segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

Satélite russo registra fenômenos físicos desconhecidos na atmosfera da Terra

Jornal do Brasil - O telescópio de raios ultravioleta instalado no satélite russo Lomonosov, lançado em 2016, detectou fortes "explosões" de luz de origem desconhecida na atmosfera da Terra, disse à Sputnik Mikhail Panasuk, diretor do Instituto de Física Nuclear da Universidade Estatal de Moscou.


"Parece que descobrimos novos fenômenos físicos […] Ainda não sabemos qual a sua natureza", revelou o cientista.
Ele explicou que, a uma altura de várias dezenas de quilômetros, o satélite Lomonosov registrou várias vezes fortes "explosões" de luz, embora por baixo não houvesse nem nuvens nem tempestades.
"O que causou a 'explosão'? É uma questão em aberto", disse Panasuk.
Ao mesmo tempo, o físico falou sobre e existência de outros fenômenos luminosos na atmosfera terrestre, alguns dos quais são bastante conhecidos, são os chamados sprites, descargas elétricas que ocorrem na mesosfera e termosfera, e os elves, emissões de luz na parte superior de uma nuvem de tempestade.
O cientista acrescentou que registrar os raios cósmicos de altas energias por meio dos dispositivos do satélite não é uma tarefa fácil, devido à poluição luminosa.
Ele sublinhou que o telescópio capta as luzes artificiais urbanas, o que obviamente impede identificar vestígios de raios espaciais.
"O satélite regista fenómenos luminosos de origem artificial, mas aprendemos a distinguir os fenômenos naturais que precisamos", acrescentou Panasuk.
O satélite autônomo russo Lomonosov da Universidade Estatal de Moscou foi colocado em órbita terrestre em 2016. O aparelho foi projetado para observar fenómenos transitórios na atmosfera superior da Terra bem como estudar as características de radiação da magnetosfera do planeta para estudos cosmológicos.

#BackTo1990s - Edmon Costa, cantor carioca que caiu no ostracismo


Quem vivenciou os anos 1990, talvez deva se lembrar da voz do cantor Edmon Costa, que fez muito sucesso, principalmente devido a algumas de suas músicas irem parar em telenovelas produzidas pela Rede Globo, líder absoluta de audiência na época. A última aparição de Edmon foi na terceira temporada do reality show The Voice Brasil, exibida há quatro anos.

Capa do bem sucedido álbum Edmon, lançado em 1995
Trilhas sonoras que tiveram músicas de Edmon Costa no repertório
Foi em 91 que Edmon começou a engatar sua carreira artística. A música Coração de Gelo foi tema de 'O Dono do Mundo', de Gilberto Braga, e tocava nas cenas do empresário Herculano, um dos personagens principais vivido por Stênio Garcia. Dois anos depois, teve Toda Noite como um dos temas de 'Olho no Olho', de Antônio Calmon, embalando as cenas da bailarina Dominique (Danielle Winits) e Sebastião (Fernando Almeida), seu admirador.
Capa do single Toda Noite

Fez parceria com a cantora Rosana, conhecida até hoje por cantar O Amor e o Poder (aquela que tem a frase Como uma deusa você me mantem!) e com quem lançou Se Eu Me Apaixonar, versão de When I Fall In Love, de Nat King Cole, presente em Quatro Por Quatro, de Carlos Lombardi.
Em 1995, o telespectador ouvia Tocar Você na abertura do folhetim das sete Cara & Coroa - também de Antônio -, sendo este o último que teve uma música sua na trilha.

Capa do single Tocar Você

Antes de sumir do mapa, Edmon lançou dois álbuns de estúdio: Edmon, que teve todos esses hits juntos - com exceção de Coração de Gelo -, e Edmon Costa, sendo o primeiro pelos selos Mercury e Polygram e o outro pela Indie Records.

Nasce segundo filho de Richard Gere

O ator estadunidense Richard Gere é pai pela segunda vez aos 69 anos! A terceira esposa do famoso, Alejandra Silva, de 36 anos e nacionalidade espanhola, deu à luz um menino em Nova York, nos EUA. Os dois tiveram filhos antes de se casarem: Homer, de 18 anos, fruto do relacionamento de Richard com Carey Lowell, e Albert, de seis anos, de Alejandra e Govind Freidland. A identidade do menino ainda não foi revelada.

