terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Atriz que usou vermelho no Globo de Ouro rebate críticas: "Problema é maior do que a cor"

Jornal do Brasil - A edição de 2018 do "Globo de Ouro", em Hollywood, foi marcada por um tapete vermelho bem diferente nesse domingo, 7. Para demonstrar apoio às vítimas de assédio sexual e dar voz à causa, famosos da maior indústria cinematográfica do mundo optaram por roupas pretas e broches da campanha "Time's Up", entidade criada para lutar contra o assédio e pela igualdade de gênero.
Na contramão dos protestos, a atriz Blanca Blanco chamou atenção com um look vermelho cheio de recortes durante a premiação e foi duramente criticada por sua escolha. Em suas redes sociais, a atriz minimizou a decisão de usar uma peça colorida: "O problema é maior do que a cor do meu vestido", disse a atriz, que integrou o elenco de "Um Anjo em Minha Vida", "Showgirls 2: Penny's from Heaven" e "Terror no Triângulo das Bermudas".
Ela não foi a única a dispensar o preto.Zenobia Shroff e Barbara Meier também escolheram looks coloridos, mas Zenobia fez questão de usar o broche do movimento. Barbara, por outro lado, explicou em suas redes sociais o motivo de não ter aderido ao dress code da noite: "Estamos lutando há muito tempo para a liberdade de vestir o que queremos. E também está certo se vestir um pouco mais sexy. Se nós nos restringimos a isso, porque alguns homens não conseguem se controlar, este é um grande passo para trás na minha opinião. Não devemos usar o preto para ser levado a sério. As mulheres dos EUA devem brilhar e serem coloridas. Assim como é nossa natureza. Na minha opinião, isso simboliza nossa liberdade e nossa nova força".