segunda-feira, 8 de julho de 2019

Cantor Gospel é baleado na cabeça em Duque de Caxias; ele está em estado grave

Elyon Sosthenes
Extra - Um cantor gospel foi baleado em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. De acordo com a polícia, o crime aconteceu na madrugada desta segunda-feira na Avenida Coronel Sisson. Ferido, ele foi socorrido e levado para o Hospital estadual Adão Pereira Nunes, no mesmo município. De acordo com a Secretaria de estado de saúde, o quadro dele é considerado grave.
A Polícia Civil investiga o caso como tentativa de latrocínio. A vítima estaria em seu veículo quando foi abordada pelos criminosos. A apuração do crime está sob responsabilidade da 62ª DP (Imbariê). O órgão confirmou as informações por meio de nota.
Internautas lamentaram o episódio através das redes sociais. Na web, um irmão da vítima publicou um vídeo gravado na porta da unidade onde Elyon está internado.
"Peço a oração de vocês neste momento. Estou aqui no hospital. Ele entrará em uma cirurgia muito complicada ", disso, no vídeo o irmão da vítima. "Ele foi vítima de um cruel assalto e foi trazido às pressas para o Hospital de Sacaruruna ."
Na publicação, internautas lamentaram a situação e prestaram solidariedade: " Estamos em oração. Deus está com ele e tudo correrá bem", escreveu uma mulher. "Estou com o coração apertado, meu amigo. Que Papai do Céu olhe por todos vocês nesse momento", postou outra.

Salvador registra as 24 horas mais chuvosas do ano


Correio da Bahia - Nas últimas 24 horas, Salvador registrou 173,2 milímetros de chuva, o que fez com que fosse o período mais chuvoso do ano até agora. O volume de chuva foi tão alto que quase chegou a todo o índice médio previsto para o mês de julho, que é de 175 mm. As chuvas causaram acúmulo acima de 130mm em seis pontos da capital baiana: Alto do Peru (173,2mm), Bom Juá (149,2mm), Nova Brasília (133,2mm), Rio Sena (130,3mm) e Fazenda Coutos (130,0mm).
"A variação de nebulosidade sobre a capital está sendo ocasionada por instabilidade associada à frente fria, vinda da região Sudeste, que resultam em chuvas acompanhadas de rajadas de vento", explica o subcoordenador de Monitoramento e Análise das Ações Climáticas e Sistemas de Alerta da Codesal, o meteorologista Ricardo Rodrigues.
Para terça-feira, a ordem é continuar atento: a previsão é de que o tempo continue parcialmente nublado, podendo chover a qualquer momento.A temperatura irá variar de mínima de 22º até máxima de 28º.
"A frente fria está se afastando de Salvador e se dirigindo para os estados de Sergipe e Alagoas, sendo que a perspectiva é que o tempo comece a melhorar. Ainda assim a chuva permanecerá, mesmo que fraca na capital baiana, de modo que a Codesal estará de alerta às demandas da população por meio do telefone gratuito 199", afirma o diretor geral da Defesa Civil de Salvador, Sosthenes Macêdo.
O diretor geral afirma que apesar dos transtornos causados, não houve registro de casos mais graves referentes a deslizamentos de terra. “Ainda assim é necessária uma atenção maior nas áreas de risco, principalmente aquelas que constam do Sistema de Alerta e Alarme da Codesal, como nas regiões do Bom Jua, Vila Picasso, Mamede. Sempre que algum deslizamento de terra ou rachadura forem percebidas, o morador deve imediatamente contatar a Defesa Civil”.
Até às 17h30 de hoje, a Codesal registrou 234 solicitações. Foram 21 alagamentos de imóveis, 44 ameaças de desabamento, duas ameaças de desabamento de muro, 25 ameaças de deslizamento, 15 árvores ameaçando cair, 14 árvores caídas, quatro avaliações de imóveis alagados, um desabamento de imóvel, quatro desabamentos de muro, 15 desabamentos parciais, 72 deslizamentos de terra, sete infiltrações, cinco orientações técnicas, duas pistas rompidas e três postes ameaçando cair.

"Bolsonaro diz que Funai “cuidava de tudo, menos do índio"


Gazeta do Povo - O presidente Jair Bolsonaro (PSL) disse, em suas redes sociais, que a Funai “cuidava de tudo, menos do índio. A declaração vem quase um mês depois da criação da MP 886, que coloca a demarcação de terras indígenas ao ministério da Agricultura. O STF, no entanto, concedeu liminar que deixa a Funai no ministério da Justiça, de Moro. A MP já está em tramitação na Comissão Mista da Câmara. Bolsonaro se manifestou após a divulgação de relatório da Funai denunciando nove aeronaves sucateadas, responsáveis pelo atendimento médico da população indígena.

'Dance Mania': "Make The World Go Round", clássico de Sandy B refeito por Soulshaker


Até hoje, o maior sucesso de Sandra Barber, mais conhecida como Sandy B, é o single "Make The World Go Round", lançado em 1996 e remixado pelo projeto iraniano Deep Dish na mesma época. A canção alcançou a posição #1 na parada dance estadunidense e foi uma das 100 mais tocadas na Inglaterra, na qual entrou nas compilações 'The Annual II', da Ministry Of Sound; e 'The House Collection - Vol. 4', da casa de shows Fantazia.


No Brasil, teve uma certa repercussão e caiu no repertório do álbum 'Techno Pan', da Jovem Pan FM, distribuído pela Paradoxx Music.
O hit noventista ganhou uma versão produzida pelo projeto Soulshaker, composto pelos irmãos Matt e Warren Meyes, e lançada oficialmente na primavera europeia de 2010. De lá pra cá, a dupla foi responsável por outros seis singles.

Crânios de forma insólita de 12.000 anos encontrados na China

Jornal do Brasil - No noroeste da China os arqueólogos encontraram crânios de forma insólita com idade de 5.000 - 12.000 anos. A prática de deformação de crânios é conhecida em várias culturas antigas, como os maias ou os nativos norte-americanos, existindo até hoje entre vários povos que vivem em lugares remotos.
A nova descoberta difere das outras na medida em que os restos mortais cobrem um grande período de tempo: sete mil anos.


Na China, em túmulos neolíticos situados em um lugar de escavações arqueológicas chamado Houtaomuga, os arqueólogos encontraram 25 esqueletos, 11 deles com sinais de premeditada deformação dos crânios.
De acordo com Journal of Physical Anthropology, onde foram publicados os resultados das escavações, entre esses, 11 crânios são alongados, cinco são de pessoas adultas e seis de crianças. Um dos homens viveu há 12.000 anos e os outros no período entre 5.000 e 6.500 anos atrás.
Os pesquisadores notam que a região em causa era o centro da expansão populacional fora do território nordeste da China: para a China Central, a península da Coreia, o arquipélago japonês, para a Sibéria Oriental e até para a América. O achado é importante por abranger um período tão longo: no futuro, ajudará a revelar o segredo do porquê de uma tradição tão estranha ter surgido.

Procedimento duro
As pessoas começavam a realizar a deformação artificial do crânio logo após o nascimento, quando o crânio ainda é maleável e os ossos ainda não "cicatrizaram" totalmente. A cabeça era envolvida e apertada com uma faixa de tecido ou com uma tala de madeira. O procedimento podia se prolongar durante cerca de seis meses.
Existe até a descrição deste processo: "Cada dia a cabeça da criança é besuntada com pasta de nozes. Isso amolece a pele e evita erupções cutâneas. Depois, a cabeça é enfaixada com uma ligadura mole, feita da casca interna da bananeira. Por cima da faixa é colocado uma espécie de cesto de vime e o topo é amarrado com uma corda de fibra."
Assim, o crânio fica chato e alongado. A maioria dos especialistas diz que isto não influenciava as capacidades cognitivas.

Sinal de pertencer à elite
Os autores escrevem que, embora o critério pelo qual algumas pessoas tinham a cabeça deformadas e outras não ainda seja desconhecido, ficou claro que era o alto status social - não só do indivíduo, mas também da família - que desempenhava um papel importante.
É possível que, no decorrer do tempo, pudessem existir muitas razões da deformação dos crânios, seja como sinal de pertencer a um grupo social de elite, como sinal de beleza ou de proximidade ao mundo espiritual.
Em todos os casos, só algumas pessoas eram sujeitas à deformação dos crânios, o que é indicado pelo fato de que apenas metade de todos os restos mortais apresentavam sinais de modificação. Todos eles eram colocados em túmulos verticais do mesmo tipo, o quer dizer que pertenciam à mesma cultura. Ao lado da mulher com uma criança de três anos foram encontrados objetos de luxo.
Dois túmulos eram comuns – em uma, os crânios do adulto e da criança eram alongados, o que permite pensar que isso era uma tradição familiar.

Todo o mundo faz isso
Por exemplo, nas ilhas na região da Austrália, um homem com uma cabeça alongada é considerado mais inteligente, tem o status mais alto e pode comunicar com as forças sobrenaturais.
Como dizem os moradores da ilha de Malakula, eles alongam a cabeça de seus filhos porque essa é uma tradição baseada nas crenças espirituais de seu povo. É óbvio para eles que uma criança com um crânio modificado é mais bonita e inteligente.
Entre os nativos da ilha de Bornéu (Indonésia) acredita-se que uma testa chata é um sinal de beleza. Nesse caso, a modificação começa no primeiro mês de vida da criança e é realizada usando a ferramenta tadal. É colocada uma almofada na testa, que é apertada por meio de fitas à volta da cabeça.
A mesma tradição existia na Europa. Por exemplo, na França, a prática da deformação artificial de crânio (conhecida como deformação de Toulouse) entre os camponeses existiu até o final do século XIX. Em De-Sevre, a cabeça das crianças era embrulhada por dois a quatro meses com uma faixa apertada, sendo depois substituída por uma cesta de vime e reforçada com fios de metal.

Influência de alienígenas?
A ausência de resposta à questão de onde e por que razão surgiu essa prática de deformação do crânio revelou-se bastante conveniente para os defensores da Teoria dos Astronautas antigos.
De acordo com esta teoria, que os cientistas modernos não encaram seriamente, os povos antigos contataram com representantes de civilizações cósmicas, que poderiam ser considerados como espíritos ou deuses. A forma da cabeça dos alienígenas supostamente poderia ter inspirado os governantes dos povos antigos a imitá-la, a fim de obter acesso à sua sabedoria.

Ex-menudo Robby vence câncer, muda nome e surge com visual surpreendente


Isto É - O ex-menudo Robby Rosa, que venceu dois cânceres nos últimos anos, foi uma das atrações do ‘Domingo Show’, da Record. O músico foi entrevistado pelo programa e contou também que retomou a carreira com um novo nome: Draco Rosa.
O ex-menudo decidiu mudar de nome, enterrando o antigo, após “renascer”. “Fiz o enterro buscando renascer. Só agora posso olhar com claridade o que foi o começo. Tive que esperar esse tempo para despertar”, disse Robby.
O músico, que está com 50 anos, ficou 15 afastado dos palcos. Ainda na entrevista, ele contou que, quando voltou ao Brasil, precisava descansar e pensar na vida.
“[Quando] O câncer chegou, eu estava louquíssimo. Não quero mais tomar medicamentos. A fé move montanhas. Aconteceram muitas coisas, precisava parar. Estou emocionado de estar no Brasil”, afirmou.
Robby, que agora usa o nome artístico Draco Rosa, está no Brasil para divulgar seu novo disco ‘Monte Sagrado’. O músico deixou os Menudos em 1087, afirmando que queria compor músicas, mas que não tinha oportunidade no grupo. Na época, ele foi substituído por Ricky Martin.

Mauro Naves deixa TV Globo após 31 anos


Isto É - Mauro Naves não faz mais parte do time de repórteres da TV Globo. O jornalista, que trabalhou na emissora por 31 anos, deixa a casa como consequência dos fatos relacionados à acusação de estupro que envolveu Neymar. A informação foi publicada pelo colunista Flávio Ricco e confirmada pela Globo.
“O Grupo Globo e o jornalista Mauro Naves decidiram encerrar consensualmente o contrato de prestação de serviços que mantinham. O Grupo Globo reconhece a imensa contribuição de Mauro Naves ao jornalismo esportivo e a ele agradece os 31 anos de dedicação e colaboração”, diz o comunicado oficial da emissora.
Em contato feito por Ricco, Mauro Naves informou que está finalizando outros assuntos referentes a sua saída da Globo e que dará mais informações “depois que tudo estiver concluído”.
A situação de Naves na Globo passou a ficar delicada após surgir a informação que o jornalista havia passado o contato do pai de Neymar para um dos advogados de Najila Trindade, modelo que acusa o jogador de estupro. Por interferência no caso, a Globo optou por afastá-lo, com a decisão sendo anunciada ao vivo no Jornal Nacional, principal telejornal da emissora.

Ítala Nandi posa nua aos 78 anos e diz: 'Eu era o único símbolo sexual que não transava'

Ítala Nandi Foto: Ana Branco / Agência O Globo
O Globo - Nascida em Caxias do Sul numa família sem relação alguma com a arte, Ítala Nandi tem uma teoria: foi entregue a Dionísio, Deus do vinho e do teatro, quando veio ao mundo. É que depois de horas de um trabalho de parto que não evoluía, sua mãe deu à luz assim que virou uma taça da bebida. Neste momento, Ítala teria se tornado "uma bacante".
Nem o pai, um vitivinicultor italiano que comandou o exército de Mussolini, foi capaz de frear a filha, transgressora por natureza. Aos 27 anos, protagonizou a primeira cena de nu frontal feminino do teatro brasileiro (em 1969, na peça "Na selva das cidades", do Teatro Oficina), razão pela qual ele exigiu que a atriz tirasse o sobrenome da família.
Criadora de grandes protagonistas femininas do Oficina, Ítala travou, na vida real, uma luta pela libertação sexual da mulher, ao lado da amiga Leila Diniz. Falava tanto o que dava na telha que uma entrevista sua, publicada na revista "Realidade" e intitulada "esta mulher é livre", foi censurada pela ditadura.
- Nela, eu perguntava por que o homem que transava com muitas mulheres era garanhão, e a mulher que fazia o mesmo, piranha - lembra Ítala que, depois disso, foi proibida de dar entrevistas por um ano.
Mas, na intimidade, ninguém imaginava que ela pouco ligava para sexo.
- Renato Borghi ( ator ), meu grande amigo, dizia que eu era o único símbolo sexual que não transava - diverte-se. - Só tive orgasmo quando passei a fumar maconha.
Aos 60 anos de carreira e inacreditáveis 78 da idade, a atriz continua a mesma mulher livre de sempre. Ao ser perguntada se abaixaria as alças do vestido para deixar os ombros nus na foto, tira toda a roupa e posa com os seios de fora.
No entanto, é rigidez que empregará na governadora linha dura da série "Baile de máscaras", da TV Cultura, a partir do fim do mês que vem. Dia 31, Ítala lança "Milagres", livro em que conta histórias fictícias dos bastidores de trabalhos como a novela "Que rei sou eu?" e o filme "Amor e traição". Em outubro, estreia o longa "Domingo", pelo qual ganhou prêmio de melhor atriz no Festival do Rio 2018, e ano que vem, encena a peça "A caçada". Enquanto isso, comanda uma escola de formação de atores ao lado do único filho, o ator e diretor Juliano Nandi, pai de sua neta, Sofia, de 8 anos.
Nesta entrevista, ele passa a carreira a limpo e lembra seu passado de guerrilheira em Cuba.
- Seria uma Mata Hari.

'Fame's Memory': A vida e obra do consagrado cantor João Gilberto

- Informações: E Biografia; Letras; Revista Época; Itaú Cultural e EGO.
- Fotos: Templo Cultural Delfos; Caderno de Cinema; Veja; Discogs; EGO; Último Segundo e G1.


O cantor e compositor João Gilberto, também conhecido como o 'pai da bossa nova' - gênero musical criado por ele -, morreu neste sábado (06) aos 88 anos em sua casa no Rio de Janeiro. Sabe-se apenas que ele tinha problemas de saúde desde alguns anos antes, mas não a causa da morte.
Nascido no interior da Bahia - mais precisamente em Juazeiro - no dia 10 de junho de 1931, João era oriundo de uma família de músicos e começou sua carreira em meados da década de 40, quando tornou-se membro da banda Enamorados do Ritmo e na Rádio Sociedade da Bahia - quando já residia em Salvador - como crooner.
João Gilberto na década de 1950
Em 1952, João se lançou oficialmente como cantor ao gravar os singles 'Quando Ela Sai' e 'Meia Luz' num compacto simples, distribuído pela gravadora Copacabana. Mas foi seis anos depois que ele despontou, pois apresentou em seu primeiro LP, "Chega de Saudade", um novo tipo de samba: a bossa nova, uma mistura de samba com jazz. Este e o segundo LP, "O Amor, o Sorriso e a Flor", são alguns dos que possuíram faixas extremamente curtas, mas que foram capazes de consagrá-lo como um dos maiores artistas da época.
Capa do disco Chega de Saudade (1958)
Os destaques dos dois álbuns citados são a faixa-título e Desafinado, ambos presentes no primeiro; e Samba de Uma Nota Só e Corcovado, do segundo, que também teve as memoráveis Doralice e O Pato. Duas delas, Doralice e Corcovado, foram regravadas três anos depois em parceria com o saxofonista Stan Getz e a então esposa Astrud Gilberto para o álbum Getz/Gilberto.


João Gilberto e a cantora Astrud, com quem foi casado por cinco anos
João Gilberto, em 1960, com seu filho mais velho João Marcelo
Entre os anos de 1961 e 1973, João lançou três álbuns auto-intitulados, que tiveram os sucessos Samba da Minha Terra, composto por Dorival Caymmi; Insensatez, de Tom Jobim e Vinícius de Moraes; O Barquinho, cuja autoria é de Roberto Menescal e Ronaldo Bôscoli; Falsa Baiana, de Geraldo Pereira; e Izaura, escrita por Herivelto Martins e Roberto Robert. Também foram colocadas nas lojas diversas unidades do LP Amoroso, que apresentou aos fãs S Wonderful, Wave e Besame Mucho. O último álbum lançado por João Gilberto veio no começo da década de 2000. Intitulado 'Voz e Violão', era um trabalho quase inédito, pois tinha apenas os antigos sucessos que o consagrou; porém, em diferentes versões.

João Gilberto na década de 1970
Capa de um dos álbuns autointitulados de João Gilberto (1961)
Capa do álbum Getz/Gilberto (1964)
Álbum João Gilberto en México (1970)
Em seus 88 anos de vivência, João foi pai três vezes. Seu primeiro filho, nascido em 1960, chama-se João Marcelo e é fruto de seu casamento com Astrud, com quem ficou do lado pelos quatro anos seguintes. Um ano depois da separação, muito alegrinho, o cantor casa-se novamente com a também cantora Miúcha, com quem teve Bebel Gilberto, que veio a seguir a mesma carreira artística. Já foi namorado de uma terceira cantora, a Nana Caymmi, e, tempos depois - mais precisamente no ano de 2004 -, tornou-se pai de Luíza, hoje com apenas 15 anos. A menina é fruto de seu relacionamento com a empresária Cláudia Faissol, filha do dentista Olympio Faissol, o mais conhecido e bem sucedido do Rio.

João Gilberto entre Miúcha (in memorian) e a filha do ex-casal, Bebel Gilberto, na década de 2010

Ninguém jamais contestou o talento de João Gilberto, que também era aclamado internacionalmente e fez shows em países como Estados Unidos, México, Canadá e Japão. Já o seu jeito de ser... era simplesmente complexado, pois tinha várias manias e colecionava polêmicas e desfeitas com outras pessoas, não importa se estava dentro ou fora de seus shows. Ele não suportava ouvir qualquer pagante conversando, reclamava constantemente de detalhes do palco e já abandonou show por conta destes e outros problemas.
João Gilberto mostra língua para público após reclamar de som no Credicard Hall, em São Paulo (1999)
Um de seus maiores desvarios ocorreu quando ainda era casado com Miúcha e passou um tempo na terra do Tio Sam. Ele dizia que não sabia nada da língua inglesa, precisando sempre da ajuda da companheira para falar com o pessoal de lá, até um certo dia em que ela, em outras palavras, se negou a ser sua escrava outra vez. Pra quem não falava inglês, certamente ele estava indo muito bem enquanto era flagrado pela cantora numa conversa com um estadunidense!
João Gilberto com a ex-esposa, Miúcha, e a filha Bebel Gilberto em 1966
Durante a gravação de Samba de Uma Nota Só, João empombou com o saxononista Stan por cometer erros nos bastidores e pediu para que Tom Jobim lhe chamasse de burro! Para evitar aborrecimentos maiores, o também consagrado fez uma bela tradução da fala de João, dizendo-lhe que o mesmo sentia prazer em tocar com ele, que não acreditou numa só palavra de Tom.
Stan Getz foi chamado de "burro" ao errar melodia de canção
Nunca abria a porta pra qualquer visita. Elba Ramalho, outra cantora, foi levar-lhe um baralho diferente que ele havia pedido por telefone, mas o objeto foi recebido por debaixo da porta da casa dele. Nem mesmo os funcionários do restaurante Degrau, localizado no bairro Leblon, viram João Gilberto de perto, apesar dele pedir comida lá várias vezes.
Janela do apartamento de João Gilberto em 2011
João Gilberto, ao todo, lançou 12 álbuns de estúdio, 9 ao vivo, 7 singles e 3 EP's, além de ter feito participação especial em 10 álbuns de outros artistas como Rita Lee e Maria Bethânia. Foi homenageado por diversas gravadoras que compilaram seus maiores sucessos, entre elas, a Universal Music, que lançou o álbum 'Millennium' em 1999; e a Goldies, que distribuiu nas lojas as unidades de 'The King Of Bossa Nova'; além de ter participado de 12 especiais na TV. O último deles teve participação de Caetano Veloso e foi gravado na Argentina há vinte anos.
O corpo do cantor foi velado hoje no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, e a cerimônia fúnebre foi aberta ao público das 9h às 14h. À partir daí, o corpo foi encaminhado para a cidade de Niterói à fim de ser enterrado - às 16h - num jazigo da família.

Corpo do cantor João Gilberto no Theatro Municipal do Rio (ao lado, de blazer azul marinho, está a moçambicana Maria do Céu Harris, que esteve ao lado dele nos últimos anos)

Bolsonaro segue com pior avaliação entre presidentes em 1º mandato, diz Datafolha

(Reuters) - O presidente Jair Bolsonaro tem a pior avaliação de um presidente em primeiro mandato após seis meses de governo, com 33% de opinião positiva e os mesmos 33% de avaliação negativa, de acordo com pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira.
Segundo o levantamento, divulgado pelo jornal Folha de S.Paulo, Bolsonaro se mantém como o presidente em primeiro mandato com a pior avaliação a essa altura do mandato desde Fernando Collor de Mello em 1990. Collor tinha uma aprovação de 34%, mas rejeição de 20%.
A avaliação de Bolsonaro se manteve praticamente inalterada em relação a levantamento de abril, o mais recente do Datafolha. Na pesquisa passada, o presidente tinha 32% de avaliação ótimo/bom e 30% de ruim/péssimo.

