domingo, 17 de junho de 2018

Com cobertura especial, cidade alerta deixa Luciano Huck pra trás e alcança recorde com 19 pontos


TV Foco - Com a confirmação da morte de Vitória Gabrielly, adolescente de 12 anos que estava desaparecida havia oito dias o Cidade Alerta, da Record, bateu mais um recorde de audiência.
O programa comandado por Luiz Bacci alcançou 19,5 pontos e deixou o Caldeirão do Huck, da Globo, para trás no IBOPE da Grande São Paulo.
O jornalístico policial registrou 16,7 pontos de média com picos de 19,5. Enquanto era exibido o programa de Luiz Bacci, a Globo teve 19,6; a Band 5,5 e o SBT 4,9 pontos. Ao enfrentar o programa de Luciano Huck, foram 18 pontos para o “Cidade Alerta” contra 17,8 para o Caldeirão.

BALANÇO GERAL TAMBÉM IMPRESSIONA NA AUDIÊNCIA
Não adiantou! A Globo exibiu a abertura da Copa Mundo e o primeiro jogo do grande evento, Rússia e Arábia Saudita, registrou ótima audiência inclusive, mas não o suficiente para frear os bons índices do Balanço Geral, da Record, exibido das 12h as 15h.
No minutos em que disputou com o futebol, o noticiário comandando por Reinaldo Gottino realmente não ficou tão perto da liderança, mas, com o fim do jogo, o BG disputou com o Jornal Hoje a preferência do público e chegou a vencer o telejornal da Globo em alguns momentos.
Na média geral, Gottino e sua turma registram média de 12 pontos com 16 de pico e 23% de participação. No mesmo horário, a Globo liderou com 21 e o SBT apareceu em terceiro lugar com apenas 7. A Band foi terceira colocada com 1 ponto de média.
Entre os principais destaques da atração vespertina, a cobertura do caso Vitória. Em entrevista exclusiva, a mãe da menina desaparecida no interior de São Paulo, após sair para andar de patins na sexta-feira (8), falou sobre as últimas atualizações do caso e disse que espera encontrar a filha com saúde.
De acordo com informações divulgadas pelo delegado seccional Marcelo Carriel nesta quinta-feira (14), um servente de pedreiro, que diz ser usuário de drogas, revelou que esteve com a garota junto com um casal em um carro.
Vale lembrar que as buscas em matas e água foram temporariamente suspensas pela polícia, segundo o delegado. Equipes das polícias Civil, Militar e Corpo de Bombeiros fizeram diligências em Araçariguama, Mairinque e São Roque. Segundo a polícia, mais de 50 depoimentos foram colhidos. A partir desta sexta-feira (15), a investigação será acompanhada de perto por policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Sorocaba, do departamento de homicídios e desaparecidos.

Nenhum comentário: