terça-feira, 27 de março de 2018

#HouseClassics: Crystal Waters - "Gypsy Woman"


Foi com essa canção em 1991 que Crystal Waters se revelou cantora para o mundo! Gypsy Woman alcançou o primeiro lugar na parada de sucessos de oito países e até hoje é usada como sample por vários outros artistas, entre eles, 2 Eivissa (na canção Oh La La La), Ted Nilsson (em Homeless), e Vassy (Hustlin', em parceria com Crazibiza e Dave Aude).
A versão desta música mais conhecida é da dupla Chic Flowerz, lançada em 2006.

Adriane Galisteu fará sua estreia e terá papel importante na próxima novela das sete da Globo


Diário do Grande ABC - Adriane Galisteu, mais conhecida por seu trabalho como apresentadora, e por ter um canal no YouTube, vai fazer sua grande estreia em uma novela da Globo. Segundo informações do colunista Flavio Ricco, a agora atriz vai ser um dos destaques de O Tempo Não Para, trama de Mário Teixeira que irá suceder Deus Salve o Rei no horário das sete.
Sua personagem será Zelda Lacocque, uma estilista vigarista que vai roubar as ideias de Marocas, interpretada por Juliana Paiva, que foi congelada em 1886, mas que irá descongelar e será ainda mais criativa em sua área.
Quando participou do Dança dos Famosos, quadro do Domingão do Faustão, Adriane não escondeu o seu desejo de trabalhar na emissora, como disse ao apresentador, Fausto Silva:
- Estou completamente disponível para atuar no que a emissora precisar, disse, na época.

A história gira em torno de uma família do século 19 que é congelada por acidente e acaba acordando nos dias atuais e deparando-se com um mundo completamente diferente. A direção da trama fica por conta de Leonardo Nogueira e não há ainda previsão de estreia.
Procurada pelo ESTRELANDO, a assessoria da emissora se pronunciou dizendo o seguinte: Ainda não estamos divulgando a trama, que nem começou as preparações.

Simony revela arrependimento por relação com rapper que começou na cadeia: "Não faria de novo"


Revista Quem - Em entrevista ao Na Lata, programa de Antonia Fontenelle no YouTube, a cantora Simony abriu o coração e confessou: se arrepende do relacionamento com AfroX, rapper que conheceu e com quem engrenou um romance quando ele ainda estava preso. "Ele era presidiário, mas eu não sabia. Achei que era mentira porque todos esses rappers inventam isso, que foram presos. Ele fazia shows fora, tinha um juiz que autorizava, não só ele como outras bandas. Aconteceu de me envolver, quando descobri já era tarde, confesso que quis voltar atrás.Eu olho para aquela Simony e não faria de novo. Me arrependo", afirmou.
A ex-Balão Mágico explicou acreditar existir uma razão maior para a relação com AfroX. "Não me arrependo pelos meus filhos, que são maravilhosos. Acho que isso tinha que acontecer para eu ter o Ryan e a Aysha. Tem coisas que precisavam acontecer. Mas acho que não precisava disso, não foi um relacionamento bacana para mim, eu não olho hoje e falo 'eu amei". Hoje diria 'Simony, você é maluca?'. Não sei entender o que foi aquilo. Quando ele saiu e fomos viver juntos, vi que não tinha nada a ver, incompatibilidade total. Quando Aisha nasceu, já não tinhamos mais relacionamento nenhum", disse ela, que teve dois filhos com ele, Aysha, de 15 anos, e Ryan, de 17, e em 2001, chegou a ficar 25 horas presa no complexo do Carandiru, em São Paulo, durante uma rebelião.
A cantora também é mãe de Pietra, de, 14, da relação com o jogador de futebol Diego, e o pequenino Anthony, 4, da união com o engenheiro Patrick Silva.

Confira a entrevista:

