sábado, 23 de junho de 2018

Gilberto Barros relembra tentativa de assassinato: “Tentaram me pegar uma vez”


RD1 - Gilberto Barros foi entrevistado por Danilo Gentili no “The Noite” e contou detalhes de uma tentativa de assassinato que sofreu na época em que comandava o “Cidade Alerta”, da Record.
“Já tentaram me pegar uma vez, fechando a rua com motos e metranca [metralhadora]. Eu me agachei, meu carro tinha uma câmera de ré. Desci [a rua] de ré por cima das motos e entrei rasgando”, contou.
“Cheguei a ver o local e as vítimas, em avançado estado de decomposição. E vi o estado das famílias”, relembrou ele sobre as vítimas do Maníaco do Parque.
Barros também recordou um momento engraçado de sua carreira quando comandava o “Sabadaço”, em 2006. Ele recebeu o grupo Kasino, que imaginava ser estrangeiro.
“Atração internacional, a produção me passou. Estava na ‘Malhação’ esse som. Recebo todos os artistas do mesmo jeito: eu dançava, invisto na minha atração. Quando acabou a música pensei: ‘Não sei falar muito inglês, mas vamos lá'”, narrou.
“‘Welcome to Brazil’ e ele [o vocalista]: ‘Eu sou da Zona Leste [de São Paulo]”. Eu não sabia, de verdade”, explicou.
O entrevistado ainda disse que o grupo devia ter aproveitado o momento e agido diferente. “[O vocalista] não gostou muito, ficou criticando. Ele deveria ter aproveitado e usado isso como trampolim. Gostaria muito que ele continuasse e fizesse sucesso, que arrebentasse. O Brasil está carente de artistas novos”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário