segunda-feira, 9 de abril de 2018

Perfis falsos forjam elogios e dão nota 10 para o filme de Edir Macedo em site americano


Pipoca Moderna - O filme “Nada a Perder”, cinebiografia do bispo Edir Macedo, conseguiu se envolver em nova polêmica, agora nos Estados Unidos. Após estrear com recorde de bilheteria e salas supostamente vazias no Brasil, o longa foi acusado de falsear avaliações positivas para elevar sua nota no site americano IMDb (Internet Movie Database). O site costuma ser usado como fonte de consulta, pois compila avaliações de espectadores.
Entretanto, após denúncias, o filme teve várias resenhas elogiosas apagadas pelos mediadores, que as consideraram falsas ou criadas por bots.
A ação aconteceu após o programa “Domingo Espetacular”, da rede Record, emissora de propriedade de Edir Macedo, exaltar a nota 10 atingida por “Nada a Perder” no site. “O desempenho se compara a filmes como ‘O Poderoso Chefão’, lançado em 1972, e ‘Um Sonho de Liberdade’, de 1994, os dois mais populares do ranking”, observou a repórter Evelyn Bastos, na reportagem da TV, citando ainda que o longa tem nota maior que a do vencedor do Oscar 2018, “A Forma da Água”.
Mas diante de denúncias de que não apenas as notas estariam sendo elevadas por robôs, mas muitas resenhas eram falsas, o site apagou nada menos que 133 textos de uma só vez, pois teriam sintaxe parecida ou foram criadas na mesma hora. Nesta segunda-feira (9/4), o número de críticas de espectadores caiu de 150 para apenas 17.
A nota também caiu. O longa dirigido por Alexandre Vancini está atualmente avaliado em 8,6 e em queda livre – estava 8,8 pela manhã. Ainda assim, chama atenção a falta de notas intermediárias para a produção. A maioria esmagadora das avaliações dá nota 10 ou nota 1. Fora estes extremos, há eventuais 9. A falta de meio termo é algo inusitado em relação a outras produções.
Também chama atenção o fato de a maioria das resenhas conter erros grosseiros de inglês, indicando o uso de tradutor online. Mesmo assim, um dos resenhistas afirma ser da Flórida, onde o filme ainda não estreou. Este espectador, por sinal, tem apenas uma resenha publicada no site. Justamente de “Nada a Perder”.
O mesmo fenômeno pode ser verificado entre todos os que escreveram elogios ao filme. Estes supostos cinéfilos só usaram o IMDb uma vez na vida: para elogiar e dar nota positiva a “Nada a Perder”.
De forma ainda mais impressionante, todos os elogios vêm de perfis criados há menos de uma semana! Não é questão de acreditar ou não que possam ser falsos. São falsos.
Vale observar que apenas uma das 17 resenhas foi escrita por um usuário real do IMDb, membro há 10 anos. Ele deu nota 1 e descreveu “Nada a Perder” como um “bad movie”, o famoso “filme ruim”.

Nenhum comentário: