sábado, 14 de abril de 2018

Simaria é internada e Simone faz show sozinha em SP


Catraca Livre - Simaria, que faz dupla com Simone, não compareceu ao show que faria com a irmã na noite da última sexta-feira, 13, na 48ª Expoagro da Itapetininga, interior de São Paulo (SP), por problemas de saúde.
A cantora passou mal durante a semana e teve de ser internada.
Simone, por sua vez, não cancelou a apresentação para não deixar os fãs na mão e subiu ao palco sozinha. No início do show, a sertaneja explicou que a irmã não pode comparecer ao evento por problemas de saúde.
“Acho que alguns estão perguntando cadê a Simaria, né? Para quem não sabe, Simaria essa semana ficou doente e está internada”, disse.
Segundo o “G1”, a assessoria de imprensa da dupla ainda não deu detalhes do estado de saúde de Simaria.
Em uma postagem feita no perfil oficial da dupla no Facebook, diversas pessoas elogiaram a conduta da cantora.
“Mesmo com a irmã doente a Simone estufou o peito e encarou o show sozinha. Pelos comentários, arrasou! Muitos artistas suspenderiam o show, parabéns pela garra!” comentou uma internauta.

Felipe Massa anuncia que correrá pela Fórmula E


Jornal do Brasil - O brasileiro e ex-piloto da Ferrari, Felipe Massa anuncia, em Roma, que em 2019 correrá pela nova categoria do automobilismo mundial formada exclusivamente por carros elétricos, a Fórmula E.
Massa ingressou na F1 em 2002. Além da Ferrari, também passou por Sauber e Williams, onde encerrou a carreira no circo. Conquistou 11 vitórias, 41 pódios e o vice-campeonato mundial em 2008, quando perdeu o título para Lewis Hamilton na penúltima curva do GP do Brasil.
Em 2017, o piloto da Williams teve temporada discreta, porém consistente. Ao anunciar sua aposentadoria, agradeceu aos fãs e aos familiares por tudo.
"Gostaria de agradecer toda a torcida, todo o carinho e o suporte da minha família, dos meus amigos, dos meus patrocinadores, todo o carinho de todos vocês que torceram por mim durante todo esse tempo. E que continuem torcendo em outras categorias", afirmou o piloto à época.
Com a aposentadoria do piloto da Williams, a F1 tem, em 2018, sua primeira temporada sem um brasileiro em mais de 40 anos.

Aniversariantes deste sábado (14)

Anderson Silva, lutador de MMA (43)
David Miller, integrante do grupo Il Divo, conhecido pela versão em espanhol de
Un-Break My Heart, 'Regresa A Mi' (45)
Paolla Oliveira, atriz (36)
Priscila Sol, a Tia Perucas de 'Carinha de Anjo' (38)
Thaila Ayala, atriz e modelo (32)
Humberto Martins, ator (57)
Ovelha, cantor (63)

Rapper Azealia Banks diz ter sido dopada e estuprada neste sábado


Zero Hora - A norte-americana Azealia Banks relatou na madrugada deste sábado (14) nos Stories do Instagram ter sido dopada e estuprada. A rapper diz chorando que está se sentindo "suja e queria desaparecer", ela também pediu ajuda dos fãs.
Os vídeos já foram apagados da rede social, no entanto há cerca de três horas ela postou um texto: "está sob controle agora, meu irmão e amigos estão aqui comigo... Eu vou ficar bem, não entrem em pânico, gente. Eu amo vocês. Eu definitivamente fui dopada no meu drinque mas estou acordando novamente".
No Brasil, a hashtag #prayforazealiabanks está em segundo lugar no Twitter. A rapper é uma figura controversa no mundo pop - já se envolveu em brigas com artistas - e nas redes sociais - inclusive já foi suspensa no Facebook e do Twitter.
Em janeiro do ano passado, Azealia se envolveu em uma grande polêmica ao publicar mensagens ofendendo brasileiros. "Quando esses anormais do terceiro mundo vão parar de fazer spam com esse inglês errado falando sobre algo que não sabem?". "Só porque vocês são brancos no seu país, não significa que sejam brancos no meu RISOS", continuou os ataques. Após a manifestação indignada dos internautas brasileiros, ela ainda respondeu: "não sabia que tinha internet na favela".

Maluma lança música com Jason Derulo para a Copa e lembra sonho de ser jogador


Extra - O colombiano Maluma lançou nesta sexta, dia 13, a música “Colors”. Uma parceria com o cantor de hip hop Jason Derulo para ser o hit da Copa do Mundo da Rússia. No início do clipe, Maluma narra o sonho que tinha, quando criança, de jogar futebol.
“Quando criança, meu sonho sempre foi jogar futebol profissionalmente. Em muitas partes do mundo é mais que um esporte, é um estilo de vida”, disse o cantor, antes de chutar uma bola em direção ao gol.


A música foi a escolhida por uma marca de refrigerantes patrocinadora do mundial para ser o tema do evento futebolístico. No comunicado oficial, Jason Derulo explicou que compôs a música para celebrar a diversidade e a paixão pelo esporte.
“Escrevi ‘Colors’ para celebrar a diversidade e ser parte do maravilhoso sentimento que os fãs de esporte pelo mundo dão para as suas seleções”, disse o norte-americano.

Ouça a canção:

14 de Abril é declarado como o “Dia do Bon Jovi” nos EUA


Tenho Mais Discos Que Amigos - Hoje à noite irá acontecer a cerimônia de inclusão das novas bandas e artistas no Hall da Fama do Rock And Roll.
Um dos grupos homenageados será o Bon Jovi, que passará a fazer parte da famigerada lista de artistas que têm a honra de contar com seus nomes no Hall da Fama, e ontem (13) à noite eles tiveram uma surpresa.
Em evento particular que celebrou a inclusão do grupo, o governador do estado de New Jersey, Phil Murphy, anunciou que a partir dali, 14 de Abril seria declarado como “O Dia do Bon Jovi” no estado:
Cinco músicos de comunidades de New Jersey acreditaram no seu sonho e usaram seus talentos para formar o Bon Jovi, uma das bandas de rock mais famosas e duradouras de todos os tempos.

Hall da Fama 2018
Além do Bon Jovi, os outros artistas que entram no Hall da Fama do Rock And Roll em 2018 são The Cars, Dire Straits, The Moody Blues, Nina Simone e Sister Rosetta Tharpe.

Por onde anda Letícia Birkheuer, atriz de Belíssima (2005)?

Letícia Birkheuer e Glória Pires, a sua mãe em Belíssima
Foi na novela das oito Belíssima que a modelo Letícia Birkheuer fez sua estréia como atriz. Ela deu vida à modelo Érica, bem sucedida no mundo da moda, com caráter parecido com o de sua avó, a grande vilã Bia Falcão, vivida brilhantemente por Fernanda Montenegro.
A atriz integrou o elenco de três novelas até agora e se destacou nas três. Em 2007, viveu a enfermeira Raquel na novela das seis 'Desejo Proibido', e dois anos depois, veio a interpretar a jornalista Érika, assistente do fofoqueiro Téo Pereira, personagem de Paulo Betti, em 'Império', novela das nove de 2014. Seu último papel até o presente momento foi a professora Monique na série-novela 'Malhação - Seu Lugar no Mundo', exibida há três anos.

A atriz em 2007, caracterizada como Raquel de Desejo Proibido
Em 2014, como a jornalista Érika de Império
Letícia como a professora Monique em Malhação (2015)
Mesmo fora da televisão, Letícia Birkheuer, que não desfila mais, está em cartaz com a peça 'Senhora dos Afogados', de Nelson Rodrigues. Até o fim deste mês, a atriz se apresentará no Teatro Porto Seguro, em São Paulo.

Elenco de Senhora dos Afogados: Alexia Dechamps, Joao Vitti, Karen Junqueira, Rafael Vitti, Letícia Birkheuer, Nadia Bambirra, Jaqueline Farias e Du Machado
Teatro Porto Seguro - Os Drummond, uma família de três séculos, com mulheres que se gabam da fidelidade conjugal, choram a morte por afogamento de Clarinha, uma das filhas de D. Eduarda e Misael, ao mesmo tempo, prostitutas do cais do porto interrompem suas atividades para lamentar a impunidade do assassinato de uma das suas que morrera há dezenove anos. O assassino é Misael Drummond, pai de Dora, Clarinha e Moema: ele matara a ‘mulher da vida’, com quem tivera um caso, pois ela insistia em experimentar o leito conjugal antes da esposa, no dia do seu casamento.
Dona Eduarda, esposa de Misael, e Moema, única filha mulher que restara, além do irmão, Paulo, se digladiam em torno da questão do pudor e da honra da mulher, hostilizando-se devido a um ódio primordial. Moema, que gostaria de viver sozinha com o pai, urde um plano de forma a fazer com que a mãe o traia com o próprio noivo, um ex-marinheiro.
Ligações incestuosas, obsessões, pulsões arcaicas, conflitos entre o lógico e o irracional, todas as amarras foram rompidas, os personagens se movem num tempo verdadeiramente mítico, do inconsciente. Senhora dos Afogados é uma peça que se aproxima das tragédias gregas, em que os clãs familiares se entredevoram num inferno de culpas desmedidas.

Letícia é casada com o empresário Alexandre Furmanovich, com quem teve o menino João Guilherme, hoje com seis anos.

Letícia Birkheuer em ensaio fotográfico na última terça-feira (10)
A atriz poderá ser vista novamente com a reprise de Belíssima, no Vale A Pena Ver de Novo, que substituirá Celebridade no início de junho.

Márcio Garcia: “Abri mão do meu tempo para ficar com meus filhos, mas não sofro por isso”


Revista Quem - A terceira temporada do Tamanho Família estreia neste domingo (15) e à frente do programa está, mais uma vez, Márcio Garcia. Idealizador da atração, sucesso que já fez muito artista tarimbado chorar no palco, o apresentador, 47 anos, nunca teve dúvidas sobre o potencial do projeto. "Sempre acreditei na família, que, independentemente do formato, é um grande patrimônio e o que todo mundo tem como base", conta.
Casado com a nutricionista Andréa Santa Rosa, 39, e pai de quatro filhos – Pedro, 14; Nina, 12; Felipe, 9 e João, 4 – , Márcio virou referência quando o assunto é paternidade, dando conselho para os amigos como Rodrigo Santoro e pessoas não tão próximas. A experiência acumulada na em casa e no programa levou o apresentador a decidir entrar no mundo das palestras – está formatando um modelo para compartilhar o que aprendeu ao longo dos anos.
Entre as lições que mais marcaram Márcio estão a certeza de que o tempo passa rápido ("Pedro está maior que Andréa) e que é preciso dedicar mais tempo à família. Para isso, ele abre mão com prazer do que seria o seu horário de lazer para ficar com os filhos. "Mas não sofro por isso", afirma o apresentador, que o segredo para dar conta da criação dos quatro um dos segredos é muita organização.
“Muita gente fala que eu tenho uma vida perfeita porque tenho quatro filhos, uma mulher. Não, também tem briga, criança querendo comer o que não pode, querendo ver TV até bem tarde. É um aprendizado diário”, diz ele a QUEM, assumindo já ter passado por crises no casamento e se cobrar - assim como Andreá - por achar que alguma das crianças está recebendo menos atenção que os irmãos. Em um bate-papo bem-humorado, Márcio ainda falou sobre a proximidade dos 50 anos, a famosa boa forma e os planos para o futuro.


O que é família para você?
Não tem um modelo da família ideal e sim uma família que remete a pessoas que resolveram passar a vida debaixo do mesmo teto. Acho que isso é o conceito básico da família.

