segunda-feira, 15 de abril de 2019

Venezuelanos moram há 3 meses em ônibus abandonado na fronteira do Brasil


G1 - Dez imigrantes venezuelanos pobres que fugiram da crise de seu país não foram longe quando cruzaram para o Brasil: eles vivem há três meses em um ônibus abandonado em Pacaraima (RR), no lado brasileiro, pouco depois da fronteira entre os dois países.
Todos dormem sobre pedaços de papelão, exceto pelo sortudo que consegue ficar numa rede. Para comer, cozinham em uma fogueira próxima à porta de um ônibus Mercedes Benz de 1983 sem motor.
Entre os imigrantes, estão duas crianças que frequentam a escola local todas as manhãs.
Sem dinheiro, trabalham fazendo bico, enchendo os carros e picapes de outros venezuelanos que atravessam a fronteira com o Brasil para comprar comida e mercadorias que faltam em casa.
"Estamos morando neste ônibus há três meses", diz Hildemaro Ortiz, 24, de Punta de Mata, no leste da Venezuela. Ele espera se mudar para uma cidade brasileira maior quando seu filho cruzar a fronteira.
Ortiz e seus companheiros de ônibus fazem parte de uma enxurrada de venezuelanos que se espalham pela América Latina, muitas vezes impulsionados pela fome e desesperados para escapar de uma economia em queda livre na nação rica em petróleo, mas abalada pela carência de alimentos e blecautes.
Dezenas de milhares de migrantes fugiram da agitação política e econômica na Venezuela por Pacaraima, a única via de acesso para o Brasil, criando tensão na fronteira. Cerca de 3,7 milhões de pessoas deixaram a Venezuela nos últimos anos, principalmente por meio da Colômbia, segundo o Banco Mundial.

Os venezuelanos Hildemaro Ortiz e Ixora Sanguino descansam em um papelão dentro do ônibus abandonado na cidade fronteiriça de Pacaraima — Foto: REUTERS/ Pilar Olivares
Ixora Sanguino, de 27 anos, varre o chão do ônibus e dobra os cobertores.
"Eu não pensei que viveria em um ônibus, e muito menos em outro país, como este", disse a mãe de três filhos que teve que deixá-los para trás, em Ciudad Bolívar.
"Não há nada na Venezuela neste momento", diz.
Quando cruzou a fronteira, Sanguino dormia nas ruas. O ônibus improvisado a mantém protegida da chuva. Agora, ela está tentando juntar dinheiro para comprar uma passagem de ônibus para Boa Vista, capital de Roraima, onde pretende encontrar trabalho e enviar dinheiro para a família esfomeada em casa.
Os ocupantes da estrutura de metal enferrujada, antes um ônibus expresso, sonham em retornar à terra natal um dia, quando as coisas melhorarem, mas, por enquanto, a sobrevivência é uma luta diária.
O arroz cozinha em uma panela sobre o fogo em uma grelha improvisada. Geralmente eles comem arroz --ou arroz e frango, quando há dinheiro suficiente entre eles para comprar carne, diz Ixora.
Um padre espanhol oferece um café da manhã para 350 venezuelanos diariamente em sua casa, mas os migrantes devem chegar antes das 6h para conseguir um lugar, explica ela.
O ônibus oferece proteção contra mosquitos e contra o frio da noite, disse Ortiz. Quando surgem muitos insetos, ele coloca fogo em um papelão para afastá-los.
Hildemaro Ortiz está impaciente e deseja se mudar para cidades movimentadas ao sul.
"Se apenas este ônibus tivesse um motor, já estaríamos a caminho de Manaus", diz ele.

Ônibus abandonado é visto em um campo na cidade fronteiriça de Pacaraima — Foto: REUTERS/ Pilar Olivares

#HouseClassics - "A Deeper Love", clássico de Aretha Franklin


A canção A Deeper Love foi composta e lançada pela dupla Clivillés & Cole em 1991, porém, é mais conhecida na versão da cantora estadunidense Aretha Franklin, que fez a gravação três anos depois, também produzida pela mesma dupla. Entrou no top 5 das tabelas dos Estados Unidos (#1) e da Inglaterra (#5), além de ter ficado entre as dez mais tocadas na Espanha, alcançando a sétima posição.

Dupla Clivillés e David Bryon Cole, responsáveis pela canção
que foi eternizada na história do gênero dance
Falando sobre o amor e o poder que esse sentimento tão bonito tem de nos fazer vencer cada batalha, A Deeper Love foi um dos temas incluídos no filme Mudança de Hábito 2, que esteve em cartaz entre 1993 e 1994 e teve Whoopi Goldberg interpretando o papel principal, a cantora Deloris, que se disfarçou de freira para mudar o comportamento de alunos rebeldes numa escola pública, montando um coral com eles. Algumas cenas do filme foram incluídas no videoclipe de A Deeper Love. Assistam:

#Culinária - Como se prepara o "guacamole"?


* TEXTO: Natue, Green Me e NHAC GNT.
Guacamole, oriundo do México, é o nome do prato cujo principal ingrediente é o abacate, que é rico em vitaminas A e E, e traz benefícios a quem o consome, como redução de estresse, melhora na visão e no sono, retardo no envelhecimento precoce e prevenção de câncer.
Na receita original, consta apenas 4 abacates, 2 limões e pouca quantidade de sal. Assim que tiver os ingredientes necessários na mão, deve-se abrir o abacate para retirar as sementes, amassa-lo com um garfo para fazer um purê, ralar um pouco da casca dos limões e espremer o líquido presente neles. Em seguida, deve-se mexer tudo e acrescentar o sal.
O guacamole também pode ser consumido com a inserção de iogurte, tomate, cebola roxa, pimenta jalapenha e azeitonas. Vejam o exemplo abaixo, que é o de tomate, o mais comum:

- 1 abacate maduro descascado
- 2 tomates médios maduros
- 1 cebola picada
- 1 pimenta dedo-de-moça sem sementes
- 1/2 de xícara de folhas de coentro picadas
- Suco de 1 limão
- Pimenta do reino a gosto
- Sal a gosto
- 2 colheres (sopa) de azeite

Nasce Senor, terceiro filho de Patrícia Abravanel


A apresentadora Patrícia Abravanel anunciou às 21h57 desta segunda-feira (15) que seu terceiro filho já nasceu! O parto ocorreu ontem no Hospital Albert Einsten, em São Paulo, e o menino será chamado de Senor em homenagem ao pai da famosa, Sílvio Santos, cujo nome verdadeiro é este aí! "Qualquer nome bonito ficou 'aguado' perto da força de um nome único como Senor. Qualquer nome perde o sentido perto da homenagem a uma pessoa tão querida e amada que é o seu avô", escreveu ela na legenda de sua publicação feita no Instagram.
Patrícia, que também é mãe de Pedro, de 4 anos, e Jane, de 1, frutos de seu relacionamento com o deputado federal Fábio Faria, contou que Senor veio ao mundo pesando 3.4 kg e medindo 47 centímetros, e a concepção foi por meio de uma cesariana. "Veio com muita saúde para alegrar ainda mais a nossa família! Obrigada, meu Deus, por tanto amor".

Avianca divulga mais 150 voos cancelados no feriado da Páscoa


R7 - Às vésperas do feriado de Páscoa, a Avianca Brasil divulgou nesta segunda-feira (15) uma lista com mais 150 voos cancelados entre quinta-feira (18) e sábado (20). Na sexta-feira, a empresa já havia suspendido outros 179 voos entre sábado passado e esta quarta-feira (17).
A crise financeira na qual a Avianca Brasil mergulhou no fim do ano passado se reflete nas reclamações dos passageiros, que enfrentam dificuldades para embarcar.
As queixas dos passageiros contra a companhia apenas nas duas primeiras semanas de abril já alcançam 83% do registrado durante todo o mês anterior no site ReclameAqui. Ao todo, foram 662 reclamações até o dia 14. Em janeiro, fevereiro e março, foram feitas 624, 637 e 795 contestações no site, respectivamente. Das queixas contra a companhia em abril, 43% foram por causa do cancelamento de voos.
No Procon-SP, também são crescentes as reclamações. No primeiro trimestre, foram 87 - aumento de 93% na comparação com o mesmo período do ano passado. Entre as principais contestações, estão rescisão de contrato de forma unilateral e propaganda enganosa.

Homem que assediou lutadora em praia do RJ presta depoimento e responderá processo


O homem acusado de assediar sexualmente a lutadora de MMA Joyce Vieira numa praia de Cabo Frio foi ouvido pela Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) na tarde de hoje (15), que anunciou que o mesmo deverá responder na justiça por importunação sexual.

Lutadora Joyce Vieira em um dos cliques feitos em Cabo Frio
Joyce, também conhecida como "Princesa Fiona", estava nesta praia com a fotógrafa Suellen Alva fazendo uma sessão de fotos quando foi surpreendida com este mesmo homem, cuja identidade permanece desconhecida, se masturbando em público. A lutadora percebeu o movimento sugestivo, aproximou-se e pediu-lhe para que guardasse seu pênis, mas o elemento continuou se masturbando e deu em cima dela, que partiu para a agressão.
O vagabundo não foi detido na hora, apenas quando as imagens viralizaram nas redes sociais, sem nenhum tipo de reação.

Estrutura principal de Notre-Dame está salva, dizem bombeiros

Jornal do Brasil - Bombeiros em Paris disseram que salvaram a estrutura principal da catedral de Notre-Dame do colapso. Um incêndio de grandes proporções consumiu parte do monumento da cidade, incluindo o telhado, nesta segunda-feira (15).
"Agora acreditamos que as duas torres de Notre-Dame foram salvas", disse o chefe dos bombeiros de Paris, Jean-Claude Gallet, a repórteres. "Consideramos agora que a estrutura principal da Notre-Dame foi salva e preservada."


