenso currículo de serviços ao jornalismo. A Globo, a partir de amanhã, iniciará conversas com ele para decidir como se desenrolarão os próximos passos"

Outros casos
Apresentador do "Jornal da Band", Boris Casoy protagonizou um caso famoso no país. O gari José Domingos de Melo apareceu em uma vinheta desejando "feliz Natal", mas uma falha técnica permitiu que um áudio de Boris fosse ouvido. "Que merda, dois lixeiros desejando felicidades do alto das suas vassouras. O mais baixo na escala do trabalho", comentou. Ele foi processado e teve que indenizar o gari em 2010.
Em 2005, o apresentador William Bonner causou polêmica ao comparar o telespectador médio do "Jornal Nacional" a Homer Simpson, pai simplório de "Os Simpsons". A comparação foi feita diante de nove professores de universidade que visitavam os estúdios. Depois, ele se desculpou e afirmou que usou Homer como exemplo porque ele "representa um pai de família, um trabalhador conservador, sem curso superior, que após uma jornaada de trabalho, quer ter acesso às notícias mais relevantes do dia de forma clara e objetiva".
Em 1998, durante uma reportagem sobre o Ballet Kirov no "Fantástico", o apresentador Pedro Bial foi ouvido falando "isso é coisa de veado".

Fonte: Correio da Bahia

Edson Celulari se casa com Karin Roepke em cerimônia íntima na Itália

Edson Celulari voltou para o time dos casados! O ator e Karin Roepke trocaram alianças na Itália, há 15 dias, em uma cerimônia bem íntima com poucos convidados.
Segundo o colunista Leo Dias, a celebração aconteceu na cidade de San Quirico D'orcia, na Toscana, e teve a presença de pouco mais de dez pessoas, entre elas Enzo Celulari e Sohpia Raia, filhos de Edson com Claudia Raia, a mãe do ator, além dos pais, da irmã e de alguns familiares de Karin.
O relacionamento dos dois já dura cinco anos e eles já moram juntos, mas só agora decidiram oficializar a relação. Uma fonte próxima de Edson contou que os filhos do ator são próximos à Karin e ficaram muito felizes por ele. A cerimônia ficou em sigilo para evitar comparações e comentários negativos, ainda de acordo com o colunista.

Fonte: Diário do Grande ABC

Mais um: Charlie Sheen é acusado de assediar outro ator


O ator Charlie Sheen, famoso por ter estrelado a série Two and a half man, foi acusado de ter abusado sexualmente de um jovem de 13 anos de idade durante as gravações do filme A inocência do primeiro amor, em 1986. Naquela época, ele tinha 19 anos. A vítima teria sido o ator Corey Haim, que morreu aos 38 anos em 2010, após complicações causadas por uma pneumonia. A denúncia foi feita por pessoas que trabalharam no longa-metragem e amigos de Haim ao jornal norte-americano The national enquirer.
"Ele me disse que fumaram maconha e fizeram sexo. Haim falou que depois disso, Sheen tornou-se muito frio", contou o ator Dominick Brascia, que foi amigo íntimo de Cohen. De acordo com outra fonte - que a publicação não revelou a identidade -, Charlie intimidou o adolescente, que estava em posição vulnerável: "Corey estava tão confuso com o encontro sexual que acreditava, como tantas outras vítimas, estar apaixonado por seu abusador".
"Ele não denunciou Sheen publicamente porque o homem era - e ainda é - poderoso. Corey temia que ele arruinasse sua carreira", contou outro entrevistado. O The national enquirer ainda relatou o depoimento de duas mulheres que trabalharam no set de A inocência do primeiro amor - na época com 17 e 18 anos -, que afirmaram terem sido assediadas por Charlie. Um homem (na época tinha 18 anos) também disse que impediu Sheen de beijá-lo. "Eu não tinha interesse em fazer qualquer coisa com ele. Na verdade, eu nunca achei ele especial como algumas das garotas achavam. Ele era realmente desagradável no set", contou.

Fonte: Diário de Pernambuco

Após ficar careca, Babi Rossi lembra decepção com o ‘Pânico’


Babi Rossi fez um desabafo a respeito de sua saída do “Pânico na Band”, em 2013. A ex-Panicat, que ficou três anos no humorístico, disse que criou expectativas de crescer dentro do programa ao aceitar o desafio de raspar a cabeça ao vivo.
Porém, acabou se decepcionando, pois o resultado não foi o que ela esperava.
“Fui corajosa e aceitei o desafio. Mas eu raspei a cabeça achando que teria um retorno bom para mim, que iria ganhar um quadro, que teria oportunidade maior no ‘Pânico’. Fiquei decepcionada, me iludi, nada aconteceu”, declarou em entrevista ao “Uol”.
A modelo contou ainda que seu pedido de demissão foi feito por meio de mensagem privada no Instagram e não escondeu a mágoa que teve com o programa.
“Saí muito chateada com o ‘Pânico’. Se não estava feliz, não tinha porque continuar. Não tinha nada em vista, saí pra ficar desempregada mesmo”, completou.

Fonte: Catraca Livre

MP do Rio abre inquérito para tirar do Youtube funk com menino de 12 anos


O Ministério Público do Rio instaurou um inquérito civil para tentar retirar do Youtube o clipe de funk "Vem e brota aqui na base", que tem pelo menos 12,2 milhões de vizualizações. Quem canta é um menino de apenas 12 anos, conhecido como Mc Doguinha. A informação foi publicada nesta quarta-feira (8) pelo jornalista Ancelmo Gois em sua coluna no jornal "O Globo".
Para a 1ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva da Criança e do Adolescente da capital, o vídeo faz "apologia a práticas erótico-sexuais". Segundo o MP, a conduta fere os princípios da proteção integral da criança e do adolescente e da finalidade social da internet.
Os promotores também enviaram um ofício à Legenda Funk, produtora responsável pelo clipe, divulgado em 25 de outubro deste ano, e ao Google para que retirem o link da internet em até 30 dias. Mc Doguinha é morador do Morro do Sossego, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Por isso, uma cópia do documento foi enviada às Promotorias de Infância e Juventude de Caxias.
O adolescente aparece no clipe com a postura de um adulto. Nas imagens, ele está de bermuda vermelha, sem camisa, usando um cordão de ouro. Ostenta uma mansão, um carro de luxo azul e canta ao lado de meninas mais velhas, de biquini, na piscina, e que também parecem ser menores de idade.

O funk diz assim:
"A novinha linda, que mora aqui do lado/Ta cheia de papim no whatsapp/Bumbum gostosão, corpo sedutor/Foi por isso que o doguinha se encantou/Vem e brota aqui na base/Vamos fazer sacanagem/Sei que você tem vontade/Então senta um pouquinho".
Em uma outra versão, também publicada pela Legenda Funk, em 26 de junho deste ano, o vídeo, com mais de cinco milhões de vizualizações, tem apenas a imagem de Mc Doguinha. No entanto, no meio da música, ouve-se uma voz feminina, que canta, com palavrões:
"Gosto muito de orgia/O que eu quero sempre fiz/Tô fora de casamento/Quero gozar e ser feliz/Casamento é o c (*)/ P (*) que é legal/Meto de dia, de tarde e de noite/Eu sento no p (*)".
O G1 está tentando contato com a Legenda Funk, com o Google e com a família de Mc Doguinha. Mas até o momento não houve retorno à reportagem.

Fonte: G1

Sia publica foto em que aparece nua após descobrir tentativa de vendas de imagens na web


Antes de ser vítima de fotos íntimas vazadas ou vendidas, Sia se adiantou e publicou ela mesma uma imagem em que aparece nua.
A cantora descobriu que alguém estava tentando vender imagens dela sem roupa a seus fãs. Antes que eles gastassem dinheiro com isso, ela compartilhou a foto em suas redes sociais.
“Alguém, está, aparentemente, tentando vender aos meus fãs fotos minhas nua. Economize seu dinheiro, aqui isso é de graça. Todo dia é Natal”, escreveu a cantora, aproveitando o post no Instagram e no Twitter para divulgar seu próximo trabalho.
“Everyday is Christmas”, novo álbum de Sia, está previsto para ser lançado em 17 de novembro.

Fonte: G1

Eunice Baía, a índia Tainá, trabalha como designer de moda

Eunice Baía como Tainá, em 2000

Eunice Baía, intérprete da protagonista dos filmes Tainá - Uma Aventura na Amazônia (2000) e Tainá 2 - A Aventura Continua, está com 27 anos e um filho de 5 anos, Antônio.
Na TV, fez apenas participação na série Sítio do Pica-Pau Amarelo (2002) e a minissérie Amazônia - De Galvez À Chico Mendes, em 2007.

Eunice Baía atualmente
Eunice é descendente de índios e foi a escolhida entre 3 mil crianças de todo o Brasil para protagonizar os filmes sobre a índia Tainá. Hoje, ela abandonou a carreira de atriz e optou por trabalhar como designer de moda.

Casados há um ano e sete meses, Eri Johnson e Alice Souto se separam


Eri Johnson e Alice Souto estão separados. Segundo nota oficial divulgada pela assessoria de imprensa do ator nesta segunda-feira (6), os dois continuam amigos.
O motivo do término foi a distância que passou a existir entre os dois por causa da profissão de Eri, que precisa viajar com frequência entre Rio de Janeiro e São Paulo e não conseguia estar presente em Belo Horizonte, onde morava com Alice.
Os dois se casaram no dia 2 de abril de 2016 na igreja Santa Margarida Maria, Zona Sul do Rio, em uma cerimônia celebrada pelo padre Fábio de Melo. Em seguida, eles fizeram uma festa - que recebeu inúmeros famosos, entre eles Luana Piovani e Fernanda Rodrigues - no Copacabana Palace.

Leia a nota na íntegra:
"Eri Johnson e Alice Souto estão separados. A amizade que sempre permeou o relacionamento, permanece. Contudo, a distancia acabou afastando os dois. Por conta da profissão, o artista circula basicamente no eixo Rio x São Paulo, o que o impedia de estar mais presente em Belo Horizonte, onde moravam. O ator agradece o carinho e a compreensão de todos nesse momento, que não é fácil para ambos, e reserva-se ao direito de não comentar o assunto".

Fonte: Mídia News

O que vocês acham? Masp recua e passa a permitir menores de 18 anos em exposição sobre sexualidade


G1 - O Masp anunciou nesta terça-feira (7) que irá permitir a entrada de menores de 18 anos, desde que acompanhados de pais ou responsáveis, na exposição "Histórias da sexualidade".
A alteração entra em vigor a partir desta quarta-feira (8). Aberta ao público no dia 19 de outubro, o Museu tinha, pela primeira vez em 70 anos de história, vetado a presença de crianças e adolescentes, mesmo que acompanhados.
Em nota, o Museu afirma que a revisão segue orientação de nota técnica da Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão, órgão do Ministério Público Federal, publicada nesta segunda (6).
"O Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand – MASP revisou a classificação etária de 18 anos para a exposição Histórias da Sexualidade, que deixa de ser restritiva e passa a ser indicativa. Desse modo, menores de 18 anos poderão visitar a exposição desde que acompanhados por seus pais ou responsáveis", diz o texto.


Com mais de 300 obras de diversos artistas, a exposição, concebida em 2015, se insere na programação anual do museu, dedicada às histórias da sexualidade.
Algumas obras de artistas centrais do acervo do Masp, como Edgard Degas, Maria Auxiliadora da Silva, Pablo Picasso, Paul Gauguin, Suzanne Valadon e Victor Meirelles, estão expostas em novos contextos, oferecendo outras possibilidades de compreensão e leitura.
O material foi reunido em nove núcleos temáticos e não cronológicos: Corpos nus, Totemismos, Religiosidades, Performatividades de gênero, Jogos sexuais, Mercados sexuais, Linguagens e Voyeurismos, na galeria do primeiro andar, e Políticas do corpo e Ativismos, na galeria do primeiro subsolo. A mostra inclui também a sala de vídeo no terceiro subsolo, como parte do núcleo Voyeurismos.

Globo acerta rescisão contratual com Evaristo Costa


Após três meses de negociações, a Globo acertou a rescisão contratual com o apresentador Evaristo Costa, que deixou a emissora no final de julho. As negociações se arrastaram pelos meses por conta de um impasse envolvendo os valores que a Globo queria pagar para o antigo âncora do Jornal Hoje. "O contrato do Evaristo terminou de forma amigável", informou a equipe de Comunicação da Globo.
Com seu vínculo empregatício encerrado com a emissora, o apresentador agora já pode fazer ações promocionais em suas redes sociais, que contam com 5,7 milhões de seguidores no Instagram e 1,4 milhão de seguidores no Twitter. Inclusive, nesta terça-feira (7), o apresentador chegou a trocar mensagens com uma grande loja em suas redes. Evaristo saiu da Globo para tirar um ano sabático acompanhando sua mulher, Amalia, que está fazendo um curso na universidade de Cambridge, na Inglaterra.
No Jornal hoje, o jornalista foi substituído por Donny de Nuccio em agosto deste ano. O novo rosto do telejornal possui seis anos na Globo e já foi âncora do Jornal das dez na Globo News. "Não vai ser fácil continuar o trabalho de alguém tão carismático e talentoso", postou Dony em sua rede social, logo quando assumiu o cargo. “Desejo sorte. Você é um jovem inteligente”, retribuiu Evaristo.

Fonte: Diário de Pernambuco