quarta-feira, 21 de março de 2018

Um novo tempo para a Citroën

O Tempo - “Este será o ano da Citroën”. Foi assim que Ana Theresa Borsari, presidente do grupo PSA no Brasil, deu início aos trabalhos de apresentação do novo C4 Lounge. O modelo fabricado na Argentina foi lançado para o Brasil em evento, na última semana, em Buenos Aires. Com a frase, a executiva se referia exatamente a duas situações distintas. Primeiro, a unificação na administração das marcas Peugeot e Citroën no Brasil, ambas pertencentes à holding PSA, mas que, desde sua chegada ao país, há mais de 20 anos, vinham sendo conduzidas em operações separadas.
Mas não será apenas em termos de gestão que o grupo PSA promete se destacar em 2018. A segunda situação a que Ana Theresa se referia era que um dos melhores produtos elaborados pela marca francesa está a caminho do Brasil. Borsari se referia ao Citroën Cactus, que foi mostrado como carro-conceito no Salão de Paris de 2014 e será fabricado em nosso país.





A estrela da vez
O dia ainda estava longe de terminar em Buenos Aires, e a principal estrela do evento era mesmo o renovado sedã C4 Lounge, motivo da reunião na terra do tango. As mudanças na linha 2019 do charmoso carro francês baseiam-se em dois pilares: visual e tecnologia.
Começando pela parte que logo chama a atenção ao primeiro olhar, a dianteira ganhou novos elementos, com faróis Full-LED nas versões mais caras e para-choques mais destacados, que trazem elementos cromados em ‘C' nas extremidades, onde se inserem os faróis de neblina. Essa assinatura reforça que o modelo pertence à família C4, assim como o C4 Picasso.
Na traseira, as lanternas em LED com lentes tridimensionais estão com um novo layout e passam a ser interligadas por uma barra cromada na tampa do porta-malas. As rodas de liga leve de 17 polegadas também são novas.
Na cabine, o C4 Lounge recebeu uma nova central multimídia com tela de sete polegadas sensível ao toque com contornos em preto brilhante. Ela incorporou os comandos do ar-condicionado e vem com conectividade Apple CarPlay e Android Auto. Já o quadro de instrumentos agora é todo digital, com indicador de condução econômica, porém não traz a tecnologia TFT ou opções de personalização.

Número de versões é enxuto
Além de trazer um bom recheio de itens de série, o C4 Lounge 2019 ganhou uma inédita versão para Pessoas com Deficiência (PcD), a partir de R$ 69.990. O modelo tem também as versões Feel (R$ 93.920) e a top de linha Shine (por R$ 102.730). Em todas as três versões, o carro segue equipado com o motor 1.6 THP flex, de 166/173 cv de potência e câmbio automático de seis marchas.
Desde a nova versão básica, voltada ao público PcD, o C4 Lounge vem equipado com ar-condicionado digital de duas zonas, rodas de liga leve aro 16, controle eletrônico de estabilidade, alarme, trio elétrico. A lista inclui ainda luzes diurnas e lanternas em LED, faróis de neblina, quadro de instrumentos digital, além de central multimídia de sete polegadas com tela responsiva e compatível com Apple CarPlay e Android Auto.
Já na versão Feel, o carro ganha ainda airbags laterais, sensor de chuva e acendimento automático dos faróis, além de GPS, câmera de ré, retrovisor interno com sistema antiofuscamento, volante e bancos revestidos em couro e rodas de liga aro 17. O C4 Lounge Shine, top de linha, acrescenta faróis full-LED, airbags de cortina, rodas de liga diamantadas e teto solar panorâmico. Não há itens opcionais. A única coisa cobrada à parte é a pintura metálica ou perolizada.

Ficha técnica
Motor. 1.6 flex, 16V, turbinado, quatro cilindros em linha e sistema de injeção direta
Potência. 166/173 cv a 6.000 rpm, com gasolina e etanol, respectivamente
Torque. 24,5 kgfm a 1.400 rpm (com etanol)
Câmbio. Automático de seis marchas
0 a 100 km/h. Em 9,4 segundos (com etanol)
Velocidade máxima. 215 km/h
Tamanho. 4,62 m de comprimento, 2,10 m de largura, 1,50 m de altura, 2,71 m de distância entre-eixos
Porta-malas. 450 L

ONG critica Latino após morte do macaco Twelves: "Silvestre não é pet!"


Gaúcha ZH - A ONG Ampara Silvestre, que defende os animais, postou em seu Instagram nesta quarta-feira (21) uma nota criticando o cantor Latino por tratar seu macaco, Twelves, que morreu atropelado na terça-feira após fugir de casa, como um animal doméstico.
"Primeiramente gostaríamos de deixar claro que a morte do macaquinho também doeu em nós, mas não podemos deixar de nos posicionar sobre mais uma caso de animal silvestre tratado como pet. Twelves era um macaco prego. Que era vestido como humano, usava coleira, era tratado como uma criança. Seus instintos não eram respeitados, sua liberdade lhe foi tirada, ou melhor, nunca teve direito a ela. Nasceu para ser status", afirma o post.
Segundo a ONG, não importa as condições financeiras do dono, nada substitui a vida do animal em seu habitat ou muda seus instintos. Além disso, foi lembrada a primeira vez que Twelves fugiu da casa de Latino, em julho de 2017:
"Já era a segunda fuga do macaco prego, ambas foram na mesma região, local de mata. É evidente que ele sentia a necessidade de um contato maior com a natureza e liberdade. Entendemos o encanto que os animais causam nas pessoas, mas isso não lhes dá o direito de tê-los. Compartilhem informação. Silvestre não é pet! Seu lugar é na natureza e podermos vê-los em seu habitat natural é inigualável".

Precisamos falar sobre: Twelves, o macaco do cantor Latino Primeiramente gostaríamos de deixar claro que a morte do macaquinho também doeu em nós, mas não podemos deixar de nos posicionar sobre mais uma caso de animal silvestre tratado como pet. Twelves era um macaco prego. Que era vestido como humano, usava coleira, era tratado como uma criança. Seus instintos não eram respeitados, sua liberdade lhe foi tirada, ou melhor, nunca teve direito a ela. Nasceu para ser status. É necessário que as pessoas entendam que independente da condição financeira ou social da pessoa, um animal silvestre nunca vai ter a vida adequada para sua espécie quando em cativeiro. Nada substitui a vida em seu habitat ou muda seus instintos. Já era a segunda fuga do macaco prego, ambas foram na mesma região, local de mata. É evidente que ele sentia a necessidade de um contato maior com a natureza e liberdade. Entendemos o encanto que os animais causam nas pessoas, mas isso não lhes dá o direito de tê-los. Compartilhem informação. Silvestre não é pet! Seu lugar é na natureza e podermos vê-los em seu habitat natural é inigualável. #amparasilvestre #silvestrenaoepet
Uma publicação compartilhada por AMPARA Silvestre (@amparasilvestre) em

O macaco de estimação do cantor morreu atropelado por um veículo nesta terça-feira (20), por volta das 13h, dentro do condomínio do cantor, situado na Barra da Tijuca. "Hoje é o dia mais infeliz da minha vida. Orem por mim", declarou Latino.
Noiva do cantor, Jéssica Rodrigues disse que ela e o parceiro estavam "desnorteados" com a morte do animal, que tinha cinco anos e chegou a fazer alguma fama nas redes sociais. Tinha, inclusive, uma conta no Instagram.
— Estava tomando café de manhã feliz conosco, dormiu conosco. Estou tentando manter a calma, mas a gente está perdido. Latino e eu viemos para gravar um clipe, nem sei mais o que vai acontecer. Estamos desnorteados — revelou a companheira em entrevista ao jornal Extra.

Uma publicação compartilhada por LATINO 🎤 (@latino) em

Uma publicação compartilhada por LATINO 🎤 (@latino) em

Uma publicação compartilhada por LATINO 🎤 (@latino) em

Shawn Mendes divulga nome de nova música na rede social


Vagalume - Além de apostar em uma grande divulgação em outdoors digitais pela Times Square, em Nova York, indicando que o lançamento de seu novo álbum pode estar próximo, Shawn Mendes também divulgou o nome de sua nova música: "In My Blood", nesta terça-feira (20), através de sua rede social.
O cantor, inclusive, postou em seu Instagram as datas "22 e 23 de março", que podem significar dois lançamentos ainda nesta semana.

Uma publicação compartilhada por Shawn Mendes (@shawnmendes) em


Lívia Andrade presta queixa na polícia contra homem que se passava por seu marido: "Verme"


Revista Quem - Lívia Andrade prestou queixa contra um homem que estava se passando por seu marido nos lugares em que ela frequenta. A apresentadora contou no Fofocalizando, do SBT, que o homem a perseguia no Rio de Janeiro.
"Um homem veio até o SBT se passando por meu marido. A produtora veio me perguntar se eu estava esperando o meu marido aqui. Eu disse que não porque ele estava em São Paulo. O rapaz insistiu na portaria falando que era meu marido e que precisava subir", contou ela.
A apresentadora, que prefere manter a identidade do marido verdadeiro em segredo, postou imagens do perseguidor em sua rede social. "Infelizmente não posso mostrar a cara desse pilantra para alertar a sociedade, principalmente as mulheres que podem ser próximas vítimas! Eu me livrei, mas mais mulheres podem sofrer na mão desse verme", disse ela.

Declaração de Lívia Andrade a QUEM
Procurada por QUEM, Lívia Andrade deu todos os detalhes do ocorrido. "Um cara foi no SBT tentando se passar pelo meu marido, eu estava no ar ao vivo, pedindo liberação na portaria para subir. E a produção foi comunicada e eu fui comunicada no palco e eu falei que não era e nem poderia ser meu marido porque ele estava viajando. E o cara insistiu dizendo que era meu marido e queria subir. Os seguranças mandaram a foto e eu falei que não era meu marido. E ele continuou insistindo e apresentou documentos e tudo", relatou.
A apresentadora continuou contando e disse ter ficado chocada com o caso. "O que me chocou foi a cara de pau do cidadão de ir até uma emissora de televisão colocar a cara para bater e tudo. E eu puxei a ficha do cara e não é um fã. É um cara que estava preso por agressão. Ele agrediu por mais de três vezes mulheres. Ele foi preso e solto para ter tratamento em uma clínica psquiatrica, que no caso, não está tendo tratamento nenhum né?! Ele está solto na rua e foi atrás de mim. Este cara, com certeza, estava com uma péssima intenção", acredita.
Apesar do susto, Lívia afirma não ter medo. "Eu não fico com medo. Eu fico revoltada em saber que tem gente assim livre, leve e solta na rua, tentando fazer o crime com outras pessoas. Eu poderia ser outra vítima desse cara. Graças aos seguranças do SBT, graças aos cuidados que a gente tem na emissora, esse tipo de gente não chega até a gente. Mas ele pode fazer uma próxima vítima, que de repente não tenha tanta sorte e esses cuidados todos que a gente tem lá. E o que encoraja essas pessoas é a impunidade. Ele agrediu várias mulheres e conseguiu ser solto. Isso estimula o psicopata, o criminoso o assassino a cometerem os crimes", alerta.
"Eu não tenho medo. Eu costumo enfrentar as situações. Eu vivo sempre em alerta porque eu sei bem o mundo que a gente vive. Aquele cara que atentou pela vida da Ana Hickmann era um seguidor meu. Ele tentou também uma comunicação comigo. Mas eu não dei atenção, não respondi ou não atendi às expectativas dele. Ou talvez eu só dei mais sorte do que a Ana Hickmann e ele não foi atrás de mim. Estou acostumada a lidar com pessoas desse tipo. Até porque eu vejo o que acontece nos noticiários todos os dias. Eu eu sei que o mundo está cheio de gente ruim. Uma hora a casa dele vai cair", conclui ela, que contou ter feito um boletim de ocorrência.

Corpo escultural de Lívia Andrade
Madrinha de bateria da Império da Casa Verde, Lívia brilhou no Carnaval de São Paulo, sem a companhia do marido. Na ocasião, ela disse para QUEM, que o eleito não era ciumento. "Ele chegou do trabalho e foi descansar, férias merecidas, curtas. Férias de Carnaval. Ele sabe que isso faz parte da minha vida e eu sei que o descanso é importante para ele também. Ele respeita muito isso e fica feliz com a minha felicidade, isso é muito importante".

CORPAÇO
Para manter a energia para a maratona do Carnaval, Lívia contou para QUEM que não fez dietas malucas. Ela começou sua preparação três meses antes da folia.
"Eu costumo me preparar melhor uns três meses antes e na reta final você vai ajustando mais a dieta e fazendo exercício. Porém, você tem menos tempo e dorme menos. Várias coisas acontecem e você fica mais estressada. É fantasia que não fica pronta, os detalhes. A TV, os programas, as matérias, as fotos. Ou seja, não tem tempo e come besteira. Comi pastel de queijo na quinta-feira. Depois comi beirute, tomei refrigerante. E hoje eu comi um crepe de morango com doce de leite. A gente gasta tanta caloria no samba que eu prefiro comer do que ficar doente".

LUXO
Recentemente, a loira chamou atenção ao chegar para a gravação do clipe da música Tá Ficando Bom, do cantor MC Fabinho, no Palácio do Cedros, no bairro do Ipiranga, em São Paulo, com um automóvel da marca Jaguar, avaliado em 500 mil reais.
Lívia tem o carro desde 2015, adquirido depois de sofrer um acidente de carro. "Um acidente de carro por pouco não tirou a minha vida. Não bastasse um, enfrentei outro grave acidente dois anos depois", disse, relembrando os contratempos que enfrentou em março de 2013 e maio de 2015. "Por sorte, não me trouxe consequências."

Luciana Gimenez celebra sete anos de caçula e aliança na mão esquerda chama atenção de fãs


Revista Quem - Luciana Gimenez está celebrando nesta quarta-feira (21) os sete anos de seu caçula, Lorenzo. A decoradora de festa Andrea Guimarães mostrou o tema da festa, esportes. "Festa do meu Lorenzo #look by @agilitabrasil #styling: @anapaulalimastylist #beauty: @sergiodivicentinn", disse ela ao apostar em um vestido curto branco.
Um detalhe chamou atenção, a apresentadora estava usando uma aliança. Seguidores comentaram: "Aliança na mãe esquerda?" e "Uai, ela já voltou com o Marcelo. Está com aliança de casada". Já o empresário e apresentador Marcelo de Carvalho, um dos donos da emissora RedeTV!, estava sem a joia de compromisso no anelar esquerdo.

Luciana Gimenez em festa de aniversário do filho

Luciana Gimenez com aliança
Marcelo de Carvalho sem aliança

A última foto do casal foi publicada no dia 10 de fevereiro em uma viagem para Aspen, nos Estados Unidos. Procurada por QUEM, a assessoria da apresentadora preferiu não se pronunciar sobre o assunto.

Luciana e Marcelo de Carvalho em 2014
Luciana Gimenez se diverte em festa do filho com amigas
Além das fotos da viagem, Luciana compartilhou um clique dos filhos Lucas, de 18 anos, de sua relação com Mick Jagger, líder da banda Rolling Stones, e de Lorenzo, de 7, anos de seu casamento com Marcelo de Carvalho, com a seguinte legenda: "Amores".




Lorenzo em sua festa de aniversário
DE MUDANÇA
Por causa da separação, o triplex da apresentadora e do marido teria sido colocado à venda em São Paulo por R$ 80 milhões. O apartamento, no mercado desde maio do ano passado, recentemente foi listado no site de uma empresa de imóveis de luxo internacional, que disponibilizou o valor da propriedade de dois mil metros quadrados, sete quartos, nove banheiros e sala de cinema com 16 lugares. O lar da apresentadora e do empresário, que em dólares sai por US$ 24.606,786, é, na página da empresa, o mais caro entre os que estão disponíveis para compra no Brasil.
Com uma vista espetacular de São Paulo, o apartamento em um condomínio da Marginal Pinheiros, tem acesso exclusivo ao shopping Cidade Jardim, a um spa e a uma unidade de medicina diagnóstica do Hospital Albert Eisntein. Para chegar ao format atual do triplex, que tem elevador privativo, Luciana e Marcelo juntaram duas coberturas do prédio, que fica em um condomínio fechado e exclusivo.
O lar, onde Luciana e Marcelo viviam com Lucas, de 18 anos, filho dela com Mick Jagger, e Lorenzo, de 5, filho do casal, tem hall em mámore preto e branco com pé direito duplo, adega, estúdio de música, sala de jogos e terraço com churrasqueira. A suíte principal tem banheira, sala de massagem, estação de cabeleireiro e maquiagem, closet e uma saleta.
Os dois se casaram em 2006 em uma celebração badalada na Fazenda Ponta das Canas, em Ilhabela, litoral norte paulista, para cerca de 200 convidados.



Lucas Jagger, brincando com o irmão, Lorenzo
Lorenzo se divertindo em sua festa de aniversário
Luciana Gimenez e Andréa Guimarães
BRIGAS
Em entrevista recente para QUEM, Luciana contou o segredo de um relacionamento duradouro e disse que apesar da união, não faltavam brigas. "Não é para qualquer um. O segredo é amar, admirar e ter muita, muita paciência. O bom é que a gente briga bastante. A gente não tem momento de tédio", disse ela, que na mansão dormia em quarto separado do marido.
"Admiro muito o Marcelo. não me imagino casada com outra pessoa. Dá tudo certo. É uma família incrível."

CIÚMES
Ciumenta assumida, Luciana disse em entrevista para o Programa do Porchat que evitava assistir ao programa do marido porque tinha ciúmes dele. "Eu não gosto, me irrita! Ele me irrita! Por que tem as periguetes e não acho a menor graça daquilo. Sou ciumenta! Eu não brigo, faço a fina e quando chega em casa eu brigo."

Laura Wie
Edu Guedes e a filha Maria Eduarda
Fernanda Motta e a filha, Chloe
Decoração da festa de aniversário de Lorenzo


Estudo revela que '13 Reasons Why' gera comportamentos positivos


Catraca Livre - A série "13 Reasons Why" gerou polêmica quando foi lançada no ano passado, pela Netflix. Isto porque o conteúdo dos episódios tratam de suicídio e bullying no período escolar. Além disso, durante os capítulos, outro tema de extrema importância foi mostrado: a cultura do estupro. Por isso, a Netflix encomendou uma pesquisa para entender os efeitos do produto lançando, e os resultados são surpreendentes.
Um estudo realizado pelo Centro de Mídia e Desenvolvimento Humano da Northwestern University, que tem um foco ativo de pesquisa sobre o impacto da mídia em crianças e adolescentes, revelou alguns dados encorajadores já que haviam opiniões controversas sobre os tópicos da série.

Quase três quartos dos adolescentes e jovens adultos relataram que tentaram ser mais atenciosos sobre como eles tratavam os outros depois de assistir ao programa.

Mais da metade dos telespectadores adolescentespediram desculpas a alguém pelo modo como os trataram; e mais de dois terços estavam mais motivados para ajudar alguém que estava deprimido, intimidado ou agredido sexualmente.

Quase três quartos dos adolescentes e jovens adultos disseram que o programa fez com que eles se sentissem mais confortáveis sobre fases difíceis.

Mais de dois terços dos pais relataram que assistir ao programa levou-os a se comunicar com seus filhos sobre temas difíceis; 71% dos adolescentes e jovens discutiram a série e assuntos relacionados com seus pais.

Dois terços dos pais em nosso estudo pediram que o elenco saísse do personagem para discutir como obter apoio.

"Fomos pessoalmente inspirados pelas histórias que os espectadores compartilharam depois de assistir ao programa e estamos dispostos a compartilhar algumas dessas histórias com o mundo. A esperança é que os passos que estamos dando agora ajudem a dar suporte a conversas mais significativas, já que a segunda temporada será lançada ainda este ano. Vimos em nossa pesquisa que os adolescentes realizaram ações positivas depois de assistir à série, e agora - mais do que nunca - estamos vendo o poder e a compaixão dessa geração advogando em nome de si mesmos e de seus pares", confirmou Brian Wright, responsável por séries originais Netflix.

O streaming anunciou que antes de cada episódio da segunda temporada um aviso alertará sobre o teor "intenso" do enredo. Entenda:


Outro ponto importante é que existirá um trabalho para que a discussão não seja apenas "fictícia". Nas redes sociais podem ser encontrados vídeos de pessoas reais que vivenciaram situações semelhantes as que acontecem nos capítulos. Veja:


Os resultados completos da pesquisa, que entrevistou 5.400 adolescentes, jovens adultos e pais de adolescentes dos Estados Unidos, Reino Unido, Austrália, Nova Zelândia e Brasil entre novembro de 2017 e janeiro de 2018, podem ser vistos aqui.
Ainda não há uma data de estreia definida para 13 Reasons Why, apenas a confirmação de que o lançamento acontece em 2018.

Blackout deixa todos os estados do Nordeste e três do Norte sem luz

Foi por volta das 16hrs desta quarta-feira (21) que todos os habitantes da Região Nordeste e dos estados do Tocantins, Amapá e Pará foram pegos de surpresa com a falta de luz. A causa do apagão, segundo nota da ONS (Organização Nacional do Sistema Elétrico), foi um problema ocorrido na Usina Hidrelétrica de Belo Monte, no Pará. O trânsito ficou congestionado em todas as cidades. O comércio foi interrompido, pois várias lojas e shoppings fecharam suas portas mais cedo, e as instituições de ensino começaram a liberar os estudantes mais cedo.
Para a felicidade de todos, o problema foi totalmente solucionado às 19h30.

Trânsito congestionado em Salvador
Na capital baiana, todos os passageiros deste metrô tiveram que descer na metade do caminho
Foto do Elevador Lacerda durante apagão
Em Natal, os shoppings encerraram suas atividades mais cedo
Com os semáforos sem funcionar, essa avenida da cidade de Natal ficou assim
Trânsito congestionado também em Recife, na Avenida Agamenon Magalhães
O sistema de metrô da capital pernambucana também foi afetado, e muitos passageiros tiveram que esperar voltar
Vários carros parados em Manaus
Semáforos desligados em Palmas, no Tocantins
Foto feita em Maceió, numa avenida com carros parados e semáforos desligados
Mais congestionamento na capital de Alagoas
Em Belém, foram poucos os bairros que não foram afetados
Nessa foto, a única luz que se pode ver são as dos automóveis nessa avenida da capital paraense

#EternoMalandro - Lula diz que não tem medo de ser preso e reage a 'ódio' de manifestantes no RS

Jornal do Brasil - Em passagem pelo Rio Grande do Sul, o ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, disse nesta quarta-feira (21) que não está com medo de ser preso. O Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4) marcou o julgamento do embargo de declaração do petista para segunda-feira (26) às 13h30. Se mantida sua condenação, Lula pode ir para a cadeia.
"Não tenho medo de ser preso", disse Lula, em entrevista à rádio Imembuí, de Santa Maria (RS), durante o período da manhã. "Acho que as pessoas que me condenaram estão mais intranquilas do que eu. Eu tenho a tranquilidade de um inocente e eles não têm essa tranquilidade e sabem que fizeram uma barbárie jurídica", afirmou.
O ex-presidente da República voltou a dizer que, se for preso, será o "primeiro preso político do século XXI no Brasil".


Mais tarde, em passagem por São Vicente (RS), Lula reagiu aos protestos que enfrenta no Rio Grande do Sul e negou que sua caravana tenha caráter eleitoral. "Eu fico me perguntando por que esse ódio? Vocês acham que nós vamos fazer uma caravana eleitoral?", declarou Lula, ao discursar em dos campus do Instituto Federal. "Se eu quisesse fazer uma caravana eleitoral, eu não estaria em um cidade de 8 mil habitantes."
Na terça, em Santa Maria (RS), integrantes do Movimento Brasil Livre (MBL) e apoiadores do ex-presidente trocaram provocações durante a passagem de Lula pela cidade. No dia anterior, também houve protestos contra a presença do petista em Bagé e em Santana do Livramento, cidades onde o ex-presidente começou a caravana.

Manifestações
Nesta quarta-feira, as redes sociais já registraram imagens de manifestações em São Borja, para onde Lula segue à tarde.
No discurso, o petista declarou que, provavelmente, quem estava usando máquinas agrícolas para bloquear rodovias durante sua passagem havia comprado os veículos através de financiamento durante os governos do PT. "Se vocês conhecerem as pessoas que estão protestando, eu desafio eles, o juiz Sérgio Moro, a Polícia Federal e o Ministério Público a mostrar que quem está me perseguindo é mais honesto do que eu", declarou.
Apesar de dizer que a caravana não é eleitoral, Lula adotou um discurso de olho na campanha presidencial e prometeu federalizar o ensino médio se voltar ao poder. "Se preparam porque se a gente voltar, a gente vai fazer mais e melhor", bradou.

Recursos
Tentando reverter condenação em segunda instância e, ao mesmo tempo, evitar que seja decretada prisão se o processo terminar no TRF-4 com uma condenação, Lula declarou na entrevista à rádio esperar que o Supremo Tribunal Federal (STF) ou o Superior Tribunal de Justiça (STJ) "entrem no mérito do processo" durante o julgamento dos recursos. 
Ele reforçou que ainda espera ser candidato e que vai "brigar até as últimas consequências" para estar no pleito. "O PT vai me lançar candidato, se eu for candidato eu vou ganhar as eleições e vou ganhar as eleições para melhorar o Brasil", declarou.