Presidente Jair Bolsonaro na final da Copa América no Maracanã
(Foto: REUTERS/Henry Romero)
A pesquisa de julho foi feita nos dias 4 e 5, com 2.860 pessoas, em 130 cidades, e tem margem de erro de 2 pontos percentuais.
A pesquisa apontou ainda uma queda na fatia de entrevistados que preveem uma gestão ótima ou boa de 59% em abril para 51% agora, enquanto a opinião de que será regular subiu de 16% para 21% e o pessimismo ficou estável dentro da margem de erro, de 23% para 24%.
Para 61%, Bolsonaro fez menos do que o esperado, enquanto 22% consideram o desempenho dentro do previsto e 12% avaliam que o presidente superou a expectativa -- em linha com os resultados da pesquisa de abril.
(Por Pedro Fonseca, no Rio de Janeiro)

EUA vence Holanda e se torna primeira seleção tetracampeã mundial do futebol feminino

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Após vencer a Holanda por 2 a 0 na final da Copa da França, neste domingo (7), os Estados Unidos -que também venceram a última edição do torneio- se tornaram a primeira equipe tetracampeã mundial do futebol feminino.
Com o título, as americanas, que já eram as maiores vencedoras da competição, aumentam ainda mais a distância em relação às seleções de outros países -a única outra a levar mais de uma vez o título mundial foi a Alemanha, vencedora em 2003 e 2007.
Mesmo com a derrota, a Holanda garante um feito impressionante, tendo chegado à final nesta que é apenas a segunda Copa Mundial disputada pela seleção do país.
Durante o primeiro tempo, as holandesas até conseguiram segurar o forte ataque americano -foi a única vez na competição deste ano que os EUA não marcaram gol durante os primeiros 12 minutos de jogo.
O placar chegou ao intervalo empatado em 0 a 0 em grande parte graças ao ótimo desempenho da goleira Van Veenendaal. Na segunda metade da primeira etapa, ela fez defesas essenciais para manter a igualdade no placar: foram chutes a queima-roupa, cabeceadas e um golpe potente de fora da área desferido pela craque Morgan.
A goleira, porém, não conseguiu impedir o gol de pênalti convertido pela atacante Rapinoe, marcado pelo VAR depois que a zagueira Van Der Gragt atingiu Morgan com o pé dentro da área holandesa, logo aos 12 minutos do segundo tempo.
Em desvantagem no placar, as holandesas se viram obrigadas a partir para cima do time dos EUA, deixando maiores espaços na defesa. Foi assim que, aos 23 minutos, Lavelle carregou a bola pelo meio de campo, escapou das defensoras holandesas e balançou novamente as redes, com um chute no canto esquerdo da goleira.
Até o final da partida, a goleira Veenendaal continuou sendo figura essencial para impedir que as holandesas sofressem uma goleada, fazendo defesas difíceis sempre que a defesa da equipe falhava.
Depois do apito final, as jogadoras americanas formaram uma roda no meio do campo e se abraçaram, comemorando o segundo título consecutivo da competição.

Morre aos 88 anos o cantor João Gilberto, o pai da 'bossa nova'


O célebre cantor João Gilberto veio à óbito neste sábado (06), aos 88 anos, de causa ainda não divulgada. A informação foi dada por um dos três filhos do cantor, João Marcelo, em seu perfil do Facebook, onde aproveitou para agradecer à então namorada do artista, Maria do Céu Harris (55) por ter ficado ao seu lado nos últimos anos - marcados por brigas judiciais dele com outra filha, a cantora Bebel Gilberto, de 53 anos. Ele também era pai de Luíza, de apenas 15.
Outra coisa que se sabe sobre o cantor é que ele já vinha enfrentando problemas de saúde havia muitos anos e estava em casa na hora da morte. O velório do corpo do cantor ocorreu nesta segunda-feira, das 9h às 14h, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro.