domingo, 7 de janeiro de 2018

Ivete Sangalo fala sobre a gravidez e a expectativa para chegada das gêmeas

Estrelas do Brasil começou 2018 com tudo! Em sua primeira edição do ano, Angélica visitou a Bahia e recebeu Cléo Pires, Ivete Sangalo, Mariana Ximenes e Jonh Drops para um bate-papo. Grávida de gêmeas, a cantora revelou que pensava em ser mãe de seis para ter casa cheia e falou também sobre a relação com Marcelo, seu filho mais velho.

Ivete Sangalo no programa Estrelas do Brasil com Angélica
“Eu me vejo no meu filho, ele é agitado como eu!”

“Estou preparando-o para essa transformação. Porque ele é o rei da minha vida, o rei da casa!"

Ivete Sangalo e o filho, Marcelo
“Quando fiquei grávida, falei para o Marcelo: você pediu com tanta força um irmãozinho que papai do céu mandou duas meninas para você!”

“Pensava em mim assim: mãe de 6 filhos, casa cheia...”

Mesmo grávida de duas meninas, Ivete não dispensa a ginástica diária. A cantora explicou que conta com o auxílio constante de um personal que indica os melhores exercícios de acordo com seu estado físico.

Fonte: Gshow

“Vou botar pra f…” diz cantor que trocou música gospel por funk carioca


O Fuxico Gospel - Tonzão Chagas, o cantor que abriu mão de sua carreira na música gospel e decidiu voltar ao funk carioca, fez uma declaração polêmica sobre sua decisão.
Ele postou uma nota em suas redes sociais, esclarecendo que sua decisão de voltar a música secular não será revogada. Ele diz que prefere não expor o que lhe levou a tomar essa decisão, mas deixou claro que está bem consciente do que está fazendo. Ele também disse que sabe que é errado e que decidiu viver errado.
Tonzão deixa claro que vai se entregar com tudo ao funk e já alertou que vai falar palavrão e que vai fazer tudo o que o funk pede. Ele também pediu que os evangélicos parassem de segui-lo nas redes sociais.

Tonzão foi mais fundo e disse que iria, palavras dele, “botar pra f…”.

Leia a nota na íntegra:
Galera agora minha vida traçou novos rumos! Então peço que respeitem esse momento eu não quero e nem vou expor nada do que aconteceu pra chegar esse nivel! SÓ POSSO DIZER QUE SERVIR A CRISTO NA INTEGRA FOI A MELHOR COISA QUE ME ACONTECEU, EVANGELIZAR E FAZER TUDO PELO REINO FOI TOP DEI O MEU MELHOR!
Porem quando estamos fortes suportamos tudo, mas quando estamos fracos já não toleramos tais coisas!
Alguns dizem, vai voltar ao vomito e um monte de outras coisas tudo bem vocês estão certos e eu estou errado sim, mas eu decidi viver errado, sei que é errado mas quero viver isso pois a vida é minha então respeitem minha decisão e a hora que Deus quiser fazer o certo em mim novamente Ele faz pois Ele é Deus !
SÓ QUERO DIZER UMA COISA NÃO VOU FICAR EM CIMA DO MURO, SE ESTOU NO MUNDO E SE EU TRABALHAR COM FUNK NOVAMENTE EU VOU DAR O MEU MELHOR COMO EM TUDO QUE FAÇO!
VOU BOTAR PRA F….. MESMO POIS SE O FUNK É OUSADIA VAI SER ISSO, SE É FALANDO DAS COISAS REIAS QUE ACONTECEM NA FAVELA VAI SER ISSO QUE VOU FAZER TODOS TIPOS DE LETRAS COMO SEMPRE FIZ, CLARO QUE DANCANTE E CONCIENTE É MINHA PREFERENCIA MAS VOU FAZER TUDO ATÉ PALAVRÃO E ETC…. NÃO VOU FICAR NO MURO JÁ ESTOU AVISANDO POIS TEM MUITA GENTE QUE ME AMA DE VERDADE E NÃO QUERIA E NEM QUER ME VER ASSIM!
ENTÃO POR AMOR E RESPEITO A VOCÊS PESSO QUE SAIAM DAS MINHAS REDES E TIREM SEUS FILHOS DELAS POIS ELES NÃO MERECEM, POREM ACONTECEU E EU VOU ME LANÇAR COM TUDO !
AH TONZÃO TU VAI SE MACHUCAR FEIO, DEUS VAI PESAR A MÃO, QUE ELE PESE MELHOR A MÃO DE DEUS DO QUE A DOS HOMENS A MÃO DE DEUS CORRIGE E ATÉ MATA POR AMOR, JÁ A MÃO E PRINCIPALAMENTE A LÍNGUA DOS HOMENS NÃO TEM MISERICÓRDIA MATAR POR MALDADE!
SAI DA RETAAAAAAAAAAAA

Maria Rita expressa saudade de Arlindo em álbum com músicas de Brown e Camelo


Sexto álbum gravado em estúdio por Maria Rita, Amor e Música, desembarca nas lojas e nas plataformas digitais a partir da próxima sexta-feira, 12 de janeiro de 2017, ocupando o lugar que seria do registro audiovisual de show inédito captado em São Paulo (SP) para edição de DVD cancelada pela cantora paulistana por conta de problemas técnicos na gravação ao vivo feita em 7 de julho de 2017.
Compositor que deu aval e músicas para Maria Rita quando a cantora resolveu priorizar o samba na discografia, a partir de 2007, o carioca Arlindo Cruz é celebrado pela devota com a regravação de Saudade louca (Arlindo Cruz, Acyr Marques e Franco, 1989). Lançado há 29 anos na voz do bamba Zeca Pagodinho, compositor aliás presente no repertório do álbum Amor e música, Saudade louca soa como recado afetuoso para Arlindo, fora de cena há quase um ano por conta de AVC sofrido em março de 2017.
Saudade louca é regravação bissexta em repertório pautado basicamente por músicas inéditas de compositores como Carlinhos Brown, Davi Moraes, Marcelo Camelo e Pretinho da Serrinha (cuja assinatura aparece nos créditos de Reza). Com músicas como Cara e coragem, Chama de saudade, Nem por um segundo, Nos passos da emoção, Perfeita sintonia, Pra Maria e Samba e swing, além da composição de Moraes Moreira e Luisão Paiva (de 1991) que dá nome ao disco, o álbum Amor e música incorpora ao repertório o já conhecido samba Cutuca (Davi Moraes, Fred Camacho e Marcelinho Moreira, 2017), lançado em single em setembro e já propagado na trilha sonora da novela Pega pega (TV Globo).
Décimo-segundo título da discografia de Maria Rita, se contabilizados os quatro registros de shows lançados somente em DVD, o álbum Amor e música chega ao mercado fonográfico, em edição da Universal Music, com capa que expõe a cantora em foto de Daryan Dornelles e com o mesmo título de álbum lançado por Zizi Possi em 1987, com a diferença de que o Amor & música de Zizi tinha o & no lugar do e.

Fonte: G1

Jovem gaúcho deixa periferia rumo à Alta Escola de música de Genebra


Jornal GGN - Com apenas 18 anos, Weslei Felix Ajarda ocupa há quase 4 meses um dormitório de 16 metros quadrados em uma espécie de residência para estudantes, em Genebra, onde estuda música com jovens de outras 200 nacionalidades, numa das escolas mais conceituadas e tradicionais do mundo, a Alta Escola de Música, criada no século XIX.
Weslei, natural de Guajurivas, na periferia do Rio Grande do Sul, é contrabaixista e ganhador de uma bolsa de estudos que possibilitou a ele realizador o sonho de estudar e trabalhar com músicos na Europa. Ainda no Brasil, participou de programas de televisões e trabalhou para levantar fundo para conseguir se manter na Suíça, onde deve ficar em função da graduação por 3 anos.
Hoje, além das aulas, ele já estreou no Genebra Victoria Hall, um dos palcos mais famosos da Europa, e toca aos domingos na banda da igreja, entre outros jobs.
Ao repórter Jamil Chade, do Estadão, relatou o emocionante encontro com um de seus ídolos, o meste do contrabaixo italiano Franco Petracchi.