sexta-feira, 16 de novembro de 2018

Emilio Dantas muda completamente o visual após fim de 'Segundo Sol'


Caras - Emílio Dantas, intérprete de Beto Falcão em Segundo Sol, também entrou para o time dos atores que mudaram o visual após o final da novela.
O global deu adeus ao visual do cantor baiano adotado na trama e apareceu com um visual bem diferente. Ele abriu mão dos fios maiores e da barba, e surgiu com o cabelo raspado e mantendo apenas o bigode.
O responsável pela mudança foi o profissional Fernando Cannavaro. O novo look foi divulgado no Instagram da Barbearia do Marquês, localizada no Rio de Janeiro. "Recebemos a visita do brother Emílio Dantas, que veio dar um tapa no visu e dar adeus a seu personagem Beto Falcão da novela Segundo Sol com nosso barber Fernando Cannavaro", escreveram na legenda.
Mas Emílio não foi o único a mudar o visual após o final da novela das 21h, que deu lugar a O Sétimo Guardião. Danilo Mesquita, intérprete de Valentim, também optou por um cabelo bem curtinho, e Letícia Colin, que vivia a personagem Rosa, surgiu com os fios ruivos.


Otaviano Costa estreia novo programa de auditório em 2019

Estadão - Ele é um daqueles artistas que têm no currículo uma infinidade de trabalhos. Incansável e sempre com um sorriso espontâneo no rosto, Otaviano Costa agora completa sua vasta carreira, atingindo o ambicionado ponto máximo com a oportunidade de brilhar novamente como apresentador. Agora, porém, em um programa só seu: será a partir de 5 de janeiro, quando estreia na Globo o Tá Brincando, com direção geral de Adriano Ricco e roteiro final de Raquel Affonso. Será exibido nas tardes de sábado prometendo diversão e emoção para os participantes e o público.


Feliz com essa nova empreitada, Otaviano afirma que “a ideia era ter um programa de auditório para conversar com meu público de forma ampla e irrestrita, popular”. E era esse tipo de atração que o ator, jornalista, locutor, radialista, dublador e apresentador esperava conseguir desde que percebeu sua veia artística. Isso aconteceu ainda na adolescência, quando saiu de Cuiabá, aos 14 anos, decidido a ser jogador de vôlei. O desvio na trajetória veio logo, quando conseguiu entrar para o time de uma rádio, iniciando um trabalho intenso, mas recheado de bons frutos.
Nessa nova fase, Otaviano vibra ao falar do programa e conta como tudo começou. “Contamos com uma grande pesquisa, que nos mostrou qual caminho tomar até chegarmos ao intergeracional”, conta, referindo-se ao formato do Tá Brincando, que terá uma disputa entre gerações: jovens, entre 20 e 35 anos, serão desafiados por um grupo de formado por pessoas inspiradoras, na faixa dos 60 anos. “Descobrimos um formato inglês, no qual um seleto grupo de senhoras e senhores acima de 60 anos de idade, com grandes habilidades físicas e mentais (alguns até já foram campeões em alguma modalidade), forma nosso time master, que será desafiado pelos mais jovens”, explica. E, ao final de cada disputa, “os jovens desafiantes podem até ganhar uma grana”. As competições podem ter provas físicas ou testes de conhecimento sobre assuntos variados, como TV e música. 

Gerações
“Essa rapaziada vai disputar com nomes como de Ubiraci da Costa, o Biriba, de 73 anos, que foi um craque no tênis de mesa, ou com o ex-jogador de futebol Edinho, 63 anos, que ficou conhecido como Máquina Tricolor nos anos 1970, ou ainda enfrentar o cantor Sidney Magal, 68 anos, em prova de conhecimento musical”, conta Otaviano. Mas não será apenas de nomes conhecidos que o programa será formado, como explica o apresentador. “Teremos também personagens comuns, como uma senhora que é craque em cross fit, ou com um senhor alemão, de 65 anos, que mais parece um moleque”, conta, reforçando que a ideia principal da atração é proporcionar uma forma diferente de ver e levar a vida.
Otaviano esclarece que não há muito o que reinventar em conceito para um programa de auditório, “mas o diferencial está no acabamento dado ao formato, o que fará tremenda diferença”, diz. “Estamos fazendo um programa raiz, pensado para divertir e emocionar o telespectador.” Ele frisa ainda que “essa forma de unir gerações, resultando em um produto intergeracional, é inovadora”.
O programa, na verdade, tem mais atrações. “Como o quadro em que vou para a rua conhecer pessoas que aparentemente têm uma vida pacata, homens e mulheres com mais ou menos 60 anos, mas que, por trás dessas figuras aparentemente tranquilas, existe algo muito radical que elas praticam”, conta Otaviano, que espera surpreender (e também ser surpreendido) ao ser desafiado por esses personagens e seus hobbies inusitados. “Certamente ficarei surpreso, pois não saberei com antecedência do que se trata, mas vou encarar essa adrenalina.”
Em outro ponto do programa, o público vai acompanhar o retrospecto de algum desses personagens, exibindo o que viveram ou não, explica o apresentador, revelando ainda que terá atrações internacionais no palco, participando dessa troca geracional. “Será uma arena, um grande circo de talentos.”
Até chegar a esse tão sonhado momento, Otaviano Costa já demonstrou seu ecletismo, podendo fazer de tudo – e bem. Depois de passar por outras emissoras, ele participou de dois momentos importantes dentro da Globo. “Em 1997, entrei para o programa do Fausto (Silva), mas já deixava claro que eu queria ser apresentador. O que tinha no momento, porém, era comandar as pegadinhas e depois ser repórter.” E foi o mesmo Fausto Silva que conseguiu para Otaviano sua primeira oportunidade no comando de um programa. “Em 1999, o Luciano Huck estava trocando a Band pela Globo e seu lugar ficaria vago”, relembra. “Sabendo que eu queria muito ser apresentador, Fausto indicou meu nome para o comando da Band, e lá fui eu.”
De volta para a Globo, em 2011, Otaviano lembra, com orgulho, de ter iniciado os trabalhos fazendo novelas, mas sempre deixando evidente o objetivo de retomar seu lado comunicador. Em 2013, chegou ao Vídeo Show, no qual ficou cinco anos, período marcado por mudanças positivas no programa. E, em 2013, entra para o seleto grupo da nova versão da Escolinha do Professor Raimundo, interpretando Ptolomeu, personagem que volta a fazer na nova fase da atração, cuja estreia acontece no dia 25.

Assassino de John Lennon revela por que usou 'balas de ponta oca' para matar o ex-Beatle


Metro Jornal - Mark David Chapman vai entrar para a história como assassino. Não há dúvidas sobre isso. Nada menos que o assassino que tirou a vida de um dos maiores músicos do século passado: John Lennon.
Em 8 de dezembro de 1980, Mark David Chapman assassinou o ex-Beatle John Lennon, em Nova York. Foram cinco tiros e quatro atingiram o corpo da vítima, que morreu a caminho do Hospital Roosevelt.
De acordo com o Infobae, o autor do assassinato foi preso imediatamente. Chapman ficou no local observando o ocorrido e segurando a arma. Naquela tarde, Lennon havia autografado para seu próprio assassino um exemplar de “Double Fantasy”, seu último álbum.

Chapman foi condenado à prisão perpétua. Ele começou a pedir liberdade condicional depois de cumprir 20 anos de sentença. Desde então, ele pede esse benefício todos os anos. Este ano foi a última vez que ele fez isso e obteve o pedido negado novamente.
Durante esta audiência, o assassino de Lennon teve que contar como decidiu acabar com a vida do artista. Foi então que Chapman revelou que usou uma munição especial para garantir que o ex-Beatle morresse e não sofresse.
“Carreguei essas balas para ter certeza de que ele fosse morto”, disse Chapman ao conselho se referindo as munições de ponta oca, também conhecidas como “Dundum”. Esse tipo de munição se deforma ou estilhaça ao encontrar o corpo da vítima, aumentando o diâmetro da lesão e causando um efeito mais letal.
“Fiquei preocupado que ele não sofresse”, confessou. Além disso, o assassino revelou que ficou com remorso imediatamente e até hoje se sente perseguido.
O relatório da autópsia Medical Examiner de Nova York County dia datado a seguir mostra a causa da morte como múltiplos ferimentos de bala no ombro e peito esquerdo, pulmão esquerdo e da artéria subclávia esquerda, interna e sangramento externo.
Em 2010, a New Musical Express publicou trechos da transcrição de uma audiência do criminoso em que ele explicava seus motivos para matar Lennon:
“Não estava pensando com clareza. Tive uma horrível decisão de acabar com a vida de outro ser humano por razões egoístas. Pensava que se matasse John Lennon eu me tornaria alguém, e ao invés disso, tornei-me um assassino, e assassinos não são ninguém”.

Após batalha do filho contra o câncer, Michael Bublé volta à ativa e comenta novo emocionante álbum


Caras - Michael Bublé se afastou definitivamente da carreira nos últimos anos para se dedicar exclusivamente ao tratamento de seu filho Noah contra um câncer.
O filho de Luisana Lopilato foi diagnosticado quando tinha apenas 2 anos de idade. O pequeno começou o tratamento depois de alguns meses de exame, e passou por processos de quimioterapia e coquetel de medicamentos para conseguir erradicar o tumor.
Em recente entrevista ao Loose Woman, Bublé entregou que está pronto para voltar ao trabalho e seu novo álbum, chamado Love, foi feito em homenagem à batalha de seu herdeiro.
"Eu acho que todo mundo sabe o que a minha família passou, e tudo foi obviamente incrível e pesado. No momento em que meu filho estava bem e minha família tentando seguir em frente e se curar, eu senti simplesmente em alguns momentos eu me tranquei do mundo e pensei. Honestamente, eu sei que tem muita gente lutando e eu não quero levar isso tudo para o lado negativo", comentou o músico.
Sobre seus novos projetos, ele aproveitou para agradecer todo o suporte que recebeu de seus fãs. "Eu fui abençoado por amar a música e sou grato por toda a empatia e suporte que minha família recebeu. Eu queria colocar algo lindo junto, para que as pessoas pudessem rir, chorar e fazer bebês", contou.
A terceira filha do casal, Vida, chegou ao mundo no dia 25 de julho, e ele garantiu: ''Eu gostaria de levar todo o crédito pela minha linda bebê. Minha mulher é uma das mulheres mais esteticamente belas do mundo", disse.

Lorde entrega performance emocionante e honra título de futuro do pop


Caras - A última vez que Lorde subiu ao palco no Brasil foi em 2014, no Festival Lollapalooza, mesmo com um repertório reduzido, conduzido somente pelo grande álbum Pure Heroine, lançado em 2013.
Para a alegria dos fãs da cantora, ela retornou ao país e se apresentou na quinta-feira, 15, no Popload Festival, em São Paulo, no Memorial da América Latina. Ansiosos com a apresentação da promessa do pop, os admiradores da neozelandesa enfrentaram um dia bem ensolarado e composto também por grandes pancadas de chuva.
Para apresentar ao vivo seu segundo álbum Melodrama, que tem importante papel neste seu amadurecimento como artista, Lorde surgiu com um look vermelho esvoaçante.
A vontade no palco e repleta de saudade do país, a cantora arrancou suspiros da plateia ao som de Sober e Homemade Dynamite.
“Sentimos falta do Brasil, vocês não fazem ideia. Vocês querem dançar, São Paulo?”, provocou antes do hit Tennis Court, que abre o álbum que a lançou no mundo artístico.
Entre conversas e trocas de carinho com o público, a cantora apostou em um momento mais intimista e cantou Writer in the Dark e Liability, também do novo álbum. Segurando perfeitamente bem o peso de ser o headliner da noite, a artista retomou a energia frenética do show com Sober II (Melodrama) e Supercut.
Deixando os fãs animados, veio a tão esperada Royals, música que a deixou conhecida como a promessa musical.
Para fechar a noite, Lorde apostou na balada de Green Light e com isso, mostrou que de promessa, passou a ser a certeza de uma artista completa, que dança, canta e conquista a plateia.
O festival contou também com shows da banda MGMT, Blondie, Death Cab For Cutie, At The Drive In, entre outras atrações.

Bruna Marquezine flagra momento de arrepiar em show de ex-apresentadora do 'Bom Dia & Cia'


Caras - Bruna Marquezine tem uma vida agitadíssima, cheia de eventos e trabalhos profissionais, mas tirou a quinta-feira, 15, para dar uma aliviada na mente com o show de Priscilla Alcântara.
A ex-apresentadora do programa infantil Bom Dia & Cia, do SBT, apostou na carreira gospel e tem se destacado entre as cantoras jovens do momento. Quem pôde confirmar isso foi a própria Bruna, que filmou um pouquinho da performance da amiga e postou no Instagram.
Os pedacinhos da apresentação captados pela ex-namorada de Neymar Jr. emocionaram os fãs de ambas as artistas e arrepiaram a maioria dos internautas que os assistiram, pois o lugar estava bem cheio e todos cantaram a música junto com a vocalista.
No Twitter, seguidores vibraram com a foto em que elas duas surgiram juntas logo após o show no Rio de Janeiro. 
Priscilla iniciou na mídia ainda quando era criança e trabalhou ao lado de Yudi Tamashiro (famoso pelo funk do Yudi).

Confira os cliques:


O Tempo Não Para: Samuca confronta o seu pai: “Por que foi que você largou a minha mãe, abandonou a gente?”


Observatório da Televisão - Nos próximos capítulos de O Tempo Não Para, Samuca (Nicolas Prattes) questionará o pai, Livaldo (Nelson Freitas), em relação ao seu abandono no passado. “Por que foi que você largou a minha mãe, abandonou a gente?”, questionará o filho de Carmen (Christiane Torloni). “Samuca… tem coisas que a gente não consegue explicar”, acrescentará Livaldo, mas querendo se esquivar dos questionamentos do filho. “Eu imagino… como é que um cara se manda e deixa um filho de menos de um ano de idade? Um bebê!”, acrescentará Samuel, ainda com mágoa do pai. Mas Livaldo tentará se entender com o jovem. “Perdão”, pontuará o malandro. “Você tinha que pedir perdão pra minha mãe… Ela é que teve que ficar no seu lugar. Pode começar a falar… Você teve 20 anos pra fazer isso, mas preferiu fugir”, concluirá Samuel, mas já sem paciência.

Nicolas Prattes na novela O Tempo Não Para
Sem perdão
Logo depois, Livaldo afirmará ao empresário, que ele é um covarde e que não merece o perdão de seu filho. “Pode me bater. Vai lá… eu mereço. Eu sou um covarde”, acrescentará Livaldo, se fazendo de vítima. “Não… a minha mãe já fez isso”, sentenciará Samuca, se referindo ao tapa que Carmen deu no cafajeste. “Samuca… eu só tenho que te dizer o seguinte: eu fui obrigado a fazer o que eu fiz… a sumir. E eu sempre te acompanhei a distância. Sempre tive muito orgulho do cara legal que você se tornou. Eu pensava em você todos os dias”, concluirá o malandro sem caráter. Mas Samuca ficará sem reação, e pedirá tempo ao seu pai. “É melhor eu ir embora… amanhã a gente se fala”, finalizará Samuca, já de saída. Livaldo começará arquitetar o seu plano: o de destruir Samuca e sua empresa.
O Tempo Não Para é uma novela escrita por Mario Teixeira, com colaboração de Bíbi Da Pieve, Marcos Lazarini e Tarcísio Lara Puiati, com direção artística de Leonardo Nogueira e direção geral de Marcelo Travesso e Adriano Melo.

Modelo é encontrada morta nos EUA


A modelo Kim Porter veio à óbito nesta quinta-feira (15) aos 47 anos. De acordo com as informações divulgadas pelo site TMZ, Kim não estava se sentindo muito bem na noite anterior e por isso foi dormir mais cedo, e não respondeu quando os familiares foram acordá-la.
Kim, que deixa três filhos, estava lutando contra uma gripe ou pneumonia, possivelmente contraída durante uma viagem que ela fez para a África. Em sua casa, nenhuma droga ilícita foi encontrada, e os peritos ainda estão averiguando a causa da morte.

Globo quer tirar Marcos Mion e Fábio Porchat da Record


A Globo resolveu atacar a concorrência, e desta vez, foi mexer com a Record! Disposta a reforçar seu time, a emissora carioca quer de volta os apresentadores Fábio Porchat, que não aparece lá desde 2013, quando ainda estava no seriado A Grande Família, e Marcos Mion - este, então, desde 1999, quando fez o seriado Sandy & Junior.
Somente a saída de Porchat é certa, pois o mesmo notificou a emissora de Edir Macedo que iria terminar seu vínculo um ano antes do previsto devido à diversas queixas sobre a censura sofrida pelo seu programa. Já o contrato de Mion vence na virada deste ano, e há dúvidas se ele irá renovar ou não, pois ele se mostra ressentido pelo cancelamento do programa Legendários.
Caso se destinem à emissora com mais audiência do país, Porchat deverá fazer qualquer projeto voltado ao humor, enquanto Mion, que teve seu contrato renovado há três anos, deverá continuar na mesma função de sempre. As informações são do site Notícias da TV.

Apresentadora Glenda Kozlowski deixa a Globo após 22 anos


Isto É - Após 22 anos trabalhando na Globo, a apresentadora Glenda Kozlowski deixará a emissora e retornará para o SporTV, de acordo com a jornalista Patrícia Kogut, do jornal O Globo. A mudança faz parte da renovação da Globo na área do jornalismo.
Glenda começou a carreira na televisão em 1992, no SporTV. Quatro anos depois, ela migrou para a Globo, onde apresentou diversos programas esportivos e cobriu eventos importantes, como Copas do Mundo e Olimpíadas. A partir de 2019, ela apresentará o programa Tá Na Área, com Fred Ring.
Para substituir Glenda no Esporte Espetacular, da TV Globo, a informação é de que Bárbara Coelho vai apresentar a atração ao lado de Felipe Andreoli.

Larissa Manoela é a mais nova contratada da Netflix


A atriz e cantora Larissa Manoela vai dar mais um passo em sua carreira. Sem querer saber de comodismo e à fim de expandir seus horizontes, assinou um contrato com a Netflix e fez o anúncio em sua conta pessoal do Instagram. "Amanhã embarco pra Los Angeles para concretizar mais um sonho! Que alegria poder compartilhar com vocês mais uma das minhas vitórias!", escreveu Larissa, entusiasmada, na legenda da foto abaixo.
A Netflix, cuja sede se localiza na Califórnia, já disponibilizou alguns trabalhos da atriz, como 'Meus 15 anos' e os dois filmes da franquia 'Carrossel'. Agora não se sabe uma coisa: será que, para assinar o contrato da Netflix, ela precisou se desvincular do SBT? Vale lembrar ainda que Larissa ainda atua na novela 'As Aventuras de Poliana', exibida desde maio.



Dia de tbt e com essa foto só me vem uma coisa na cabeça: quem diria que os sonhos dessa menininha aí, iriam ultrapassar fronteiras. Desde o início da minha carreira, alguns anos depois dessa foto, mesmo pequena, sempre tive consciência de que queria alcançar muito mais além do que aquilo que no momento eu já tinha. Eu sabia que não seria fácil, mas minha vontade de conquistar o meu espaço já era de gente grande mesmo tendo apenas 4 anos! E foi sonhando, lutando, acreditando que eu fui conquistando! Sempre entendi que tudo tem seu tempo e que Deus tão maravilhoso planeja as coisas de forma perfeita, pra acontecer quando tem que acontecer. E sempre com o pé no chão, cabeça focada e seguindo o meu caminho eu conquistei, conquisto e ainda quero conquistar. Minha base é Deus, meu porto seguro, meus pais! E pros meus sonhos esse mundão é pequeno. Amanhã embarco pra Los Angeles para concretizar mais um sonho! Que alegria poder compartilhar com vocês mais uma das minhas vitórias! Logo mais vocês me verão no catálogo da Netflix e vai ser um prazer imenso ❤️ Brigada a todos que sempre torceram e torcem por mim! Você é o que escolhe ser e eu escolhi sonhar, trabalhar e conquistar! To até agora como essa foto...”de boca aberta”🤣 @netflix to chegandoooooo!!!
Uma publicação compartilhada por Larissa Manoela (@larissamanoela) em