Caravana
Lula percorre a Região Sul diante da possibilidade de ser preso após condenação em segunda instância na Lava Jato. Na segunda-feira, dia de julgamento do embargo no TRF-4, o petista pretende estar no Paraná e agendou atos em Francisco Beltrão e Foz do Iguaçu, região oeste do Estado.
Na terça-feira, o ex-presidente planeja estar em Quedas do Iguaçu e Laranjeiras do Sul, na região centro-sul. Lula se programa para encerrar a caravana na quarta-feira, 28, em um ato em Curitiba, principal palco da Operação Lava Jato.

Segurança
Diante da preocupação com os protestos que enfrenta, Lula afirmou na manhã desta quarta-feira que toda a agenda da caravana está mantida. "A caravana não vai parar", diz texto publicado por ele no Twitter.
A presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), reafirmou que a viagem seguirá o roteiro traçado.
Gleisi cobrou reforço da segurança de Lula e da ex-presidente Dilma Rousseff durante a viagem. "Denunciamos milícias armadas que atacam a caravana! É responsabilidade do Estado a segurança dos ex-presidentes Lula e Dilma! Não houve orientação do presidente para conversar com autoridades. Foi decisão do partido e dos parlamentares", escreveu, na mesma rede social.

Fonte: Estadão Conteúdo

Marcos Mion se declara ao filho, Romeo: 'Privilégio que Deus me deu'


CARAS - O apresentador Marcos Mion surpreendeu os fãs nesta terça-feira, 20, ao publicar uma homenagem ao filho, Romeo.
"Meu cantinho de amor puro, de enlace de almas, emoção e, o mais importante, eterno", escreveu o apresentador.
"Pra sempre ensinando sobre o amor puro e sobre o que é importante na vida para mim e para todos que tem o privilégio de conviver com ele, meu anjo, Romeo. Deus te enviou de presente pra mim! Me sinto muito melhor que qq ser humano pelo privilégio que Deus me deu: cuidar de você, meu filho! Que honra a minha!", completou ele.
Romeo, que está dentro do grupo do Transtorno do Espectro Autista (TEA), transformou a sua vida ao lado da mulher, Suzana Gullo.

Latino paga serviço de cremação para macaco Twelves

Portal O Dia - Macaco de estimação do cantor Latino, Twelves será cremado nesta quarta-feira (21) no cemitério e crematório de animais Pet's Garden, localizado na Ilha de Guaratiba, zona oeste do Rio.
O animal, que tinha 5 anos de idade, morreu atropelado na terça-feira (19) pela manhã após fugir de casa. A cerimônia de cremação está prevista para ter início às 11h e pode ser acompanhada por familiares.


Procurada pelo UOL, a assessoria de Latino informou que ele e a noiva, Jéssica Rodrigues, estão muito abalados e não conseguirão se despedir de Twelves. O cantor adiou a gravação de um clipe que aconteceria nesta quinta (22) com o MC G15.
Twelves era uma espécie de macaco prego e tinha uma conta no Instagram com quase 130 mil seguidores. No ano passado, ele chegou a fugir, mas foi encontrado um dia depois após intensa mobilização da vizinhança.

SERVIÇO FUNERÁRIO PARA PETS
Mesmo que não acompanhe a cerimônia de cremação de seu bichinho de estimação, Latino poderá receber as cinzas de Twelves em casa.
A reportagem do UOL apurou que o serviço funerário prevê a entrega dos restos mortais no endereço do dono do pet, que são enviados dentro de uma caixa de madeira semelhante a um porta-joias.
O mesmo serviço de cremação contratado para Twelves tem um custo aproximado de R$ 540. Este valor prevê a cremação individual do animal.
Fica a critério da família, que pode acompanhar os últimos preparativos, se despedir do pet em um espaço que funciona como uma capelinha. Somente após a autorização dos familiares é iniciada a cremação.
Os donos dos pets ainda podem contratar outros tipos de serviços, como sepultamento em jazigos verticais (por volta de R$ 700) ou cremação coletiva, isto é, junto a outros animais (por volta de R$ 230). Este último caso geralmente é a opção escolhida por famílias que não querem receber os restos de seus bichanos. Após a cremação, as cinzas ainda podem ser reutilizadas como fertilizantes naturais.

Fonte: Folhapress