sexta-feira, 13 de abril de 2018

Mulher se torna mãe pela primeira vez aos 64 anos

Mulher de mais de 60 realiza sonho da maternidade
Foi nesta quinta-feira (12), na Maternidade Octaviano Neves, que Norma Maria de Oliveira, de 64 anos, finalmente realizou seu sonho de ser mãe após uma fertilização in vitro e mais de trinta anos em planejamento. Sua primeira filha, Ana Letícia, nasceu um mês antes do previsto e pesa 1,7 kg.
Ela, que chegou a ir na Índia para tentar uma 'barriga de aluguel', recebeu o óvulo de uma doadora anônima, que foi fecundado pelos espermatozoides de seu companheiro, de 45 anos.

Norma Maria na hora do parto
Norma Maria de Oliveira na maternidade depois do parto
A cesariana foi super tranquila e as duas passam bem, porém, só Norma que receberá alta esta semana, enquanto a bebê, por causa de seu peso, continuará internada por mais nove dias.
Felicidade, né?

Trump anuncia bombardeios na Síria

Jornal do Brasil - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou nesta sexta-feira (13) ataques aéreos contra alvos do regime de Bashar al Assad na Síria.
O bombardeio está acontecendo neste momento e é realizado em parceria com as Forças Armadas da França e do Reino Unido, que ao longo da última semana se juntaram desde o primeiro momento às acusações contra Assad.
A operação é uma resposta ao ataque químico ocorrido no último sábado (7) em Duma, na região de Ghouta Oriental, e que é atribuído pelos rebeldes a Damasco. O governo sírio e a Rússia, sua principal aliada, negam o uso de armas tóxicas. (ANSA)

Anitta faz declaração sobre portadores de hanseníase em programa e gera polêmica


A cantora e agora apresentadora de seu programa Anitta Entrou Pro Grupo, nova atração da Multishow que estreou no dia 03, fez um comentário que gerou polêmica nas redes sociais ao convidar a dupla Maiara & Maraísa. Na edição de terça-feira (10), ela disse que só convida para seu programa pessoas que ama e não 'gente-hanseníase'.
Várias entidades afirmaram que graças à essa frase o preconceito contra os portadores da hanseníase, também conhecida como 'lepra', foi reforçado. O Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase (Morhan) criou uma petição exigindo a retratação da cantora. Leiam na íntegra:

"O Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas Pela Hanseníase (Morhan) e as pessoas e entidades abaixo assinadas exigem retratação da cantora Anitta.
Em seu programa no Multishow, Anitta fez uma declaração lamentável, tentando "causar" reafirmando um preconceito infundado contra pessoas atingidas pela doença. Anitta não sabe, porque o desconhecimento de fato é o principal obstáculo à superação da hanseníase no Brasil, mas a cada ano 35 mil novos casos são diagnosticados no país, tornando o Brasil o campeão mundial em novos casos proporcionais da doença.
Essa altíssima incidência em nada é culpa das pessoas atingidas pela hanseníase: é o descaso do poder público, falta de informação e vontade política de resolver a questão e condições de vulnerabilidade social os principais fatores para que ela continue se propagando, mesmo tento cura e tratamento gratuito pelo SUS.
Ao contrário do que a cantora sugere no programa, não há nenhum motivo para se evitar pessoas atingidas pela hanseníase: assim que iniciado o tratamento, a doença deixa de ser transmissível.
Sabe o que as pessoas com hanseníase tem de sobra, Anitta? Muita garra para enfrentar o preconceito e para exigir seus direitos em um país que os nega diariamente. Quem perde ao não querer pessoas com hanseníase em seu programa é você, porque o nosso povo teria muito a ensinar sobre dignidade: protagonizamos a nossa própria luta com muito orgulho.
Nos entristece o fato de que uma mulher de origem periférica reproduza preconceitos, porque o nosso desejo é unir forças contra toda forma de discriminação. Somente unidos podemos superar o machismo, o racismo, a homofobia e o preconceito contra pessoas atingidas pela hanseníase.
Para seguirmos juntos, no entanto, é preciso que Anitta se desculpe e reconsidere a sua posição. Ajude-nos a contatá-la: Anitta, retrate-se!"

Anitta com Maiara & Maraísa e Karol Conka no programa da última terça
Após ficar sabendo da polêmica que causou, a artista usou sua página do Facebook para dizer que se expressou mal no programa ao confundir as palavras 'hanseníase' e 'ranço'. Ela aproveitou pra compartilhar um link aos que querem ser voluntários do movimento.

Garota de programa é presa por fazer sexo com cliente de 14 anos por R$ 1,6 mil


IG - Uma mulher foi presa na Flórida, Estados Unidos, sob a acusação de ter feito sexo com um menino de 14 anos em um quarto de hotel. A escocesa Sarah Louise McGill, 28 anos, foi detida no último sábado (7) pela polícia local, depois de receber R$ 1,6 mil de um garoto que encontrou seu contato em um site de prostituição.
De acordo com o Daily Mail , o jovem de 14 anos contratou os serviços de Sophia Belle, que na verdade era McGill. Um porta-voz da Polícia de Orlando explicou que o menor de idade afirmou ter encontrado o contato da mulher em um site pouco conhecido, e que passaram a trocar mensagens depois de algumas horas.
As investigações iniciadas na semana passada indicaram que McGill, que trabalha também como uma hipnoterapeuta clínica profissional, e o menino, vítima do caso, tiveram uma longa conversa por mensagens de texto antes de se encontrarem no hotel Marriott, em Orlando.
A vítima contou à polícia que a escocesa havia o encontrado no primeiro andar do local, e que depois de se relacionarem sexualmente, efetuou o pagamento de R$ 1,6 mil e foi para a sua casa.
Os oficiais asseguraram que, durante o inquérito, o menino disse que voltou ao hotel e viu McGill com outro homem em um quarto cheio de bebidas alcoólicas, preservativos e cigarros. Ele admitiu ter vasculhado um cofre que estava no quarto, onde achou mais preservativos e dinheiro.
Tanto o menino de 14 anos quanto Sarah receberam os detetives do Departamento de Polícia de Orlando para prestarem depoimento. Depois do levantamento de dados e análise do conteúdo do site , a mulher foi detida sob as acusações de estupro estatutário – quando há interação sexual consensual entre um adulto e uma criança maior de 12 e menor de 16 anos, de acordo com a legislação da Flórida. Ela está na cadeia de Orange County desde segunda-feira, e foi proibida de se aproximar do garoto e de interagir online com qualquer pessoa.

Filho de Arlindo Cruz mostra o pai recebendo carinho da esposa no hospital

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Arlindinho, filho de Arlindo Cruz, compartilhou com seus seguidores nesta sexta-feira (13) uma imagem do pai no hospital. O cantor está internado desde março de 2017, após sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC) hemorrágico, e foi transferido há cerca de um mês da Casa de Saúde São José para o Hospital Placi, em Botafogo, no Rio de Janeiro.
Na ocasião, segundo o comunicado divulgado pelo hospital, o foco agora será a "reabilitação motora", uma fase de transição "entre o tratamento médico e o retorno para domicílio".
Na foto publicada pelo filho, Arlindo aparece deitado na cama, recebendo carinho da mulher, Bárbara.
"Feliz Dia do Beijo. Foi através desse beijo que eu estou aqui postando essa foto pra vocês", escreveu Arlindinho.


Fonte: Folhapress