Você acreditava que o Tamanho Família fosse dar tão certo?
Sempre fui muito confiante no formato por ser um programa que em que pela primeira vez ia se ver um famoso sendo não o famoso, mas membro de uma família como outra qualquer. Confesso que ter subido 35% da meta na primeira temporada foi uma surpresa. Mas sempre acreditei na família, que, independentemente do formato, é um grande patrimônio e que todo mundo tem como base, seja uma família convencional como a minha ou uma de dois homens ou duas mulheres, ou com parentes emprestados.


O que aprendeu com o programa?
A lição que fica para todos nós é que temos que ter mais tempo para a família. A vida é muito corrida, mas tenho que reservar tempo não só para minha família como à família do meu pai. Voltar a dar tempo para a sua família de cima, vamos dizer assim. Outra lição é que tem coisas que pensamos que é só na nossa família, mas não. Toda família tem discórdia, briga, muita divergência de opinião e isso é comum. É meio aquela frase clichê, família é tudo igual, tem pequenas diferenças, mas no fim é tudo igual.

As pessoas te consideram hoje um expert em família? Pedem conselhos?
Eu diria que sim, mais até pelo fato de eu ter quatro filhos. Rodrigo Santoro, que é muito amigo, esteve há pouco tempo aqui em casa com a filhinha, a Nina, e a mulher, Mel Fronckowiak. Apesar de ser um excelente pai, tem as inseguranças normais de qualquer pai, né. E eu sou um bom cara para tirar dúvidas porque eu tenho quatro, mais o programa, que me deu mais experiência. Não sou um expert, mas vivi momentos que vieram para agregar na minha formação como pai de uma família também.


E qual o conselho que dá para pais de primeira viagem como Rodrigo?
Todo pai de primeira viagem tem medo de errar. Todo mundo tem instinto, seja mãe ou pai. Eu vejo a própria Mel, como ela é uma super mãe, fiquei muito impressionado com a capacidade deles, acho que se preparam. As dúvidas são em relação a resultado, e conto o que faço, digo o costuma dar certo. Mas minha experiência pode até não ser esclarecedora porque o que deu certo com o primeiro filho já com o segundo não deu. O conselho é não ter medo de errar e ser o melhor pai e a melhor mãe que você pode ser. E uma coisa que eu falo o tempo todo é que passa muito rápido. E passa mesmo.

Como você e Andréa conseguem dar conta da rotina de criar quatro filhos mais a vida profissional de cada um?
Organização. Quanto mais coisas a gente faz, mais temos que nos organizar e mais tempo a gente tem. De segunda à sexta jantamos juntos por volta das 19h30. É hora da conversa, saber como foi o dia. Entre 20h30 e 21h todo mundo para vai para a cama, que não quiser ler um livrinho apaga a luz e vai dormir, que eles não têm televisão no quarto. É uma rotina muito organizada, apesar do sentimento de que tem sempre um filho recebendo menos atenção.


Vocês se cobram como pais?
Andréa se cobra muito e eu também, por exemplo, se estamos dando mais atenção para um do que para outro. Eu realmente abri mão do meu tempo para meus filhos, mas não sofro por isso. Prefiro passar o fim de semana com eles a tomar chope. Pai tem que estar ao lado dos filhos, acompanhando o crescimento, porque, como disse, passa muito rápido. E isso tem que ser diariamente, não é uma vez por ano ou uma vez por ano. O grande conselho é o tempo com qualidade. Esquece o celular. Não adianta estar com seu filho brincando com a bunda no chão e olhando o telefone.

Falando em celular, os pais devem monitorar os filhos nas redes sociais?
Não só devem como têm de olhar o celular dos filhos e suas contas nas redes. Vigiamos muito a questão da internet, colocamos os filtros necessários e, de vez em quando, damos uma olhadinha nos celulares das crianças. Não entro nas conversas deles com os amiguinhos, mas vejo com quem estão falando, quero saber quem é. Se for a foto de um adulto, eu checo a conversa. Todo pai tem a obrigação de fazer isso porque é uma fase de risco, não porque a criança ou o adolescente sejam ativos no processo errado, mas porque podem ser vítimas.


Como é sua relação com seus filhos?
Eu tenho uma relação de verdade. Digo sempre ‘se você me contar que botou fogo em algum lugar, eu te ajudo a apagar o incêndio, mas, se descobrir, não conte comigo’. A minha filosofia é ‘sou seu melhor amigo, sou o cara que está aqui para te ajudar em qualquer situação. Você pode fazer a maior burrada da sua vida, se você me contar, eu vou estar aqui para te ajudar. Agora se você omitir e eu descobrir você não só não vai ter um amigo como vai ter alguém para te perturbar ainda mais’.

Dá certo?
Eles me contam até as bobagens que os amigos fazem, e eu fico na situação delicada de ter que contar para os pais. Meus filhos, graças a Deus são muito ajuizados. Mas digo para eles: ‘se vocês quiserem fazer coisa errada vocês vão fazer; o corpo é de vocês, a boca é de vocês, o nariz é de vocês e eu não tenho como fiscalizar vocês o dia inteiro. Teu templo é teu corpo, toma conta, que não dá para trocar peça igual carro. A liberdade você vai ter sempre então aproveita ela com juízo’.


Você fala de todos os assuntos com os filhos?
Sim, cada um a seu tempo. Um dia o papo na mesa era sobre homossexualidade com os mais velhos; o Felipe tinha 6 ou 7 anos. Achei que ele ia ficar impressionado, mas aí Felipe falou ‘eu sei o que é gay, é como a mamãe que não gosta de camarão, tem o menino que não gosta de menina e não tem o menor problema, o gosto é dele e ele faz o que quiser’. As crianças hoje lidam com esse e outros assuntos em uma outra caixinha que não é a do adulto.

Está preparado para eles começarem a namorar?
Sim. Nina veio me perguntar se quando estiver namorando pode trazer ele para casa, eu disse ‘claro, vou querer conhecer’. Pedro é romântico e não quer pular barreiras, nunca incentivamos ele a ser o pegador. Eu vejo amigos que têm filhas preocupados, e eu digo ‘meu irmão, sua filha vai namorar, é vida que segue’. A gente não é dono de ninguém e tem que saber criar o filho para o mundo e dar liberdade. Quando você proíbe, tem o efeito contrário. O que faz a criança raciocinar e tomar uma decisão se ela deve ou não fazer algo é a liberdade e a responsabilidade que você passar. Quando você cria imposição, o que der errado vai vir a conta para você.

Márcio Garcia e Andréa Santa Rosa com João (Foto: Reprodução/Instagram)
Já pensou em colocar sua experiência da paternidade no papel, escrever um livro?
Estou começando a montar uma palestra sobre o assunto porque tive muitos pedidos e não tenho nada preparado. Devo começar a fazer palestras esse ano para falar um pouco sobre casamento, paternidade, educação, como reservar tempo para tudo... Espero poder agregar e ajudar as pessoas. Mas não quero começar sem estar absolutamente preparado, até porque às vezes o meu 'achismo' pode não estar certo. Já li livros e falei com terapeutas; desde meu primeiro filho consulto especialistas. Mas falar em público para mil pessoas... A responsabilidade aumenta. Escrever um livro ainda não pensei.

Como você e Andrea encontram tempo para o casal nessa rotina tão cheia?
De manhã é ela que coloca todo mundo no carro para a escola e de noite sou eu que ponho para dormir. Depois que as crianças saem para a escola e depois que dormem temos um tempinho, que é a hora para namorar, conversar, ficar só a gente. Uma vez por ano fazemos uma viagem de uns cinco dias só nós dois, mas não conseguimos ficar mais tempo longe porque dá uma mistura de preocupação e saudade.


O que você aconselha a um casal que tem filhos e não está conseguindo manter a paixão e o amor no meio da rotina do dia a dia?
Tem que ter muita conversa, olho no olho, que é algo que falta hoje nesse mundo das telas. O casal estar junto ali só para conversar e resolver problema não adianta. É 'eu te amo' diário'. Se nada disso estiver dando certo, procure uma terapia familiar. Claro que eu já tive crises com Andréa. A gente já brigou, já se desentendeu, mas no fim das contas tem que se entender. Se a gente resolveu casar e ter filhos, se tem muita coisa em comum, então vamos tentar resgatar isso. E se se não der para transformar o que tem de convergência, que se transforme em tolerância.

Você e Andrea já fizeram terapia de casal?
Sim, algumas vezes. E de família, inclusive, com as crianças. É alguém que é imparcial e organiza, vamos dizer, os pensamentos de todo mundo. Esse cara com quem eu fazia virou consultor do meu programa. Ele morava fora, a consulta era por Skype.

Márcio Garcia e Andréa Santa Rosa durante viagem à França (Foto: Selmy Yassuda)
Já se pegou reproduzindo comportamentos dos seus pais que você não aprovava?
Olha, hoje temos muito mais informações que nossos pais tiveram. Por exemplo, eu apanhei, tomei palmada, puxão de orelha. E eu nunca encostei a mão em um filho meu. Aí minha mãe às vezes chora e diz, 'ai, me arrependo tanto'. E eu falo 'mãe, se eu tivesse nascido na sua época eu tinha feito o mesmo, você não tem culpa de nada'. E ela, por sua vez, apanhou de palmatória, ajoelhava no milho. Graças a Deus, a coisa foi evoluindo. Era outra época. Hoje a coisa é diferente. Mas, uma coisa que meus pais me deram e passo para meus filhos é a prática de esportes.. E, uma coisa que aprendi lendo em um livro do Augusto Cury é reconhecer o erro.

Você falou de esportes e é impossível não falar da sua boa forma aos 47 anos. Está se preparando para os 50?
Não tem muito isso de se preparar. Sempre tive vida saudável, sempre fui uma pessoa do dia, nunca gostei muito de noite, nunca gostei de beber, nunca curti drogas. Continuo fazendo exercícios e me alimentando bem, não com foco nos 50 anos, mas nos 100 anos. Não é clichê dizer que idade está na cabeça. A única preocupação que não tenho muito é essa coisa de estética. Andréa diz que tenho que fazer botox, mas isso eu não faço. Quero aprender a conviver com as minhas rugas porque elas vão estar aqui.

Márcio Garcia e o filho caçula, João, na piscina de casa (Foto: Reprodução/Instagram)
Mas as rugas te incomodam?
Em nada. Você não consegue não envelhecer e tem que saber passar por isso. Minha estética que seja consequência da minha saúde. Agora ficar pintando o cabelo, fazendo botox... Lutar contra o envelhecimento é esmurrar a parede. Você tem que manter a saúde, a sanidade mental, dormi bem, comer comida nutritiva e não se estressar. Tem de para de achar que 'ai, tudo é problema'. É um dia a dia saudável, de segunda à sexta eu como super bem, final de semana me permito uma pizza, tomo minha cervejinha, meu vinho.

Para quem está de fora parece que na sua casa não entra chope, ovo de Páscoa, pizza...
Entra, de leve, mas entra. Mas é um ovo de Páscoa mais saudável. Por mérito da Andréa, por ela ter sido muito rígida com a questão do açúcar, as crianças têm o paladar diferente. Eles não gostam muito da coisa muito doce e não comem. Já eu fui criado no açúcar. Então eu cuido dos esportes das crianças, ela da alimentação.

Você ainda faz exercícios?
O esporte que a família mais gosta é o snowboard. Confesso que agora gravando não faço quase nada, só uma fisioterapia para o ombro. Tenho um ritualzinho meu, de manhã faço uns abdominais, umas flexões, 15, 20 minutos, mas não tenho indo mais à academia. Jogo futevôlei em casa, que temos uma quadra de grama em casa. Faço é manutenção diária.

Marcio Garcia e a mulher, a nutricionista Andréa Santa Rosa, com os filhos Pedro, Nina, Felipe e João, em 2014 (Foto: Divulgação)
Sente falta de atuar? Voltaria às novelas, se convidado?
Eu sinto falta, sim, e devo fazer uma participação em um filme esse ano. Mas, de fazer novela, não, porque iria quebrar muito minha rotina com as crianças.Não quero estar tão ausente.

Como você se sente quando te apontam com um dos possíveis sucessores de Fausto Silva?
É bacana, eu fico envaidecido. É sempre bom ser visto como uma possível substituto de um cara tão talentoso e legal. Ele é amigo, somos próximos, mas pensar em substituí-lo eu não penso. Não é uma coisa que tenho como meta ou vontade porque O Tamanho Família está dando muito certo e eu gosto dessa coisa de temporada. Estou muito feliz.

Separação, curso nos Estados Unidos, noitadas com as amigas… 2018 será bem diferente para Luciana Gimenez


Por Thayana Nunes para a Revista J.P de abril | Fotos Maurício Nahas | Styling Rodrigo Polack | Make Sergio Di Vicentin |Cabelo Paulo Fonte (capa mgt)

Glamurama - Se algum dia Luciana Gimenez achou que ia passar por um turbilhão, tipo um terremoto, esse dia chegou. Embora ela já devesse ter uma experiência – já que quando ficou grávida do Lucas e não divulgou quem era o pai, começaram as apostas de que poderia ser Mick Jagger e ela não confirmou até o momento de ter o bebê. Não deve ter sido um período nada fácil. Agora, o que está em jogo é o casamento de 15 anos com Marcelo de Carvalho. E não é apenas uma separação: como uma famosa, uma celebridade, todo mundo está tentando adivinhar quem está com quem, por que separou, o que houve, o que está acontecendo… e aí é que a coisa pega. Porque a infinidade de nomes e casais, novos e antigos, é enorme. Marcelo apareceu com a socialite Simone Abdelnour em vários eventos por São Paulo, superdiscretos. Claro que, a partir daí, começou de vez o barulho sobre o fim do casamento. E não é que dizem que Luciana teve recentemente um affair com o empresário paulistano Bruno Garfinkel, ex de Simone? Já no Instagram, ela também começou aos poucos a publicar fotos curtindo várias festas ao lado de novas amigas, o que raramente acontecia, provando que, sim, os tempos são outros.


No dia do nosso bate-papo, que aconteceu durante este ensaio no maior clima dona de casa – algo que ela diz que nunca vai ser: “Nem sei lavar louça, gente!” –, Luciana foge do tema e afirma que não quer se pronunciar sobre a separação. Mas não nega. Em alguns momentos, chama Marcelo de marido, em outros, dá a entender que está em uma nova fase… No mais, continua linda, com corpinho de 20 – e diz que tem “horror a preenchimento e a ficar igual ao Ken humano” – e bem-humorada. Luciana é engraçada e autêntica, assim como a gente a vê na TV. É também uma supermãe: levou o mais novo, Lorenzo, para as fotos e, quando podia, colava figurinhas do álbum da Copa do Mundo com ele, e não parou de elogiar o primogênito Lucas. “Eles me tornaram uma pessoa melhor”, disse. E, no fim, declara que tudo o que conquistou até hoje aconteceu porque é sortuda sim. É determinada, mas tem uma certa dose de sorte em tudo. “Quando quero uma coisa, vira uma obsessão. Agora, não sou organizada e não planejo. As coisas simplesmente vêm!” Aqui, os melhores momentos da nossa conversa.


Separação
“É um momento muito íntimo da família. A gente não lava a nossa roupa no varal alheio. Acredito que não tenho de dar explicação da minha vida pessoal para os outros. Nós somos pessoas comuns. O que posso dizer é que amo a minha família, amo o Marcelo de paixão. (começa a chorar). Ele é o homem da minha vida. Nunca vou ficar com ninguém tanto tempo. São 15 anos. Sou doida com o Marcelo. Ele sempre foi um grande apoiador de tudo meu. Muito da Luciana é por causa dele.”


TV em 2018
“Recebi vários convites de outras emissoras, da Band, da Record, da Globo não. Ainda não sei muito bem o que eu vou fazer. Gosto muito de trabalhar na RedeTV!, é a minha casa. Tenho muita dificuldade para mudança.”

Convite internacional
“Quando fui chamada para a ABC americana, tinha acabado de dar à luz Lorenzo. Lembro que cheguei para o meu marido e falei: ‘Marcelo, olha o que eu recebi’. Hoje, acho que deveria ter ido. Odeio falar das coisas que passaram, mas eu me arrependo. Agora, tenho alguém em Los Angeles me representando.”


Momento cabeça
“Vou começar a estudar na Singularity University, em maio, nos Estados Unidos. Quero investir mais em mim. Esse curso abre a cabeça para muitas coisas, que de alguma forma ajudam a sociedade. Estou com um projeto ecossocial, de energia solar, que já existe no Rio e que vou trazer para São Paulo. Já até falei com João Doria. Estou bem engajada.”

Cresci
“Parei de roer unha este ano. Roía desde os 6. Comecei a dirigir também. Nunca tinha dirigido na minha vida e até comprei um carro. Parei de roer unha e comprei um carro! Ano de mudanças. Nossa, cresci, estou me sentindo madura (risos).”


Luciana Gimenez está exausta. Cansada. Very tired. As queixas de cansaço que a apresentadora faz nas suas redes sociais viraram um dos maiores memes, piadas positivas da internet, dos últimos anos. Pudera: são dois programas e 17 anos no ar praticamente sem férias. A carreira dela na TV, que chega em breve à maioridade, teve mais provas do que vestibular da Fuvest.
Luciana precisou provar que sabia falar português, quando tropeçava em termos em inglês no ar. Precisou provar que seu carisma ia além de ter conquistado Mick Jagger. Participou do programa The View, uma das atrações de maior audiência da TV americana – foi convidada para ficar por lá. Faz comédia involuntária com seus bordões como “po-lê-mi-ca” e “mas você tá brava?”, e é o sonho de imitadores como Dani Calabresa. E não só, falou alemão com Inês Brasil no palco e protagonizou cenas das mais surreais.
Provou que consegue conduzir uma entrevista exclusiva memorável, que tirou o atual presidente dos Estados Unidos do prumo quando perguntou para o então candidato, em 2016: “Seu cabelo é de verdade?”, e passou a mão no portentoso topete para conferir. Mas, mais do que tudo, Luciana provou que tem alma, mercadoria tão rara no show business nacional. Lulu é ela mesma no palco, na internet e nesta entrevista.
Agora, o desafio é outro. A imprensa noticia que ela está separada. Que o salário de R$ 400 mil por mês, o maior da RedeTV!, está fazendo seus programas fecharem o ano sem lucro. Que ela, linda, com brilho no cabelo e 14% de gordura corporal, foi traída. Luciana está cansada. Talvez porque vai ter de se provar mais uma vez. Provar que seu talento falará mais alto que a separação de Marcelo de Carvalho, sócio do canal que a emprega, que ela conheceu nos bastidores da TV, em 2004, quando já era bem famosa, obrigada. Ela vai fazer muxoxo na internet, mas deve tirar de letra. (Por Chico Felitti)

'Apesar de não parecer, eu sou evangélico', revela Yuri Martins, produtor de Vai Malandra e Agora Vai Sentar


Diário de Pernambuco - Você pode até não conhecer o rosto do funkeiro Yuri Martins, mas certamente já ouviu algum hit produzido por ele. Tá tranquilo, tá favorável (MC Bin Laden), Agora vai sentar (MC's Jhowzinho e Kadinho), Vai embrazando (MC Zaac e Vigary), Ôh novinha (MC Don Juan) e Vai malandra (Anitta) são só algumas das faixas mixadas pelo DJ e produtor musical, conhecido por ter as "mãos de ouro" do funk. O segredo do sucesso dessas músicas pode ser explicado pelo MC Don Juan na canção Amar, amei: "Yuri Martins produziu? Mais uma que explodiu", diz ele durante a canção.
É com essa bagagem de veterano que o hitmaker, de 23 anos, chega ao Recife para fazer sua primeira apresentação no Nordeste. O show ocorre nesta sexta-feira (13), a partir das 22h, na festa Rezenha, no Itaipava Catorze (Avenida Alfredo Lisboa, S/N, Bairro do Recife). Além de Yuri, se apresentam DJ Ralk, Rafa Mesquita, Citrus Club, Korossy e o estreante Lucas Leite. Os ingressos custam R$ 100 e estão à venda na Chilli Beans, Vitabrasilnet, Recife Ingressos, Eventbrite e Bilheteria Digital.
O funkeiro, nascido na Bahia e criado no Rio de Janeiro, se aventurou na carreira pela primeira vez em 2004, quando conheceu o BPM Studio Pro, um programa utilizado pelos produtores cariocas da época. Ele passou 10 anos no funk "proibidão", até que em 2014 foi convidado para fazer parte da produtora Funk de Elite, sediada em São Paulo. "Não existe disputa entre o funk carioca e o funk paulista, somos uma só bandeira. O nosso som já tomou conta do Brasil e chegou a diversos lugares do mundo. A música Vai malandra é um grande exemplo disso", cita o sucesso de Anitta, cujo clipe acumula mais de 245 milhões de visualizações, no YouTube. A parceria com a carioca deu tão certo que rendeu mais um hit. Trata-se da faixa Indecente, cantada em espanhol e produzida junto com o norte-americano DVLP.


Por falar em colaborações internacionais, o disco de estreia do rapper Maejor (que divide os vocais com Anitta em Vai malandra) também está sendo produzido por Yuri. Além disso, o produtor tem na agenda trabalhos com Nego do Borel, Lucas Lucco e artistas do sertanejo. "Costumo sempre manter laços de amizades com todos os que produzo, gosto de mesclar ritmos e pretendo fazer muitas parcerias com dezenas de artistas nacionais e internacionais", afirma. Ele conta que está animado para tocar na capital pernambucana e promete não deixar ninguém parado. "Gosto de estar em lugares que ainda não fui e tenho certeza que será um show inesquecível. Levo comigo a alegria e vou fazer dessa noite uma das melhores", finaliza.

Entrevista // Yuri Martins
Você acredita que o funk é um ritmo que ainda sofre preconceito?
Sim, infelizmente. Mas, por outro lado, mostramos muita força e sem dúvidas o funk já faz parte da música popular brasileira. Isso aconteceu graças a diversos artistas que, ao longo dos anos, vieram consolidando o movimento, fazendo história e levando o ritmo cada vez mais longe. Todos nós temos uma grande contribuição a isso desde os anos 1990 até os dias de hoje.

Como foi trabalhar com artistas como Anitta, Lucas Lucco e Don Juan?
É sempre uma satisfação imensa fazer parcerias com esses artistas. Gosto de frisar que tenho um vínculo muito afetivo com todos que produzo, isso é fundamental. Lucas Lucco, Anitta e principalmente o Don Juan fazem parte do meu ciclo de amizades.

Quais as suas influências musicais?
Por incrível que pareça, escuto muita música gospel. Apesar de não parecer, eu sou evangélico. Mas ao longo da minha carreira, também venho acompanhando diversos produtores musicais do Rio de Janeiro e são eles as minhas inspirações mais próximas do funk.


Serviço
Festa Rezenha com Yuri Martins
Quando: Sexta-feira, 13 de abril, às 22h
Onde: Itaipava Catorze (Avenida Alfredo Lisboa, S/N, Bairro do Recife)
Quanto: R$ 100 - à venda na Chilli Beans, Vitabrasilnet, Recife Ingressos, Eventbrite e Bilheteria Digital
Informações: (81) 9.9432-8103

Para Segundo Sol, Caco Ciocler muda totalmente o corpo e dispara: “Fiquei deprimido”


TV Foco - O ator Caco Ciocler precisou passar por uma mudança radical em seu corpo para interpretar o Edgar em Segundo Sol, nova novela da Globo escrita por João Emanuel Carneiro. Como a novela terá fases diferentes, Caco foi o responsável por interpretar o personagem também na primeira fase, em que o personagem terá quase 20 anos a menos que a sua verdadeira idade, 46.
Em entrevista à jornalista Patricia Kogut, o ator contou que se surpreendeu quando viu detalhes sobre o personagem no roteiro: “Quando me convidaram para a novela, o diretor (Dennis Carvalho) e o autor disseram que eu precisaria emagrecer um pouco. Isso nunca tinha me acontecido antes. Num primeiro momento, achei que fosse uma maneira sutil de me dizer que eu precisava ficar mais bonito. Depois, lendo os capítulos, entendi que meu personagem começa a novela com 20 anos a menos. É um playboy, supermimado, que não trabalha e vive na piscina de casa“, contou.
Para conseguir interpretar o personagem com maestria, ele resolveu batalhar para valer a fim de alcançar o corpo ideal: “Eu tinha apenas três semanas até o início das gravações. Então, com a ajuda de profissionais, intensifiquei bastante os meus treinos funcionais e iniciei uma dieta rigorosa. Para a minha sorte, as gravações atrasaram (começaram em março) e aquelas três semanas acabaram virando quase dois meses e meio. Assim, consegui um resultado bem mais visível. Perdi cerca de cinco quilos, mas ganhei muita massa muscular“, revelou o ator.
Caco revelou que não foi nada fácil se acostumar com a nova rotina: “Você passa por um processo maluco de abstinência. Fiquei irritadiço, tonto e deprimido, mas depois passou. Agora estou superacostumado. O mais difícil tem sido resistir ao cheiro de um bom pão na chapa, de uma pizza e dos chocolates que não sejam 85% cacau”, disse.
O ator ainda contou que esse foi um dos personagens mais importantes de sua carreira: “O Edgar é um filhinho de papai, um privilegiado da altíssima oligarquia baiana, mas aparentemente sem muita autoestima. Ao mesmo tempo, é um conquistador bem-sucedido, gosta de música clássica e toca piano, então, parece ter uma alma sensível. Ele também é fraco de caráter, mas muito carinhoso e afetivo com a filha. Enfim, são muitas pontas soltas e tenho que descobrir qual cola melhor vai unir todas elas. Esse é o barato de fazer uma novela do João Emanuel Carneiro: os personagens são complexos, multifacetados e surpreendentes. E nada é tão fechado”, opinou.

'O Outro Lado do Paraíso': resumo dos capítulos de 23 a 28 de abril


Sophia e Clara vão se enfrentar
Segunda-feira
Gael revela a Clara sobre os crimes de Sophia e afirma que precisa de sua ajuda para abrir um inquérito contra a mãe. Mercedes orienta Xodó a revelar tudo o que sabe para Clara e Patrick. Miro propõe casamento a Leandra. Caetana garante a Maíra que Johnny a está enganando. Johnny conhece Eloá, filha de Miro, e tenta seduzir a jovem. Beth se muda para a casa de Adriana. Antes de partir, Henrique aconselha Adriana a prestar atenção em Nicolau. Adinéia firma um pacto com Cido. Clara acusa Sophia de assassina.

Tônia vai passar a atender no escritório de Renato ao comprá-lo com o dinheiro que recebeu de Zé Victor
Terça-feira
Patrick repreende Clara por confrontar Sophia. Patrick revela a Beth que a vida de Clara está em risco. Adriana diz a Renan que deseja ajudar Beth com sua grife. Sophia garante a Zé Victor que o recompensará para eliminar a possível testemunha de Clara. Tônia compra o consultório de Renato com o dinheiro dado por Zé Victor. Nádia presenteia Raquel com o vestido de noiva para o casamento com Bruno. Adinéia manipula Cido para afastá-lo de Samuel. A Grande Mãe do quilombo cuida de Mariano. Patrick explica seu plano contra Sophia para Clara e Gael.

Leandra abre o jogo e fala à Patrick tudo o que sabe sobre as vítimas de Sophia
Quarta-feira
Patrick vai ao bordel para falar com Leandra. Adinéia, Suzy e Samuel reclamam das inabilidades domésticas de Cido. Suzy recomenda que Samuel visite o salão de Nádia para conhecer Marcel e Nicácio. Johnny explora Maíra e a convence a lhe comprar um terno. Leandra conta a Patrick o que sabe sobre as mortes de Laerte, Vanessa e Rato. Maíra revela a Patrick que, antes de morrer, Vanessa se encaminhou para a mina. Beth confessa a Adriana que ajudou Clara a se separar de Patrick por conta de seu amor pelo advogado. Patrick pede para conversar com Lívia.

Igualmente a primeira fase, Clara e Gael terão ótimos momentos juntos
Quinta-feira
Clara se diverte com Gael durante um passeio. Patrick afirma a Clara que, com as informações que reuniu, Bruno já pode abrir um inquérito contra Sophia. Patrick alerta Clara sobre Gael e o advogado confessa que ainda a ama. Samuel anuncia que Nádia e Gustavo irão jantar em sua casa, e Cido é convocado para fazer o banquete. Renan pede Beth em casamento. Adriana decide dar uma chance para Nicolau. Caetana revela tudo o que sabe sobre Sophia para Clara. Mercedes consegue convencer Caetana a atrair Sophia para uma emboscada.

Diego e Melissa juntos mais uma vez
Sexta-feira
Mercedes, Clara e Patrick orientam Caetana e pedem o apoio de Leandra. Johnny engana Maíra e dorme com Eloá. Radu e Irene ficam juntos. Diego e Melissa trocam juras de amor. Leandra pede que Miro lhe dê uma garantia financeira para deixar o bordel com ele. Patrick desconfia do suposto romance ente Clara e Gael. Clara confessa a Adriana que está dividida entre Gael e Patrick. Mercedes abençoa Caetana, que teme por sua vida no encontro com Sophia. Caetana chantageia Sophia.

Sophia vai ser presa novamente
Sábado
Caetana convence Sophia a encontrá-la no bordel, com a desculpa de lhe entregar dinheiro em troca de seu silêncio. Odair e Aura ficam juntos. Clara afirma a Patrick que não consegue falar de amor antes de se vingar de Sophia. Gael sofre pelos crimes de sua mãe. Ivanilda aceita o pedido de casamento de Valdo. Lívia pede que Amaral a ajude a lutar pela guarda de Tomaz. Mercedes conforta Gael. Amaro e Juvenal estranham o nervosismo de Sophia. Sophia tenta matar Caetana, mas é presa em flagrante por Bruno.

'Deus Salve O Rei': resumo dos capítulos de 23 a 28 de abril


Amália e Levi serão trancafiados em casebre por Virgílio
CAPÍTULO 90 - SEGUNDA-FEIRA
Catarina (Bruna Marquezine) dá instruções para Delano (Jaedson Bahia) seguir os passos de Amália (Marina Ruy Barbosa). Em conversa com Lucíola (Carolina Ferman), Catarina conta que não vai demorar muito para chegar o momento em que terá que tirar Virgílio (Ricardo Pereira) do seu caminho. Diana (Fernanda Nobre) lembra Virgílio em tom de precaução que Amália não está salva. Rodolfo (Johnny Massaro) aceita o que o irmão lhe pediu e dá o perdão a Amália e Levi (Tobias Carrieres). Rodolfo determina que o castigo de Afonso vai ser executar trabalhos forçados em uma mina. Amália e Levi buscam um esconderijo no mato ao notarem que Delano está perto de onde Brumela (Isadora Ferrite) mora. Rodolfo recepciona Lucrécia e algumas outras religiosas. Para um casebre bem longe do mato, Amália e Levi são trancados por Virgílio.

CAPÍTULO 91 - TERÇA-FEIRA
Rodolfo assegura a ex-mulher que vai dar dinheiro para o monastério. Matilda (Cristiana Pompeo) recebe Lucrécia, Heráclito (Marcos Oliveira) e Latrine (Júlia Guerra) em seu hotel. Catarina chega a conclusão que Virgílio e Amália estão juntos. O capataz da mina zomba de Afonso quando o ex-príncipe entra no lugar. Para Catarina, Diana admite ter sido ela a pessoa que revelou a Virgílio onde Amália estava. Rodolfo alerta os membros da corte que Lucrécia nem pode desconfiar que o reino está na falência. Ístvan (Vinícius Calderoni) chama Glória (Monique Alfradique) para ir com ele pegar flores na floresta. Na prisão, Afonso e Constantino (José Fidalgo) se reencontram. Catarina e Delano se aproximam de Virgílio e deixam o ex-comerciante nervoso.

CAPÍTULO 92 - QUARTA-FEIRA
Virgílio coloca Catarina contra a parede e diz que pode revelar ao Conselho de Cália que Augusto (Marco Nanini) está preso por ordens dela. Em busca da mensagem que indica que Augusto está preso sobre sua ordem, Catarina passa instruções a Lucíola para que ela repasse a Delano. A Diana, Virgílio falta com a verdade alegando desconhecer o paradeiro de Amália. O capaz chama a atenção de Afonso quando ele busca socorrer um preso de idade. Afonso conta a Cássio (Caio Blat) que a fuga deles da prisão é fundamental. Como moeda de troca pela prisão de Afonso, Rodolfo entrega o Vale de Laios, de propriedade da família da mulher, ao rei de Lastrilha, Catarina descobre a transferência das terras e se mostra contra.

Catarina vai se bater de frente com o pai na prisão
CAPÍTULO 93 - QUINTA-FEIRA
Osiel (Rafael Primot) continua presente nos seus pensamentos, admite a Naná (Betty Gofman). Uma mensagem contando a respeito do repasse da propriedade à Lastrilha foi despachada por ela, conta Catarina a Otávio (Alexandre Borges). Otávio previne a Rodolfo que existe uma chance dos reinos enfrentarem uma situação bem difícil. Agnes (Mel Maia) descobre no que Saulo (João Vithor Oliveira) reflete e deixa ele desconfiado. Para capturar Virgílio, vai montar uma arapuca, conta Amália a Levi. Por sair vencedor todas as vezes nos duelos dos presos, Constantino ganha regalias, fica sabendo Afonso. Cássio diz que será ele o próximo rival de Constantino em duelo será ele. Catarina visita o pai e deixa ele espantado.

CAPÍTULO 94 - SEXTA-FEIRA
Catarina vê que Augusto não está bem de saúde mas consegue evitar que se perceba seus sentimentos. Ao duelar com Constantino, Cássio se fere e recebe a assistência de Afonso e Tiago (Vinícius Redd). Agnes é presenteada por Selena (Marina Moschen) com joia pertencente a Amália de uma forma que Constância (Débora Olivieri) não observe. Virgílio aprisiona novamente Amália e Levi depois que mãe e filho deixam em fuga o lugar onde estavam presos. Madre Benedita (Noemi Gerbelli) manda embora Lucrécia do grupo de cantores. Por decisão do Conselho de Cália, o Vale de Laios é impedido de ser incorporado às terras de Lastrilha. Constantino chama Afonso para um duelo. Visando aliança, Catarina resolve ver Afonso na mina do castigo.

Saulo vai descobrir que Selena é uma bruxa
CAPÍTULO 95 - SÁBADO
Fica sabendo Saulo que Selena é uma bruxa. Tudo que Saulo tinha de lembranças é deletado por Agnes. Virgílio suborna Elói (Glicerio do Rosário) e Delano observa. Constantino faz de tudo para tirar Afonso do sério. Madre Benedita manda Lucrécia embora do convento. A mensagem que fez para Amália tem que ser dada aos genitores da ruiva, diz Afonso, dando a missiva a Radamés. O território de Laios será invadido, comunica Otávio a Aires. Naná falta com a verdade para Osiel ao dizer que Glória não se encontra quando ele vai até sua casa. O exército de Otávio já se mexe, alerta Romero (Marcelo Airoldi) a Rodolfo. Afonso começa a levar a melhor ao duelar contra Constantino.