Netflix inaugura 'loja da corrupção' em aeroporto


Diário de Pernambuco - Lançada na última sexta-feira (23), a série O mecanismo tem provocado polêmica. Inspirada na Operação Lava-Jato e dirigida pelo brasileiro José Padilha, a nova aposta da Netflix foi alvo de críticas da ex-presidente Dilma Rousseff. Nesta segunda-feira (26), a obra ganhou mais um capítulo fora das telas. É que, para divulgar a produção, a Netflix construiu uma "loja da corrupção" no aeroporto de Brasília.
Entre os itens que podem ser encontrados na loja fictícia estão uma cueca doleira, o livro Delação premiada para leigos e capinhas decorativas para tornozeleiras eletrônicas. De acordo com a Inframérica - consórcio que administra o aeroporto - o stand publicitário foi instalado na área do desembarque doméstico do terminal. Esta não é a primeira ação da Netflix para divulgar a série. No começo do mês, quem passou pela ponte Honestino Guimarães, em Brasília, se deparou com um enorme outdoor batizado de "corruptômetro".
Em nota, a ex-presidente Dilma Rousseff - que na série pode ser comparada à personagem Janete - chamou a produção de "mentirosa e dissimulada" e acusa o diretor José Padilha de criar "fake news". As declarações animaram os ânimos nas redes sociais. Tanto que a tag #OMecanismoCausando passou a tarde da segunda-feira (26) na lista dos assuntos mais comentados do país, no Twitter.





Há 20 anos terminava o remake da novela 'Anjo Mau', com direito a um novo final para Nice


Sucesso desde o início, com audiência crescendo aos poucos ainda mais, Anjo Mau teve seu último capítulo transmitido em rede nacional em 27 de março de 1998. O remake da novela homônima exibida às 19hrs em 1976 deu um novo final para a babá Nice, nesta versão vivida por Glória Pires, e na original por Susana Vieira.
Até o último capítulo, Anjo Mau conseguiu 31.9 (32) pontos de média geral na grande São Paulo, e foi sucesso em todas as reprises. Na primeira reexibição, em 2003, virou fenômeno, com 25.8 (26) pontos, e na segunda, mesmo com boicotes da própria Globo, já que houveram capítulos que começaram antes do horário normal (16h30) devido a vários jogos, fechou na meta, com 14.6 (15).

Nice e Rodrigo com o filho que tiveram no colo
Diferente do final da primeira versão, a Nice, grávida de seu amado, Rodrigo, interpretado por Kadu Moliterno, deu à luz seu filho após um parto muito difícil e sobreviveu, mas ficou em coma por uns dias, reaparecendo na mansão da família Medeiros somente para pegar o bebê, que recebeu o nome de João Victor, e levar consigo. Nice disse que precisava de um tempo pra se redescobrir.
Nas cenas finais, ela foi surpreendida por Rodrigo, que sentou-se ao seu lado e brinda com a esposa os dias felizes que o aguardavam no futuro.
A autora, Maria Adelaide Amaral, aproveitou para fazer uma homenagem à Susana, que apareceu nos minutos finais como outra babá que cuidava de João Victor na ausência de Nice. A atriz, nessa época, estava no ar com a novela das oito 'Por Amor', mais um sucesso de 1997.

Susana Vieira como Nice da primeira versão
Susana Vieira e Glória Pires no último capítulo de Anjo Mau, em 27 de março de 1998
O final de Nice na versão original, escrita por Cassiano Gabus Mendes, era pra ser justamente esse, mas a censura exigiu que ela fosse morta por causa de suas artimanhas para conquistar Rodrigo, vivido por José Wilker.

Outros finais
Vários capítulos depois de tentar tomar de volta o seu lugar como mulher de Rodrigo e se batendo de frente com Nice, a mimada Paula (Alessandra Negrini) decide se unir ao deputado corrupto Olavo Ferraz (Gabriel Braga Nunes) e morar em Brasília.

Olavo Ferraz, fazendo seu discurso político, junto com Paula Novais
O empresário Rui Novais (Mauro Mendonça), o pai da Paula terminou preso graças às falcatruas políticas e assassinatos que participou, mas não acabou aí! Na cela, teve direito à vários benefícios, como poltrona, televisão, e até massagista particular.

Rui Novais preso, mas não na pior
Por fim, depois de dar muito trabalho à mãe (Goreti - Lília Cabral) por se envolver com Olavinho, Simone (Samara Felippo) forma um belo par com o filho de Rui, Bruno (Emílio Orciollo Neto) e os dois viajam juntos para fora do Brasil.

Simone e Bruno no final de Anjo Mau

Ofélia pressiona Jane e Elisabeta em 'Orgulho e Paixão'


Correio do Estado - Susana (Alessandra Negrini) se posiciona contra o noivado de Camilo (Maurício Destri) e Jane (Pâmela Tomé). Jane e Elisabeta (Nathalia Dill) voltam para casa e Ofélia (Vera Holtz) as pressiona sobre Camilo e Darcy (Thiago Lacerda).
Camilo fala com Darcy sobre sua paixão por Jane, e o amigo pensa em Elisabeta. Elisabeta se aconselha com Ema (Agatha Moreira), sem revelar que beijou Darcy. Uirapuru se entende com Mariana e Lídia se incomoda.
Uirapuru e Darcy se reconhecem, e Susana nota. Rômulo comenta com Ernesto e Luccino que está gostando de Cecília (Anaju Dorignon). Darcy e Elisabeta se beijam novamente e Susana surpreende os dois.

#ClassicRemaster - Música de Michael Jackson, "Bad", remixada por Afrojack


Em setembro de 2012, a gravadora Epic colocou nas lojas o álbum Bad, de Michael Jackson, remasterizado e com músicas demo, em homenagem aos 25 anos do lançamento. A música homônima ganhou um remix do consagrado DJ Afrojack, e alcançou o 6º lugar na parada de sucessos do Japão, e a posição #18 no Hot Dance dos Estados Unidos.

'Deus salve o rei': Catarina envenenará Rodolfo contra Amália e Afonso


Patrícia Kogut - Nos próximos capítulos de "Deus salve o rei", Catarina (Bruna Marquezine) envenenará Rodolfo (Johnny Massaro) contra Amália (Marina Ruy Barbosa) e Afonso (Romulo Estrela).
Tudo começará quando os trabalhadores de Montemor entrarem em greve depois de várias medidas impopulares do rei. A vilã aproveitará o momento conturbado para manipular o rapaz.
- É que chegaram a mim rumores preocupantes. Comenta-se na cidade que seu irmão e a mulher dele são os líderes dessa paralisação - dirá ela, que vai sugerir a prisão de Afonso.
- Afonso e Amália? Não, ele apenas está ouvindo as queixas do povo, que são infinitas. E trazendo-as para mim. É um grande favor que Afonso me faz. Não fosse ele, quem estaria ouvindo esta ladainha seria eu - defenderá Rodolfo.

Catarina, então, recuará:
- Tem toda razão. Não podemos mesmo prender Afonso. Mas podemos prender quem tem estado o tempo todo ao lado dele, instigando-o a ficar contra o vosso reino.

- E essa pessoa seria... - questionará ele.

- Amália! - responderá ela.

Sérgio Moro não considera erro ter divulgado áudios de Lula

Na avaliação do juiz Sérgio Moro, a decisão de liberar o conteúdo dos áudios das conversas entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a então presidente Dilma Rousseff não foi um erro. Moro também acrescentou que não viu problema na decisão do então ministro do STF Teori Zavascki, já falecido, de rever a liberação dos áudios.
"Agi com a pretensão de fazer a coisa certa. A revisão de decisões de um juiz por outro faz parte da natureza do Judiciário. O ministro Teori achou diferente, eu respeito", disse o juiz da Lava Jato, durante a entrevista ao Roda Viva, da TV Cultura, na noite desta segunda-feira (26).
Moro afirmou também esperar que o Supremo Tribunal Federal "tome a melhor decisão" no julgamento do habeas corpus do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado em segunda instância a 12 anos e 1 mês de prisão. "Eu nem sequer tenho opção de cumprir ou não cumprir", disse o magistrado sobre a ordem de prisão do ex-presidente.


O magistrado voltou a defender o início da execução penal após a condenação em segundo grau. Moro disse, porém, que se o entendimento firmado pelo Supremo em 2016 for alterado, existem alternativas para que a execução penal antes de esgotados todos os recursos seja permitida.
"Pode-se cobrar dos candidatos à Presidência qual é a posição em relação à impunidade e quais medidas eles pretendem estabelecer. Pode ser justamente substituir por uma emenda constitucional", afirmou o juiz. Para Moro, "uma revisão desse precedente (prisão após condenação em segunda instância) passaria uma mensagem errada".
Sobre a possível prisão do petista, Moro disse que não tem como escolher. "A prisão vai depender do Supremo. Se vier para mim, nem sequer tenho opção." Moro ainda elogiou os ministros da Corte Celso de Mello e Rosa Weber - apontada como fiel da balança na análise do habeas corpus de Lula.

Fonte: Estadão Conteúdo

O Outro Lado do Paraíso: Sophia é presa ao tentar matar Caetana com tesourada


Correio da Bahia - Sophia (Marieta Severo) cairá em uma emboscada e será presa em flagrante em O Outro Lado do Paraíso. A assassina estará com a tesoura nas mãos para golpear Caetana (Laura Cardoso) quando Bruno (Caio Paduan) lhe dará voz de prisão. A armadilha para colocar a "mãos de tesoura" na cadeia começará a ser traçada no capítulo do dia 11, mas a cena mais esperada pelo público está prevista para ir ao ar em 28 de abril, 13 dias antes do último capítulo.
Xodó (Anderson Tomazini) revelará a Gael (Sergio Guizé) que a mãe dele matou Rato (Cesar Ferrario) e supostamente Mariano (Juliano Cazarré). A essa altura da trama, ela já terá dado tesouradas no amante e o enterrado vivo. O garimpeiro vai se recuperar longe de todos, no quilombo, com a ajuda da Mãe (Zezé Motta).
Gael vai tirar a história a limpo, encontrará o brinco de Mariano no cofre de Sophia e terá a certeza de que Xodó está dizendo a verdade. Ele denunciará a própria mãe, mas Bruno (Caio Paduan) o orientará a manter tudo em segredo. Dirá que fará uma investigação para conseguir provas.
A trama só vai se avançar rumo à prisão da serial killer quando Clara (Bianca Bin) e Patrick (Thiago Fragoso) entrarem na investigação, no dia 23. A mocinha será incubida de descobrir o que Caetana sabe sobre a dona do garimpo e o que teria motivado Mariano a peitá-la e, consequentemente, sumir do mapa. Mercedes (Fernanda Montenegro) é quem vai convencer a cafetina a encontrar Sophia para chantageá-la. Patrick, Gael, Clara e Bruno vão armar tudo em detalhes e Sophia finalmente será presa em flagrante por tentativa de assassinato.

Anitta faz videoclipe ao vivo da música 'Indecente'; confira


Diário de Pernambuco - Anitta continua inovando na carreira. Agora, a cantora surpreendeu os fãs nas redes sociais com um clipe ao vivo da música Indecente, novo single em espanhol da carioca.
No vídeo, Anitta surge toda de vermelho e se junta aos convidados na pista de dança e outros cenários cada vez mais chamativos. Feito em um plano sequência, o clipe traz participações especiais como Pabllo Vittar, Jojo Todynho, Di Ferreiro, David Brazil, Maejor e as modelos Izabel Goulart e Isabeli Fontana.
Em uma publicação após a festa, a funkeira comemorou a empreitada. "Oi gente, ainda não vi o clipe porque foi uma correria danada, mas todo mundo falou que foi incrível. Foi tudo de uma vez só, vocês podem perguntar para os convidados. Eu fiz a live no Instagram para mostrar pra vocês que teve o ensaio do clipe, que teve tudo, a gente ensaiou 4 ou 5 vezes antes de sair o ao vivo, então vocês podem perguntar pra todo mundo que tava aqui", disse a cantora.

Filho de Bolsonaro sugere série sobre o pai e leva fora da Netflix: 'Está louca, querida'


Diário de Pernambuco - Diante da polêmica em torno da série O mecanismo, lançada recentemente pela Netflix, o deputado estadual do Rio de Janeiro, Flávio Bolsonaro (PSL), usou o Twitter nesta terça-feira (27) para publicar que a plataforma de streaming poderia estar interessada em fazer uma série sobre seu pai, Jair Bolsonaro. "Se a esquerda está apavorada com a série 'Mecanismo', imagina se eles soubessem que a Netflix poderia estar interessada em fazer uma série sobre Bolsonaro", escreveu o deputado, em um tweet reproduzido mais de 4 mil vezes.
Pouco tempo depois, em uma resposta irônica, a conta oficial da Netflix respondeu à publicação do parlamentar: "Você está louca, querida", rebateu o serviço de streaming, em um tweet que já foi compartilhado mais de 36 mil vezes. Em seguida, Flávio voltou a responder à plataforma, dizendo que teria testemunhas. O diálogo rendeu memes e comentários reproduzidos pelos internautas. "Já imaginou uma série sobre Bolsonaro na Netflix? Pois é, nem a Netflix", disse um dos usuários da rede social. "A Netflix Brasil usou uma frase 'da esquerda' para desmentir um boato de um Bolsonaro. Eu amo esse país", dizia outro post.


A Netflix vem causando polêmica nos últimos dias por causa da série, dirigida por José Padilha, que retrata eventos ficcionalizados da operação Lava-Jato. Os telespectadores questionaram o motivo do personagem inspirado no ex-presidente Lula dizer frases, como: "construir um grande acordo nacional". A colocação em questão já foi dita em diálogo entre Sérgio Machado e Romero Jucá. Pessoas famosas à esquerda, como o crítico de cinema Pablo Villaça, chegaram inclusive a cancelar a assinatura no serviço de streaming.

Entrevista com Sergio Moro faz audiência do ‘Roda Viva’ subir 660%


Veja - Em sua primeira entrevista ao vivo na televisão, o juiz Sergio Moro , uma das figuras centrais da Operação Lava Lato, ajudou o programa Roda Viva, da TV Cultura, a conquistar sua melhor audiência em dezoito anos e a registrar um aumento de 660% em relação aos entrevistados mais recentes. A atração, exibida na segunda-feira 26, teve média de 3,8 pontos na Grande São Paulo, onde alcançou um pico de 4,6 pontos, melhor resultado no Ibope desde a entrevista com Marta Suplicy, em 2000, logo após sua vitória nas eleições para a prefeitura de São Paulo – a emissora não soube informar quantos pontos a conversa com a prefeita eleita alcançou.
Na semana passada, o Roda Viva transmitiu um especial sobre economia, que alcançou 0,5 ponto de média – número parecido com outros programas transmitidos em março, caso das entrevistas com o ministro da Educação, Mendonça Filho, que alcançou 0,8 ponto de média, e do ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, que chegou a 0,7.
No Twitter, o Roda Viva com Moro chegou pela primeira vez ao topo mundial dos Trending Topics – ranking de assuntos mais comentados da rede.

Mulher desiste de ser madrinha de casamento porque noivo é fã de Bolsonaro


#ACulpaédoJair - Um vestido de R$ 1,8 mil foi colocado à venda na Internet depois que a dona desistiu de ser madrinha em um casamento ao descobrir que o noivo é fã do deputado federal e pré-candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL). Pelo menos é isso que conta o fotógrafo Ciro Rocha, de Vila Velha (ES), em sua conta pessoal no Facebook.
Em postagem publicada no sábado (24/3), o fotógrafo anuncia fotos do vestido e conta que a mulher, convidada para ser madrinha de casamento de uma amiga, decidiu boicotar a cerimônia ao descobrir as preferência políticas do noivo, eleitor de Bolsonaro.
"Miga, sua fina, elegante e sincera. Estou vendendo este lindo vestido de festa da grife Tons, tamanho M. Nunca usado! Ele custou R$ 1.800 e está sendo vendido por R$ 950", disse Ciro Rocha na postagem.


O vestido também está à venda no site OLX, por R$ 900, preço inferior ao anunciado no Facebook, e sem explicitar o motivo.
Por volta das 13h40 deste domingo, o texto publicado na rede social acumulava quase 800 comentários, entre defensores e críticos do presidenciável. Característica típica do ambiente virtual, alguns internautas também aproveitaram para ofender o fotógrafo e a dona do vestido.
O fotógrafo também postou o link de uma matéria sobre a sua postagem e comentou: "Adoro, fascistas não passarão".

Fonte: Correio Braziliense

#DoFundoDoBaú - Summer Eletrohits 3, o único álbum mixado da série


Em dezembro de 2006, a Som Livre colocava nas lojas o álbum Summer Eletrohits 3, o único até hoje que teve todas as músicas mixadas. E realmente como o cara do comercial abaixo disse, o verão ferveu, ainda mais pra quem gostava muito de um set mixado. Foram 16 músicas + 1 bônus track pra dançar e suar sem parar!
Este álbum também é o único da série a ter mais de uma capa, sendo quatro no total.


A primeira faixa, como também o maior destaque do álbum, é do produtor e DJ Bob Sinclar em parceria com o cantor Steve Edwards. 'World, Hold On' alcançou o primeiro lugar nas paradas de sucesso da Romênia, Polônia e Estados Unidos. No Brasil, além de alcançar a posição #53 nos charts, esteve no repertório de várias coletâneas lançadas pela Building Records, entre elas 'Na Balada 12', 'As 7 Melhores - Collection' e 'Building Hits 2007'.
Há ainda a banda brasileira Kasino (que todos pensavam ser de fora do país), que aparece nesta edição com o hit 'Shake It', que integrava a trilha sonora internacional da novela Páginas da Vida. Kasino se tornou conhecido nacionalmente no ano anterior, com a canção Can't Get Over, que integrou o segundo volume dessa mesma série e a trilha sonora da novela América.
Não podemos nos esquecer do grupo Ian Van Dahl com a canção 'Movin On', que junto com a de Tom Novy e Michael Marshall, 'Your Body', foi tema da novela teen Malhação, nessa mesma época.
Outra banda brasileira conhecida neste álbum é Ramada, que integra o álbum com a canção 'Clap Your Hands', tema da novela das oito Belíssima.
Outros destaques do disco foram Marina Elali ('One Last Cry'), Tiga ('You Gonna Want Me'), The Egg ('Walking Away') e Cascada ('Everytime We Touch').

Tracklist
01 "World, Hold On" – Bob Sinclar feat. Steve Edwards
02 "Your Body (Addy Van Remix)" – Tom Novy feat. Michael Marshall
03 "Movin' On" (Basto! Guitarra Mix) – Ian Van Dahl
04 "Shake It" – Kasino
05 "One Last Cry" (Deep Lick Club Mix) – Marina Elali
06 "Shining Star (Gianluca Motta Remix)" – Get Far feat. Sagi Rei
07 "You Gonna Want Me" – Tiga
08 "Walking Away" (Tocadisco Remix) – The Egg
09 "Same Man" – Till West & DJ Delicious
10 "It's Too Late (Dirty South Remix)" – Evermore
11 "Electrize" – Komodor
12 "Everytime We Touch" – Cascada
13 "Clap Your Hands" – Ramada
14 "Dirty Funk" – Stereo Music
15 "Love At First Sight" – Delicious
16 "Ibiza Vibes" (Guitarra Mix Edit) – Paradise Island
Bônus Track
17 "Love Generation" (Extended Version) – Bob Sinclar feat. Steve Edwards

Seu Madruga, do 'Altas Horas', se emociona após ator pedir abraço


Portal A Tarde - O ator Rômulo Estrela, da novela Deus Salve o Rei, pediu para dar um abraço em Seu Madruga, profissional que auxilia nas gravações do Altas Horas, no programa deste sábado, 24.
"Esse cara representa todos os profissionais que trabalham por trás das câmeras", justificou o ator, fazendo com que Valdir de Melo Cruz, o Madruga, conhecido por se emocionar com frequência, chorasse.
O auxiliar deixou o cabo que estava segurando no chão e os dois deram um longo abraço, que foi ovacionado pela plateia. Em seguida, Serginho Groisman pediu para que Madruga fizesse um discurso.
"Olha gente, depois de tantas emoções, eu só gostaria de lembrar a vocês, jovens, e todos que estão assistindo... Em casa eu tenho muitos jovens, meus filhos, meus netos, e vivo com vocês e tenho vocês como meus filhos. Na minha opinião, acho que esse é um ano de muita importância, muito pensamento e muita reflexão. Tenho analisado a situação que vivemos no nosso País, e em volta desse planeta Terra, as coisas não andam boas", começou, em referência às eleições presidenciais que teremos ainda neste ano.
Em seguida, Madruga fez alusão ao período da ditadura militar no Brasil: "Nesse País nosso, vocês podem contribuir para uma mudança. Quando eu tinha a idade de vocês, eu recebi um conselho: faça algo pra mudar. Vivíamos numa época muito difícil, onde você não tinha o direito de ir nem vir. Participei e não me arrependo do que fiz, pra que vocês tenham a liberdade que vocês têm hoje. Agora, é preciso que os filhos dos seus filhos também possam usufruir de dias melhores."
"É importante que ao dia que vocês forem à urna, façam uma reflexão. Eu tentei e tento, todas as vezes, escolher aquele que pode representar pelas leis desse mundo terreno o que é melhor. Já acertei e já errei. Não vou parar de tentar. Espero que junto com vocês nós possamos ter um Brasil melhor."

Stepan Nercessian assina com a Band para apresentar programa aos sábados


Stepan Nercessian assinou contrato de dois anos com a Band. Ele apresentará “Porque hoje é sábado”, que estreia em maio, das 16h às 19h30m. Carlos Magalhães, que trabalhou durante anos com Boninho na Globo, será o diretor geral. O programa terá musicais, show de calouros e humor. As informações são da colunista Patrícia Kogut.

Netflix é alvo de críticas e boicote por conta de O Mecanismo


Antes do lançamento de O mecanismo, uma profecia já era certa. A série da Netflix, a segunda de ficção brasileira desenvolvida pelo serviço de streaming, dividiria o público, tal como a polarização da sociedade no país dos últimos anos. Com oito episódios, a produção de José Padilha (Tropa de elite 1 e 2, Narcos) estreou no catálogo na sexta-feira e, desde então, tem sido alvo de boicote de parte dos assinantes que acusa o seriado de criar e propagar "fake news (notícias falsas)". A trama é livremente - termo utilizado repetidas vezes por Padilha, roteirista, diretores e elenco em eventos para promover a obra - inspirada nos acontecimentos da operação Lava-Jato, a partir do livro Lava Jato: O juiz Sergio Moro e os bastidores da operação que abalou o Brasil, do jornalista da Globo Vladimir Netto.
Um dos problemas que impulsionou a polêmica se encontra no quinto episódio, cujo título é Olhos vermelhos. Uma cena reproduz o diálogo entre o senador Romero Jucá (PMDB) e o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado ("Precisamos estancar a sangria" é a frase de autoria de Jucá para viabilizar um acordo e interromper a Lava-Jato), que se tornou conhecido em 2016, após vazamento para a imprensa de uma gravação. Mas a produção atribui a fala ao personagem de Lula, que, embora não leve o nome do petista na série, é facilmente associável ao ex-presidente. A cena rendeu comentários negativos na internet e provocou o cancelamento de algumas assinaturas.
Outro momento alvo de questionamento é que a série começa a partir do escândalo do Banestado, ocorrido durante o governo FHC. Contudo, a adaptação transpõe a falcatrua para 2003, primeiro ano do governo Lula, quando o doleiro Roberto Ibrahim (o "Alberto Yousseff" da ficção) foi investigado, firmou acordo de colaboração com o Ministério Público e ganhou liberdade. A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) se manifestou sobre o caso. "A propósito de contar a história da Lava-Jato, numa série 'baseada em fatos reais', o cineasta José Padilha incorre na distorção da realidade e na propagação de mentiras de toda sorte para atacar a mim e ao presidente Lula. A série O mecanismo, na Netflix, é mentirosa e dissimulada. O diretor inventa fatos. Não reproduz 'fake news'. Ele próprio tornou-se um criador de notícias falsas", criticou em artigo no Facebook.
A rejeição à série foi endossada pelo crítico de cinema Pablo Villaça, o único brasileiro inscrito no Rotten Tomatoes, site especializado em cinema, que cancelou a assinatura como repúdio à produção. "Vocês querem cinema de qualidade em vez de merdas recicladas e de um acervo óbvio que não faz a menor ideia do que o audiovisual representa? Cancelem sua assinatura da @NetflixBrasil e assinem o @mubi. INFINITAMENTE melhor", disse no Twitter. O ator global José de Abreu reforçou o manifesto e cancelou a assinatura.
O cineasta José Padilha se posicionou sobre a onda de indignação contra a série e a decisão de imputar ao ex-presidente Lula uma fala de Romero Jucá, considerado por forças progressistas como um dos artífices do golpe parlamentar contra Dilma Rousseff. "É um debate boboca", disse ele em entrevista à Folha de S. Paulo. "Se a Dilma soubesse ler, não estaríamos com esse problema". A Netflix ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Fonte: Diário de Pernambuco

Emílio Dantas sofre acidente durante gravação de Segundo Sol


Diário do Grande ABC - A equipe de Segundo Sol, próxima novela das nove da Globo, levou um susto durante as gravações em Salvador no último domingo, dia 25. Emílio Dantas sofreu um acidente durante uma cena de corrida e o ator teve o dedinho do pé machucado por um carro que fazia parte da gravação.
Apesar de circularem boatos de que ele teria sido substituído na cena por um ator local, a assessoria de imprensa da novela afirmou que Emílio prosseguiu as gravações normalmente.
O ator não sofreu nenhum ferimento grave e repousou na segunda-feira, dia 26 - dia que já não estava escalado para encenar -, voltando aos trabalhos normalmente nesta terça-feira, dia 27.
Também no domingo, Emílio publicou uma foto ao lado de Giovanna Antonelli e Andre Dias, colegas de elenco. No clique, os três imitam os macaquinhos surdo, mudo e cego. Na legenda, ele brincou: Fala um pouquinho sobre a nova novela?

