domingo, 29 de abril de 2018

Brasiliense engana Bolsonaro em vídeo e vira sensação na web


Metrópoles - A DJ Rozy Acioli gerou polêmica e agitou as redes sociais ao postar um vídeo ao lado do deputado Jair Bolsonaro (PSL-RJ) nesta quinta-feira (26/4). A brasiliense de 33 anos surgiu toda animada com o político e o elogiou, mas, ao se afastar dele no fim da gravação de 13 segundos, Rozy jogou a real e chocou tanto Bolsonaro quanto a internet.
“Tô aqui com o maior mito desse país”, disse ela, repetindo. O deputado cai na gargalhada e agradece pelo carinho. Porém, deixando a companhia dele, Rozy dispara: “Jamais! Vamos não, hein!”.

Deputado fica sem graça em vídeo da DJ

Rozy Acioli chama Jair Bolsonaro de "mito" na maior gozação
mas de dá mal, pois os fãs do político xingaram a moça de tudo quanto é nome
Jair Bolsonaro é um dos políticos que irão concorrer à presidência de 2018
Diante do inusitado, Bolsonaro diz, sem graça: “Eu sabia que isso ia acontecer”. O post de Rozy repercutiu na internet rapidamente, e, com sete horas de publicação, atingiu a marca de 530 mil visualizações.
Contudo, a DJ retornou à rede social para destacar que, com as imagens veiculadas no Facebook, ela passou a ser ameaçada. “Meu inbox está chovendo de mensagens com xingamentos e ameaças desses extremistas, eleitores do Bolsonaro”, observou.
Ao Metrópoles, a brasiliense afirma ter tomado a iniciativa de “trollar” o político durante um passeio à Câmara dos Deputados. Ao cruzar um dos corredores, avistou o filho do militar, e logo mais, o político. Encontrou aí a chance de, segundo ela, representar milhões de brasileiros e dizer não ao presidenciável.
Sobre as ameaças via internet, Rozy Acioli desabafa: “As palavras de baixa calúnia só definem quem são os eleitores do Bolsonaro”. Procurado pela reportagem, o deputado não atendeu nem retornou às ligações.

PF prende homem que mantinha vídeos de crianças sendo abusadas


Metrópoles - A Polícia Federal prendeu em flagrante, nesta quinta-feira (26/4), durante cumprimento de mandados, um homem que mantinha fotos e vídeos de crianças e adolescentes em cenas de abuso sexual. Ele tem 28 anos e mora em Paulínia, interior de São Paulo.
Segundo a corporação, a investigação foi iniciada em 2016, a partir de uma informação recebida pela instituição e contou com a colaboração da polícia Alemã, que informou aos agentes da PF que um usuário da rede Gigatribe utilizava-se de conexões na internet na cidade de Paulínia (SP) para divulgar e compartilhar arquivos impróprios.
“Identificado o endereço e o possível criminoso, a equipe de policiais, contando com a participação de um perito criminal federal, compareceu ao local e constatou que, no local, o criminoso efetivamente matinha em sua posse arquivos com conteúdo de pornografia infantil”, relatou a PF, em nota.
Na casa do suspeito foram apreendidos três HDs, um notebook, 11 mídias (CDs e DVDs), um pen drive e um aparelho celular que foi destruído na frente dos policiais pelo preso no momento das buscas em sua residência.

Prisão preventiva
O suspeito foi conduzido à Delegacia de Polícia Federal em Campinas, onde foi indiciado e preso em flagrante por infrações previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e do Código Penal Brasileiro (CBP).
“Considerando que o criminoso já foi investigado e preso pela Polícia Federal no ano de 2009, ficando três meses preso, e novamente estar na posse de diversos arquivos com conteúdo de abuso sexual infantil, a autoridade policial deixou de arbitrar fiança em sede policial e já representou pela prisão preventiva”, informou a corporação.
A PF explicou que o “material apreendido será periciado para confirmar a disponibilização e transmissão das imagens ilícitas pela internet, situação em que o investigado responderá também pelo crime do artigo 241-A do ECA, este com pena de reclusão de 3 a 6 anos, e multa”.

Austrália anuncia medidas para evitar abusos sexuais na ginástica


IstoÉ - A Federação Australiana de Ginástica anunciou, nesta terça-feira, um quadro de medidas para proteger as crianças como consequência do “caso Nassar”, vasto escândalo sexual que sacudiu o esporte dos Estados Unidos nos últimos meses.
“A segurança das crianças é a prioridade”, indicou a Federação, estimando que 91% dos 220.000 ginastas do país são menores de 12 anos.
“O que fizemos foi oficializar práticas que já introduzimos”, explicou a presidenta da Federação, Kitty Chiller, ao canal ABC.
“Se falou muito na imprensa e no espaço público, em particular nestes últimos meses pelo caso Nassar”, acrescentou.
Larry Nassar, ex-médico da Federação de Ginástica dos Estados Unidos, abusou centenas de meninas e jovens durante décadas, sendo sentenciado em fevereiro a uma pena de entre 40 a 125 anos de prisão.
Nassar já tinha sido condenado a 60 anos de cárcere por posse de pornografia infantil, além de um período de até 175 anos por abusos sexuais a cerca de 265 meninas e jovens mulheres. Entre as vítimas, estavam ginastas da seleção olímpica e de times universitários.
Haverá uma “tolerância zero” aos abusos sexuais, indicou a Federação, que nomeou a coordenadora Phoebe Pownall para informar clubes, treinadores, pais e ginastas sobre o que constitui abuso sexual.
“Acho que muitas pessoas não entendem o que define um abuso. Temos a tendência de pensar que é algo marginal, mas não é assim”, declarou Pownall à imprensa.
“Está em todos os lados. É preciso formar as pessoas para que compreendam que é um risco e que é preciso oferecer os meios para mudar as coisas, para que as crianças estejam em segurança”, acrescentou.
Em 2012, uma investigação nacional revelou que mais de 4.000 instituições do país, entre elas 344 no âmbito esportivo, foram acusadas de abusos sexuais a crianças.

#Fofocalizando - Mamma Bruschetta diz que Latino congelou os óvulos e a web não perdoa


Observatório da Televisão - Na edição desta sexta-feira (27) do Fofocalizando, o programa falou sobre a informação de que o cantor Latino confirmou recentemente a paternidade de um nono filho, que está com 19 anos, após ter feito um exame de DNA.
Mamma Bruschetta, uma das apresentadoras do formato, se confundiu e disse que o músico congelou os óvulos para ter mais filhos no futuro, o que causou risos nos outros comunicadores da atração. Na web, o público logo reagiu.
“Latino congelou os óvulos? O que é isso, Mamma?”, questionou uma internauta no Twitter. “Ele congelou os óvulos. Essa Mamma é demais”, afirmou outra. “Latino tem óvulos?”, indagou uma terceira, se divertindo com a gafe.

Veja: