sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

Relembre o reality show 'Casa dos Artistas', exibido pelo SBT entre 2001 e 2004


No dia 28 de outubro de 2001, o SBT lançou, sem nenhuma divulgação, e para desespero da Rede Globo (a líder em todo o país desde sempre), o reality show Casa dos Artistas. A produção do programa adaptou uma mansão localizada no bairro do Morumbi, em São Paulo, colocando nela 33 câmeras e 35 microfones, para receber todos os participantes, que recebiam R$ 80 mil por mês.
Sílvio Santos, noticiou a estréia somente no primeiro dia em que ele foi ao ar, e após o Domingo Legal, chamou todos os participantes no palco do programa.

Sílvio Santos apresentava o programa
Alessandra Scatena no palco do Casa dos Artistas
A Casa dos Artistas 1 contou com a participação da ex-atriz e hoje mestre de cerimônia Alessandra Scatena; das modelos Núbia Óliiver e Nana Gouvêa; e dos atores Alexandre Frota e Patrícia Coelho.
Foi este reality que tornou de vez a atriz Bárbara Paz famosíssima! Ela foi a grande vencedora, levando pra casa R$ 300 mil. Em segundo lugar, ficou o cantor Supla, então companheiro de Bárbara, e em terceiro, a atriz e modelo Mari Alexandre, conhecida também pelo seu relacionamento com o cantor Fábio Jr.

Sílvio Santos posa para foto com participantes da primeira edição do reality
Esta mesma edição contou ainda com a presença de Alexandre Frota, que hoje está afastado da TV se dedicando à causas políticas, além de causar na internet com seus posts polêmicos do Twitter.
Ficava na frente do Fantástico quando o assunto era audiência, obtendo 33 pontos de média entre as 20hrs e 21hrs, enquanto o programa global tinha 25. Porém, ele perdia para o No Limite, outro reality show, da Rede Globo, que também estreou neste mesmo domingo. Um mês e meio de transmissão, o programa do SBT bateu positivamente duas vezes o recorde de audiência, nos dias 26 de novembro, com 42 pontos, e 16 de dezembro, o dia da grande final, com 46 pontos.

Casa dos Artistas nas revistas Veja e Caras

Sílvio Santos exibe matéria sobre o programa
Em 17 de fevereiro de 2002, estreava a segunda edição do Casa dos Artistas, e foi de lá que saiu a atriz Ellen Rocche, que está no ar em O Outro Lado do Paraíso, depois de atuar nos sucessos O Astro, Sangue Bom e Haja Coração. Teve ainda a participação de André Gonçalves, sendo esta a sua única passagem pelo SBT, a ex-modelo Joana Prado, também conhecida como a Feiticeira do Programa H, o lutador Vítor Belfort, que hoje é casado com a Joana, a guittarista Syang, a atriz e modelo Suzana Alves, conhecida como Tiazinha do mesmo programa que Joana, e o ex-galã global Ricardo Macchi.
Ellen Rocche e André Gonçalves ficaram em segundo e terceiro lugar, respectivamente, e quem ganhou essa edição foi o cantor Rafael Vanucci, filho de Vanusa.

Entrada dos participantes no Casa dos Artistas 2
A segunda edição obteve 20 pontos de média geral, sendo assim um sucesso. Só no último dia de exibição, dia 19 de maio, registrou uma média de 40 pontos, seis pontos abaixo do último dia da edição anterior, mas ainda assim conseguiu liderar no Ibope na hora que o Fantástico estava no ar.


Casa dos Artistas 3
A terceira edição reuniu seis artistas e um fã de cada um. Transmitida entre 02 de junho e 28 de julho de 2002, teve a participação do cantor Agnaldo Timóteo e de Silvana Matos, sua fã; do modelo Flávio Mendonça, do ator Jorge Pontual, da personal trainer Solange Frazão e Sérgio Paiva, seu fã e o grande vencedor do programa, levando R$ 400 mil reais pra casa.


Nesta edição, foi revelada a atriz Adriane Garcia, que antes fizera ponta em Malhação e Laços de Família em 2000, além de ter trabalhado como repórter no SporTV Brasil e no programa Amaury Junior, respectivamente, de 2001 e 2002. Como cantora, lançou dois álbuns de estúdio, Vem Ficar Comigo, de onde saiu o single mais conhecido, Amor Perfeito (a mesma música cantada pelo Roberto Carlos), e Lança Perfume. Também marcou presença a ex-esposa de Chiquinho Scarpa, Carola, que também participou da segunda edição, mas desistiu de continuar na segunda semana. Na terceira, foi a segunda eliminada.

Logotipo do Casa dos Artistas - Protagonistas de Novela
A Casa dos Artistas 4, de 2004, tinha a missão de encontrar, entre 14 participantes, aquele mais capacitado para protagonizar uma novela do SBT. Todos eram preparados por atores profissionais e conhecidos do público, tinham aulas de canto, interpretação e dança, ensaiando esquetes (pequenas cenas) e passando por vários testes.

Participantes do Casa dos Artistas 4 ao chegarem
Quem participou dessa edição foi a cantora e modelo Liz Vargas, também conhecida por integrar o grupo musical Banana Split; a atriz Paola Rodrigues, atualmente no ar em Tempo de Amar; e Alexandre Carlomagno, que tem um vasto currículo no teatro e participação em duas novelas desta mesma emissora, Esmeralda (2004) e Cristal (2006).
A grande vencedora foi Carol Hubner, que mesmo com a promessa do SBT em brilhar por lá, fez apenas uma novela, Esmeralda, mas continua firme na carreira de atriz fazendo peças de teatro. Ela é casada com o ex-tenista Fernando Meligeni, com quem teve dois filhos. No ano passado, esteve em cartaz com duas peças, "Enquanto As Crianças Dormem", e "Amor, Humor, O Resto É Bobagem".


No período de estréia, programa ficou por dois dias seguidos sem ir ao ar devido a um processo movido pela Rede Globo por plágio, já que o Casa dos Artistas era praticamente a cópia do Big Brother Brasil, originalmente criado pela produtora holandesa Endemol e que estreou somente em 2002 com os direitos comprados muito antes disso.
Foi inserido pelos telespectadores e pelo Comitê de Acompanhamento da Programação (CAP) na lista da campanha "Quem Financia a Baixaria é Contra a Cidadania", no nono lugar, atrás de Casos de Família, Cidade Alerta e da novela Da Cor do Pecado, e na frente do Brasil Urgente.
Com medo de novos processos e problemas com a Rede Globo, o SBT deu o programa como encerrado em 2004, e somente 11 anos depois a Justiça considerou o programa como plágio e condenou o SBT a pagar uma multa de R$ 18 milhões.