Thais Fersoza fala da estreia como apresentadora


Thais Fersoza fará sua estreia como apresentadora nesta terça-feira, 27, quando acontece o lançamento do programa "Procura-se: um apresentador!", no Shoptime. Dezesseis concorrentes disputarão uma vaga no canal. Ela já gravou todos os episódios e está empolgada com o novo projeto.
- Eu adoro apresentar, tenho um canal no YouTube. Gosto de poder não só estar por trás de uma personagem, mas ser eu mesma, falar do meu jeito e me comunicar diretamente com o público. Peguei essa experiência que tenho no canal e usei no reality. Eu sempre tive muita vontade de apresentar, então, foi um objetivo profissional que alcancei. Espero que seja o primeiro programa de muitos - conta a atriz, que pensa em conciliar as duas carreiras.

Thais aposta que a atração vai agradar aos telespectadores.
- Foi muito emocionante gravar. Dava aquele frio na barriga e eu pensava: 'O que vai acontecer agora?'. Acho que as pessoas vão curtir. Por se tratar de uma disputa, é algo bem instigante - diz ela, que elogia os participantes. - Todos são muito bacanas, cada um com uma personalidade e uma forma de lidar com vendas. Deve ter sido difícil escolher 16 entre os mais de mil que se inscreveram. Cada um se destacou em determinado momento, mas é preciso ir eliminando, não tem jeito. Todos são talentosos e estou certa de que terão um caminho lindo pela frente, seja na TV ou não. Foi bacana ver a dedicação do pessoal.

Este é o primeiro trabalho de Thais na televisão desde o nascimento de seus filhos, Melinda, de 1 ano e 8 meses, e Teodoro, de 8 meses:
- A volta ao trabalho foi muito gostosa. Estava sentindo falta. Não fiquei 100% parada nesse período porque gravava os vídeos para o canal, mas retornar ao estúdio foi muito legal, o começo de uma nova fase. Comecei o projeto logo depois das férias. Fiquei 24 horas por dia e sete dias por semana totalmente dedicada à família. Então, estava muito preenchida quando retornei.

Ela diz que a saudade das crianças é grande:
- Recorro ao Face Time (aplicativo para videochamadas), vejo as imagens das câmeras da babá eletrônica o tempo todo e ligo toda hora para casa para ter notícias deles. Realmente, o coração fica apertado. Eu ainda dei muita sorte de voltar só agora. Muita gente precisa sair de casa para trabalhar bem mais cedo. Mas é um processo natural, toda mulher passa por isso.

Casada com o cantor Michel Teló, do elenco do "The voice Brasil", Thais imagina como seria trabalhar com ele na TV:
- A gente nunca pensou nisso, mas seria maravilhoso. Acho que o Michel é um mega profissional, extremamente talentoso em tudo o que faz. Seja cantando, tocando ou apresentando. Ele é realmente muito bom. Admiro como profissional e, como pessoa, nem preciso dizer, né? Sou a maior fã dele. Seria uma honra trabalharmos juntos. Quem sabe mais para frente não surge alguma ideia ou uma proposta?

Delinquente que teve testa tatuada com a frase 'eu sou ladrão e vacilão' é preso por furto


Sabem daquele elemento que ganhou no ano passado uma tatuagem na testa com a frase "SOU LADRÃO E VACILÃO"? Pois é. Ele disse numa entrevista ao Domingo Espetacular outro dia que iria mudar, estudar fisioterapia na faculdade, afastar-se das drogas e parar de roubar, mas quem disse que se deve pôr fé em palavra de ladrão e vacilão?


Olha ele aí! Tão famoso que até aceitou tirar foto com os fãs! No último sábado (25), em São Paulo, o estudante Ruan Rocha, que acabou de fazer 18 anos, inventou de roubar cinco desodorantes de um supermercado, foi descoberto e acabou em cana! A rehab onde esse elemento foi parar após ganhar essa linda tatuagem disse que ele teve uma recaída e voltou à chupar o pinto do capeta (usar drogas). Após pagar fiança de 1 mil reais, Ruan saiu da cadeia e agora responderá pelo crime em liberdade.

Porque será que o ser humano sofre, apanha muito na vida e não se regenera? Em junho do ano passado, ele ficou conhecido em todo o país após tentar roubar uma bicicleta em frente a um estúdio de tatuagem. O tatuador, Maycon Wesley Carvalho dos Reis, de 28 anos, e Ronildo Moreira de Araújo, de 30, prenderam a figura lá dentro e escreveram a frase 'sou ladrão e vacilão' na testa dele para se vingarem. Sabe aquele ditado "ladrão que rouba ladrão tem 100 anos de perdão"? Pois é, o Ronildo já foi condenado em 2011 por furtar a bolsa de uma mulher três anos antes (pra vocês verem que nem moral pra tatuar ele tinha).