quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Líder do Senado critica Trump por visita de 'espião' russo

Jornal do Brasil - O líder do Senado dos democratas, Charles Schumer, classificou nesta quarta-feira (31) como "suspeito" o encontro do chefe do Serviço de Inteligência Estrangeiro da Rússia (SVR), Serghiei Narishkin, com autoridades norte-americanas.
"Esta é uma questão séria de segurança nacional. A Rússia hackeou as nossas eleições, nós sancionamos o chefe de sua inteligência no exterior e depois a administração Trump o convida para dançar uma valsa na porta principal", indagou o senador.
Para Schumer, "esta é uma violação extrema dos deveres por parte do presidente, que parece mais empenhado em minar o papel da lei neste país do que resistir a Putin".
Na última semana, segundo duas fontes familiares à questão, Narishkin, que está sob sanções dos Estados Unidos, se reuniu com o diretor da Inteligência Nacional norte-americana, Dan Coats, e outras autoridades.
A agência de notícias estatal russa Tass, citando uma entrevista do embaixador da Rússia em Washington, Anatoly Antonov, à TV Rossiya-1, também relatou que as autoridades haviam se encontrado para discutir o "esforço conjunto contra terrorismo".
No entanto, a Agência Central da Inteligência (CIA) se negou a fazer qualquer comentário sobre o assunto. A revelação da visita de Naryshkin coincide com uma disputa partidária entre republicanos e democratas em Washington por conta das investigações do procurador especial Robert Mueller sobre a suposta interferência russa na campanha eleitoral de 2016.
O presidente Donald Trump, por sua vez, nega as acusações e já classificou as investigações de caças às bruxas.

#Assassinato - Polícia encontra corpo de jovem de 18 anos em duas malas

Jornal do Brasil - O corpo encontrado desmembrado dentro de duas malas abandonadas em um fosso na cidade de Pollenza, no centro da Itália, pertence à jovem Pamela Mastropiero, de 18 anos. Segundo a polícia, a morte ocorreu após ela deixar uma comunidade de recuperação de Corridonia.

Médico condenado por abusos de ginastas volta ao tribunal


Jornal do Brasil - Após ser condenado a 175 anos de prisão por abusos sexuais contra mais de 100 mulheres, muitas delas ginastas do time olímpico norte-americano, o médico Larry Nassar, 54 anos, voltou ao banco dos réus nesta quarta-feira (31).
Agora, ele responderá por 265 crimes de abuso em outra ação movida contra ele. Mais de 160 mulheres já prestaram depoimentos à juíza Janice Cunningham. Segundo a magistrada, há ainda "um número infinito" de mulheres no estado de Michigan "e no mundo" que foram molestadas por Nassar.
O médico foi chefe do departamento médico da Federação de Ginástica dos EUA entre 1994 e 2016, tendo atuado também na Universidade de Michigan. Além da condenação de 175 anos, ele já havia sido condenado a outros 60 anos de detenção por posse de pornografia infantil.

Caso de menino judeu agredido gera revolta na França

Jornal do Brasil - A agressão de um menino judeu de oito anos tem gerado revolta na França e fez até o presidente do país, Emmanuel Macron, condenar o ataque nesta quarta-feira (31).
"Um menino de oito anos foi agredido em Sarcelles porque usava um kipá. Todas as vezes que um cidadão é atacado por causa de sua idade, de sua aparência ou religião, a República toda é atacada", escreveu Macron em sua conta no Twitter.
Segundo a mídia francesa, o menino foi derrubado no chão e agredido a chutes por dois adolescentes, de cerca de 15 anos, enquanto se dirigia para aulas de reforço escolar. Os jovens fugiram do local e a polícia abriu uma investigação sobre o caso.

Coreia do Norte lança selos com imagens de armas nucleares

Jornal do Brasil - A Coreia do Norte divulgou nesta quarta-feira (31) uma coleção composta por três selos para homenagear o ditador Kim Jong-un e as forças armadas do país.
Em dois cartões, as figuras fazem referência ao lançamento de armas nucleares, enquanto o outro selo traz a foto do líder norte-coreano.As imagens, com data de 2018, foram reveladas pela Agência Central de Notícias do país.
No ano passado, o escritório da Coreia do Norte já havia lançado uma coleção em comemoração ao último teste com um míssil balístico intercontinental realizado em 29 de novembro e que segundo Pyongyang pode atingir todo o território dos Estados Unidos.

Bill Gates confessa que sente medo de ter Alzheimer

Jornal do Brasil - O fundador da Microsoft, Bill Gates, anunciou nesta quarta-feira (31) que seu pai, William, de 92 anos, sofre de Alzheimer.
A revelação aconteceu em entrevista à emissora "NBC" e, além de contar sobre a doença do pai, Gates confessou também que tem medo de ter o mesmo problema. O magnata disse que investirá mais de US$ 100 milhões na busca de uma cura para a doença. "Um número cada vez maior de pessoas sofre de Alzheimer, é uma doença trágica. Eu realmente acho que, se nós organizarmos os recursos certos, é solucionável", disse Gates.
Ele anunciou em novembro do ano passado que havia doado cerca de US$ 50 milhões de seu próprio bolso para ajudar nas pesquisas sobre o Alzheimer, enfatizando que a atitude poderia ser seguida por outros desembolsos.
Além de combater o Alzheimer, Gates também doou US$ 40 milhões para o Instituto de Pesquisa Internacional de Animais de Criação, que desenvolve vacinas e medicamentos para bichos de fazendas.
O magnata norte-americano pretende criar uma "superfazenda" na África, com vacas capazes de produzir quatro vezes mais leite, galinhas que botam ovos mais nutritivos e plantas resistentes à seca e a doenças.
"Para mais de um bilhão de pessoas que vivem nos países mais pobres do mundo, a agricultura é a linha de vida para escapar da pobreza", concluiu Gates.

Empresário é preso suspeito de furtar remédios para tratamento de câncer em clínica de Colatina

Folha Vitória - Um empresário de Colatina, no noroeste do Estado, foi preso nesta quarta-feira (31), suspeito de participar de um esquema de desvio de medicamentos de alto custo. A prisão foi resultado de uma operação do Ministério Público de São Paulo, que também cumpriu mandados em outros estados.
De acordo com as investigações, Kildren Batista Rodrigues trabalhava na clínica Centro de Oncologia de Colatina (Ceonco) e, no local, furtava remédios usados para tratamento de câncer.
Em seguida, ele enviava os medicamentos, pelos Correios, para os outros membros da quadrilha, que moram em Bauru, no interior de São Paulo. Segundo o Ministério Público paulista, a quadrilha desviou um total de R$ 16,5 milhões em medicamentos.
Uma representante da clínica de Colatina que teria sido vítima do esquema criminoso disse que a empresa não foi informada sobre as investigações. Disse ainda que Klinder Batista é funcionário da clínica há 11 anos.

Simone e Simaria planejam mudança para São Paulo

Folha Vitória - Simone e Simaria estão de mudança! De acordo com o colunista Léo Dias, do jornal O Dia, as irmãs estão procurando uma casa pra ficar em São Paulo. Após ficarem oito anos em Fortaleza e comprarem, cada uma, uma mansão em Goiânia, elas pensam em alugar um imóvel para ver se conseguem se adaptar à capital paulista.
Caso fiquem em São Paulo, as cantoras vão comprar uma casa. Simone até teria sido vista em um condomínio de luxo na zona oeste da cidade, onde o aluguel de um apartamento está em torno de seis mil reais. Até o momento, elas não fecharam o negócio, mas é um possível local para teste.
Além dos imóveis em Goiânia, o colunista ainda informou que as cantoras e juradas do The Voice Kids já são donas de uma mansão de dois milhões e 100 mil reais em Orlando, nos Estados Unidos.