Richard Gere e Alejandra Silva

SBT se “aproveita” da recaída de Léo Dias e reprisa programa onde ele fala de sua luta com o vício em cocaína


Diário do Centro do Mundo - Segundo o colunista Ricardo Feltrin, no UOL, numa atitude que pode ser considerada bastante oportunista e pouco sensível, o SBT decidiu reprisar o “Conexão Repórter” que Roberto Cabrini fez com o apresentador Léo Dias no ano passado.
Na semana passada o apresentador teve uma recaída nas drogas após curto tratamento. Ele se afastou temporariamente da apresentação do “Fofocalizando”. O assunto virou notícia em todo o país.
Em outubro de 2018 o “Conexão” com Léo foi ao ar no SBT. Importante dizer: foi um dos programas mais emocionantes exibidos na TV nos últimos anos. Bem-feito, não apelativo, didático, enfim, excelente conteúdo ao telespectador.
Cabrini mostrou a luta de Léo contra o vício em cocaína, que havia se agravado nos meses anteriores. E como ele estava tentando se reerguer.
O principal fornecedor de conteúdo do “Fofocalizando” estava então fazendo uma tentativa de tratamento com ibogaína, uma droga (feita com uma plantas africana) que vem sido usada com adictos em crack e cocaína com relativo sucesso.
Léo chegou a ficar cerca de cinco meses “limpo” até recair.

Carla Diaz protagoniza campanha contra assédio às mulheres no Carnaval


Caras - Carla Diaz foi responsável por encenar um ensaio fotográfico de tamanha expressividade. Visando a chegada do Carnaval, a atriz reforçou a importância do respeito com as mulheres durante as datas festivas. Com imagens fortes e impactantes, a estrela surge nua, com o corpo coberto por purpurina e com frases de efeito escritas em preto, como: “Não é Não” e “Respeita as Minas”.
A jovem, de 28 anos, foi clicada pelo profissional Vinícius Mochizuki, que teve a ideia de transmitir de uma forma bem séria um debate um tanto quanto polêmico, que é o assédio na época da folia. Em uma entrevista ao GShow, a celebridade, que ficou conhecida por sua participação na trama O Clone, quando deu vida à Khadija, comentou sobre algumas situações que já presenciou nos dias de Carnaval.
Grande adepta da comemoração, a atriz faz parte de uma agremiação carioca, a Acadêmicos do Grande Rio e, todo ano, costuma fazer ensaios para mostrar um pouco do que os fãs podem esperar dela na Sapucaí, porém, em 2019, ela resolveu mudar o enfoque e trabalhar uma questão bem importante, o respeito!
"Todo ano gosto de fazer um ensaio de Carnaval diferente, mas neste, ao invés de mostrar uma fantasia maravilhosa, pensei em focar em questões mais relevantes, como respeito ao próximo e a igualdade", disse a beldade, durante a entrevista.
A estrela, que atualmente está no ar com a personagem Gigi, na novela global Espelho da Vida, revelou que já foi vítima de uma situação assustadora e depois disso acabou tendo um aprendizado. Segundo ela, as mulheres não devem ficar caladas e muito menos abaixar a cabeça para a falta de respeito.
"Quem nunca passou por isso? Só que cada um reage de um jeito. Sou pequenininha, mas sou brava nessas horas. Então, não puxa meu braço, não! Quero respeito acima de tudo", enfatiza a loira.

Confira o registro!

Maisa Silva publica foto e reage a homem que a chamou para sua cama: “Tenho 16 anos, velho nojento”


Metropolitana FM - Sempre lutando contra o assédio de homens nas redes sociais, Maisa Silva deu o que falar na manhã desta segunda-feira (11). A celebridade divulgou uma foto na internet e recebe um comentário de um maior de idade dizendo que gostaria de tê-la “deitadinha ao seu lado”.
“Maísa, nossa você está um mulherão. Ah, se eu tivesse sorte de ter um mulherão desse do meu lado, deitadinha do meu lado. Sei lá, se você quiser, eu quero. Ah, se quero linda e muito gata. Beijos”, escreveu.
Inconformada com o que lia, a atriz comentou: “Velho nojento! Eu tenho 16 anos, seu pedófilo”. 


Minutos mais tarde, não foi possível encontrar a publicação, ou seja, é provável que Maisa tenha apagado a resposta.

Jornalista Ricardo Boechat já está sendo velado! Saibam onde!


O corpo do jornalista Ricardo Boechat está sendo velado desde dez da noite no Museu da Imagem e do Som, localizado no bairro Jardim Europa, na cidade de São Paulo. A cerimônia fúnebre é aberta ao público e ocorrerá até as 14h de amanhã (12).
Ricardo e o piloto do helicóptero em que estava, Ronaldo Quatrucci, morreram em um acidente aéreo ocorrido na Rodovia Anhanguera, em São Paulo, no começo da tarde de hoje. O jornalista estava voltando de Campinas - interior do Estado - após uma palestra quando o helicóptero caiu e atingiu a dianteira de um caminhão que passava logo ali.
Boechat deixa a segunda esposa, Veruska Seibel, e seis filhos, sendo dois deles frutos de seu relacionamento com ela, Valentina e Catarina, de 12 e 10 anos.

#InMemorian - A trajetória de Domingos Montagner, o cangaceiro Herculano de 'Cordel Encantado'


Caso ainda estivesse vivo, completaria 57 anos no dia 26 deste mês. Artista de diferentes facetas, Domingos Montagner consagrou-se nacionalmente ao interpretar o cangaceiro Herculano na novela das seis 'Cordel Encantado', que está sendo reprisada no Vale a Pena Ver de Novo desde janeiro.
Domingos nos deixou em 15 de setembro de 2016, quando faltavam poucos dias para o término da novela das nove Velho Chico, de Benedito Ruy Barbosa, na qual vivia o protagonista Santo dos Anjos e estava no auge da carreira. Ele se divertia durante o intervalo das gravações com sua colega de cena Camila Pitanga no rio São Francisco, em Sergipe, quando foi arrastado pela correnteza e puxado para debaixo d'água.
Domingos Montagner e Camila Pitanga em cena de Velho Chico, de 2016
Seu começo no ramo artístico se deu em 1989, aos 27, quando começou a se apresentar como palhaço nas ruas de São Paulo junto com o produtor Fernando Sampaio, com quem veio a criar oito anos depois o Grupo La Mínima, que fez grande sucesso de público e crítica e levou muitos prêmios aqui e também no exterior. Além deste grupo, Domingos também era dono e diretor artístico do Circo Zanni, fundado com mais sete pessoas - além de Fernando - que também se envolveram com o circo: Fernando Sampaio, Daniel Pedro, Pablo Nordio, Marcelo Lujan, Luciana Menin, Érica Stoppel, Maíra Campos e Bel Mucci.

Domingos Montagner e Fernando Sampaio em cena no La Mínima
Domingos Montagner (à esquerda) com outros componentes do Circo Zanni em apresentação de 2012
A primeira aparição dele na TV foi em 1996, numa rápida participação na novela 'Tocaia Grande', da extinta Rede Manchete. Fez outras pontas em 'Fascinação' (1998), 'Marcas da Paixão' (2000), 'Vidas Cruzadas' (2001), 'Pequena Travessa' (2002), 'Essas Mulheres' (2005) e 'Mothern' (2007-08), sendo em Cordel Encantado a sua primeira oportunidade de ganhar o público. Foi indicado a quatro prêmios e levou dois pra casa: o Melhores do Ano e o Prêmio Contigo! de TV na categoria revelação do ano.

Domingos Montagner em cena da série Força Tarefa
Domingos Montagner e Dyjhan Henrique na minissérie A Cura
Domingos Montagner com Cauã Reymond e Lucy Ramos em cena de Cordel Encantado, atual reprise do Vale A Pena Ver de Novo
Também é lembrado por viver o conquistador turco Zyah em 'Salve Jorge' - de Glória Perez -, que estreou em 2012. O personagem era viúvo e apaixonado pela brasileira Bianca (Cléo Pires), que o disputava com a também turca Ayla (Tânia Khalil). No ano seguinte, foi o operário Raimundo, que lutava por direitos iguais para todos em 'Jóia Rara', também escrita por Duca Rachid e Thelma Guedes e vencedora do Emmy Internacional na categoria de melhor novela do ano.
Domingos Montagner nos bastidores de Salve Jorge
Domingos Montagner com Cacau Protásio e Ricardo Pereira em cena de Jóia Rara
Outro papel de Domingos de grande importância veio em 2015. Em 'Sete Vidas', de Lícia Manzo, viveu o oceanógrafo Miguel, que já tinha um filho e descobriu ser pai de outros cinco, frutos de um processo de inseminação artificial. Todos eles estavam em busca de seus pais e não sabiam que estavam interligados geneticamente.
Domingos Montagner e Débora Bloch nos bastidores de Sete Vidas
No cinema, estava em seu melhor momento com dois filmes em cartaz, De Onde Eu Te Vejo, que também teve como protagonistas Denise Fraga e Manoela Aliperti, e Um Namorado Para Minha Mulher, fazendo par romântico com Ingrid Guimarães. O último foi Bingo: O Rei das Manhãs, que foi lançado onze meses após a morte do ator. Também tinha em seu currículo Através da Sombra (2015) e Vidas Partidas (2016).
Domingos Montagner em cena com Ingrid Guimarães no filme Um Namorado Para Minha Mulher
Domingos tinha um casamento de 14 anos com a produtora Luciana Lima, que também trabalhava no La Mínima e com quem teve três filhos, Léo (15), Antônio (11) e Dante (8).

Helicóptero tentou pouso de emergência em alça de acesso do Rodoanel

Jornal do Brasil - O jornalista Ricardo Eugênio Boechat, de 66 anos, morreu na queda de um helicóptero no Rodoanel no início da tarde desta segunda-feira, 11. A aeronave caiu no quilômetro 7, próximo ao acesso à Rodovia Anhanguera, na chegada a São Paulo, em cima de um caminhão.
Minutos após o acidente, o Corpo de Bombeiros informou que duas pessoas tinham morrido na queda. A confirmação de que o jornalista era um dos ocupantes veio cerca de uma hora depois. A outra vítima fatal é o piloto Ronaldo Quattrucci, que era sócio-proprietário da empresa à qual a aeronave está registrada.


Segundo o capitão Augusto Paiva, da Polícia Militar, o motorista do caminhão é João Francisco Tomanckeves, de 52 anos, morador de Caxias do Sul. Ele teve apenas ferimentos leves e às 14h40 já estava no 46º DP para prestar depoimento. No entanto, ao chegar na delegacia, o homem passou mal e precisou ser levado ao Pronto-Socorro de Perus. À polícia, o motorista relatou que estava saindo da praça do pedágio, na faixa da cobrança expressa, quando viu a aeronave, mas não teve tempo para frear ou desviar.
O capitão disse que testemunhas relataram que o helicóptero tentou um pouso de emergência em uma alça de acesso do Rodoanel à Anhanguera. Ainda não se sabe qual foi o problema na aeronave.
Boechat era apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM, além de ser colunista da revista IstoÉ. Trabalhou no jornal O Estado de S. Paulo e, também, nos jornais O Globo e O Dia. É ganhador de três prêmios Esso e, segundo o site da Band, é um dos maiores ganhadores da história do Prêmio Comunique-se, em que foi reconhecido como âncora de rádio, âncora de televisão e colunista. Também foi eleito o jornalista mais admirado do País na pesquisa do site Jornalistas&Cia em 2014.
A confirmação da morte do jornalista veio da direção de jornalismo da Band. Ele estava voltando de Campinas, onde tinha ido dar uma palestra no Centro de Convenções do Royal Palm Plaza para 2,7 mil pessoas, o evento era promovido pela empresa farmacêutica Libbs, que seria a responsável pelo transporte de Boechat. Procurada, a empresa disse que estava apurando as informações e que se posicionaria em breve.

Mulher britânica tricota cobertores para aquecer cães desabrigados


*Texto: Fatos Desconhecidos e Schnauzi
Fazer o bem para quem merece! Foi nisso que pensou Maisie Green, que vive no Reino Unido, tem 89 anos e tricotou 450 cobertores para diversos cachorros que vivem pelas ruas se aquecerem no frio. Todas as peças foram doadas para a instituição Dogs Trust, localizada na cidade de Basildon.
Pra quem não sabe, Maisie faz doações três vezes por ano - principalmente no inverno - não só para ajudar os animais, mas também os viciados em drogas.
Essa mulher adorável não merece só palmas e muito menos o Tocantins! Merece o mundo!


Novo supercontinente estará em formação na Terra?

Jornal do Brasil - A formação dos supercontinentes antigos aconteceu através de ciclos alternados de concentração e separação em períodos de 600 milhões de anos.
Com base nessa premissa, cientistas da Universidade de Curtin (Austrália) sustentam que o oceano Pacífico se expandirá e se tornará o único oceano na Terra e que os continentes formarão um novo supercontinente.


