domingo, 4 de março de 2018

Por unanimidade, Juliana Paes ganha o Troféu Imprensa de 'Melhor Atriz'

Juliana Paes em cena como Fabiana (Bibi) de 'A Força do Querer'
A Bibi Perigosa de 'A Força do Querer' perdeu o Melhores do Ano para sua colega de elenco, Paolla Oliveira, a intérprete da policial Jeiza, e quase caiu no choro. Agora pode até pular de alegria! Juliana virou o jogo e foi bastante elogiada pelos jurados. Sônia Abrão, do programa A Tarde É Sua, disse que Bibi é o melhor papel de toda a sua carreira, e a colunista do R7, Keila Jimenez, que a personagem roubou quase toda a novela pra ela, mesmo sendo coadjuvante, pois até o público queria vê-la.
Além do Imprensa, ela ainda conseguiu o Troféu Internet.

Juliana Paes e Paolla Oliveira foram rivais na novela das nove, e fazem o mesmo papel também na vida real

Desde o final do ano passado, Juliana e Paolla se tornaram rivais após a primeira desabafar no Instagram por não ter perdido o Melhores do Ano na mesma categoria para a segunda, que chegou até a não ir ao camarote da Marquês de Sapucaí no carnaval deste ano para não encontrar Juliana, a rainha de bateria da Grande Rio. "Saí de casa com aquele clima ‘vai que é tua’ e quando o prêmio não veio, doeu mesmo!!! Ficou aquele buraco no peito... aquela pergunta: o que houve? Meu filho mais velho, o Pedro, ficou acordado pra assistir e quando imaginei a decepção dele, aí chorei de verdade!!!! Queria ganhar pra ele! Pros meus pequenos que sempre foram tão compreensivos a cada vez q eu ia gravar e eles perguntavam: vc vai virar a Bibi? Como somos vaidosos!!! Como isso nos golpeia de morte...", disse ela numa foto em seu Instagram, um dia depois.
Ainda no ano passado, depois do Melhores do Ano, ela ganhou o prêmio APCA na mesma categoria.

Juliana no final do Melhores do Ano, com Emílio Dantas, Jhonatan Azevedo e João Bravo, outros três atores da novela A Força do Querer

Paolla Oliveira no Melhores do Ano 2017

Marco Pigossi ganha o Troféu Imprensa na categoria de Melhor Ator

Marco Pigossi leva o Troféu Imprensa como Melhor Ator
Pela sua interpretação na novela A Força do Querer, como o caminhoneiro Zeca, Marco Pigossi ganhou o Troféu Imprensa na categoria de Melhor Ator, derrotando seu colega de elenco, Rodrigo Lombardi, que viveu o advogado Caio, e também o Caio Castro, intérprete de Dom Pedro I na novela das seis Novo Mundo. 2017 foi o grande ano para Marco Pigossi, pois além de ter ganhado elogios, ele deteve o troféu Melhores do Ano na mesma categoria. Rodrigo Lombardi também não saiu de mãos abanando, pois levou pra casa o Troféu Internet.
Durante a votação, a diretora da revista escala, Wivian Maranhão, elogiou Marco pela sua versatilidade, destacando dois personagens, o gay Cássio de 'Caras & Bocas' (2009), e o policial Dante em 'A Regra do Jogo' (2015); e o jornalista Nelson Rubens diz que votou no Caio Castro por ter interpretado um personagem histórico.

Marco Pigossi como 'Cássio' em Caras & Bocas, seu primeiro personagem
Marco Pigossi como Dante em 'A Regra do Jogo'

'A Força do Querer' leva o prêmio de Melhor Novela no Troféu Imprensa


A categoria de Melhor Novela foi a quarta julgada pelos jurados do Troféu Imprensa, e de cinco escolhidos, Sônia Abrão, Léo Dias, Nelson Rubens e Wivian Maranhão votaram na novela das nove A Força do Querer, da Rede Globo, enquanto o jornalista Flávio Ricco fez o papel de 'Do Contra' e votou em Carinha de Anjo, do SBT. Pega Pega, a novela das sete e também concorrente da mesma categoria, já pode ser chamada de O Mapa da Mina 2, pois só teve audiência, mas nenhuma repercussão, sendo criticada por Léo Dias na hora da votação.

Roubo no hotel Copacabana Palace em 'Pega Pega' não animou em nada Léo Dias
A comparação entre as duas novelas do mesmo horário é pelo mesmo motivo. Há 25 anos, O Mapa da Mina levava uma surra de Mulheres de Areia, transmitida às 18hrs, tanto em repercussão quanto em audiência. A primeira, escrita por Cassiano Gabus Mendes, conseguiu média geral de 43 pontos (indo bem, pois a meta do horário das sete era 40). Enquanto Mulheres de Areia foi um grande fenômeno durante os sete meses de transmissão, com 49 pontos de média geral, 14 a mais que o exigido até 1995.

Mesmo repetitivo, programa 'A Praça É Nossa' consegue os troféus Imprensa e Internet na categoria Melhor Humorístico


De cinco jurados, três votaram no programa apresentado por Carlos Alberto de Nóbrega, A Praça É Nossa, cujas melhores partes são a Nina e a Dona Nica. Exibido desde os tempos da ceia de Cristo, ela conseguiu derrotar a Escolinha do Professor Raimundo e o Pânico na Band, que não levou nenhum voto e foi bastante criticado por Léo Dias, do Fofocalizando, e Keila Jimenez, colunista do R7, na hora da votação.

'Bom Dia & Cia' é eleito o melhor programa infantil de 2017 no Troféu Imprensa

Sílvia Abravanel nos bastidores do programa Bom Dia & Cia
O programa infantil Bom Dia & Cia foi bastante elogiado por quatro jurados, entre eles a jornalista e apresentadora do A Tarde É Sua, Sônia Abrão. Sílvia Abravanel foi bastante elogiada pelo seu comportamento e entrosamento nas brincadeiras, e o Bom Dia & Cia derrotou os outros programas Mundo Disney e Patati & Patatá, exibido horas antes deste. Parabéns, Sílvia!

Marília Mendonça vence a categoria Melhor Cantora no Troféu Imprensa; Ivete Sangalo leva o Troféu Internet


A cantora de sertanejo ganhou quatro votos de seis jurados, enquanto os outros dois foram para Ivete Sangalo, que deteve o Troféu Internet. Quem também concorreu como Melhor Cantora foi Joelma, ex-Calypso, que não foi votada por nenhum jurado.
Este é o segundo ano que Marília leva o Troféu Imprensa pra casa. No ano passado, ela ganhou a categoria Revelação do Ano, derrotando as cantoras Maiara & Maraísa, e a atriz mirim Lorena Queiroz, a Dulce de 'Carinha de Anjo'.