quinta-feira, 28 de junho de 2018

Estudante de 19 anos tem duas paradas cardíacas e morre após rave no DF


Yahoo - Uma jovem de 19 anos teve duas paradas cardíacas e morreu após participar de festa rave no Distrito Federal, na segunda-feira. Sem saber que Ana Carolina Lessa tinha ido ao evento, na noite de sábado, a família se preocupava com a jovem, que ainda não tinha retornado para casa, e a localizou na residência de um desconhecido.
Ao deixar o local, Ana Carolina se queixou de mal estar e, levada a um hospital, sofreu duas paradas cardiorrespiratórias antes de morrer.
De acordo com o portal Uol, a mãe, Valda Lessa, afirma que a filha tinha hematomas pelo corpo e ferimentos na região genital e no ânus. As informaçōes constavam em boletim de ocorrência. A família suspeita que ela tenha sido drogada e estuprada.
O rapaz que a acolheu não conhecia Ana Carolina e disse tê-la encontrado em um matagal próximo do local onde ocorreu a festa. Ele e a mãe garantiram ao jornal Correio Brasiliense que ela não apresentava nenhum ferimento enquanto esteve lá.
Os dois afirmam que ela chegou consciente ao local, tomou banho, comeu pão com ovo e dormiu um pouco. Ela relutava em falar com a família até ser localizada pelos parentes.
Valda afirma que a filha, estudante de enfermagem, não utilizava drogas e que não costumava frequentar esse tipo de evento.
Chamada “Arraial Piscodélico”, a festa teve início às 17h do sábado. Amigos de Ana disseram que ela passou boa parte do evento na enfermaria do local após começar a sentir mal estar por volta de 21h. O grupo se perdeu da jovem, que foi encontrada pelo rapaz na saída da festa, por volta de 16h do domingo.

Nenhum comentário: