sábado, 17 de fevereiro de 2018

Mansão de 'Me chame pelo seu nome' é posta à venda na Itália

Jornal do Brasil - A Villa Albergoni, mansão usada pelo cineasta italiano Luca Guadagnino para ambientar seu filme "Me chame pelo seu nome", indicado a quatro categorias no Oscar 2018, está à venda.
O imóvel de mais de 500 anos fica em Moscazzano, cidade de 800 habitantes situada na província de Cremona, norte da Itália, e custa 1,7 milhão de euros. Ele tem oito quartos, sete banheiros e 1,4 mil metros quadrados de área - a propriedade ainda inclui um parque de 20 mil metros quadrados.
O anúncio da mansão diz que ela precisa ser "restaurada" e que seus atuais proprietários vivem em outro lugar. "Me chame pelo seu nome" narra a história de amor entre um estudante italiano de 17 anos e um acadêmico norte-americano de 24.
O longa foi indicado a quatro prêmios no Oscar, incluindo melhor filme, melhor ator (Timothée Chalamet), melhor roteiro adaptado e melhor canção original. Recentemente, o próprio Guadagnino afirmou que estava interessado em comprar a mansão.

Grande parte da trama se desenrola em mansão que está na província de Cremona, no norte da Itália

Diretor de jornalismo, Willian Corrêa anuncia saída da TV Cultura


E-Mails (Estadão) - O jornalista Willian Corrêa informou que deixará a TV Cultura após cinco anos na emissora a partir da próxima segunda-feira, 19.
"Não estarei mais na direção de jornalismo e na bancada do Jornal da Cultura. Vou para uma nova missão além mar. Sei que na Cultura só fiz amigos e quero deixar meu agradecimento a todos eles", escreveu, citando nominalmente Marcos Mendonça, presidente da Fundação Padre Anchieta.
O apresentador ainda ressaltou que "ninguém faz jornalismo sozinho", agradecendo o apoio de profissionais e ressaltando a equipe de comentaristas do programa.
"Quero de coração agradecer a você telespectador que me acompanha e é a razão de todo esse trabalho. Obrigado, obrigado e obrigado", encerrou.

Confira a publicação abaixo:

Globo não libera Marina Ruy Barbosa para ir ao SBT


Mídia News - A direção de Desenvolvimento e Acompanhamento Artístico da Globo, responsável pela liberação do elenco da casa para participações de programas de qualquer natureza (inclusive na internet), não liberou Marina Ruy Barbosa para participar do “Troféu Imprensa”.
A justificativa é que a atriz é protagonista de “Deus salve o rei” e que está no ar. Marina chegou a fazer uma campanha no Twitter pedindo para receber seu troféu de melhor atriz por “Totalmente demais” e, de quebra, conhecer Silvio Santos, mas o pedido da ruiva não sensibilizou a direção do departamento. Como Marina será a mocinha de “O sétimo guardião”, ela não vai poder pegar o seu prêmio nem em 2019.

Decisão que gerou antipatia
A recusa da Globo em não liberar Marina gerou uma antipatia tremenda no SBT, uma vez que a emissora autorizou Hebe a receber uma homenagem no “Domingão do Faustão”, em 2010. Fora Larissa Manoela, a maior estrela do SBT, que foi ao “Conversa com Bial” e ao “Altas horas”.

#LiberaMarina por um dia só
O “Troféu imprensa” será gravado dia 27 para ir ao ar no dia 4 de março. Marina, que nunca pede folga e é elogiadíssima por sua postura profissional pela direção da novela, só precisaria se ausentar das gravações por um dia.

Briga de casal termina em carro incendiado em Santos


A Tribuna - Um caso extraconjugal de três anos atrás, que resultou no nascimento de uma menina, foi descoberto no meio deste Carnaval e terminou em briga, em plena quarta-feira de cinzas (14), no Rádio Clube, em Santos.
Inconformado por saber que a criança que havia registrado e criava com todo amor era filha de um vizinho, um soldador de 38 anos, o homem pôs fogo no carro do pai biológico da criança, e expulsou a companheira de casa.
Conforme o apurado, o incêndio criminoso ocorreu por volta das 19h30. Decidido a fazer vingança com as próprias mãos pela traição sofrida, o homem se dirigiu à Avenida Hugo Maia, onde o Palio cinza do soldador estava estacionado.
Em posse de uma garrafa plástica contendo um líquido inflamável, o rapaz arremessou o objeto contra o veículo e viu o início das chamas. Em seguida fugiu.

Surpresa
Sem imaginar o que estava acontecendo, o soldador viu uma criança do bairro bater na porta de sua casa e lhe avisar que o seu carro estava pegando fogo. Sem acreditar muito na informação, o dono do Palio demorou para ir à avenida. Porém, quando lá chegou deparou-se com os bombeiros apagando as chamas.
Em conversas com os agentes da corporação, o soldador foi informado de que o incêndio havia sido criminoso. Dentro do carro ainda havia duas furadeiras, duas máquinas de cortar azulejos e um telefone celular, que foram consumidos pelas chamas.
Ao conversar com a mulher pivô da confusão, o soldador tomou conhecimento de que ela havia revelado toda a verdade para o companheiro, e que o mesmo tinha planos de matá-lo.
Acionada junto com os bombeiros, a Polícia Militar conduziu o caso à Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Santos, onde o caso foi registrado pelo delegado Otavio Augusto Carvalho. Até o fechamento desta edição o autor do incêndio não havia sido localizado. As apurações do crime serão realizadas pelos investigadores do 5º DP do Município.

#CrimeVirtual - Cantor sertanejo é acusado de espalhar fotos íntimas de ex-namorada na web


Diário de Pernambuco - O polêmico cantor sertanejo Eduardo Costa está sendo acusado pela ex-namorada Victória Villarim de ter vazado fotos íntimas dela. Várias fotos da modelo e bailarina foram publicadas na conta dela no Instagram e, de acordo com ela, foi o cantor que hackeou a conta e postou as fotos do celular dele. Em vídeo postado na rede social, Victória tentou explicar a situação e esclarecer que não foi ela que postou as fotos. Ela ainda cita que Eduardo Costa já fez isso com Ana Paula, outra ex-namorada.
Para ela, o cantor cometeu o ato porque estaria inconformado com o término do namoro, há três meses. Ela afirma, no vídeo, que tem um novo namorado e que só esclarece os fatos porque não quer ser julgada. Victória ainda alegou que, graças ao contato de Eduardo Costa com uma "força maior", ela teria sido impedida de arrumar um novo emprego como bailarina.


Eduardo Costa se defendeu. Também por meio de um vídeo, ele disse que acha estranho que o vazamento aconteça no carnaval e definiu o acontecimento como "negócio sem explicação". O cantor afirmou que estava passando o carnaval em família, com um padre e com crianças. De acordo com o artista, ele estava dormindo e acordou com a notícia. O sertanejo pediu desculpas aos fãs pela polêmica e, ao lado do padre Marcelo, disse estar orando para que Victória supere o ocorrido.
O cantor também afirmou que não tem fotos de mulheres peladas no celular porque suas filhas mexem no aparelho e que não recebe fotos desse tipo. Falou várias vezes, ao lado do padre amigo, que estavam passando o carnaval em oração, em família e com crianças perto. "Não sei o que a Victória fez ou deixou de fazer. Até porque não me interessa mais", completou o cantor.

Horário de verão termina à meia-noite deste sábado


EBC - À meia-noite deste sábado (17), os moradores das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste devem atrasar seus relógios. É o fim do horário de verão, que entrou em vigor no dia 15 de outubro do ano passado, com o objetivo de reduzir o consumo de energia elétrica entre as 18h e as 21h nas três regiões. Segundo o Ministério de Minas e Energia, o volume energético – e o respectivo valor monetário – poupado com a determinação deverá ser divulgado na próxima terça-feira (20).
Além do Distrito Federal, 10 unidades federativas precisarão adaptar seus ponteiros: Goiás; Mato Grosso; Mato Grosso do Sul; Minas Gerais; Paraná; Rio de Janeiro; Rio Grande do Sul; Santa Catarina; São Paulo e Espírito Santo. A população do Norte e do Nordeste não é afetada porque os estados da região não são incluídos no horário de verão.
Segundo balanço do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), com essa providência, em 2013, o Brasil economizou R$ 405 milhões, ou 2.565 megawatts (MW). No ano seguinte, a economia baixou para R$ 278 milhões (2.035 MW) e, em 2015 caiu ainda mais, para R$ 162 milhões. Em 2016, o valor sofreu nova queda, para R$147,5 milhões.
Essa menor influência do horário de verão pode ser explicada pelo fato de que parcelas significativas das zonas sujeitas à medida têm intensificado o uso de equipamentos como ar-condicionado, como forma de aplacar o calor, elevando a demanda de energia elétrica. Ainda que já dispensem as lâmpadas incandescentes, substituindo-as por modelos mais econômicos.
No fim do ano passado, o governo federal sinalizou para a possibilidade de abolir o horário de verão, por não haver consenso quanto à relação com a economia de energia elétrica. Apesar disso, acabou apenas abreviando o período 2018/2019 em duas semanas, a pedido do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), para facilitar a apuração dos votos das eleições, pois o então presidente do órgão, ministro Gilmar Mendes, argumentou que essa alteração facilitaria, entre os estados com fusos horários diferentes, o alinhamento de ritmo na apuração dos votos das eleições. Com isso, o horário de verão de 2018 passará a ser adotado no primeiro domingo de novembro.
“A avaliação dos atuais impactos na redução do consumo e da demanda de energia elétrica, contida nos estudos realizados neste ano de 2017 pelo Operador Nacional do Sistema (ONS) em conjunto com o Ministério de Minas e Energia, mostra que a adoção do horário de verão traz atualmente resultados próximos da neutralidade para o sistema elétrico”, avaliou a pasta em nota divulgada em outubro do ano passado.

Mãe de Crivella é operada no hospital Salgado Filho e pacientes reclamam de tratamento diferenciado


RIO - A mãe do prefeito Marcelo Crivella foi submetida a um procedimento cirúrgico, na manhã deste sábado, no Hospital municipal Salgado Filho, no Méier, Zona Norte do Rio. A internação de Eris Bezerra Crivella causou revolta de pacientes que estão internados na unidade hospitalar. Isso porque, de acordo com acompanhantes de pacientes, a mãe do prefeito teve tratamento diferenciado. A secretaria, no entanto, nega qualquer regalia.
Parentes da aposentada Angela de Jesus Mendes de Oliveira, de 72 anos, que está internada no hospital desde 23 de janeiro à espera de cirurgia, estão revoltados com a notícia de que a mãe do prefeito teve preferência para receber tratamento médico. Segundo filho Alexander Mendes de Oliveira, de 43 anos, logo na manhã deste sábado equipes da unidade esvaziaram um dos leitos do hospital, onde se encontravam outros dois pacientes, para receber a mãe do prefeito.
— Eles tiraram os pacientes, fizeram uma limpeza em tudo e prepararam o quarto para receber a mãe do prefeito, que foi direto para o pré-operatório. Enquanto isso, minha mãe, que tem câncer de mama e osteoporose, espera há 25 dias por uma cirurgia para colocar uma prótese no fêmur. Estou revoltado com isso. A mãe do prefeito não é mais importante do que a minha. Todos merecem tratamento — diz.

Alexander Mendes de Oliveira e Josilene de Fatima Silva Bezerra reclamam de tratamento diferenciado no hospital
A direção do Hospital municipal Salgado Filho esclareceu que Eris Bezerra Crivella deu entrada com uma fratura radio distal esquerda desviada (no punho).
“Como toda fratura articular desviada em pacientes idosos, trata-se de uma cirurgia de urgência, ou seja, exige intervenção rápida. As cirurgias de urgência e emergência estão sendo realizadas regularmente na unidade e não há falta de insumos ou profissionais. D. Eris foi operada esta manhã entre esses procedimentos de urgência e emergência e encontra-se no momento em leito de recuperação pós-anestésica.”
Não procede a informação de que outros pacientes tenham sido retirados do quarto andar, onde funciona a ortopedia. O setor tem 46 leitos e, no momento, dois estão desocupados (os ocupantes acabaram de ter alta) e sendo preparados para receber outros pacientes.
Ainda segundo relatos de Alexander, a cirurgia da mãe foi adiada por diversas vezes por falta de insumos médicos básicos. Na semana passada, conta, a mãe chegou a ficar em jejum para realizar o procedimento, mas a cirurgia foi adiada em cima da hora.
— Eles preparam minha mãe para fazer a cirurgia, mas tiveram que cancelar, segundo os médicos, porque a unidade tinha acabado de receber muitos baleados, que precisavam ser operados com urgência — conta.

Samantha Cardoso Lockmann diz que a sogra da mãe espera há 25 dias por internação
Samantha Cardoso Lockmann, de 42 anos, que acompanha a sogra da mãe, Júlia Nunes, de 99 anos, conta que a paciente deu entrada no Salgado Filho há 25 dias com infecção urinária, que evoluiu para um quadro infeccioso grave. Hoje, a paciente aguarda por uma vaga na enfermaria na sala amarela do hospital, sem previsão de ser transferida.
— Hoje me informaram que não iriam fazer atendimento na ortopedia na parte da manhã porque iriam operar a mãe do prefeito Crivella. Isso é um abuso de poder. Tirar vaga de gente pobre, que acaba ficando no corredor — desabafa.

Segundo contou Samantha, o quarto em que a mãe do prefeito ficará após a cirurgia fica no quarto andar do hospital.
— A sala fica no quarto andar e, hoje de manhã, estavam fazendo a limpeza. Estavam lavando o piso e até as paredes. Eram cerca de seis funcionários da Comlurb na limpeza do quarto. Nunca vi isso acontecer aqui — diz.

Quarto onde a mãe de Crivella ficaria internada após cirurgia