Os supercontinentes se formaram e se separaram por dois processos chamados de "introversão" e "extroversão", segundo o estudo dos pesquisadores publicado na revista Precambrian Research.
Durante o primeiro processo, o continente se dividiu em massas de terra separadas por um oceano interno, onde se desenvolveram fenômenos de sucção que resultaram no mergulho da costa oceânica no manto quente da Terra e, consequentemente, das águas oceânicas para o interior do planeta. Assim os continentes "se juntaram" e formaram um novo supercontinente cercado pelo mesmo superoceano.
Quanto ao processo de extroversão, o oceano interior se transformou em um novo superoceano em torno do novo supercontinente, ocupando a depressão que se havia formado nas antigas linhas costeiras que colidiram.
Dependendo da versão proposta pelos especialistas australianos, o supercontinente Pangea, que agrupava a maioria das massas de terra do planeta há 335 milhões de anos, foi formado quando o supercontinente Rodínia, que existiu há 1.100 milhões de anos, recuou devido às forças tectônicas e consumiu o superoceano que o rodeava através do processo de extroversão.
Por sua vez, Rodínia foi formado por meio de um processo de introversão depois da fragmentação do supercontinente anterior Nuna, também conhecido como Columbia, que existia entre 1.800 e 1.300 milhões de anos atrás.
O encontro e separação do antigo supercontinente aconteceu através de ciclos alternados com duração de cerca de 600 milhões anos, disse o cientista líder do estudo, Zheng-Xiang Li, citado pelo site oficial da Universidade de Curtin.
Conforme o entendimento de Li, se esse padrão alternado se mantiver, o próximo supercontinente será formado através do processo de introversão. Os oceanos internos criados pela separação de Pangeia — o Atlântico, o Índico e o Antártico – se juntarão e o Pacífico se expandirá para se tornar o único superoceano em torno do novo supercontinente.
Ainda segundo o cientista, esses dois processos alternados determinam não apenas se o superoceano sobreviverá, mas também se o Anel de Fogo do Pacífico continuará existindo.
"Se o Anel de Fogo sobreviver junto com o superoceano, então a estrutura do manto da Terra manterá um padrão semelhante ao supercontinente anterior. De contrário, o manto se reorganizará completamente", explica o cientista.

#Fantástico - Ministra Damares Alves foi mais um alvo do quadro 'Isso a Globo Não Mostra'


A ministra Damares Alves, da pasta Família, Mulher e Direitos Humanos (??), foi atacada pela Globo durante o 'Fantástico' deste domingo (10)! O quadro Isso a Globo Não Mostra teve Damares falando muita besteira e sendo investigada pelo Detetive Virtual, tido por alguns como um dos melhores do programa.


Uma das quatro frases ditas em cultos e que causaram polêmica é sobre a masturbação feita em bebês recomendada em um país europeu - mais precisamente a Holanda. "Na Europa, já está influenciando (sic) que nós precisamos masturbar nossos bebês à partir dos sete meses de idade!". MENTIRA! Apesar de lá entre os holandeses haver educação sexual no currículo dos estudantes, eles - e até os brasileiros - receberam essa declaração escabrosa com muita revolta.
Vejam as outras declarações polêmicas:
"Há 16 anos, nós falávamos que iríamos ter uma ditadura gay no Brasil! E o que nós estamos vivendo hoje? Uma ditadura gay!"
* "A tarefa de casa, em português, era o seguinte: no final de semana, ela tinha que dar um beijo em três meninos... Um selinho em três meninos e um selinho em três meninas!"
* "Tá chegando denúncia na Câmara e no Senado que há muito hotel-fazenda no Brasil que é de fachada! É hotel pra turista ir transar com animais no Brasil!"
Tudo que a política falava era tido como mentira, exceto a última, que era VERDADE! mesmo: "Eles pensam que nós somos idiotas! Eles pensam que nós somos bobos!".
Assistam o momento abaixo:

Helicóptero cai em São Paulo e mata o jornalista Ricardo Boechat


Aconteceu no início da tarde desta segunda-feira (11) um grave acidente aéreo que teve como uma das duas vítimas fatais o jornalista Ricardo Boechat, de 66 anos. O helicóptero que ele estava caiu na Rodovia Anhanguera, em São Paulo, e bateu na dianteira de um caminhão que estava logo ali.
Tanto Ricardo quanto o piloto, cuja identidade ainda não foi descoberta, estavam com os corpos carbonizados. Já o motorista do caminhão teve apenas alguns ferimentos e foi levado para internação.

Acidente que envolveu Ricardo e mais duas pessoas - uma delas também morreu
Ricardo Boechat era natural de Buenos Aires, na Argentina, e filho de um diplomata brasileiro que estava a serviço no país vizinho ao nosso. Trabalhou no extinto 'Diário de Notícias', que circulou bastante nas bancas durante a década de 70, integrou o time do 'Bom Dia, Brasil' entre 97 e 2001, e desde doze anos atrás apresentava o 'Jornal da Band'.

Ricardo Boechat em foto da época que trabalhava na Globo
Deixou a segunda esposa, Veruska Seibel, de 46 anos, com quem tinha duas filhas, Valentina (12) e Catarina (10). Também era pai de Beatriz (40), Rafael (38), Paula (36) e Patrícia (29), frutos de seu casamento com Cláudia Costa Andrade.