segunda-feira, 10 de setembro de 2018

#SegundoSol - Cena de Remy assassinado acaba de ir ao ar


A ovelha negra da Família Falcão (Vladimir Brichta) acaba de ser assassinado misteriosamente com 14 facadas em um quarto de pensão. Remy terminou esfaqueado e cheio de sangue com Luzia (Giovanna Antonelli) do lado, que acordou desesperada e sem saber direito o que aconteceu. Quem também apareceu lá na cena do crime foi Beto (Emílio Dantas), que também ficou sem saber o que aconteceu.

Remy (Vladimir Brichta) e Luzia (Giovanna Antonelli) no capítulo da última quinta-feira (06)
A ex-marisqueira e hoje DJ Luzia tentou explicar ao cantor de axé o motivo de ter ido ao local, mas para seu desespero, ele liga para Ionan (Amando Babaioff), e ela foge do local.
Ela havia ido à pensão levando dinheiro para Remy e com a esperança de ver, segundo ele, sua filha que fora raptada. Tudo não passou de uma armação de Laureta para colocá-la novamente na cadeia.

Após perder Marco Pigossi, Globo toma decisão radical e se arma contra Netflix


Correio 24hrs - A contratação do ator Marco Pigossi pela Netfliz deixou a Globo em estado de alerta e, agora, a emissora já se prepara para defender com unhas e dentes as grandes promessas do seu casting. Pigossi, que estava em alta após um papel de destaque em A Força do Querer e uma participação especial em Onde Nascem os Fortes, atuará em séries do serviço de streaming mais popular do mundo.
Para que isso não mais aconteça, os diretores decidiram que os atores da emissora não serão mais liberados para produções da plataforma rival. A Globo quer que todos priorizem produções para a televisão e também para o GloboPlay, que passou por uma reformulação recente e investirá mais em séries.
Ou seja, para estarem em uma produção na Netflix, os atores famosos deverão abrir mão de seus contratos com a Globo. Nomes procurados para estrelar seriados como O Escolhido acabaram recusando a proposta, que podia chegar a até R$ 350 mil por temporada, por não poderem abrir mão da estabilidade na TV.

Investimento na Globoplay
A Globo adotou uma estratégia ousada e inédita para promover o seu serviço de streaming, o Globoplay. Na última segunda-feira (27), a emissora carioca exibiu pela primeira vez uma série na Tele Quente: The Good Doctor. A ideia do canal foi levar ao ar dois episódios da produção, que é sucesso nos EUA, e instigar o público a companhar o restante da trama no seu aplicativo.
Além das produções norte-americanas, outra aposta do Globoplay é disponibilizar séries e minisséries da Globo antes da exibição na TV. Porém, apesar dos esforços para atrair público para o aplicativo, a emissora vai lançar uma de suas novas produções primeiro no Now, serviço de vídeo sob demanda da Net e Claro TV.
Segundo informações do site do jornalista Daniel Castro, a minissérie Se Eu Fechar os Olhos Agora chega ao Now nesta quarta-feira (29). A produção, que já foi finalizada há meses, terá os seus dez episódios disponibilizados para locação por R$ 29,90. A atração só deve ser lançada no Globoplay em novembro, e ser exibida pela Globo em janeiro do ano que vem.

Silvio Santos se irrita com lugares vazios no auditório durante programa


O Dia - Silvio Santos não gostou de um detalhe no seu último programa, neste domingo. Dois lugares vazios no fundo do seu auditório atraíram a atenção do apresentador, que resolveu tirar satisfação com o diretor, Fabiano Wicher.
“Ô, Fabiano! Tem duas cadeiras vazias, tá bom? É assim que começa a derrocada. Começa com duas vazias, depois tem cinco, oito, vinte, depois não tem ninguém”, reclamou.
Silvio foi informado que os ocupantes das cadeiras estavam no banheiro e disparou: “Foram ao banheiro? É uma boa desculpa, tá? No outro dia tinham cinco cadeiras vazias. Está começando a esvaziar, está começando a acabar com o meu programa, estou avisando”.
“É assim que começa. Nunca faltaram duas pessoas, outro dia foram cinco. Cada dia está esvaziando mais. Nada dura para sempre, a gente tem a hora de começar, a de subir e a de descer. Estou descendo”, completou.

Aos 96 anos, Bibi Ferreira anuncia aposentadoria dos palcos: "Entender a vida é ser inteligente"


Contigo - Grande dama do teatro brasileiro, a atriz Bibi Ferreira anunciou nas redes sociais que vai se aposentar dos palcos.
Em um comunicado redigido pelo assessor da estrela, é revelada que a decisão partiu da grande diva, que vai viver uma vida reclusa e dedicada à família.
"Bibi está bem, em casa, mas decidiu que não terá mais possibilidade de se apresentar, como sempre gostou de fazer e manter em sua vida profissional. Por recomendação médica, na idade em que está, Bibi deve ter uma vida o mais tranquila possível, e com uma rotina em seus horários de dormir e de se alimentar. Bibi não tem doença alguma, sua idade é que está muito avançada. Mas sempre uma mulher muito forte. Até dezembro do ano passado ela ainda estava no palco, estreando novo espetáculo. Com três internações que teve esse ano, sempre em função de infecções oportunistas e exames, entendemos que ela já não teria mais a energia necessária para se apresentar no palco", diz.
Segundo a assessoria da estrela, a decisão foi uma maneira de manter o respeito pelo público, marca da trajetória da atriz. "Por sua decisão e vontade, prefere ter uma vida mais reclusa, com a família e seus amigos mais íntimos, não estando mais disponível para entrevistas, mesmo por email, como vínhamos fazendo recentemente. Bibi tem total consciência que sempre que esteve no palco deu o melhor de si, com o maior respeito e consideração ao público. E tem consciência que já deu o que tinha de melhor. Agora vai descansar, dentro dos limites e condições que a idade lhe permite", diz.
Ao fim, a estrela também mandou um recado para os fãs. “Nunca pensei em parar, essa palavra nunca fez parte do meu vocabulário, mas entender a vida é ser inteligente. Fui muito feliz com minha carreira. Me orgulho muito de tudo que fiz. Obrigada a todos que de alguma forma estiveram comigo, a todos que me assistiram, a todos que me acompanharam por anos e anos. Muito obrigada!”, diz.
Uma das grandes estrelas da história dos palcos, Bibi brilhou em grandes montagens, como as históricas My Fair Lady (1964) e Gota d'água (1977). Nos anos 80, interpretou Edith Piaf no espetáculo Piaf - Um Hino ao Amor, uma de suas grandes performances. Nos últimos anos, Bibi começou a atuar em espetáculos musicais em que narrava parte de sua trajetória.

Olivia Newton-John luta contra o cancro pela terceira vez


Observador.pt - A poucos dias de completar 70 anos, Olivia Newton-John revelou no domingo que, pela terceira vez em três décadas, está em tratamentos contra o cancro. A cantora foi diagnosticada com cancro na base da coluna em 2017, mas optou por manter o diagnóstico em segredo até agora.
Em entrevista ao programa Sunday Night do canal australiano Seven, a atriz que co-protagonizou ‘Grease’ com John Travolta disse estar a recorrer à medicina moderna e tratamentos naturais, estando a usar óleo de canábis para as dores. Segundo Newton-John, o canábis é cultivado pelo marido, John Easterling. Olivia revelou uma atitude positiva face à doença e disse estar grata por viver na Califórnia, estado americano que permite o cultivo desta planta para consumo pessoal.
“Tenho muita sorte de viver num estado onde [o canábis] é legal”, afirmou. “O meu sonho é que em breve passe a estar disponível na Austrália para todos os pacientes que sofram de cancro ou de qualquer doença que cause dor”.
Olivia Newton-John foi diagnosticada pela primeira vez com cancro da mama em 1992. Depois do tratamento, passou a defender publicamente o rasteio para este tipo de cancro e associou-se a um centro hospitalar que se dedica ao estudo e tratamento da doença, o Olivia Newton-John Cancer Wellness Research Center. Em 2013, a atriz e cantora foi novamente diagnosticada com cancro da mama, desta vez tendo sido afetada também no ombro. Na altura, foi forçada a adiar a tourné nos Estados Unidos e Canadá.

Zeca Camargo deve pagar indenização por crônica sobre morte de Cristiano Araújo

Diário do Centro do Mundo - Segundo informação do Migalhas, o jornalista Zeca Camargo deverá pagar indenização, a título de danos morais, no valor de R$ 60 mil ao pai do sertanejo Cristiano Araújo e à empresa que gerenciava a carreira do cantor, em virtude da veiculação de uma crônica sobre sua morte, ocorrida em julho de 2015. A decisão é da 4ª turma da 6ª câmara Cível do TJ/GO, ao manter sentença sob o argumento de que o jornalista abusou do direito de transmitir informações através da imprensa.


No começo deste ano, Zeca Camargo foi condenado a pagar R$ 30 mil para cada autor do processo para reparar o dano moral sofrido pelas partes. A juíza Rozana Fernandes Camapum, da 17ª vara Cível e Ambiental de Goiânia/GO explicou que o jornalista pode fazer crônicas e falar com emoção, “mas não deve descambar para a agressão gratuita, desprestígio e humilhação à pessoa humana no momento da narrativa”. Na decisão, a magistrada afirmou, ainda, que Zeca Camargo não havia respeitado o momento do luto do pai, da família, do empresário e dos fãs do cantor.
Diante da decisão, o jornalista interpôs recurso no TJ/GO, pedindo a redução do valor indenizatório. No entanto, a desembargadora Sandra Regina Teodoro Reis, relatora, entendeu que não se deve afastar a indenização por danos morais e nem alterar o valor. Para ela, o jornalista abusou do direito de transmitir informações através da imprensa, “não se atendo a narrar e a licitamente valorar fatos relativos à morte do artista e sua repercussão”.

Jogo do Brasil prejudica audiência das novelas na Globo

Jogo do Brasil contra os EUA consolidou 28 pontos
Na última sexta-feira (07), a Globo se deu o trabalho de estragar a própria audiência do dia. De olho no desempenho da Seleção Brasileira - que, aliás, ninguém deu tanta bola assim -, a emissora carioca exibiu mais cedo toda a programação exibida antes do Jornal Nacional, e ainda deixou para as 23hrs a novela das nove, Segundo Sol, que teve a pior sexta-feira desde a estréia e as chances de bater um novo recorde semanal jogadas no ralo.

Segundo Sol teve menos de 30 pontos
A atual temporada de 'Malhação', Vidas Brasileiras, ganhou um terceiro recorde negativo desde que substituiu Viva a Diferença: 12 pontos. A novela das seis, 'Orgulho e Paixão', consolidou apenas 17 pontos, sendo este seu segundo recorde negativo desde que entrou no ar, em março. A das sete, O Tempo Não Para, bem repercutida nas redes sociais, ficou quatro pontos abaixo da meta. Já a das nove, exibida mais tarde, conseguiu apenas 27 pontos, mas nesse dia, geralmente, costuma marcar entre 30 e 34 pontos.

Orgulho e Paixão conseguiu um recorde negativo pela terceira vez desde a estréia
O jogo do dia, que teve como adversário os Estados Unidos, teve uma repercussão pífia que se deve não somente ao feriado, como também ao descrédito do telespectador no próprio time. Na Copa deste ano, a Seleção passou vexame mais uma vez, assim como há quatro anos, mas desta vez com Neymar sendo o rei da vergonha pelas constantes quedas em campo.

Julia Lemmertz comenta vídeo polêmico de Alexandre Borges


Isto É - A atriz Julia Lemmertz, prestes a voltar à TV com a novela “Espelho da Vida, comentou em entrevista à colunista Marina Caruso, do jornal “O Globo”, a polêmica do vídeo feito em 2016 envolvendo seu ex-marido, o ator Alexandre Borges, no qual ele aparece em uma festa com travestis.
“Eu fecho com o Alê. Achei sacanagem. Ninguém tem nada a ver com a vida dele”, disse ela.
Ela ainda disse que quer proteger sua privacidade, enquanto o mundo virtual permitir. “Não dá mais para tomar um porre ou dançar até cair, que alguém vai filmar e pôr na internet. Isso não é vida”.

“Segundo Sol”: Armadilha traz nova reviravolta à vida de Luzia


RD1 - Sem mais nenhuma dívida com a Justiça, Luzia (Giovanna Antonelli) finalmente vive dias felizes ao lado de Beto (Emilio Dantas) e dos filhos em “Segundo Sol”. As malas já estão prontas para uma temporada em Boiporã com a família quando Remy (Vladimir Brichta) aparece.

Giovanna Antonelli como Luzia em Segundo Sol
Sem ser visto, ele surge para Luzia e levanta a suspeita de que o bebê que ela teve no casebre de Januária (Zeca de Abreu) não nasceu morto. Enquanto deixa a ex-marisqueira bastante atormentada, a ‘ovelha negra’ dos Falcão consegue convencê-la a levantar um bom dinheiro para que ele investigue onde está esse filho, com a condição de que não diga nada a Beto.
Certa de que precisa tirar a história a limpo, Luzia desiste da viagem alegando que precisa resolver uma questão do passado, deixando a família decepcionada. Mesmo desconfiado, Beto dá um crédito de confiança à amada e não interfere em seus planos. Com a ajuda de Cacau (Fabiula Nascimento) e Groa (André Dias), ela consegue a quantia necessária para entregar a Remy.
Estranhando o adiamento da viagem de Luzia com a família, Karola (Deborah Secco) e Laureta (Adriana Esteves) concluem que Remy pode ter contado tudo o que sabe à ex-marisqueira – afinal, ele está com ódio de Karola desde que soube que ela mandou matá-lo – e planejam uma maneira de trazê-lo de volta para o lado delas. Em conversa com Laureta, o malandro exige a metade do dinheiro que Karola desviou de Beto para não contar nada a Luzia e combina encontro num restaurante para receber a bolada. No mesmo horário, ele marca encontro com Luzia em outro local.
Em clima de muita tensão, Luzia espera Remy, enquanto ele segue para encontrar Karola e Laureta. Contando o dinheiro, Remy logo percebe que tem bem menos que o combinado, mas ainda assim fecha acordo com as duas para contar uma outra versão da história para Luzia. Acreditando que o irmão de Beto não vai mais aparecer, a DJ vai embora e decide ir atrás de Karola para tentar tirar a limpo o mistério sobre seu filho. Cheia de fúria, Luzia invade o apartamento da rival e a ameaça para fazer com que ela conte o que sabe. A comparsa de Laureta lança mão do que foi combinado no encontro com Remy: o bebê que ela teve com Beto era uma menina e ela foi dada em adoção.
Muito abalada, Luzia decide voltar para a casa dos Falcão com o objetivo de contar tudo pra eles, quando Remy a aborda na rua e diz que não apareceu no dia do encontro porque estava atrás de sua filha com Beto. Como também ouviu Karola dizer que ela teve uma menina, a DJ cai na conversa do malandro e aceita encontrá-lo num quarto de hotel para conhecer a moça que ele garante ser sua filha.
No local marcado, o tempo passa sem que nenhuma moça apareça e Luzia desconfia de que está sendo enrolada, mas Remy consegue segurá-la por mais um tempo e coloca uma substância no copo com água que entrega para ela beber. A partir daí, Luzia perde os sentidos, até que Beto aparece e flagra seu grande amor na cama, ao lado do irmão morto. Completamente atordoado, ele confronta Luzia, mas ela não consegue se explicar e sai às pressas, apavorada com a possibilidade de ser novamente acusada por um crime que não cometeu.

Divisor de águas
A morte de Remy marca o início de um novo momento na trajetória de Luzia, que dessa vez vai querer dar o troco em suas algozes, Karola e Laureta. “Nossa protagonista não vai ter ares de vilã, mas ficará com sangue nos olhos, desejando vingança a todo custo”, adianta o autor, João Emanuel Carneiro.

Vladimir Brichta como Remy em Segundo Sol
A intérprete de Luzia, Giovanna Antonelli, está animada com a reviravolta da personagem. “É muito bom quando os personagens não seguem por caminhos óbvios. Luzia chega ao seu limite e por isso vai enfrentar quem mexeu com ela. Os dias de tranquilidade de Karola e Laureta estão por um fio”, conta a atriz.
Para Vladimir Brichta, os caminhos que levaram Remy a ter esse destino foram muito instigantes. “Aos poucos ele foi se tornando uma pessoa cada vez mais incômoda em todos os ambientes que passava. Construir essa trajetória foi muito enriquecedor para o meu trabalho”, analisa o ator, orgulhoso do sucesso do personagem e da torcida para que ele não tenha morrido de fato.
“Para mim qualquer coisa acerca dessa trama vai ser surpreendente. Se ele estiver mesmo morto, se aparecer vivo ou se voltar em ‘flashbacks’. Pessoalmente estou muito satisfeito por ter realizado meu trabalho da melhor forma possível”, finaliza Vladimir, já deixando saudades.

Velório de Mr. Catra começará às 21hrs; amanhã será o enterro


A assessoria de imprensa de Mr. Catra avisou que hoje ocorrerá o velório do cantor. O corpo, que está em Guarulhos, na grande São Paulo, irá chegar próximo das 21hrs no Teatro João Caetano, localizado no centro da cidade do Rio de Janeiro. O enterro será amanhã (11) às 10hrs no Cemitério Jardim da Saudade.
Mr. Catra morreu na tarde de ontem (09) aos 49 anos, após lutar por um ano contra o câncer de estômago, adquirido, como o próprio artista dizia, por excesso de álcool. Ele sentia fortes dores no local, e descobriu a doença ao fazer um check-up. O cantor, que começou a carreira artística numa banda de rock chamada O Beco, deixou três esposas e 32 filhos. As informações são do site UOL.

Vingadores - Guerra Infinita: Vilões da Ordem Negra vão ganhar história em quadrinhos


Adoro Cinema - Os Filhos de Thanos (Josh Brolin) podem ter perdido em sua batalha contra os heróis em Vingadores: Guerra Infinita, mas eles não vão desistir. A nova série de HQs, entitulada "The Black Order", trará de volta Cull Obsidian (Terry Notary), que lutou em Nova York contra o Homem de Ferro (Robert Downey Jr.) e o Homem-Aranha (Tom Holland); Corvus Glaive (Michael James Shaw), que tentou roubar a Joia da Mente do Visão (Paul Bettany); e Proxima Midnight (Carrie Coon), morta após uma batalha contra a Feiticeira Escarlate (Elizabeth Olsen), Viúva Negra (Scarlett Johansson) e Okoye (Danai Gurira).
Escrita pelo novelista Derek Landy e desenhado pelo artista Philip Tan, a série de cinco edições apresentará os Filhos de Thanos sem a influência do Titã Louco, já que na linha do tempo dos quadrinhos, ele está morto. As HQs não terão conexão com o Universo Cinematográfico Marvel.
De acordo com um comunicado do editor executivo da Marvel, Tom Brevoort, a Ordem Negra "coloca os cinco em um sangrento, brutal e devastador momento que os colocará contra as forças de todo um Império Galáctico - e onde eles encontrarão alguns rostos familiares da Marvel, bem como alguns novos e malucos ao longo do caminho."
"The Black Order" será lançado nos Estados Unidos dia 7 de novembro.