Em pronunciamento, o presidente Emmanuel Macron disse que "o pior foi evitado", e que "juntos, vamos reconstruir Notre-Dame". Ele acrescentou que uma campanha internacional de arrecadação de fundos será lançada.
"O que aconteceu nesta noite é obviamente um drama terrível. [Os serviços de emergência lutaram contra o fogo] com extrema coragem, profissionalismo e determinação. Gostaria de agradecê-los por toda a nação. Esta é a nossa história, e ela está queimando", afirmou Macron.
As chamas que começaram no início da noite (18h50, no horário de Brasília), irromperam rapidamente no teto da catedral centenária e derrubaram a flecha da Notre-Dame, uma torre fina, que ficava no meio da catedral, seguido rapidamente por todo o telhado.
Enquanto queimava à noite, os bombeiros lutavam para impedir que uma das torres do sino desmoronasse. Um bombeiro ficou gravemente ferido, a única vítima relatada.
Ainda há o risco de que algumas das estruturas internas entrem em colapso, e os bombeiros devem trabalhar durante a noite para resfriar estas partes.
Bombeiros tinham de lidar com fumaça e gotas de chumbo derretido para salvar obras de arte e relíquias abrigadas na catedral. A prefeita de Paris, Anne Hidalgo, disse que algumas das muitas obras de arte que estavam foram retiradas e colocadas em um local seguro.
O serviço de Segurança Civil da França, possivelmente respondendo à sugestão do presidente norte-americano Donald Trump de que os bombeiros "ajam rapidamente" e empreguem tanques de transporte de água, disse que isso não era uma opção, pois poderia destruir todo o edifício.
O Vaticano disse que o incêndio no "símbolo do cristianismo na França e no mundo" causou choque e tristeza e afirmou estar rezando pelos bombeiros.
A catedral é um ponto focal para os católicos romanos franceses que, como cristãos em todo o mundo, celebram a Semana Santa, marcando a morte e a ressurreição de Jesus. O arcebispo de Paris convocou todos os padres em Paris a tocar os sinos das igrejas como um gesto de solidariedade.
A catedral estava em reformas. Na última sexta-feira (12), 16 estátuas de bronze que adornam os telhados da Notre-Dame foram retiradas para restauração. De acordo com os bombeiros, o incêndio está "potencialmente relacionado" às obras na edificação. A jornada da equipe que trabalha na reforma acabou às 17h, no horário local, quase duas horas antes do início do incêndio.

#CenasInesquecíveis - Bebel comparece a casamento "primaveril" em Paraíso Tropical


Em Paraíso Tropical, de 2007, a última boa novela de Gilberto Braga - escrita em parceria com Ricardo Linhares -, a prostituta Bebel protagoniza uma das cenas mais hilárias da TV. A personagem, interpretada por Camila Pitanga, se fez de fina no casamento de Fred (Paulo Vilhena), que trabalhava para o milionário Antenor (Tony Ramos) na multi-empresa dele, e sua eleita Camila (Patrícia Werneck).

Camila Pitanga caracterizada como Bebel no dia do casamento
Para ninguém saber de sua verdadeira "profissão" devido ao seu linguajar, Bebel seguiu os conselhos de etiqueta dados pela sua então nova amiga, Virgínia (Yoná Magalhães), limitando-se apenas a repetir a frase "que boa ideia este casamento primaveril em pleno outono".
As cenas foram gravadas em 20 de junho e exibidas cinco dias depois, quando foi ao ar o capítulo 98. Assistam:

UE aprova regras de direitos autorais mais duras a Google e Facebook

Jornal do Brasil - O Google terá que pagar a editores por trechos de notícias e o Facebook terá que filtrar conteúdo protegido sob novas regras de direitos autorais destinadas a garantir uma compensação justa de 1 trilhão de dólares para as indústrias criativas da União Europeia.
Nesta segunda-feira, os governos da UE apoiaram a iniciativa lançada pela Comissão Europeia há dois anos para proteger as indústrias criativas da Europa, que empregam 11,7 milhões de pessoas do bloco.
"Quando se trata de completar o mercado único digital da Europa, a reforma dos direitos autorais é a peça que faltava no quebra-cabeça", disse o presidente da Comissão, Jean-Claude Juncker, em um comunicado.
Sob as novas regras, o Google e outras plataformas online terão que assinar contratos de licenciamento com músicos, artistas, autores, editores de notícias e jornalistas para usar seu trabalho.
O Parlamento Europeu deu um sinal verde no mês passado para uma proposta que colocou a indústria criativa da Europa contra empresas de tecnologia, ativistas da internet e grupos de consumidores.
A Wikipedia apagou vários sites europeus em protesto no mês passado, enquanto a mudança foi contestada pela Finlândia, Itália, Luxemburgo, Holanda, Polônia e Suécia.
Mas 19 países, incluindo França e Alemanha, endossaram a revisão, enquanto a Bélgica, a Estônia e a Eslovênia se abstiveram.
Sob o novo regime de propriedade, o YouTube, do Google, o Instagram, do Facebook, e outras plataformas de compartilhamento terão que instalar filtros para impedir que os usuários façam 'upload' de materiais protegidos por direitos autorais.
O Google disse que as novas regras prejudicariam as economias criativa e digital da Europa, enquanto os críticos disseram que isso afetaria as empresas menores que não possuíam caixa e não os gigantes da tecnologia.
A Polônia disse que a revisão foi um passo para trás, já que a exigência do filtro pode lançar as bases para a censura.
Julia Reda, parlamentar da UE que havia feito campanha contra as reformas, disse que os críticos podem levar o caso à Justiça, mas isso seria lento e difícil, e que o melhor seria monitorar a implementação justa.
A European Magazine Media Association, a Associação Europeia de Editores de Jornais, o Conselho Europeu de Editoras, a News Media Europe e o grupo de lobby de gravadoras independentes Impala saudaram a decisão.
Os países da UE têm dois anos para transpor a diretiva de direitos autorais para as leis nacionais.

Alice Wegmann quer desistir da carreira de atriz e causa surpresa ao revelar nova profissão


TV Foco - Alice Wegmann iniciou sua carreira como atriz na Globo em 2010 quando protagonizou uma das temporadas de Malhação. Desde então, a artista, de 23 anos, vem emendando um trabalho atrás do outro. Os últimos deles, diga-se de passagem, de grande relevância. Atualmente, ela está no ar na novela das 18 horas Órfãos da Terra dando vida a personagem Dalila Abdallah.
No entanto, engana-se quem acredita que Alice Wegmann ficará na profissão de atriz para sempre. A jovem confidenciou em entrevista ao Gshow que também tem como objetivo lançar um livro. “Escrever me aproxima mais do mundo. As pessoas me pedem para escrever um livro e tenho trabalhado essa ideia cada vez mais. É um projeto que eu tenho, mas ainda não falei com nenhuma editora. Tenho alguns poemas e crônicas escritas que um dia podem virar um livro”, disse ela.


Além disso, a atriz aproveitou para falar um pouco de sua personagem na trama. Dalila, para quem não acompanha Órfãos da Terra, tem uma paixão obsessiva por Jamil (Renato Góes). Trazendo para o lado pessoal, Alice Wegmann fez um comparação: “Já lutei por amor. Quando eu tenho as minhas paixões eu insisto, mas não chego a ser tão obsessiva quanto a Dalila. Ela é uma vilã de mão cheia. No nível dela eu nunca cheguei, felizmente”.
E prosseguiu: “Tive paixões pulsantes na adolescência. Antes de estar namorando um menino, ele me chamou para viajar e eu peguei um voo e fui (risos). Se eu gosto eu não escondo. Sou muito de verdade nos relacionamentos”. Mesmo com todas as diferenças quando o assunto diz respeito ao amor, a atriz chegou a pontuar algo em comum que possui com a personagem da novela da Globo, as duas gostam da moda.
“Uso coisas que tem a ver comigo e muitas vezes as pessoas podem não gostar, mas tudo bem. Nem todo mundo precisa gostar de mim e está tudo certo. Quando a gente se liberta disso começamos a se gostar mais e é isso que importante. Estar bem com você mesmo é o mais importante”, relatou ela durante a conversa. Apesar do pouco tempo de novela, já deu para ter um gostinho das maldades que Dalila reserva.

Chamas acabam com Notre-Dame, catedral de Paris

Sputnik News
Um grande incêndio pôs a perder 856 anos de história da Catedral Notre-Dame, localizada em Paris, nesta segunda-feira (15). O incidente começou às 17 horas do horário local, 14h em Brasília, e se alastrou por todo o monumento, sendo a causa ainda desconhecida, porém, relacionada a uma obra que estava ocorrendo no telhado.
A equipe de bombeiros foi chamada e tentou conter as chamas cerca de duas horas depois, mas não sobrou nada da parte superior da catedral, que era o monumento mais visitado da cidade, indo tudo abaixo. A polícia retirou todos os turistas que estavam dentro dela e a isolou totalmente. As informações são dos sites G1 e R7.

Padre Marcelo Rossi é condenado por plágio no livro Ágape


Mídia News - O padre Marcello Rossi está proibido de vender qualquer exemplar do livro Ágape, escrito por ele e publicado pela editora Globo Livros em 2010. Por decisão da Justiça, o religioso, condenado por plágio, levará punição caso não cumpra a decisão: deverá pagar duas vezes o valor de cada obra vendida. As informações são do jornalista Alessandro Lo-Bianco, do programa A Tarde É Sua.
O decreto judicial só ocorreu após a escritora Izaura Garcia mover um processo contra Rossi, declarando que o padre usou texto dela no livro Ágape. “Muitas pessoas estão pensando que autorizei [a inserção dos textos] e depois descumpri. Não é nada disso”, explicou após a repercussão do caso ao programa de Sonia Abrão na RedeTV!.
“Eu saí pra comprar esse livro e, quando comecei a ler, me deparei com meu texto”, disse ainda. “Entrei em contato [com a editora] e chegamos a um acordo que, posteriormente, seria corrigido. Infelizmente, não foi isso que aconteceu. Não quebrei o contrato e não estou atrás de mais dinheiro. Apenas estou cobrando aquilo que é meu por direito”.

Capa do livro Ágape, de Padre Marcelo Rossi
Entenda
Izaura Garcia foi a responsável por uma página e meia da obra, que escreveu em 1983. Segundo Lo-Bianco, ela aceitou um acordo com a editora Globo e o religioso para ceder os direitos de sua escrita por R$ 25 mil. Agora, a escritora afirma que não foi “remunerada apropriadamente”, e pede mais dinheiro, além de querer lucrar pelas novas versões do livro, que não lhe dão os devidos créditos sobre autoria do texto, segundo ela. Ao iniciar o processo judicial, ela pediu R$50 milhões, 20% do lucro obtido pela venda do bestseller.

Silvio Santos questiona salário de Faustão e chama apresentador de “mentiroso”


IstoÉ - Silvio Santos voltou das férias com tudo. Após curtir uns dias de folga em Orlando, nos Estados Unidos, o apresentador retornou ao seu programa nesse domingo (14). Em determinado momento da atração, Silvio falou sobre o salários de apresentadores, incluindo o de Fausto Silva.
“Xuxa ganhando um dinheirão, [Rodrigo] Faro ganhando outro dinheirão, o Faustão mentiroso, mentiroso. Ganhar R$ 5 milhões por mês, o Faustão? Mentiroso!”, afirmou ele em meio aos risos.
Além disso, Silvio ainda falou sobre o motivo de ter colocado sua família para trabalhar na emissora, durante o quadro ‘Bolsa Família’.
“Eu preciso economizar. Tem a Silvinha, que faz o ‘Bom Dia & Cia’, coloquei a Patricia, a Rebeca…”, e continuou: “Não tinha ninguém para escrever novela, falei para minha mulher [Iris Abravanel]: ‘Escreve novela, se não te abandono’. Aí meu neto dizia: ‘Vovô, me dá doce?’, falei ‘Vai trabalhar, Tiago Abravanel’. Cinco na televisão para economizar dinheiro”, brincou.

#BackTo2000's - 'América', de Glória Perez, uma boa pedida para o Vale A Pena Ver de Novo

*Texto: Teledramaturgia e Memória Globo
Assim que a Globo acabar com o hino Por Amor, de Manoel Carlos, ficará aqui uma boa sugestão para o Vale A Pena Ver de Novo, cujo cartaz atual é a agradável Cordel Encantado, de Duca Rachid e Thelma Guedes, que levantou em dois pontos o índice de audiência da faixa. Também poderá ser assim com América, novela exibida no extinto horário das oito entre 14 de março e 04 de novembro de 2005 em 203 capítulos, substituindo Senhora do Destino, de Aguinaldo Silva, e antecedendo Belíssima, de Sílvio de Abreu.


A produção, que tem como pano de fundo a imigração ilegal, foi escrita apenas por Glória Perez e acumulou 49 pontos de média geral, sendo a segunda produção mais vista desse horário na grande São Paulo - atrás de Senhora do Destino, que deu 50.


TRAMA E PERSONAGENS PRINCIPAIS
A autora trouxe Deborah Secco como a sofrida Marisol de Oliveira, ou simplesmente Sol, sendo esta a primeira protagonista da atriz. A personagem era brasileira e de origem pobre, que tinha o sonho de melhorar a condição financeira da família através de muito trabalho nos Estados Unidos.

Deborah Secco caracterizada de Sol em América
Um dos motivos que levou Sol a ter esse objetivo em mente foi os momentos difíceis que passou junto com sua mãe, Odaléia (Jandira Martini), e em um deles, as duas foram despejadas de uma casa simples que moravam numa favela da cidade maravilhosa. Só não terminaram na rua porque o encarregado de derrubar a casa, Mariano (Paulo Goulart) - que havia desistido de fazer isso -, assumiu as duas como sua nova família, que cresceu com o nascimento de Mari (Camila Rodrigues).
Maria Mariana como Sol na primeira fase de América
Glória inspirou-se num caso real ocorrido em Salvador em 02 de maio de 2003. Amilton dos Santos, atualmente com 69 anos, fora obrigado a demolir duas casas que tinha quinze pessoas morando ao todo, mas recuou após duas tentativas.
Tratorista Amilton dos Santos
Para correr atrás de seu sonho, Sol abriu mão do boiadeiro Tião (Murilo Benício), que foi sua primeira paixão e, diferente dela, não queria sair do país e era mais pé no chão. O que mais Tião queria mesmo era ser campeão de rodeio para realizar o sonho de seu pai, Acácio (Chico Diaz), que morreu dentro de uma gruta ao procurar diamantes. Sol, que trabalhava como ajudante de cabeleireiro, teve que apelar aos coiotes, os encarregados de levar imigrantes de um lado a outro na fronteira dos Estados Unidos, assim que viu seu visto de entrada no país ser negado.

Deborah Secco e Murilo Benício em cena da novela América
TRAMAS E PERSONAGENS PARALELOS
Glória abordou assuntos bastante polêmicos para a época, como a cleptomania, desejo compulsivo de roubar até mesmo objetos de pouco valor. Quem assumiu essa representação foi Christiane Torloni, intérprete da grã-fina Haydée. Ela era casada com Glauco (Edson Celulari) e mãe de Raíssa (Mariana Ximenes), e acreditava que seu casamento era sólido até descobrir a traição do esposo com a ninfeta Lurdinha (Cléo Pires), amiga de Raíssa.

Christiane Torloni como Haydée, que lhe rendeu prêmio de melhor atriz no Melhores do Ano, do Domingão do Faustão
Autora ousou ao juntar Glauco e a 'novinha' Lurdinha em América
Mariana Ximenes foi destaque como Raíssa em América
A pedofilia via internet também mobilizou os telespectadores. Nessa trama, Rique (Matheus Costa), de 8 anos, conhece um amigo virtual de 11, sendo que, por trás da tela, estava Bill (Jaime Leibovitch), de 58.
Rique é brasileiro, mas morava nos Estados Unidos graças a seu pai, Neto (Rodrigo Faro), que foi fazer um curso para aprimorar seu conhecimento na Medicina e pretendia se fixar definitivamente lá, causando conflitos com Heloísa (Simone Spoladore), a esposa dele e mãe de Rique.

