quarta-feira, 10 de outubro de 2018

#Eleições2018 - Katiuscia Canoro, a Lady Kate do 'Zorra Total', usou filho para sair da fila de votação mais rápido e se deu mal


A atriz/comediante Katiuscia Canoro e uma advogada deram um verdadeiro show enquanto aguardavam a hora de votarem no Colégio Pinheiro Guimarães, na zona sul do Rio. À fim de voltar logo pra casa, a eterna Lady Kate do extinto Zorra Total entrou na fila preferencial junto com o filho, Pepe, de cinco anos, e a advogada, que viu tudo, exigiu que a tirassem da fila, afinal, o menino não é mais um bebê!
Segundo o jornalista Léo Dias, foi uma tremenda discussão entre elas, e só foi encerrada graças aos mesários, que ameaçaram prender a advogada e mandaram Katiuscia voltar para o final da fila. Que vergonha, hein, Lady?

Atriz de Orange is the New Black foi tirada do armário por colega de elenco: “Chorei muito”


Observatório do Cinema - Samira Wiley, de Orange is the New Black, é abertamente lésbica, mas a revelação de sua sexualidade saiu pela boca de outra pessoa.
Falando ao podcast Nancy sobre a experiência, Wiley revelou que um membro do elenco da série acabou soltando a informação em uma entrevista, sem seu conhecimento ou consentimento.
“Alguém do elenco, na verdade, durante a entrevista em que falavam sobre membros do elenco que eram gays, e eles mencionaram meu nome e eu vi na publicação e chorei”, revela Wiley.
“Eu chorei muito. E tipo, eu tentei tirar do ar. Eu tinha uma jornada. Eu não fui sempre tão aberta, mas, sabe, é. Mais especificamente, isso é algo que alguém tirou de mim. Você deve poder sair do armário em seus próprios termos, então isso provavelmente foi um pouco mais profundo”, continua a atriz.
“Eu não estava assumida no começo e eu acho que me apaixonar por Poussey, o que é uma coisa que realmente aconteceu comigo, me ajudou a me apaixonar por mim mesma também”, acrescentou.
“Eu acho que se eu não estivesse interpretando essas personagens, eu me pergunto como seria minha própria jornada de orientação sexual, como eu a abraçaria, como eu andaria pelo mundo se eu não tivesse abraçado essas personagens que eu fui”, completou Wiley.
Todas as temporadas de Orange is the New Black estão disponíveis no catálogo da Netflix.

Bolsonaro comenta morte de capoeirista na Bahia: 'Lamento, um excesso’


G1 - O candidato à Presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro, disse nesta terça-feira (9) que o homem suspeito de esfaquear e matar um mestre de capoeira na Bahia cometeu um excesso. Bolsonaro lamentou o episódio e afirmou que não tem nada a ver com o caso, pois não tem controle sobre seus apoiadores.
“Pô, cara! Foi lá pergunta essa invertida... quem tomou a facada fui eu, pô! O cara lá que tem uma camisa minha, comete lá um excesso. O que eu tenho a ver com isso? Eu lamento. Peço ao pessoal que não pratique isso. Eu não tenho controle sobre milhões e milhões de pessoas que me apoiam”, disse o candidato, adversário de Fernando Haddad, candidato do PT, na corrida presidencial.
Segundo Bolsonaro, há violência e intolerância vindas dos simpatizantes de seu adversário. “A violência veio do outro lado, a intolerância veio do outro lado. Eu sou a prova, graças a Deus, viva disso aí”, disse.

Prisão preventiva
Em Salvador, a Justiça decretou a prisão preventiva de Paulo Sérgio Ferreira de Santana, de 36 anos, suspeito de matar o mestre de capoeira Moa do Katendê, durante uma discussão política na madrugada de segunda-feira (8). A decisão foi do juiz Horácio Pinheiro.
O suspeito será encaminhado para o sistema prisional, onde vai aguardar o julgamento. Paulo confessou o crime, mas negou que o motivo da agressão tenha sido político. Ele disse que foi ofendido.
Romualdo Rosário da Costa, mais conhecido como mestre Moa, de 63 anos, foi esfaqueado após dizer ao suspeito do crime que era contra o candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) e que tinha votado no PT.
O compositor, dançarino capoeirista, ogã-percussionista, artesão e educador na propagação da cultura afro-brasileira completaria 64 anos no dia 29 de outubro. Seu primo, Germínio do Amor Divino Pereira, 51 anos, que ficou ferido no mesmo ataque, teve alta nesta terça.
Sob muita comoção e em meio a várias homenagens, Moa do Katendê foi enterrado no final da tarde de segunda-feira, no Cemitério Quinta dos Lázaros, na capital baiana.

#TBW - "Quelqu'un M'a Dit", de Carla Bruni, um dos temas da novela Belíssima


É uma canção escrita pela cantora franco-italiana Carla Bruni para seu álbum homônimo, que entrou em circulação em 08 de abril de 2003 e vendeu mais de 2 milhões de cópias pelo mundo. Quelqu'un M'a Dit entrou na trilha sonora da novela das oito Belíssima (2005), a atual reprise do Vale A Pena Ver de Novo, para ser tema da personagem Érica, interpretada por Letícia Birkheuer.
Também foi inclusa na trilha sonora da bem sucedida Império, novela das nove escrita por Aguinaldo Silva e transmitida há quatro anos.

Aos 20 anos, filho de Catra espera quarto filho e dispara: "Vou passar meu pai"


Quem - Mr. Catra deixou saudade, mas seu legado permanece cada vez mais forte em seus filhos (32 no total). E dois deles estiveram, na noite de terça-feira (9), na edição 2018 do Prêmio Sexy Hot, o "Oscar do pornô brasileiro".
Além de MC Juninho, que falou a QUEM sobre a homenagem ao pai, o também funkeiro MC Fernandinho, de 20 anos, bateu um papo divertido sobre o legado de Catra e como isso tem sido gratificante para fortalecer ainda mais a família.
"O que meu pai sempre passou pra gente é que a união é tudo. Nós somos muitos e a união é a força, a essência da vida. Humildade é a essência e é isso que quero passar pra todos: irmãos, filhos, fãs...", explicou Fernandinho. "Eu e minha família estamos ainda mais unidos depois da morte do meu pai. Ele não ia gostar da gente triste. Era o rei da putaria!", disse Fernandinho, bem-humorado.
Com apenas 20 anos e pai de quatro filhos. "Eles têm 4, 3 e 2 anos, e tem um que ainda não nasceu", explicou ele, que pretende aumentar muito mais a prole. "São quatro filhos e estou partindo para o quinto, sexo, sétimo, oitavo, nono, e vou passar meu pai, porque legado não pode acabar! E a gente está nessa vida pro que der e vier", finalizou o cantor.

Jornal Nacional da Globo viraliza na internet com funcionária falando #EleNao nos bastidores


Veja São Paulo informa que não foi apenas Jair Bolsonaro que chamou atenção no Jornal Nacional desta segunda (8): o telejornalístico da TV Globo também deu o que falar ao mostrar um momento inusitado dos bastidores da atração comandada por William Bonner e Renata Vasconcellos, que é transmitida ao vivo.
Os âncoras de Jornal Nacional tinham acabado de chamar o intervalo comercial quando as câmeras do telejornal exibiram o momento em que uma funcionária aparece fazendo um “não” com a mão e levantando-se de uma cadeira, aparentemente alterada.
Na internet, o momento inusitado dos bastidores chamou atenção dos telespectadores.

#AFazenda - Rafael Ilha relembra época em que era drogado


O repórter Rafael Ilha, que também é músico e ator, relembrou durante uma conversa com outro confinado, Aloísio Chulapa, seu vício em drogas e o medo de que seu filho, nascido em 2003 e fruto de seu casamento com Fabiana Garcia, viesse com alguma deficiência por isso.
O ex-membro da banda Polegar revelou que era viciado em crack, chegando até a fumar 70 pedras por dia. No ano passado, quando foi entrevistado por Fábio Porchat em seu programa, ele revelou que chegou a morar nas ruas e passou 13 anos sofrendo com o vício. As informações são do site UOL.

Patrícia Abravanel está à espera de terceiro filho


A apresentadora Patrícia Abravanel está grávida mais uma vez em menos de um ano. No começo de 2017, deu à luz Jane, e agora está à espera de um menino, previsto para nascer em abril do próximo ano. Ela também é mãe de Pedro, de quatro anos. O pai dos meninos é o deputado Fábio Faria.
A filha #4 de Sílvio Santos dará à luz o 12º neto do apresentador e dono do SBT. A família Abravanel é extensa: conta com seis mulheres (além de Patrícia, há Cíntia, Sílvia, Daniela, Rebeca e Renata), 11 netos (Lígia, Tiago, Vivian, Luana, Amanda, Gabriel, Manoela, Pedro, Lucas, Nina e Jane) e dois bisnetos (Miguel, Davi e Matheus). As informações são do site Quem.

Trump gosta ‘25% menos’ de Taylor Swift, após cantora apoiar democrata


VEJA - O presidente americano, Donald Trump, afirmou que gosta “cerca de 25% menos” da música de Taylor Swift, após ela apoiar o candidato democrata do Tennessee Phil Bredesen para o Senado. Em um texto compartilhado no final de semana através da sua conta no Instagram, em que acumula mais de 112 milhões de seguidores, a cantora pop falou sobre política pela primeira vez publicamente.
Taylor criticou duramente a candidata republicana Marsha Blackburn e declarou que votará nos democratas Bredesen e Jim Cooper. “Não posso votar em alguém que não está disposto a lutar por dignidade para TODOS os americanos, indiferente da cor da pele, gênero ou quem eles amam”, justificou.
Trump foi questionado, na segunda-feira, sobre a publicação e declarou aos repórteres na Casa Branca: “Tenho certeza que Taylor Swift não sabe nada sobre Blackburn”. “Vamos dizer que eu gosto da música de Taylor cerca de 25% menos agora, ok?”, acrescentou o presidente, mostrando um sorriso irônico.
O presidente já mencionou a cantora pop algumas vezes na sua conta do Twitter. “Fico feliz em saber que Taylor Swift será coapresentadora do especial do Grammy em 5 de dezembro. Taylor é ótima!”, escreveu na rede social em outubro de 2012. Em agosto do mesmo ano, ele ainda declarou, dirigindo-se a ela diretamente: “Obrigado pela linda foto – você é fantástica!”.
Eleitores
A postagem de Taylor Swift sobre as eleições de meio de mandato de novembro também obteve repercussão entre o público. A organização não governamental responsável pelo site Vote.org, que disponibiliza informações relevantes para os eleitores americanos, como datas ou formulários de registro, divulgou o aumento de assinantes desde o final de semana.
Na segunda-feira, a plataforma recebeu mais de 65.000 registros no período de 24 horas, de acordo com o site americano BuzzFeed News. Em todo o mês de setembro, foram realizados 190.178 registros, enquanto em agosto, o número foi de apenas 56.669.
O resultado foi ainda maior no estado do Tennessee, onde Taylor passou grande parte da adolescência e ainda é eleitora. O site recebeu até o momento 5.183 registros – sendo que ao menos 2.144 destes nomes foram adicionados nas últimas 36 horas. Já em setembro, esse dado foi de apenas 2.811, e em agosto, 951.

(Com Agência France-Press)