quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Temer diz que Brasil 'tem tendência a caminhar para o autoritarismo'


A nota enviada anteriormente contém uma incorreção. O nome do então presidente da Câmara dos Deputados, em 1989, era Antonio Paes de Andrade (PMDB), e não Antonio Moraes de Andrade. Segue o texto corrigido:
O presidente Michel Temer (PMDB) disse em Itu nesta quarta-feira, 15, dia em que se comemora a Proclamação da República, que o brasileiro tem tendência para o autoritarismo. "Se não prestigiarmos certos princípios constitucionais, nossa tendência é caminhar para o autoritarismo. Nós brasileiros temos tendência para a centralização", afirmou.
Ele lembrou que, após a República, o País viveu longos períodos de conflitos que resultaram numa concentração de poderes, referindo-se à ditadura de Getúlio Vargas e à tomada do poder pelos militares em 1964. "Temos de governar com espírito de abertura, fazendo harmonia entre os Poderes, com diálogo e respeito ao Legislativo e Judiciário, em diálogo com a sociedade."
Segundo Temer, o fato de ter transferido o governo para Itu tem uma simbologia, por ter se iniciado na cidade o movimento pela República, que considerou uma fórmula de impedir o movimento centralizador. "As pessoas ficam preocupadas com o que está acontecendo no Brasil. Nós sabemos que as instituições funcionam tranquilamente no País. A autonomia entre os Poderes está havendo e nós só fazemos reforçá-la. Tivemos várias contestações, vários eventos que tentaram paralisar o Brasil, mas a caravana foi passando."
O presidente foi ao interior entregar o título de cidadão ituano ao empresário e amigo José Eduardo Bandeira de Mello, de 78 anos, seu ex-sócio num escritório de advocacia na década de 1960. Acompanhado pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB) e pelo ministro tucano Antonio Imbassahy, da Secretaria de Governo, Temer chegou de helicóptero e, após desembarcar no Quartel do Exército, seguiu para o prédio da prefeitura.
O presidente lembrou sua ligação com a cidade. Além de ser natural de Tietê, cidade vizinha, Temer foi professor e diretor da Faculdade de Direito de Itu (Faditu). "A vinda para cá revela aspecto familiar, sou aqui da região e me sinto em casa. Itu deixou sua marca na história do movimento republicano."
Itu é conhecida como "berço da República" por ter sediado, em abril de 1873, uma reunião de personalidades paulistas com ideais republicanos, entre elas Prudente de Moraes, que viria a ser o primeiro civil a assumir a Presidência. O evento ficou conhecido como Convenção Republicana de Itu.

Protesto
Um enorme aparato foi mobilizado para a rápida passagem do presidente pela cidade do interior. Cerca de 150 homens do Exército foram destacados para proteger o trajeto de 300 metros entre o quartel e a prefeitura.
Viaturas da Guarda Municipal e da Polícia Militar bloquearam as ruas do entorno da prefeitura. Mesmo assim, um grupo de 20 pessoas ligadas ao PSOL e ao Sindicato dos Metalúrgicos de Itu e Região fez muito barulho do lado de fora, com faixas, aos gritos de "fora Temer" e contra a reforma da Previdência.
O grupo foi parado numa barreira policial. "Itu é a Mombaça do Temer", disse o ex-vereador de Sorocaba, Osvaldo Duarte Filho. Em 1989, o então presidente da Câmara dos Deputados, Antonio Paes de Andrade (PMDB), que assumiu a Presidência da República numa viagem do presidente à época, José Sarney (PMDB), fez de sua cidade, Mombaça, em Pernambuco, a capital federal por um dia.
O presidente deixou o local pouco antes do meio-dia, sem falar com a imprensa. O ministro Imbassahy, que pode deixar a pasta com o desembarque do PSDB do governo, iniciado com a saída do agora ex-ministro das Cidades Bruno Araújo também se esquivou dos jornalistas.

Fonte: Portal A Tarde

Kevin Spacey em reabilitação para viciados em sexo


Kevin Spacey iniciou um programa de reabilitação para viciados em sexo. Após o escândalo, o ator, acusado de abuso sexual por vários homens, deu entrada numa clínica que custa quase 31 mil euros por mês e que observa os pacientes 24 horas por dia.
A clínica, localizada na vila de Wickenburg, no Arizona, é a mesma onde o produtor Harvey Weinstein, também acusado de assédio sexual, está a fazer um tratamento.
Alguns dias antes de se saber do internamento, o assessor de Kevin Spacey disse que o ator “está a tirar um tempo necessário, em busca de avaliação e tratamento”.

Fonte: LUX

Morre, aos 96 anos, o escultor Frans Krajcberg


Morreu nesta quarta-feira, 15, aos 96 anos, no Hospiral Samaritano do Rio de Janeiro, onde estava internado, o pintor e escutor de origem polonesa Frans Krajcberg, cuja obra, associada à preservação ambiental, usa troncos e raízes de árvores calcinadas. Ativista, Krajcberg lutou até o fim da vida contra a destruição de florestas desde que chegou sozinho ao Brasil, em 1948. Toda a sua família, de origem judia, foi morta em campos de extermínio nazistas.
Ao se instalar no País, Krajcberg participou da primeira edição da Bienal Internacional de São Paulo, em 1951, com duas pinturas Ainda que fosse menos conhecido como pintor, sua obra no suporte foi recentemente exibida pelo marchand Acácio Lisboa em sua galeria Frente, surpreendendo o público. Em 1956, já mais interessado em escultura, o artista, naturalizado brasileiro desde 1957, dividiu ateliê com o escultor Franz Weissmann (1911-2005) ao se mudar para o Rio de Janeiro. Sempre frequentando o circuito internacional, ele dividia seu tempo entre o Rio e Paris, que reconheceu sua obra, dedicando a ele um espaço permanente de exposição, além de distinguir o artista com a mais alta honraria da cidade, a Medalha Vermeil, por sua contribuição às artes.
Isso não aconteceu em Nova Viçosa, no sul da Bahia, onde residia há 45 anos e tentou construir um museu para abrigar três centenas de esculturas de sua autoria. Krajcberg costumava reclamar da indiferença local em relação ao seu trabalho artístico e de preservação ambiental. Solitário, ele teve sua casa invadida por ladrões cinco vezes. Depois do último roubo, três policiais passaram a cuidar de sua segurança pessoal. Mesmo com problemas de saúde, o artista costumava viajar e fotografar as áreas atingidas por incêndios criminososos. "Vocês não sabem o que está acontecendo na Amazônia; é um massacre, precisamos interromper esse ciclo", disse, numa de suas muitas entrevistas para denunciar a destruição das florestas brasileiras.
As primeiras esculturas em madeira de Krajcberg foram feitas em 1964. Já nessa época ele visitava com frequência o Pantanal matogrossense e a Amazônia para registrar o desmatamento e recolher troncos e raízes para suas esculturas. Em Nova Viçosa ele chegou a plantar mais de 10 mil mudas de espécies nativas. Em 2003, ele inaugurou o Espaço Krajcberg no Jardim Botânico de Curitiba, que reuniu 114 obras do escultor, entre esculuras e fotografias.

Fonte: O Tempo

As esquisitices de João Gilberto


Saiu nesta quarta-feira (15) a notícia da interdição e João Gilberto pela filha, a cantora Bebel Gilberto, e por causa disso relembraremos os momentos mais craziests da vida do cantor, tanto dentro quanto fora dos palcos. Como artista, ok, ele é super elogiado, bem aclamado dentro e fora do Brasil, mas e o João como pessoa? Se nem a Nana Caymmi poupou o sujeito, não sou eu quem vou poupar também, né? Leiam os pontos fracos dele:

Ataques de estrelismo
João Gilberto, pra quem não sabe, não faz shows desde 2008, quando aparecia em algumas ocasiões de comemoração aos 50 anos de Bossa Nova, e quando fazia, os espectadores tinham que tolerar os tiques e manias do cantor no palco. Ele odeia quem conversa em seus shows, pede silêncio constantemente, e reclama da acústica do show e dos detalhes técnicos, até do ar condicionado. Pode isso, produção?

Assista a um vídeo abaixo no qual o cantor chega atrasado e é vaiado pela platéia. Aliás, isso já é de praxe em todos os seus shows:



João Gilberto mostra a língua ao público no Credicard Hall em 1999 após reclamar da acústica de som, o que sempre costumava fazer
Fobia social ou pedância?
João Gilberto tem o costume de não abrir a porta pra ninguém. Inclusive, a mulher do cantor, Cláudia Faissol, com quem ele teve uma filha, Luisa (nascida em 2004), chegou a chamar o corpo de bombeiros para entrar em casa, porque ele não queria sair nem pra receber um prêmio na Universidade de Columbia, nos Estados Unidos.
Segundo Ruy Castro, autor do livro "Chega de Saudade", biografia do cantor (autorizada ou não, eu não sei), João Gilberto não aparecia nem pra receber um prato pedido no mesmo restaurante de sempre. Ninguém o via, nem mesmo o copeiro do prédio onde ele morava, que fazia o serviço pra ele há anos.

Arrogância, é claro!
João não recebe ninguém em sua casa, nem mesmo a Elba Ramalho. João, numa ligação com a cantora, pediu-lhe um baralho diferente, e ela levou o pedido até a porta dele. Ao chegar lá, ela passou o baralho por debaixo da porta, e não a deixou entrar.
Em 1963, quando estava gravando a música "Samba de Uma Nota Só", João se irritou com o saxofonista Stan Getz por ter errado ao tocar a música, e pediu que Tom Jobim lhe dissesse que era burro! Tom, com toda sua educação e sapiência, para evitar confusão, disse-lhe: "Stan, o João está dizendo que o sonho dele sempre foi gravar com você". Mas Stan não acreditou por causa do "tom de voz" de João. Palmas pro Tom!

Seguindo o horário oriental
Todo mundo sabe que o horário de almoço é às 12hrs da tarde, o jantar é às 18hrs, e a hora de dormir varia das 22hrs da noite até às 6hrs ou 8, 9, 10 ou 11hrs da manhã. Para todo mundo é assim, menos pra João, que ainda de acordo com o livro de Ruy, acorda às 5 da tarde, almoça quase meia noite, fica a madrugada inteira acordado, janta às 7 da manhã e dorme a tarde inteira. Como pode isso, produção?

Não alivia nem pra faxineira, João?
Não. Ainda segundo o escritor, ele não tem faxineira. Uma vez por mês o próprio João Gilberto faz a limpeza. O lustre da sala estava para cair, pois o cantor não deixa o eletricista entrar no apartamento.

Cantando no banheiro
Segundo Marco Antonio Bompet, namorado de Nara Leão que conviveu com o cantor nos anos 60, João passava o dia tocando violão no banheiro, de pijama. Ele acreditava que a acústica do local era a mais favorável. Mais tarde, João trocou o banheiro pelo corredor do prédio, para desespero da vizinhança.

As informações são de vários sites, como o EGO e o Glamurama.

Bebel Gilberto consegue na Justiça a interdição de seu pai, João


Segundo o colunista Anselmo Góis, do jornal O Globo, a cantora Bebel Gilberto conseguiu nesta quarta-feira (15) com que seu pai (e o seu dinheiro) ficassem sob seus cuidados. De acordo com a publicação, João Gilberto, de 86 anos, está mal de saúde e fazendo muitos gastos desnecessários, e para impedir que isso continue acontecendo, Bebel Gilberto teve que sair de Nova Iorque para tomar conta dele no Rio, onde o cantor mora sozinho. A interdição é um recurso utilizado para declarar que uma pessoa é totalmente ou parcialmente incapaz de tomar conta de si e de seus bens.
A cantora Miúcha, que foi casada com o cantor nos anos 1960, apoia a iniciativa tomada por Bebel. "Ela está tentando ajudar João. Ele se meteu em muita confusão, negócios errados, mas não sei detalhes sobre isso. Ela está tentando arrumar a vida dele".

Pais de Jean Paulo Campos falam sobre demissão do ator


Pra quem ainda não sabe, Jean Paulo Campos, o ator que interpretou Cirilo na versão brasileira de Carrossel, e que agora está no ar em Carinha de Anjo, foi demitido há poucos dias como decisão do SBT de cortar gastos.
Os pais do ator de 14 anos, em entrevista ao site UOL, disseram que se surpreenderam e ficaram muito tristes com o ocorrido, mas que são gratos ao SBT pela oportunidade dada ao Jean de trabalhar por lá, deixando claro também que não perderam a esperança de vê-lo em outro trabalho na TV. "O Jean tem muito talento, então temos muita fé de que Deus está preparando mais coisas boas pra ele em breve".
Não foi somente o Jean que se deu mal na emissora, não. O humorista Carlinhos Aguiar, do Jogo dos Pontinhos, também foi pego de surpresa e demitido após 30 anos de trabalho, pondo toda a culpa em Mara Maravilha, que de vez em quando entrava em seu lugar no quadro o programa Sílvio Santos. Em um vídeo que circula no Instagram, tentando reverter toda a situação, Carlinhos foi atrás do empresário e apresentador na porta de um salão de beleza, mas foi claramente ignorado.

Cinthya Rachel, de 'Castelo Rá-Tim-Bum', está grávida

Cinthya Rachel está grávida pela primeira vez
Lembra dela? Cinthya Rachel é a intérprete da personagem Biba no seriado da TV Cultura "Castelo Rá-Tim-Bum", transmitido entre os anos de 1994 e 1997, e atualmente, aos 37 anos, é casada com um argentino, e agora está à espera de seu primeiro filho. Para anunciar a gravidez, a atriz fez um upload de um vídeo para o Instagram. Desde o dia que se casou, Cinthya está morando em Buenos Aires.

Uma publicação compartilhada por Cinthya Rachel (@cinthyarachel) em