Jayme Leibovitch e Matheus Costa em América
A autora também deu voz aos deficientes visuais, representados por meio de Maria Flor (Bruna Marquezine), que era cega desde que nasceu, e Jatobá (Marcos Frota), que perdeu a visão já na fase adulta, mas não a sua independência.
Marcos Frota, Bruna Marquezine e Paula Burlamaqui, mãe de Maria Flor, Islene
Sempre falada em outras novelas da Globo, a homossexualidade foi abordada através de Junior, filho único da viúva Neuta (Eliane Giardini), dona de uma pequena fazenda localizada na fictícia cidade paulista de Boiadeiros, onde trabalha o rapaz que veio a ser par de Junior, Zeca (Erom Cordeiro).
Bruno Gagliasso e Erom Cordeiro em América
TRILHA SONORA
O lançamento dos álbuns de América deu numa verdadeira algazarra. Primeiramente, as músicas foram distribuídas em um único álbum com dois CD's, mas o público reclamou que, desse jeito, o preço a pagar por ele seria muito alto. Sendo assim, a Som Livre se viu obrigada a lançar as trilhas 'nacional' e 'internacional' separadamente, mas com algumas modificações.

Artistas que fizeram parte da trilha sonora internacional de América: Ivete Sangalo, Roberto Carlos, Martinho da Vila e Michael Bublé
A trilha sonora contou com o sucesso Home, do canadense Michael Bublé, usada nas cenas da vilã estadunidense May - interpretada por Camila Morgado -, que tinha horror a quem não fosse da mesma nacionalidade que a sua. A canção alcançou a posição #30 no chart brasileiro segundo a ABPD (Associação Brasileira de Produtores de Discos) e vendeu mais de 1 milhão de cópias nos Estados Unidos.

Camila Morgado como May em América
Capa do single Home, de Michael Bublé

Também destaca-se aqui a arrebatadora Regresa a Mí, uma versão espanhola de Un-Break My Heart, de Toni Braxton, feita pelo grupo espanhol Il Divo, que estava em ascensão na época e teve 4,765 milhões de cópias vendidas do primeiro álbum de estúdio.

Capa do single Regresa a Mi, de Il Divo

Shania Twain, Ana Carolina, Mariachi Vargas de Tecalitlán e Glória Estefan
O grupo brasileiro Kasino também foi um dos destaques da trilha. Pela segunda vez em novelas, ele aparece com Can't Get Over, que virou um fenômeno arrebatador e abalou as estruturas de diversas pistas de dança ao redor do país, sendo tema da boate que Sol trabalhava, juntamente com a instrumental Breathe, de O2. Tanto uma quanto outra fazem parte da tiragem individual das trilhas. As outras músicas do Kasino que caíram em trilhas de outras produções foram Sexy Baby, de Sabor da Paixão, e Shake It, de Páginas da Vida.



Marina Elali, Daniel, Leonardo e Diana Krall
Pra embalar as cenas de Júnior e Zeca, foi escolhido o single Pra Rua Me Levar, de Ana Carolina, que estava pela terceira vez consecutiva numa trilha sonora de novela das oito. Foi gravado para o terceiro álbum de estúdio da mineira, Estampado, que fez bastante sucesso de vendas ao chegar na marca de 600 mil cópias distribuídas.


Impossível não associar Os Amantes à novela. Foi interpretada pelo sertanejo Daniel para seu 9º álbum de estúdio Em Qualquer Lugar do Mundo, e tocada nas cenas de Neuta e Dinho (Murilo Rosa), mais um boiadeiro da novela.

Eliane Giardini e Murilo Rosa em uma das cenas picantes de América

América deu projeção à debutante Marina Elali, que lançou seu primeiro álbum na mesma época e apresentou ao público quatro singles, entre eles, Você, que era tema de Sol, assim como Don't, de Shania Twain, conterrânea de Bublé. Marina ainda veio a emplacar outros sucessos, sendo alguns exemplos One Last Cry, de Páginas da Vida, e Eu Vou Seguir, de Sete Pecados.


Capa do single Don't, de Shania Twain

A texana Ashlee Simpson também marcou bastante o público com Pieces Of Me, single de pop-rock gravado para seu álbum de estréia Autobiography, sendo ele o primeiro a ser promovido e tocado na novela durante algumas cenas da rebelde Raíssa, assim como um monte de funk que não foi incluído nos álbuns, entre eles, Boladona e Satisfação, cujas autorias são de Tati Quebra-Barraco.

Capa do single Pieces Of Me, de Ashlee Simpson

Outros destaques são Vida de Viajante, de Lenine, tema do filme Deus é Brasileiro; A Volta, de Roberto Carlos; A Horse With No Name, da banda estadunidense América; e as músicas de abertura Órfãos do Paraíso, de Milton Nascimento, utilizada até o capítulo 46, e Soy Loco Por Ti América, de Ivete Sangalo.


E ainda: Nana Caymmi, Gretchen Wilson, Michael Bolton e Maysa Matarazzo

Capa do single A Horse With No Name, de América


Capa do álbum com dois CD's
[atriz: Deborah Secco]
Capa do álbum nacional de América
[ator: Bruno Gagliasso]
VERSÃO 01 (DUPLO)
01 "SOY LOCO POR TI, AMÉRICA" - IVETE SANGALO
02 "ATÉ PENSEI" - NANA CAYMMI
03 "A VOLTA" - ROBERTO CARLOS
04 "PRA RUA ME LEVAR" - ANA CAROLINA
05 "FEITIÇO DA VILA" - MARTINHO DA VILA
06 "NERVOS DE AÇO" - LEONARDO
07 "MÁGOA DE BOIADEIRO" - LOURENÇO & LOURIVAL
08 "OS AMANTES" - DANIEL
09 "GIRASSÓIS AZUIS 2" - GEORGE ISRAEL
10 "VIDA DE VIAJANTE" - LENINE
11 "ELA É CARIOCA" - CELSO FONSECA E CYBELE
12 "VOCÊ" - MARINA ELALI
13 "UM MATUTO EM NOVA YORK" - ROBERTO TREVISAN
14 "SINFONIA DOS SONHOS" - MARCUS VIANA
15 "ÓRFÃOS DO PARAÍSO - MILTON NASCIMENTO E SAGRADO CORAÇÃO DA TERRA

VERSÃO 02 (INDIVIDUAL)
01 "A VOLTA" - ROBERTO CARLOS
02 "SOY LOCO POR TI AMÉRICA" - IVETE SANGALO
03 "NERVOS DE AÇO" - LEONARDO
04 "OS AMANTES" - DANIEL
05 "EU SEI QUE VOU TE AMAR" - CAETANO VELOSO
06 "VOCÊ" - MARINA ELALI
07 "ATÉ PENSEI" - NANA CAYMMI
08 "FEITIÇO DA VILA" - MARTINHO DA VILA
09 "VIDA DE VIAJANTE" - LENINE
10 "MÁGOA DE BOIADEIRO" - LOURENÇO & LOURIVAL
11 "PRA RUA ME LEVAR" - ANA CAROLINA
12 "GIRASSÓIS AZUIS 2" - GEORGE ISRAEL
13 "ELA É CARIOCA" - CELSO FONSECA E CYBELE
14 "SINFONIA DOS SONHOS" - MARCUS VIANA

Capa do álbum internacional de América
[atriz: Juliana Knust]
VERSÃO 01 (DUPLO)
01 "TAKE ME HOME, COUNTRY ROADS" - HAPPENING
02 "DON'T" - SHANIA TWAIN
03 "HOME" - MICHAEL BUBLÉ
04 "ABRAZAME ASÍ" - TAMARA
05 "AMORE E MUSICA" - RUSSELL WATSON
06 "THE LOOK OF LOVE" - DIANA KRALL
07 "SUMMERTIME" - MICHAEL BOLTON
08 "A HORSE WITH NO NAME" - AMÉRICA
09 "REDNECK WOMAN" - GRETCHEN WILSON
10 "PIECES OF ME" - ASHLEE SIMPSON
11 "POR UN BESO" - GLORIA ESTEFAN
12 "CANCIÓN MIXTECA" - MARIACHI VARGAS DE TECALITLAN
13 "BÉSAME MUCHO" - MAYSA MATARAZZO
14 "WIND SHAKING THE TREES" - DARWING JAMES BAND
15 "LONG LONG AWAY" - JESSE JOHNSON

VERSÃO 02 (INDIVIDUAL)
01 "REGRESA A MI" - IL DIVO
02 "DON'T" - SHANIA TWAIN
03 "HOME" - MICHAEL BUBLÉ
04 "A HORSE WITH NO NAME" - AMERICA
05 "TAKE ME HOME, COUNTRY ROADS" - HAPPENING
06 "REDNECK WOMAN" - GRETCHEN WILSON
07 "PIECES OF ME" - ASHLEE SIMPSON
08 "CAN'T GET OVER" - KASINO
09 "SUMMERTIME" - MICHAEL BOLTON
10 "AMORE E MUSICA" - RUSSELL WATSON
11 "THE LOOK OF LOVE" - DIANA KRALL
12 "POR UN BESO" - GLORIA ESTEFAN
13 "ABRAZAME ASI" - TAMARA
14 "BREATHE! - O2

A Som Livre também mandou distribuir nas lojas duas trilhas complementares, Rodeio e O Berço do Samba, temas dos boiadeiros e da gafieira Estudantina, muito frequente nas novelas de Glória Perez.

Samara Felippo na primeira tiragem do álbum Rodeio, que saiu com defeito de fábrica e precisou ser refeito. Inclusive, a capa foi modificada, aparecendo somente o logotipo da novela e o desenho do famoso Touro Bandido
01 "PEÃO DE VITRINE" - GIAN & GIOVANI
02 "NÓIS TROPICA MAS NÃO CAI" - RICK & RENNER
03 "CHATTAHOCCHEE" - ALAN JACKSON
04 "NA SOLA DA BOTA" - RIONEGRO E SIMÕES
05 "OITO SEGUNDOS" - HUGO E TIAGO
06 "SAVE A HORSE (RIDE A COWBOY)" - BIG & RICH
07 "CORAÇÃO AVENTUREIRO" - MARLON & MAICON
08 "SE TIVER MULHER NÓIS VAI" - CEZAR & PAULINHO
09 "SOMEONE LIKE YOU" - KEITH URBAN
10 "GARANHÃO DA MADRUGADA" - TEODORO & SAMPAIO
11 "LOUCA PAIXÃO" - TÂNIA MARA
12 "ACHY BREAK HEART" - BILLY RAY CYRUS
13 "APAZIGUAR" - BRUNO & MARRONE
14 "EU SOU PEÃO" - LUIZ CLÁUDIO & JULIANO
15 "FERA MANSA" - ZEZÉ DI CAMARGO & LUCIANO
16 "I WANNA DO IT ALL" - TERRI CLARK
17 "AVE-MARIA NATUREZA" - PAULA FERNANDES

BÔNUS TRACK:
18 "EU SEI QUE VOU TE AMAR" - CAETANO VELOSO

Capa do álbum O Berço do Samba
Destaques: 'Quem é Ela' (Zeca Pagodinho) e 'Meu Ébano' (Alcione)

01 "MEU ÉBANO" - ALCIONE
02 "QUEM É ELA" - ZECA PAGODINHO
03 "VAI E VEM" - EMÍLIO SANTIAGO
04 "TENDÊNCIA" - JORGE ARAGÃO
05 "QUANDO ESSA ONDA PASSAR" - MARTINHO DA VILA
06 "AMOR PROIBIDO" - JULIANA DINIZ
07 "INCONFORMADO" - EXALTASAMBA
08 "NOSSO JEITO DE AMAR" - NALANDA
09 "TEMPERO DE DONA DADÁ" - OS MULEKES
10 "PÉ NO MEU SAMBA" - MART'NÁLIA
11 "PEGA GERAL" - DUDU NOBRE
12 "ME FAZ FELIZ" - JEITO MOLEQUE
13 "COMPASSO DO AMOR" - GRUPO REVELAÇÃO
14 "FACHO DE ESPERANÇA" - FUNDO DE QUINTAL
15 "CORAÇÃO EM DESALINHO" - MONARCO & MARQUINHOS CHINA
16 "TERRA DE NOEL" - FLÁVIA BITTENCOURT

REPERCUSSÃO
Ao longo dos sete meses de exibição, a novela dividiu opiniões de imigrantes que assistiam a novela. Alguns se viam em Sol e suas tentativas de travessia, enquanto outros enxergaram um exagero na forma que o assunto foi abordado, detonando as cenas tidas como surreais e violentas.

Cena de Sol e outros imigrantes fazendo a travessia em América
Gente de todo o país parou pra ver o último capítulo de América, o mais assistido na década passada, tanto é que obteve 68 pontos de média e 86% de share, ou seja, o número de televisores sintonizados na Globo. Estes dados NÃO são referentes à cidade de São Paulo, mas, sim, ao PNT (Painel Nacional de Televisão), que é a soma das quinze principais capitais do país, entre elas, o Rio de Janeiro, a segunda praça mais importante.




Os dois animais incluídos na TV, o touro Bandido e o cão Quartz, também viraram estrelas instantâneas da TV. O primeiro, que contracenava com Murilo Benício, era reconhecido internacionalmente por derrubar os peões segundos após ser montado 34 vezes, e apenas dois se seguraram por mais tempo (oito segundos). Já o Quartz, falecido há dez anos, era um cão-guia que saiu de Curitiba só para gravar a novela no Rio, contracenando sempre com Marcos Frota.

Touro Bandido e o cão Quartz ao lado de Marcos Frota
Um dos comentários mais repetidos acerca do desfecho da novela foi Junior e Zeca protagonizarem o primeiro "beijo gay" da televisão brasileira, o que não aconteceu ali, e sim em Amor à Vida, de oito anos depois, no último capítulo. O momento chegou a ser gravado, mas, para surpresa do elenco e contrariedade da autora, foi vetado pela cúpula da emissora minutos antes da transmissão do último capítulo.

Personagens Júnior e Zeca quase protagonizariam o primeiro beijo gay da TV brasileira
BASTIDORES
Houve uma série de divergências entre Glória e Jayme Monjardim, que dirigiu a novela até o começo de abril, aborreceu-se e deixou a produção após gravar 38 capítulos. Uma delas dizia respeito à escolha dos protagonistas, já que Jayme queria Camila Morgado e Marcos Palmeira, enquanto a Glória, teimosa, continuou preferindo Deborah e Murilo.

Jayme Matarazzo e Glória Perez na festa de lançamento de América
América teve várias locações, como o bairro Botafogo, onde foi construída a favela cenográfica onde Sol morou na infância, o estado do Matogrosso, que serviu de cenário para as cenas de Boiadeiros, e a Macaé, cidade fluminense utilizada para os rodeios. A equipe de produção também se dirigiu à fronteira do México com o estado do Texas, onde foram filmadas as cenas da travessia ilegal, e mais três cidades dele: Terlingua, Lajitas e Ghost Town.


Muitos atores tiveram que viver as mesmas experiências pelas quais passariam seus personagens, como, por exemplo, Murilo Benício, Murilo Rosa e Matheus Nachtergaele, que dormiram por uma semana na fazenda de Paulo Emílio Marques, dono de Bandido, além de Deborah Secco, que trabalhou como garçonete em uma lanchonete de Nova York, e Bruna Marquezine e Marcos Frota, que usaram vendas nos olhos para sentirem na pele as dificuldades de um indivíduo cego.

Parte do grande elenco que participou da novela América: Juliana Knust, Viviane Victorette, Simone Spoladore, Rosi Campos, Guilherme Karan, Franciely Freduzeski, Cláudia Jimenez, Roberto Bonfim, Deborah Secco e Caco Ciocler
Foi a primeira novela de Camila Morgado - que estreara na minissérie A Casa das Sete Mulheres (2003) -, Cléo Pires, Matheus Costa e Marisol Ribeiro - oriunda do SBT -, e a última de Guilherme Karan, acometido pela degenerativa síndrome de Machado-Joseph.