Bruno Gagliasso e Wagner Moura posam juntos nos bastidores de novo filme

Folha Vitória - Quando dois grandes talentos se encontram, o resultado não pode ser ruim, né? Wagner Moura faz sua estreia como diretor de cinema em Marighela - O Filme e está trabalhando ao lado de grandes nomes como Seu Jorge e Bruno Gagliasso.
Bruno, aliás, compartilhou uma foto ao lado de Moura na noite da última segunda-feira, dia 29, e legendou com um poema de Carlos Marihella: É preciso não ter medo, é preciso ter a coragem de dizer. Há os que têm vocação para escravo, mas há os escravos que se revoltam contra a escravidão. Não ficar de joelhos, que não é racional renunciar a ser livre.
O filme conta a história de Carlos Marighella, poeta, escrito, político e guerrilheiro que lutou contra a Ditadura Militar e foi morto por policiais em uma emboscada, em 1969.
O longa conta com direção de Wagner Moura e Seu Jorge como o protagonista Marighella. A previsão de estreia é em setembro deste ano.

Ex-integrante do Pussycat Dolls diz que Jay-Z é cafetão e traficante


Folha Vitória - Kaya Jones, ex-integrante do Pussycat Dolls, acusou Jay-Z, rapper e marido de Beyoncé, de ser traficante de drogas e de administrar garotas de programa. Após causar polêmica no último ano ao declarar que o ex-grupo era uma rede de prostituição, a cantora voltou a usar seu Twitter nesta semana para fazer acusações contra o empresário, que havia criticado dias atrás o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump em relação ao desemprego entre a população negra do país norte-americano.
Jay Z vendeu drogas para financiar sua gravadora por anos. Dorme com mulheres jovens e promove o ódio à comunidade negra. Ele é um cafetão e traficante de drogas glorificado que está se safando há muito tempo. Uma das únicas vezes em que vi armas serem sacadas em um ambiente público foi com Jay-Z. Eu tinha 18 anos, e estava tendo uma boa noite em Londres, quando ele a transformou em uma zona de guerra. Não me fale sobre ele. Estou ciente. Hey Jay-Z, dinheiro não é suficiente para sua comunidade? Isso por antes ou depois de você atirar pedra em sua juventude? Roc Nation significa o que mesmo? Tenho certeza que é crack. Jay-Z não fundou sua gravadora vendendo jornal pelo bairro. Ele vendia algo que usou para nomear sua gravadora, Roc [pedra], disse em uma série de tuítes.
Para completar, Kaya Jones ainda criticou o Grammy Awards 2018, considerado o Oscar da música, que teve a presença do rapper e de Beyoncé, com a filha Blue Ivy, na plateia: Às vezes, as declarações mais escandalosas são as mais silenciosas #GRAMMYs.

Moreira Franco nega comemoração com Temer e Meirelles por condenação de Lula

São Paulo - O ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco, negou, em sua conta oficial no Twitter, a afirmação de que ele, o presidente Michel Temer e o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, teriam comemorado a condenação em segunda instância do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso do tríplex do Guarujá, na última quarta-feira, 24. No dia, a comitiva de Temer participava do Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça.
"Não comemoramos porque nada há o que comemorar. Não ajo assim, não ilustra uma democracia ver um ex-Presidente da República nesta situação", afirmou ele. Moreira Franco se refere ao artigo "O que será o amanhã?", publicado na edição deste domingo, 28, do jornal Folha de S. Paulo, que, segundo o ministro, "maltrata a verdade".

Fonte: Folha Vitória

Rodrigo Maia escolhe serviço "diamante" para nascimento de seu quinto filho

Brasília, 31 - Considerado um novo atrativo do Hospital Santa Luzia, em Brasília, para futuros pais e mães, o "pacote diamante", que dá direito a cardápio assinado por uma chef renomada e champanhe, foi o escolhido para o nascimento do quinto filho do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ). O serviço, que começou a ser oferecido na semana passada, inclui não só refeições como alguns mimos no quarto, entre eles balões personalizados e arranjos. A família Maia foi a segunda a usá-lo, de acordo com o hospital.
O menu é elaborado pela chef Mara Alcamim, proprietária do restaurante brasiliense Universal. Para o nascimento do filho Felipe nesta quarta-feira, 31, Maia reservou uma suíte do hospital e recebeu outra de cortesia, destinada aos convidados dele e da mulher, Patricia Maia. No cardápio há opções de entrada como ciabatta assada ou carpaccio de carne acompanhado de parmesão, torradas, brotos, alcaparras e molho de mostarda. Para o prato principal: risoto de cogumelos frescos; scaloppine com penne; filé de frango em cubos ao molho de limão siciliano e risoto de banana; filé alto com manteiga de ervas ao molho da própria carne e vinho tinto, com risoto de tomate seco.
Segundo Mara, a ideia é que tudo seja "muito simples" e com "comida saudável e funcional". "A gente está fazendo um trabalho para dar uma mudada nesse negócio de comida de acompanhante. Eles (do hospital) me procuraram para darmos uma renovada. Fazemos um cardápio básico e elaboramos em cima do básico. Os produtos são todos orgânicos. A gente quer fazer disso a grande estrela. Pode ser arroz, feijão e carne moída, por exemplo", afirmou a chef.
O Hospital Santa Luzia faz parte da Rede D'Or São Luiz, que já disponibiliza esse mesmo tipo de atendimento em hospitais de São Paulo. Segundo informações da assessoria de imprensa da presidência da Câmara, os custos estão incluídos no plano de saúde oferecido pela Casa, cuja mensalidade é paga pelos próprios parlamentares.

Fonte: Folha Vitória

Marcello Novaes revela sua torcida por Renan e Elizabeth em O Outro Lado do Paraíso


TV Foco - No ar em O Outro Lado do Paraíso, novela da faixa das 21h da Rede Globo, o ator Marcello Novaes, que interpreta Renan, falou sobre sua torcida por Elizabeth (Gloria Pires).
Na trama escrita por Walcyr Carrasco, Renan voltou após ter sido dado como morto e contou o que pensa da nova fase do personagem.
“Achei que Renan voltaria o mesmo cara apaixonado do início, mas surge uma coisa dúbia quando ele fica de olho no dinheiro da filha de Elizabeth, Clara (Bianca Bin). Será que Renan não quer ter a vida do passado, com tudo do bom e do melhor, ao lado de Elizabeth? Ele gosta ou não dessa mulher? A minha torcida é para que os dois fiquem juntos e vivam uma história de amor”, disse em entrevista ao jornal Extra.
Se Renan for mesmo um vigarista, Marcello já tem seu palpite: “É tão distante da minha realidade que nem entendo direito quem acha que só pode ser feliz com muito dinheiro. Lamentavelmente, a ganância, o ego e a sede de poder movem muita gente. Não sou ambicioso. Em termos materiais, ter meu sítio me faz feliz”.

Participação de Temer no Programa Silvio Santos faz dono do SBT ser criticado na web


TV Foco - Foi ao ar na noite do último domingo, 28 de janeiro, a comentada ida do Presidente Michel Temer ao Programa Silvio Santos no SBT. O atual comandante máximo do nosso país esteve na atração para falar sobre a Reforma Trabalhista.
No encontro com o dono do SBT, Michel Temer procurou contar detalhes do projetos aos brasileiros. No entanto, tal participação não caiu bem para o pessoal da internet. O vídeo de Michel no dominical começou a circular nas principais redes e o nome de Silvio Santos passou a ser criticado.
Em um página, por exemplo, o apresentador foi detonado. “Sílvio ganhando 50 reais para falar besteiras kkkkk”, disse um internauta. “Que coisa mais sem graça Silvio Santos ajudando a roubar os brasileiros”, comentou outro. “O Silvio Santos não tá sabendo mais nem quem é o Roberto Carlos”, afirmou mais um seguidor.


“Silvio Santos perdeu meu respeito!”, brandou uma telespectadora. “Silvio que vergonha”, “Silvio cagou no pau” e “Dois idiotas. Palhaços”, completam a lista de comentários.
Dentro do programa, o político deu dados incorretos sobre o assunto. Temer começou exagerando ao dizer que “este projeto de Previdência não alcança os mais pobres, aqueles que ganham um, dois, três salários mínimos”.
A afirmação é apenas verdadeira para trabalhadores que recebem até um salário mínimo. Até porque está previsto na Constituição que o benefício mínimo a ser oferecido ao aposentado é obrigatoriamente de um salário mínimo.
No entanto, os profissionais que tenham dois ou três salários mínimos serão impactados pela mudança na forma do cálculo da aposentadoria e no recebimento de pensão por morte. O motivo é que a aposentadoria passa a ser calculada com base em 100% dos salários, não mais 80% dos salários como é hoje.

Veja:

Jorge Pontual, da Globo, diz que tomou medicação errada para depressão por 40 anos


Diário de Pernambuco - O jornalista Jorge Pontual, conhecida por ser correspondente da Globo em Nova York, nos EUA, revelou que passou quatro décadas tomando remédios errados contra a depressão. A descoberta se deu após um teste que oferece detalhes sobre genes ligados a transtornos mentais. "O resultado do teste veio com a lista dos antidepressivos que não funcionam para mim, e eram justamente aqueles que tomei durante décadas", disse. A declaração foi feita nesta quarta-feira (31) durante o programa Bem estar, exibido na emissora carioca pela manhã.
O comunicador abriu o jogo em uma entrevista com seu psiquiatra, o norte-americano Samuel Sharmat. Ele afirmou sofrer de depressão há quase 40 anos, mas só descobriu as medicações corretas recentemente. "O teste genético que dá ao psiquiatra um perfil detalhado de 18 genes ligados à saúde mental. (...) Agora eu estou no caminho certo", explicou.
"A boa notícia é que veio também a lista dos antidepressivos que funcionam, e ela é bem mais longa. Agora que eu estou tomando o metilfolato e o antidepressivo certo, minha vida mudou, meu humor ficou estável, sem aqueles altos e baixos, em geral mais baixos do que altos, de antes. A depressão ficou sob controle", disse na atração matinal. Durante a carreira na Globo, o jornalista fez coberturas memoráveis, como o do atentado ao World Trade Center, em 11 de Setembro de 2001, e a renúncia de Richard Nixon, ex-presidente dos Estados Unidos.

Audiência de filmes brasileiros baixa para 42% em 2017


DM.com.br - A Agência Nacional de Cinema divulgou na última segunda-feira (29/01) o “Informe de salas de exibição” de 2017. Segundo o órgão, o público caiu para 42,8% em comparação a 2016, foram 158 títulos, o que não era alcançado desde 1995, mas não foram registradas grandes bilheterias.
O filme “Minha Mãe é uma Peça 2” que chegou as telas dos cinemas em dezembro de 2016, foi assistido por cerca de 10 milhões de espectadores em dois meses. O longa entrou na lista dos mais populares da história da cinematografia nacional, ocupando assim a nona maior bilheteria geral do ano de 2017. A comédia é o único título brasileiro a figurar no rol dos 20 longas mais vistos no país.
A participação das produções nacionais em relação às estrangeiras na renda dos títulos exibidos caiu de 14% para 8,9%. Além de “Minha Mãe É uma Peça 2”, somente três filmes passaram a barreira de um milhão de espectadores, sendo eles: Polícia Federal – A Lei É Para Todos (1,3 milhão), Os Parças (1,3 milhão) e Detetives do Prédio Azul (1,2 milhão).
Os maiores produtores de filmes nacionais são o Rio e São Paulo, com 75,9% das obras.

Casa de Chico Xavier é arrombada e furtada


DM.com.br - A casa aonde Chico Xavier atendia aos fiéis atualmente funciona como um Centro Espírita, em Uberaba (MG). O local foi arrombado e teve alguns objetos furtados. O crime aconteceu entre a noite da última segunda-feira (29/01) e a tarde de terça-feira (30/01).
Foi o filho de Chico, Eurípedes Higino, quem constatou o ocorrido por volta 18h, horário em que chegou ao local.
“Invadiram, quebraram três portas internas, pegaram algumas roupas e esparramaram pelo corredor. Quebraram o vidro da livraria também. Eles levaram aparelhagem de som, uns 30 enxovais que a gente iria doar para gestantes carentes, umas cinco cestas básicas. Não teve arrombamento nos portões externos, e nem a gente, nem a PM, sabe como entraram e tiraram o som pesado de lá. Está uma incógnita ainda de quem fez isso”, relatou Eurípedes, em conversa com a equipe do G1.
A polícia foi acionada, no entanto, até o momento nenhum suspeito foi identificado.

Mulher fica ferida durante assalto nos Correios


DM.com.br - Uma mulher ficou ferida na manhã desta quarta-feira (31/01) durante uma tentativa de assalto em uma agência dos Correios. O crime ocorreu em Sobradinho, no Distrito Federal.
Segundo informações da Polícia Militar, um policial civil de folga estava no local no momento em que a dupla suspeita tentou assaltar e então disparou duas vezes. Um dos tiros atingiu um dos criminosos e outro acertou de raspão o pé da cliente.
O comparsa do suspeito ferido, fugiu em um Volkswagen Fox que também foi roubado. A mulher foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e levada para o Hospital Regional de Sobradinho (HRS). Ainda não se sabe o estado de saúde da mulher.
Nenhuma identidade foi revelada ainda. A polícia investiga o caso.

Pai bêbado entrega direção para filho de apenas 12 anos e é preso


DM.com.br - Um homem foi preso nesta quarta-feira (31/01), no Distrito Federal, após ser flagrado dentro de um carro conduzido pelo filho, de apenas 12 anos. De acordo com a Polícia Militar (PM), o passageiro estava embriagado e entregou a direção ao menino. As informações são do portal Metrópoles.
Segundo a polícia, o pai se negou a fazer o teste do bafômetro. Ambos foram levados para a Delegadia e, depois, o homem foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), onde passou por exames que teriam confirmado a embriaguez.
Ainda conforme a PM, o garoto foi entregue para a mãe e o pai foi autuado em flagrante e preso, visto que a soma das penas privativas de liberdade ultrapassou quatro anos. (Foto Ilustrativa)

Motociclista morre após colidir com caminhão


DM.com.br - Um motociclista identificado como Lucas Valério Ribeiro, de 20 anos, morreu após bater contra um caminhão. O acidente ocorreu na manhã desta quarta-feira (31/01) no Setor Novo Planalto, em Goiânia.
Segundo informações da polícia, o condutor do caminhão, Leonardo Amaral e Silva, de 38 anos, fez uma mudança de sentido para a esquerda na abertura do canteiro central e a vítima foi contra o automóvel.
De acordo a agente de polícia Daniela Ribeiro, da Delegacia de Especializada em Investigações de Crimes de Trânsito (Dict), a troca de sentido que o caminhoneiro tinha feito, não era contra as normas.
Leonardo ficou no local até os agentes chegarem e fez um teste de bafômetro que não resultou em alcoolemia. Lucas não resistiu aos ferimentos morreu no local.

Conheça Wikie, a primeira ‘baleia assassina’ falante do mundo


MADRI — Com a cabeça fora d’água, Wikie olha para os treinadores ao lado da piscina, escuta e repete: “hello” (olá, em inglês). A vocalização não é perfeita, mas é claramente compreensível. O feito realizado por pesquisadores da Universidade Complutense de Madri é a primeira demonstração científica de que as orcas são capazes de imitar palavas humanas. Além de “hello”, o vocabulário de Wikie inclui “Amy” — nome de sua treinadora —, “bye-bye” (tchau, em inglês) e “one, two, three” (um, dois, três).
— Nós não estávamos esperando uma combinação perfeita, como um papagaio — explicou em entrevista à AFP Jose Abramson, líder do estudo publicado nesta quarta-feira no periódico “Proceedings of the Royal Society B”, ressaltando que em tentativas com seis palavras ou frases, Wikie alcançou uma “combinação de alta qualidade” em algumas, apesar de a anatomia do cetáceo ser “totalmente diferente” da humana.

Wikie vive em cativeiro no Aquário Marineland, em Antibes, no sul da França. Ela foi treinada para realizar truques para os visitantes e foi selecionada para o experimento por já ter aprendido a imitar gestos de comandos dos treinadores. Os pesquisadores queriam demonstrar se as orcas são ou não capazes de imitar sons humanos, e o resultado foi positivo. Segundo Abramson, foi difícil conter a emoção quando Wikie “falou” sua primeira palavra, já que a equipe não tinha grandes expectativas.
— Quando tentamos “hello” e ela fez o som, os treinadores se emocionaram — contou o pesquisador. — Para nós (cientistas) foi muito difícil não dizer nada.


Como parte do treinamento, o cetáceo — conhecido popularmente como baleia assassina, apesar de ser da família dos golfinhos — foi exposto a sons nunca antes ouvidos feitos por outras orcas, com diferentes dialetos de diferentes grupos, para que fossem repetidos. Depois, vieram as palavras humanas. Nas gravações, Wikie tenta por várias vezes reproduzir “hello”, e em todas vocaliza duas sílabas, com algo parecido com um “l” no meio e um “o” no final.
Com as repetições, a palavra se tornou mais clara. Wikie também conseguiu emitir um som muito parecido com “Amy”, mas teve mais dificuldades para repetir “one, two, three”, pois o som da última sílaba exige que a língua seja posicionada entre os lábios e force a saída do ar para produzir vibração.

PALAVRAS SEM CONTEXTO
Abramson ressalta que a habilidade das orcas de imitar sons humanos não significa que ela compreenda o que está falando. O experimento foi desenhado para que nenhum significado ou contexto se relacionasse com as palavras. Contudo, ele acredita que “conversas” básicas com Wikie talvez sejam possíveis um dia.
— Sim, é concebível, se tivermos rótulos, descrições do que as coisas são — disse, ao “Guardian”. — Isso já foi feito com um papagaio cinza e golfinhos usando linguagem de sinais. Mas nós vamos ganhar mais tentando compreender a forma natural de comunicação das espécies em seu próprio ambiente do que se tentarmos ensinar a linguagem humana.

O feito demonstra, mais uma vez, que as orcas são animais muito inteligentes. A capacidade de imitação é vista como um sinal de inteligência, já que permite aos animais aprender com seus iguais. A alternativa, o aprendizado por tentativa e erro, pode ser fatal.
— Você pode morrer comendo um peixe venenoso, por exemplo, para as baleias assassinas. Mas, se você aprende pela experiência dos outros, é mais seguro — apontou Abramson. — Entre os pontos principais que dispararam a evolução da inteligência humana estão as habilidades de aprendizado social, de imitação e de ter cultura. Então, se você encontra outras espécies que também têm a capacidade de aprendizado social, e um aprendizado complexo por imitação ou ensino, você espera muita flexibilidade dessa espécie.

Por essa capacidade, essas espécies têm mais facilidade de adaptação a mudanças ambientais, o que aumenta as chances de sobrevivência. No caso das orcas, elas já haviam demonstrado a capacidade de imitar sons de golfinhos. Além dos papagaios, conhecidos pela habilidade de imitação, a capacidade de vocalização de palavras humanas já foi demonstrada em belugas, golfinhos, focas e elefantes asiáticos.

Largo da Batata terá montanha-russa de 16 metros e chuva de glitter no carnaval

Portal A Tarde - A partir deste sábado, 3, uma montanha-russa e um chuveiro de glitter estarão instalados no Largo da Batata, em Pinheiros, na zona oeste, durante a programação do carnaval de rua de São Paulo. O brinquedo terá 16 metros de altura, com um circuito que permeia uma espécie de torre. O chuveiro também terá grandes dimensões, para reunir vários foliões ao mesmo tempo.
Os espaços estarão disponíveis para acesso apenas nos dias 3, 4, 10, 11, 12, 13, 17 e 18 de fevereiro dentro da Estação Skol, promovida pela cerveja, patrocinadora da folia paulistana. A participação é gratuita.
Com 1,3 mil metros quadrados, a estação tem lotação máxima de mil pessoas e ficará aberta das 12 às 19 horas. O local disponibilizará ainda espaços para descanso e com tomadas, para os foliões recarregarem seus celulares.
A região da Prefeitura Regional de Pinheiros terá 101 desfiles no carnaval de rua 2018. Neste fim de semana, a região receberá diversos blocos, dentre eles o Casa Comigo, no sábado, a partir das 11 horas, na Avenida Brigadeiro Faria Lima, e o Ritaleena, também no sábado, às 14 horas, na esquina das ruas dos Pinheiros e Antonio Bicudo.

Bloco Camaleão anuncia período para entrega dos abadás


Portal A Tarde - Faltando poucos dias para o Carnaval de Salvador 2018, o bloco Camaleão, comandado por Bell Marques, já anunciou a data de entrega dos abadás. Os foliões poderão retirar suas camisas a partir do dia 7 de fevereiro, no estacionamento L1 do Shopping da Bahia, na avenida ACM.
O bloco, que comemora 40 anos de história, irá desfilar durante a folia nos dias 11, 12 e 13 de fevereiro (domingo, segunda e terça), no circuito Dodô (Barra-Ondina). Os valores dos abadás variam de R$ 790 a R$ 2.489 e podem ser adquiridos no site da Central do Carnaval.

>> Dias e horários de entrega dos abadás
7 a 10 de fevereiro, das 13h às 20h
11 a 13 fevereiro, das 10h às 18h

Ingressos para arquibancadas do Carnaval 2018 já estão à venda


Portal A Tarde - As vendas de ingressos para as arquibancadas instaladas no Circuito Osmar (Campo Grande) já estão disponíveis. Os interessados têm até o dia 13 de fevereiro para adquirirem as entradas. Em 2018, são disponibilizados mais de 13 mil lugares durante todo o período de festa, com preços que variam de R$ 50 a R$ 130.
Os ingressos podem ser obtidos pela Internet ou nos pontos de venda Ticketmix, Balcões de Ingressos, South & Co, Pida e Acesso Mix, limitadas a três compras por CPF. Os espaços ficam localizados na lateral da Praça 2 de Julho até a entrada da passarela Nelson Maleiro.

Nasce em Brasília o quinto filho de Rodrigo Maia


Jornal de Brasília - Nasceu na madrugada desta quarta-feira, dia 31, o quinto filho do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ). O bebê, chamado Felipe, nasceu em Brasília, no Hospital Santa Luzia, e pesa 4,170 quilos.
A cesárea estava marcada para o dia 5 de fevereiro, mas terminou sendo antecipada para esta quarta-feira. Não houve qualquer tipo de complicação no parto. Rodrigo Maia, que é pré-candidato à Presidência da República, divulgou uma foto nas redes sociais segurando a criança.

Evaristo Costa mostra rotina doméstica e brinca: 'Recatado e do lar'


Diário de Pernambuco - Longe da TV desde que deixou o comando do Jornal hoje, em julho de 2017, Evaristo Costa atualizou sua conta no Instagram mostrando um pouco de sua rotina em Londres, na Inglaterra, onde mora com a família. O jornalista mostrou que não foge das tarefas domésticas e divulgou uma montagem com uma vários vídeos que o mostram colocando roupas para lavar, passando aspirador de pó, lavando louça e podando um arbusto. ''Recatado e do lar'', brincou ele, na legenda.
Adepto das redes sociais, Evaristo é conhecido por compartilhar momentos descontraídos com mais de seis milhões de seguidores no Instagram. Recentemente, ele postou um vídeo indo ao chão ao som da música Que tiro foi esse?, da Jojo Todynho. Em outro momento, o jornalista tirou uma foto com os pés na pia de um banheiro. "Dizem que agora a moda é tirar foto com o pé na pia. Uma moda difícil de se enquadrar!", escreveu ele na legenda da imagem.
Apesar de não ter um contrato com uma emissora de TV, Evaristo segue faturando. Em outubro, o jornalista fez seu primeiro comercial na web. Também no Instagram, ele interagiu com o perfil de uma grande marca e brincou com um mamão, fruta que virou piada em uma brincadeira dele com Sandra Annenberg. Mais tarde, ele também foi estrela de uma campanha da Netflix.

Uma publicação compartilhada por Evaristo Costa (@evaristocostaoficial) em

Trump anuncia diretriz para manter prisão de Guantánamo aberta


Correio Braziliense - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou nesta terça-feira (31/1) sua decisão de manter aberta a prisão na base naval americana de Guantánamo, em Cuba, que seu antecessor, Barack Obama, havia tentado, sem sucesso, fechar definitivamente.
"Acabo de assinar uma ordem orientando o secretário (de Defesa, Jim) Mattis para que reanalise nossa política de detenção militar e mantenha abertas as instalações da prisão em Guantánamo", expressou Trump ante o Congresso durante seu discurso sobre o estado da União.
A prisão, aberta durante a gestão do ex-presidente George W. Bush após a invasão ao Afeganistão por tropas americanas depois dos atentados de 11 de setembro de 2001, abrigou desde então centenas de presos.


No início, os internos, vestidos com uniformes de cor laranja, eram colocados em celas rodeadas de alambrados, como jaulas, em condições denunciadas por organismos internacionais e de defesa dos direitos humanos.
Essas instalações precárias logo foram substituídas por outras, mas as denúncias continuaram.
A prisão chegou a abrigar 780 pessoas acusadas, em sua maioria, de manter vínculos com a Al-Qaeda, ou com os talibãs. Poucos foram julgados e centenas de detidos foram transferidos para seus países de origem ou nações terceiras.
Entre os detidos mais notórios em Guantánamo destaca-se Khalid Sheikh Mohammed, considerado o cérebro dos atentados de 11 de setembro, que ainda espera ser submetido a processo.
Os detidos na base extraterritorial, tratados como "inimigos beligerantes", não gozam dos direitos outorgados a seus pares em território americano pela justiça federal.
Dos 41 presos que permanecem em Guantánamo, 26 se encontram em um limbo legal: nunca foram acusados formalmente de algum crime, mas são considerados muito perigosos para serem libertados.
A administração de Obama pretendia libertar alguns deles, mas a chegada de Trump ao governo há um ano deteve esse processo.
Obama anunciou em 2009, no início de sua gestão, o fechamento da prisão em um prazo de um ano. Desde 2008 já não enviavam prisioneiros à base.
Disputas políticas, a veemente oposição republicana e a renúncia dos governos aliados em receber detidos provenientes dessa prisão impediram a concretização dos planos do presidente democrata, embora a população da prisão tenha sido reduzida paulatinamente.
Desde que se tornou presidente, Trump manejou a ideia de enviar detidos americanos para Guantánamo, embora a justiça federal provavelmente impeça qualquer tentativa nesse sentido.
Em outubro, sugeriu que o homem acusado de realizar um ataque mortal com um caminhão em Nova York poderia ser enviado à prisão extraterritorial, mas acabou desistindo da iniciativa.
Outro caso de uma pessoa que poderia colocar Guantánamo novamente no foco da discussão é o de um cidadão americano detido na Síria e acusado de ser um combatente do grupo Estado Islâmico (EI).
O homem, cuja identidade não foi revelada, aparentemente será transferido para o Iraque.
A União Americana pelas Liberdades Civis (ACLU, em inglês) assumiu o caso, enquanto um juiz federal ditou que os Estados Unidos devem notificar um eventual traslado a outro país.

Febre amarela: Secretaria de Saúde do DF investiga a morte de 15 macacos



Correio Braziliense - A Secretaria de Saúde investiga a morte de 15 macacos na capital federal. As autoridades sanitárias querem saber se os animais estão infectados com o vírus da febre amarela. Nesta quarta-feira (31/1), a diretoria de Vigilância Ambiental apresentou um panorama da situação. Pelo menos 10 cidades do DF registraram óbitos de primatas. As informações foram divulgadas com exclusividade ao Correio.


Segundo a Vigilância Ambiental, 24 macacos — sendo 21 encontrados no DF e três nos municípios goianos de Valparaíso de Goiás, Santo Antônio do Descoberto e Novo Gama — foram encontrados mortos. Em oito deles, a presença do vírus foi descartada. Eles foram encontrados no Lago Sul, no Park Way, no Guará, em Ceilândia e em Planaltina.
As mortes ocorreram em maior volume em primatas da espécie Callithrix, conhecida como saguis. Esses animais são predominantes do Centro-Oeste brasileiro, sendo comumente encontrados em parques e reservas ambientais.
Lago Sul, Ceilândia, Taguatinga, São Sebastião, Vicente Pires, Jardim Botânico, Lago Norte e Itapoã registraram a morte de um macaco cada. Guará, Planaltina e a Universidade de Brasília (UnB) notificaram dois óbitos cada. Quatro animais foram capturados sem vida no Park Way e três em Águas Claras.
Em 2016, a Saúde recolheu 56 macacos mortos. Em 2017, foram 155 casos. Nenhum deles estava infectado com o vírus.
O Ministério da Saúde e a Sociedade Brasileira de Primatologia (SBP) alertam que os macacos, assim como os seres humanos, são vítimas da doença. No ciclo silvestre da febre amarela, os macacos são os principais hospedeiros do vírus.
Esses animais servem como guias para a elaboração de ações de prevenção da febre amarela. Matar animais é considerado crime ambiental pelo artigo 29 da Lei n° 9.605/98. A pena chega a um ano de prisão e pagamento de multa de R$ 5 mil.



Casos em humanos
Atualmente, a Secretaria de Saúde investiga 12 pessoas com a suspeita da doença. No DF, houve uma morte. A pasta ressalta que 86% da população da cidade está vacinada contra o vírus. Somente no ano passado, 207 mil pessoas receberam doses do imunobiológico. Em janeiro, o Ministério da Saúde enviou ao DF 20 mil doses da vacina. Precisam ser imunizadas crianças a partir de nove meses e adultos de até 59 anos.
A vacina é contraindicada para grávidas, idosos, portadores de HIV, pacientes com leucemia e linfoma, além das pessoas que fazem quimioterapia e radioterapia, e alérgicos a ovos e a antibióticos. Mulheres que amamentam crianças com menos de 6 meses devem ser submetidas à avaliação médica para analisar os riscos e os benefícios da imunização.

Casal brasileiro é preso em Miami, acusado de lavar dinheiro de 'coiotes'


Correio Braziliense - Um casal de brasileiros foi preso em Miami, no estado norte-americano da Flórida, acusado de integrar um "sofisticado" esquema para lavar dinheiro de coiotes — como são conhecidas os agenciadores que levam pessoas ilegalmente para os Estados Unidos.


Eduardo Pereira, 49 anos, e Marcia Tiago, 48, estão presos desde o último dia 23. De acordo com a rede de TV NBC, uma juíza determinou que eles podem cumprir prisão domiciliar, desde que paguem uma fiança de US$ 300 mil (cerca de R$ 950 mil), cada. O casal também precisaria provar que esse dinheiro não tem origem ilegal.
As investigações apontam que, por meio de quatro empresas, Eduardo e Marcia lavavam dinheiro de uma quadrilha especializada em levar pessoas ilegalmente para os EUA. Tal quadrilha seria chefiada por Vantuir de Souza, que estaria cumprindo prisão domiciliar no Brasil, acusado de contrabando humano.
O grupo chegava a cobrar US$ 25 mil (quase R$ 80 mil) para levar um imigrante ilegal ao território norte-americano. A travessia era feita em duas etapas. Primeiro, os interessados eram levados do Brasil ao Caribe, onde não há cobrança de visto de entrada. Em seguida, eram transportados de barco até o sul da Flórida, de onde seguiam de carro para estados como Nova Jersey e Pensilvânia. O dinheiro, aliás, só era entregue — por familiares ou amigos dos clientes — depois que eles chegavam ao destino.
O negócio era lucrativo e, conforme as invetigações, desde 2015, o grupo teria faturado — e o casal lavado — mais de US$ 8 milhões (equivalente a mais de R$ 25 milhões).
Procurado pela reportagem, o Ministério das Relações Exteriores não informou se está ciente ou se acompanha o caso.

Google utiliza inteligência artificial para prever atrasos em voos


Tribuna Hoje - O Google Voos é uma ferramenta que permite comparar preços de passagens aéreas, e está ganhando um recurso bem interessante. Além de listar os atrasos confirmados com o motivo correspondente, ele vai até mesmo prever atrasos.
Funciona assim: o Google usa dados históricos de status de voo, assim como algoritmos de aprendizado de máquina, para tentar prever atrasos. Quando o nível de confiança é superior a 80%, o usuário é alertado.
Para checar se um voo foi atrasado, faça uma busca pela companhia aérea e o número do voo (“Gol 01094“, por exemplo), ou a origem e destino (“Latam GRU GIG“), e você obterá os detalhes nos resultados.
O Google enfatiza que você precisa chegar ao aeroporto no horário previsto, para não arriscar perder seu voo — mas agora você saberá se a viagem vai demorar mais que o esperado.
Além disso, o Google Voos está deixando mais claro quando uma passagem aérea da American, Delta e United tem restrições de bagagem, marcação de assento, entre outros. Alguns bilhetes “basic economy” não permitem que você coloque bagagem no compartimento superior, apenas abaixo do assento.
Como ferramenta de comparação, o Google Voos tem alguns recursos interessantes. Ele avisa sobre passagens aéreas cujos preços estiverem prestes a aumentar; além disso, você será avisado caso os preços estejam abaixo da média.

Estados Unidos colocam líder do Hamas em lista negra de terroristas


Os Estados Unidos incluíram nesta quarta-feira (31) o líder do movimento palestino Hamas, Ismail Haniyeh, em sua lista negra de terroristas, anunciou o departamento de Estado.
O chefe do movimento que controla a Faixa de Gaza, “ameaça a estabilidade do Oriente Médio e esteve envolvido em ataques terroristas contra cidadãos israelenses”, afirmou o secretário de Estado, Rex Tillerson, citado em um comunicado.

Fonte: AGP/G1

Anitta critica capa de revista: ‘Essa chamada não me representa’


Tribuna Hoje - Capa da revista Marie Claire deste mês, Anitta aparece num close de rosto, acompanhado de uma grande chamada: “Anitta contra-ataca”, uma referência ao suposto posicionamento da cantora contra os críticos do seu clipe ‘Vai Malandra’.
Insatisfeita com o título, a musa pop usou seu Instagram nesta terça-feira (30) para dar sua versão do fato e deixou claro seu descontentamento com a publicação.
“Marie Claire, não posso deixar de registrar e afirmar que esta chamada de capa não me representa. Não ‘contra-ataquei’ ninguém durante a minha entrevista. Muito menos tive essa intenção quando tratamos sobre esse assunto. Assim como nunca quis me apropriar culturalmente, nem magoar ou ofender ninguém com as tranças e trabalhos que já fiz”, começou a cantora.
“Essa sempre foi a minha postura diante desse assunto. Falamos sobre outros temas durante as longas entrevistas para esta capa, que ainda não li e vi por completa. Na minha opinião essa afirmação criada para a chamada de capa não traduz nosso papo e desperta uma polêmica como se eu tivesse um sentimento ruim sobre acusações. Eu não tenho. Muito pelo contrário. Defendo o direito de cada um a ter sua opinião, seja ela igual ou não à minha. Utilizo tudo isso para aprender diariamente a ser melhor e a respeitar o outro”, continuou Anitta.
No fim, a cantora parabenizou a equipe, mas reforçou seu ponto de vista: “Eu amei o convite, adorei fazer as fotos e tive o prazer de trabalhar com uma equipe criativa e alto astral. Admiro cada profissional da publicação, muitos deles meus amigos. Não desmereço o resultado lindo das fotos mas não poderia deixar de esclarecer esse ponto”, finalizou.

“Música e(m) Sociedade”, uma rica reflexão sobre o papel da música em nossas vidas


Revista Fórum - Paulo Roxo Barja é uma pessoa plugada em dois mundos. Por um lado, é pós-doutorado pela USP, doutor em ciências e mestre em física. Por outro, é cordelista e músico, formado em piano e interessado por música, seja ela qual for. Filho de pai maestro com mãe apaixonada por literatura, a despeito da sua atuação como cientista e acadêmico, nunca deixou a sua produção artística de lado.
Na mesma medida em que se aprofunda nos estudos, a sua intenção musical se volta, ironicamente, mais e mais às coisas forjadas pelo povo e para o povo. Autor de extensa obra (só de cordéis já publicou mais de 70), acaba de lançar “Música e(m) Sociedade – Artigos, Crônicas e Reflexões”, um pequeno e lindo livro onde consegue, ao mesmo tempo, o rigor científico em sua estrutura e uma linguagem surpreendentemente clara no seu conteúdo.
Tudo o que compartilha ao longo de suas pouco mais de 140 páginas são experiências que vivenciou, ouviu e comprovou em vários momentos de sua vida. Parte de coisas prosaicas e cotidianas que qualquer ouvinte de música um pouco mais atento experimenta, mas que o autor traduz com maestria, encaixando peças até então soltas e aleatórias.
Logo de saída, desmistifica o ambiente sagrado da música erudita, mais exatamente o período da renascença. Num capítulo hilário, redime a nossa contemporaneidade desbocada e desbanca falsos moralistas das salas de concerto ao nos mostrar, traduzir e comentar canções do século XVI tão malcriadas que fariam qualquer MC do funk proibidão parecer um ingênuo iniciante.
Dos renascentistas profanos, pula para o urgente e emergente mundo sagrado dos pretos velhos da umbanda, segundo ele, a religião mais genuinamente brasileira de todas. Mais uma vez, corre a buscar exemplos que entrelaçam a trajetória dos negros escravos aos seus cantos, ritmos e origens de suas danças.
Seguir viagem adentro neste “Música e(m) Sociedade” é mergulhar em experiências musicais díspares, algumas delas em artigos divididos com outros autores. Paulo Roxo Barja transita por várias manifestações e se debruça, sobretudo, nas reações humanas que elas desencadeiam, no todo compartilhado. Nos sons forjados por nós e que, consequentemente, nos forjam e assim por diante.
Vai da canção pop brasileira dos anos 50 até 2000 à trilha do filme “O Som do Coração”, imprescindível na construção da narrativa. Relata vivências em comunidades, poesia e canção popular, a paixão por Nara Leão, o papel da música na área da saúde.
Guarda para o final, feito sobremesa, uma deliciosa série de reflexões extremamente pessoais que, talvez por isso mesmo, se revelem estranhamente próximas, irrecusavelmente comuns a muitos de nós. Uma das mais divertidas é quando conta ter colocado a interpretação de Cristiane Jaccottet para o Prelúdio Nº 1, do Cravo Bem Temperado, de Bach, no toque do seu celular. Por conta disto, por diversas vezes, se pegou não atendendo a ligação enlevado com a música.
No final das contas, “Música e(m) Sociedade – Artigos, Crônicas e Reflexões”, de Paulo Roxo Barja, vai te pegar de surpresa, ao traduzir, na sua linguagem simples e rica de professor, relações que você sempre teve com a música e que, feito num sonho, seu texto faz despertar.

Pink indigna-se contra presidente do Grammy

P!NK
JN.pt - A cantora não gostou de ouvir o presidente da Recording Academy - a organização norte-americana responsável pela entrega dos prémios Grammy -, Neil Portnow, desculpar o baixo número de mulheres vencedoras na edição deste ano - que se realizou este domingo, dia 28 - com a necessidade de as mulheres "subirem o nível do seu trabalho" na música.
"As mulheres da música não precisam de 'subir o nível' - as mulheres têm-no feito desde o início dos tempos. Têm subido o nível ('steppingup') e afastado (os assediantes). As mulheres ganharam a música este ano. Elas têm arrasado, este ano e em cada ano antes deste. Quando celebramos e honramos o talento e as realizações das mulheres, e o quanto elas sobem o nível, todos os anos, contra todas as probabilidades, mostramos à próxima geração de mulheres, meninas, homens e meninos o que significa a igualdade e o que é a justiça", escreveu a cantora, numa nota redigida à mão e digitalizada e publicada nas suas redes sociais.

Pink, que protagonizou um dos momentos altos da noite dos Grammy, em Nova Iorque, com a performance do seu tema "Wild Hearts Can not Be Broken", mostrou-se assim indignada com a explicação de Neil Portnow para o facto de apenas duas artistas do sexo feminino terem ganhado prémios em 2018.
Outro aspeto que causou indignação entre o público foi o facto de Lorde, que era a única mulher nomeada para o Grammy de álbum do ano, se ter recusado a atuar na cerimónia. A cantora foi convidada a subir a palco, mas recusou a proposta da organização, que queria que esta atuasse com outros músicos numa homenagem a Tom Petty - que morreu a 2 de outubro do ano passado -, mas não a solo. Lorde pretendia atuar sozinha, à semelhança do que fizeram os restantes nomeados para Álbum do Ano (todos homens), o que lhe foi negado.
Questionado sobre essas questões nos bastidores no Madison SquareGarden, onde se realizou a cerimónia de entrega dos prémios, Neil Portnow causou polémica ao afirmar que "as mulheres que têm criatividade nos seus corações e almas, que querem ser músicas, que querem ser engenheiras, produtoras e que querem fazer parte da indústria no nível executivo precisam de subir o nível". "Acho que elas seriam bem-vindas", acrescentou, à revista "Variety".
Recorde-se que estas declarações surgem poucos meses depois de uma onda de acusações de assédio sexual ter abalado a indústria de Hollywood e no decorrer de uma cerimónia em que o movimento "Time's Up" - o movimento que pretende denunciar os casos de assédio e violação e que celebra os direitos das mulheres - foi onipresente no discurso dos convidados que subiram ao palco.
A cantora Alessia Cara foi a única mulher vencedora entre as principais categorias, levando o prémio de melhor artista revelação.

Mr. Catra é proibido de beber para operar câncer após carnaval


Gazeta Online - O carnaval não será de esbórnia para o funkeiro Mr. Catra. Logo depois da festividade, ele vai precisar passar por uma nova cirurgia em mais um etapa contra um câncer no estômago, que descobriu no início de 2017. Segundo informação publicada pelo Extra, até lá o artista não pode ingerir quaisquer bebidas alcoólicas. Ele também não pode comer gorduras e nem doces.
Há pouco tempo Catra precisou tratar, também, uma pancreatite e é pressionado pelos médicos para parar de fumar, mas ainda não conseguiu. Sofrendo também de diabetes, o funkeiro chegou a correr o risco de perder a visão, segundo publicação do Extra.
Mesmo com a saúde debilitada, ele tem cumprindo com seus shows agendados. No último dia 27, ele se apresentou numa boate em João Pessoa, na Paraíba. “A rapaziada vai me ver menos nesse verão. Os compromissos, tivemos que diminuir bastante por conta disso, chegou a hora de cuidar da saúde”, disse Mr. Catra, ao receber alta de sua última internação.

Sheila Mello abandona carreira artística por conta de novos projetos


TV Foco - Sheila Mello quer sair dos holofotes. Conhecida nacionalmente após anos no grupo É o Tchan, Sheila agora quer se especializar ainda mais em terapia corporal. A ideia também é a de diminuir o ritmo de trabalho e aproveitar mais a família. A loira tem uma filha pequena.
“É o que almejo daqui para frente. Sou formada, mas ainda não consegui exercer e ficava nesse dilema de continuar a carreira de atriz ou ser terapeuta. Tenho que estabelecer um momento para isso, ainda não é a hora, mas vai acontecer rápido”, confessou a loira para o porta UOL.
Sheila também relembrou a carreira consagrada, mas garante que agora o objetivo é outro: “As pessoas me conheceram em 1998 com o Tchan, mas a dança sempre esteve presente na minha vida, a dança me escolheu, tudo foi muito natural. Mas também já trabalhei como apresentadora, cantora. Fiquei dez anos no teatro rodando o Brasil, mas agora as prioridades são outras”, afirma ela.

SHEILA MELLO SE DECLARA PARA XUXA
A repórter e dançarina Sheila Mello emocionou os internautas ao se declarar para o marido, Xuxa, em texto comemorativo pelos 43 anos do atleta. Em sua rede social oficial, Sheila posou ao lado do amado e se declarou:
“Minha declaração de amor está em cada beijo ao dormir, em cada beijo ao sair para o trabalho, em cada planejamento para o futuro, incluindo morar na praia, em cada boa sorte quando você vai jogar o seu poker em cada pelinho que arranco da sua orelha (desculpe a exposição), em cada garrafa de vinho que dividimos nestes 7 anos e meio, em cada benção que peço para Deus em minhas orações! Obrigada por ser você! Feliz aniversário para o que acabou com meus pesadelos”, escreveu ela.

Vítimas de Mark Salling em caso de pornografia infantil devem ficar sem indenização após morte do ator, diz site


G1 - Após a morte de Mark Salling, as vítimas no caso de pornografia infantil, no qual o ator se declarou culpado, devem ficar sem indenização. As informações são do site TMZ. O ator, que interpretou Noah "Puck" Puckerman na série "Glee", morreu aos 35 anos. Seu corpo foi encontrado perto do rio Los Angeles, em Sunland, região em que ele morava. Segundo o site, o corpo estava pendurado em uma árvore, e a "causa aparente" é de suicídio por enforcamento.
De acordo com a publicação, Mark Salling havia concordado em pagar indenização de US$ 50 mil para cada vítima. O ator estava aguardando o anúncio da sentença, marcado para março. Como ele morreu antes da data da sentença, a negociação não foi completada e o julgamento perdeu o poder de pagamento para as vítimas, conforme informou o TMZ.
Em outubro de 2017, Salling declarou-se culpado por posse de imagens de pornografia infantil. Ele chegou a um acordo com o promotor para ser sentenciado a até sete anos de prisão.
Com a declaração, o ator escapou de uma possível sentença que poderia chegar a 20 anos de prisão – ele também poderia ter de passar o resto da vida sob supervisão da Justiça.
"O acusado conscientemente possuía materiais nos quais sabia conterem imagens de menores de idade em condutas sexuais explícitas", dizia o documento.

Jornalista é condenado a pagar R$ 100 mil a Chico Buarque por xingamento no Instagram


Jornal do Brasil - Chamar Chico Buarque e seus familiares de "ladrões" no Instagram vai custar caro para o jornalista e antiquário paulista João Pedrosa. O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro publicou, nesta terça-feira (30) a decisão em segunda instância que aumenta o valor da indenização de R$ 25 mil para R$ 100 mil, que deverão ser pagos a Chico, sua ex-esposa, Marieta Severo, e suas filhas, Silvia, Helena e Luisa. Ele também foi condenado a pagar pela publicação da decisão em jornais de grande circulação.
A ofensa ocorreu em dezembro de 2015, quando Silvia Buarque postou uma foto antiga em seu perfil no Instagram, dela ainda criança, com o pai e uma irmã. João Pedrosa comentou: "Família de canalhas!!! Que orgulho de ser ladrão!!!". Semanas depois, eles decidiram entrar na Justiça contra ele. Naquela altura, Chico vinha sendo alvo nas redes sociais também de ataques, muitos deles caluniosos, por ter apoiado a reeleição da ex-presidente Dilma Rousseff.
Ainda no ano passado, a Justiça aceitou a alegação da acusação de que a ofensa extrapolava qualquer discussão política e feria a honra de Chico Buarque e sua família. "A conduta do réu, desta sorte, sem qualquer conteúdo informativo, mas com único teor de maledicência infundada, é reprovável e, de forma inconteste, acarreta abalo emocional grave a quem quer que seja", escreveu a juíza Simone Gastesi Chevrand em sua decisão, que o condenava a uma indenização de R$ 25 mil.
A família Buarque recorreu da decisão, pedindo um aumento do valor que foi concedido nesta terça-feira, em segunda instância. Quando soube que seria processado, ainda em 2016, o jornalista e colecionador de antiguidades publicou uma carta, pedindo desculpas, mas o arrependimento não mudou o quadro diante da Justiça. Leia o que ele publicou à época:
"Carta a Chico Buarque e família, Estou escrevendo essa carta para me desculpar, se isso for possível. Eu errei e me excedi ao insultar a sua família. Infelizmente a política brasileira nos colocou em campos opostos, assim como acontece com toda a nação.
Quero crer que nós queremos a mesma coisa para os brasileiros por vias opostas, uma vida digna e próspera. A sua via é o socialismo, e a minha, o capitalismo. Desde a eleição da presidente, o Brasil entrou numa espiral negativa de ódio de classes, racial e política, que mergulhou o Brasil num caminho de decadência econômica, moral e social inegáveis, que eu acredito tragicamente irreversíveis, foi isso que motivou o meu ódio, e o meu comentário errado e infeliz.
O meu insulto foi motivado por sua associação ao PT e ao MST, são eles que eu considero ameaça à nossa dignidade e nossa democracia. Fui motivado pelas mulheres que estão dando à luz nas calçadas, aos velhos sem atendimento nos chãos dos hospitais, e principalmente, aos milhões de pais de famílias impedidos de darem pão e dignidade às suas famílias e vidas, enquanto os políticos patrocinam copas e olimpíadas, e o enriquecimento, e poder pessoal deles.
Espero que acredite que o meu arrependimento é sincero, e eu afirmo que é, mas também são extremos a minha revolta e indignação com o nosso momento atual, foi isso que motivou o meu erro.

Sem mais, sinceramente,

João Pedrosa"

Pela primeira vez, produção de petróleo e gás no pré-sal supera a do pós-sal

Jornal do Brasil - Em dezembro de 2017, a produção de petróleo e gás no pré-sal brasileiro atingiu, pela primeira vez, mais da metade da produção nacional. A produção total do Brasil foi de 3,325 milhões em barris de óleo equivalente por dia (soma das produções de óleo e de gás natural), sendo 1,685 milhão, ou 50,7%, do pré-sal. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (31) pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).
No mesmo mês, a produção total de petróleo do país foi de 2,612 milhões de barris por dia (bbl/d), um aumento de 0,7%, em comparação ao mês anterior e redução de 4,3%, se comparada com dezembro de 2016.
Já a produção de gás natural totalizou 113 milhões de m³ por dia, uma redução de 0,03% em comparação ao mês anterior e aumento de 1,4%, se comparada com o mesmo mês de 2016.


Dados anuais
Em 2017, a produção de petróleo foi de 957 milhões de barris, com média diária de 2,622 milhões de bbl/d. Trata-se de um aumento de 4% em relação à produção de 2016.
No ano, a produção total de gás natural foi de 40 bilhões de m³, com média diária de 110 milhões de m³/d. Esse volume representa um aumento de 6% com relação a 2016.

Pré-sal
A produção de 1,685 milhão de boe/d (barris de óleo equivalente por dia - soma das produções de óleo e de gás natural) do pré-sal em dezembro representou um aumento de 2% em relação ao mês anterior.
A produção, vinda de 85 poços, foi de 1,356 milhão de barris de petróleo por dia e 52 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia.

Queima de gás
O aproveitamento de gás natural no Brasil no mês de dezembro alcançou 96,6% do volume total produzido. A queima de gás totalizou 3,9 milhões de metros cúbicos por dia, um aumento de 8,4% se comparada ao mês anterior e redução de 11,1% em relação ao mesmo mês em 2016.

Campos produtores
O campo de Lula, na Bacia de Santos, foi o maior produtor de petróleo e gás natural. Produziu, em média, 803 mil bbl/d de petróleo e 33,1 milhões de m3/d de gás natural.
Os campos marítimos produziram 95,5% do petróleo e 79,8% do gás natural. A produção ocorreu em 7.990 poços, sendo 743 marítimos e 7.247 terrestres. Os campos operados pela Petrobras produziram 93,7% do petróleo e gás natural.
Estreito, na Bacia Potiguar, teve o maior número de poços produtores: 1.102. Marlim Sul, na Bacia de Campos, foi o campo marítimo com maior número de poços produtores: 95.
A FPSO Cidade de Itaguaí, produzindo no campo de Lula, por meio de 6 poços a ela interligados, produziu 190,4 mil boe/d e foi a UEP (Unidade Estacionária de Produção) com maior produção.