quinta-feira, 28 de junho de 2018

'Deus Salve o Rei': Catarina é presa após denúncia de Augusto


Purepeople - Catarina (Bruna Marquezine) vai pagar por seus crimes nos últimos capítulos da novela "Deus Salve o Rei". A vilã será denunciada por Augusto (Marco Nanini), seu pai de criação, ao ser convencido por Amália (Marina Ruy Barbosa) e Selena (Marina Moschen). O rei de Artena adotou em um convento a megera, que é filha biológica da bruxa Brice (Bia Arantes), depois da morte de sua herdeira momentos após o parto. A informação é da colunista de TV Patricia Kogut, do jornal "O Globo", nesta quinta-feira (28). A trama medieval das sete termina daqui a aproximadamente um mês, dia 30 de julho.


RODOLFO SE ALIA A AMÁLIA
Desconfiando que Catarina é a assassina de Constantino (José Fidalgo), a feirante vai confirmar suas suspeitas em conversa com Diana (Fernanda Nobre). Logo depois, a plebeia vai atrás de Rodolfo (Johnny Massaro), irmão de seu ex-noivo, Afonso (Romulo Estrela) para firmar um pacto contra a sua maior inimiga. "Fazer uma aliança com aquela víbora foi o maior erro que meu irmão cometeu. E ainda precisou pagar um preço tão alto por se aliar a ela... Ter que abrir mão de você!", diz o viúvo de Margô (Cristina Mutarelli). O rei de Alcaluz, no entanto, vai fazer jogo duplo e usar a fortuna que a mulher lhe deixou para tirar o irmão do trono de Montemor.

CATARINA É PRESA APÓS JULGAMENTO
Ao mesmo tempo, Amália se torna cúmplice de Virgílio (Ricardo Pereira) para descobrir o paradeiro de Augusto. Quando a feirante e Selena encontrarem Augusto, o rei releva não ser o pai de Catarina e decide revelar toda a verdade que sabe da filha, que o manteve preso em uma torre como castigo. Já em Montemor, o monarca provoca o julgamento e prisão da megera. Quando o folhetim medieval chegar a essa altura, a rainha má já terá uma nova morte nas costas - Ísis (Isis Pessino) - e vai tentar se livrar também de Diana. Além disso, Afonso passa a fingir que acredita na inocência da mulherdepois de encontrar prova que liga Catarina à explosão da mina.

CATARINA CONFESSA CRIMES A AMÁLIA
Antes de receber a devida punição, a vilã das sete confessa ter tentado matar a feirante várias vezes. "Eu cheguei bem perto de acabar com você. Poucas coisas na vida me deram tanto prazer como ver aquela casa pegando fogo com você dentro. E depois, você quase sendo queimada na fogueira. Você teve sorte. Mas sorte não dura para sempre", provoca. "Os ventos estão mudando, Catarina. As coisas estão fugindo ao seu controle. Sabe do que você precisa num momento como esse? De um conselho de pai. Uma pena que você não saiba onde o rei Augusto está. Mas fique tranquila, logo eu mesma vou trazê-lo de volta", rebate a ruiva.

(Por Guilherme Guidorizzi)

Nenhum comentário: